Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Acta Vet. Brasilica ; 17(1): 70-74, 2023. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1436343

Resumo

Different anesthetic combinations are used for orchiectomy in cats. This study aimed to evaluate the anesthetic and cardiopulmonary effects on the physiological variables of ketamine (10 mg/kg), midazolam (0.2 mg/kg) and methadone (0.3 mg/kg), combined with local anesthesia, in cats undergoing orchiectomy (n = 19 cats). The time for lateral recumbency, degree of sedation, muscle relaxation and nociception were recorded preoperatively. The propofol rescue dose was recorded. The time to head up and quality of recovery were evaluated postoperatively. The time for lateral recumbency was 5 ± 2 minu-tes. Fifteen minutes after the administration of the ketamine-midazolam-methadone combination, a greater sedative effect, muscle relaxation and less response to noxious stimulation were observed. Propofol was administered to twelve cats under local anesthesia, at a total dose of 1.5 ± 0.8 mg/kg. Surgery was started 28 ± 5 minutes after the administration of ketamine--midazolam-methadone combination. There were no differences in the physiological variables evaluated over the other evalu-ation times (p > 0.05). The recovery quality scores were adequate, and the time to head up was 51 ± 10 minutes. Under the conditions of this study, the ketamine-midazolam-methadone combination did not allow local anesthesia for orchiectomy. Many cats required propofol rescue prior to surgery. This combination promoted minimal changes in physiological variables and prolonged anesthetic recovery.(AU)


Diferentes combinações anestésicas são usadas para orquiectomia em gatos. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito anestésico e as alterações promovidas nas variáveis fisiológicas pela cetamina (10 mg/kg), midazolam (0.2 mg/kg) e metadona (0.3 mg/kg), combinados com anestesia local, em gatos submetidos à orquiectomia (n = 19 gatos). O tempo para adoção do decúbito lateral, grau de sedação, relaxamento muscular e nocicepção foram registrados no pré-operatório. A dose de resgate de propofol foi registrada. O tempo para o gato erguer a cabeça e a qualidade da recuperação foram avaliados no pós-operatório. O tempo para adoção do decúbito lateral foi de 5 ± 2 minutos. Quinze minutos após a administração da associação cetamina-midazolam-metadona, observou-se maior efeito sedativo e relaxamento muscular, e menor resposta à estimulação nociva. O propofol foi administrado em doze gatos para realização de anestesia local, utilizando a dose total de 1.5 ± 0.8 mg/kg. A cirurgia foi iniciada 28 ± 5 minutos após a administração de cetamina-midazolam-metadona. Não houve diferença nas variáveis fisiológicas avaliadas em relação aos demais tempos de avaliação (p > 0.05). Os escores de qualidade de recuperação foram adequados e o tempo para o gato erguer a cabeça foi de 51 ± 10 minutos. Nas condições deste estudo, cetamina-midazolam-metadona não permitiu a realização da anestesia local para orquiectomia. Muitos gatos precisaram de resgate com propofol antes de iniciar a cirurgia. Essa associação promoveu alterações mínimas nas variáveis fisiológicas e longa recuperação anestésica.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Midazolam/efeitos adversos , Gatos/cirurgia , Ketamina/efeitos adversos , Metadona/efeitos adversos , Orquiectomia/métodos , Anestesia Local/veterinária
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA