Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Arq. ciênc. vet. zool. UNIPAR ; 16(2): 121-127, 2013.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-10248

Resumo

O bom desempenho de um lote de frangos de corte está intimamente associado com a qualidade da cama na qual os animais são criados. Dessa forma, o tratamento da cama com micro-organismos benéficos pode melhorar o desempenho dos frangos por reduzir a concentração de bactérias na cama e a volatilização da amônia. Sendo assim, o objetivo do trabalho foi avaliar o efeito do tratamento da cama com micro-organismos benéficos sobre o desempenho, características bromatológicas da cama de frango, concentração de amônia no ambiente, condenações de abate e níveis de contaminação por Salmonella spp em frangos de corte. Quatro aviários de mesmo tamanho e mesmo sistema de ventilação foram selecionados, sendo dois tratados e dois controles. As aferições de amônia no ambiente e pH da cama foram feitas semanalmente. Já as determinações da matéria seca, cinzas e nitrogênio da cama foram feitas no primeiro, 14º e 28º dias de idade. Aos 30 dias de idade, foi avaliado o nível de contaminação por Salmonella spp em amostras de coração, fígado, ceco e pele da região pericloacal. Ao final do período experimental, foi avaliado o desempenho e os percentuais de condenação das carcaças por dermatose, calo de pé, aerossaculite e celulite. Não foram encontradas diferenças entre os lotes tratados ou não com micro-organismos benéficos. Todas as amostras colhidas para isolamento de Salmonella spp foram negativas. O nível de amônia diminuiu significativamente com o avançar da idade das aves, provavelmente pela melhora na ventilação. Nas condições em que o experimento foi conduzido, conclui-se que o tratamento da cama com micro-organismos benéficos não influencia o desempenho, a concentração de amônia no ambiente e a qualidade da cama de frangos de corte, no entanto, há uma menor condenação por calos de pé (6,74%) e dermatoses (2,6%).(AU)


A good performance of broiler lots is intimately associated with the quality of the litter where the animals are raised. Thus, the treatment of the litter with beneficial microorganisms might bring benefits to the performance of broilers by reducing the concentration of bacteria in the litter and the volatilization of ammonia. Therefore, the aim of this paper was to evaluate the effect of treating the litter with beneficial microorganisms on the performance, bromatological characteristics of poultry litter, concentration of ammonia in the environment, condemnation at slaughtering, and contamination levels by Salmonella spp in broilers. For this purpose, four aviaries of equal size and same ventilation system were selected, with two of them being treated and two being considered as control. Ammonia in the environment and pH were measured weekly. Dry matter, ash and nitrogen from litter were determined on 1, 14 and 28 day-old birds. At 30 days of age, the level of Salmonella spp contamination was evaluated in samples of heart, liver, cecum and skin of pericloacal region. At the end of the experimental period, performance and the percentage of carcass condemnation by dermatosis, calluses on feet, aerosacculitis and cellulite were determined. No differences were found between batches treated or not with beneficial microorganisms. All samples collected for isolation of Salmonella spp were negative. The ammonia level decreased significantly with the increasing age of birds, probably due to improvement in ventilation. In conditions where the experiment was conducted, it is concluded that the benefic micro-organisms not influence the performance, the concentration of ammonia in the environment and litter quality of broilers, however, there was a lower condemnation for calluses on feet (6.74%) and dermatosis (2.6%).(AU)


El buen desempeño de un lote de pollos de engorde está estrechamente relacionado con la calidad de la cama donde se crían los animales. Por lo tanto, el tratamiento de la cama con microorganismos benéficos puede mejorar el rendimiento de los pollos de engorde mediante la reducción de la concentración de bacterias en la cama y la volatilización del amoníaco. Por lo tanto, el objetivo de este estudio ha sido evaluar el efecto del tratamiento de la cama con microorganismos benéficos sobre el rendimiento, las características cualitativas de la cama de pollo, la concentración de amoníaco en el ambiente, las condenas de sacrificio y los niveles de contaminación por Salmonella spp en pollos de engorde. Se han seleccionado cuatro aviarios de mismo tamaño y con el mismo sistema de ventilación, dos tratados y dos de control. Las mediciones de amoniaco en el ambiente y pH de la cama se realizaron semanalmente. Ya las determinaciones de la materia seca, cenizas y nitrógeno de la cama se hicieron en el primero, 14o y 28o días de edad. A los 30 días de edad, se evaluó el nivel de contaminación por Salmonella spp en muestras de corazón, hígado, intestino, y la piel de la región pericloacal. Al final del experimento, se evaluó el rendimiento y el porcentaje de la condena de las carcasas por dermatosis, callo de pie, aerosaculitis, y celulitis. No se ha encontrado diferencias entre los grupos tratados o no con microorganismos benéficos. Todas las muestras recogidas para el aislamiento de Salmonella spp fueron negativos. El nivel de amoníaco disminuyó significativamente con el avance de la edad de las aves, probablemente por la mejora en la ventilación. En condiciones en las que se llevó a cabo el experimento, se concluye que el tratamiento de la cama con microorganismos benéficos no afecta el rendimiento, la concentración de amoníaco en el ambiente y la calidad de la cama de pollos de engorde, sin embargo, hay una condena menor por callos de pie (6,74 %) y dermatosis (2,6 %).(AU)


Assuntos
Animais , Amônia/análise , Ventilação , Galinhas/classificação
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA