Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-221117

Resumo

O Brasil é classificado como um dos países mais ricos em biodiversidade do mundo. Bradypus variegatus é uma espécie popularmente conhecida como preguiça-comum, tendo ampla distribuição geográfica brasileira. Este trabalho objetivou descrever sistematicamente a morfologia macro e microscópica dos órgãos visuais e avaliação dos órgãos por exames complementares em Bradypus variegatus. Sob aprovação pela CEUA da UFRA e Sisbio. Os espécimes avaliados foram provenientes do Jardim Botânico Bosque Rodrigues Alves para realização de morfometria e morfologia externa dos bulbos com auxílio de paquímetro, testes oftálmicos (teste de Schirmer, tonometria). Animais que vieram a óbito durante período de pesquisa foram doados ao Laboratório de Pesquisa Morfológica Animal (LaPMA) da UFRA, fixados e dissecados em seguida. Realizada identificação do órgão na sua parte externa e anexos perioculares, seguido de fotodocumentação, e coleta de fragmentos para análise de histologia básica no Laboratório de Histologia e Embriologia Animal (LHEA) da UFRA. Foi avaliado apenas um espécime de B. variegatus in vivo, onde se aferiu o Schirmer obteve-se o valor de 04 mm/min no bulbo ocular direito e 05 mm/min no esquerdo e quanto a verificação de PIO, os valores adquiridos foram 13 mmHg no bulbo ocular direito e 08 mmHg no esquerdo. Quanto a morfologia podemos identificar estruturas importantes que compõem o bulbo ocular. A órbita é circundada pelos ossos frontal, lacrimal; zigomático, maxilar, mandíbula e temporal. Evidenciação de tecido cartilaginoso e glandular de 3º pálpebra, assim como uma grande camada de tecido de glândulas lacrimais. Córnea com extensa amada de estroma e bem definida a camada de membrana de Descemet. Área de trabeculado corneoescleral com grande bertura para drenagem de liquido produzido por humor aquoso, seguido de extensa camada retiniana, onde vemos maior camada de fotorreceptores, sem discriminação de células fotorreceptoras de cones e bastonetes. Foi identificado particularidades e semelhanças entre outras espécies domesticas e silvestres já descritas.


Brazil is classified as one of the richest countries in biodiversity in the world. Bradypus variegatus is a species popularly known as common sloth, having wide Brazilian geographical distribution. This study aimed to systematically describe the macro and microscopic morphology of visual organs and evaluation of organs by complementary examinations in Bradypus variegatus. This work was approved by the CEUA of UFRA and Sisbio. The specimens evaluated came from the Bosque Rodrigues Alves Botanical Garden to perform morphometry and external morphology of the bulbs with the aid of caliper, ophthalmic tests (Schirmer test, tonometry). Animals that died during the research period were donated to the Animal Morphological Research Laboratory (LaPMA) of UFRA, fixed and dissected afterwards. Identification of the organ on its external part and periocular attachments was performed, followed by photodocumentation, and collection of fragments for analysis of basic histology in the Laboratory of Animal Histology and Embryology (LHEA) of UFRA. Only one specimen of B. variegatus in vivo was evaluated, where the Schirmer was measured, the value of 04 mm/min was obtained in the right ocular bulb and 05 mm/min in the left and, regarding the IOP verification, the values acquired were 13 mmHg in the right ocular bulb and 08 mmHg in the left. As for morphology we can identify important structures that make up the ocular bulb. The orbit is surrounded by the frontal, tearbones; zygomatic, maxillary, mandible and temporal. Evidence of cartilaginous and glandular tissue of the 3rd eyelid, as well as a large layer of tissue of lacrimal glands. Cornea with extensive stroma layer and well-defined Descemet membrane layer. Area of corneo-scleral trabeculate with large opening for drainage of liquid produced by aqueous humor, followed by extensive retinal layer, where we see larger layer of photoreceptors, without discrimination of photoreceptor cells of cones and rods. Particularities and similarities were identified between other domestic and wild species already described.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA