Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. bras. parasitol. vet ; 31(2): e005422, mar. 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1376794

Resumo

Tick control represent a great challenge to animal health. The objective of this study was to evaluate the efficacy of acaricidal compounds against Rhipicephalus microplus from dairy cattle systems in Paraná State, Brazil. Six farms (PR1-PR6) were selected, where anti-tick products were applied at fixed intervals. Two other farms that adopted alternative protocols; target selective treatment (PRS), and individual-based agroecological protocol (PRA) were also included in the trial. Fully engorged R. microplus were collected for the in vitro adult immersion test (AIT), and the egg hatch test (EHT) in all eight populations. The larval packet test (LPT) was used on PR6 and PRA tick populations. The treatment groups were composed of G1: dichlorvos 45% plus cypermethrin 5%, G2: deltamethrin 2.5%, G3: cypermethrin 15%, chlorpyriphos 25%, plus citronellal 1%, and G4: amitraz 12.5%. The efficacy at PR1 to PR6 revealed that G3 and G4 achieved moderate to high efficacy, from 75.0 to 100.0% and 73 to 98%, respectively. In the LPT, the efficacy at PR6 was 76.0, 67.0, 93.0 and 30.6%, while PRA presented 100.0, 100.0, 100.0, and 54.0%, for G1, G2, G3 and G4, respectively. Sustainable parasite control strategies are discussed.(AU)


O controle do carrapato representa um grande desafio na saúde animal. O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficácia de compostos acaricidas contra Rhipicephalus microplus em sistemas de pecuária leiteira no Paraná, Brasil. Foram selecionadas seis fazendas (PR1-PR6), onde são aplicados produtos carrapaticidas regularmente. Duas outras fazendas que adotaram protocolos alternativos, PRS (tratamento seletivo) e PRA (controle agroecológico individual), também foram incluídas nos testes. R. microplus ingurgitadas foram coletados para testes in vitro de imersão em adultos (TIA) e teste de eclosão de ovos (TEO) em todas as oito populações. O teste de envelope de larvas (TEL) foi utilizado nas populações PR6 e PRA. Os grupos de tratamento foram compostos por G1: diclorvos 45% mais cipermetrina 5%, G2: deltametrina 2,5%, G3: cipermetrina 15%, clorpirifos 25% e mais citronelal 1% e G4: amitraz 12,5%. A eficácia em PR1 a PR6 revelou que G3 e G4 obtiveram eficácia de moderada a alta, variando de 75,0% a 100,0% e 73% a 98%, respectivamente. No TEL, a eficácia em PR6 foi de 76,0%, 67,0%, 93,0% e 30,6%, enquanto em PRA apresentou 100,0%, 100,0%, 100,0% e 54,0%, para G1, G2, G3 e G4, respectivamente. Estratégias sustentáveis de controle são discutidas neste documento.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Controle de Ácaros e Carrapatos , Resistência a Múltiplos Medicamentos/fisiologia , Rhipicephalus/fisiologia , Acaricidas/efeitos adversos , Bovinos/parasitologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA