Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Semina ciênc. agrar ; 43(3): 973-986, maio.-jun. 2022. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1369287

Resumo

The aim of this study was to evaluate the forage production, nutritional value (including protein fractions), and morphogenic characteristics of African star grass on nitrogen fertilizer in a single application and split applications of two and four, under mob grazing. The study was conducted on a 1.5 ha area with wellestablished African star grass (Cynodon nlemfuensis). The area was divided into 18 paddocks of 400 m2. for three treatments and six replications that were assigned through a randomized block design. The treatments were: Nap1 =Single N application; Nap2= split into two N applications; and Nap4: split into four N applications. Fertilizer application was 200 kg ha-1 of N in topdressing. Pasture was monitored weekly by sward height. Grazing began when the forage reached between 25 and 30 cm in height and ceased at 10 cm. In almost all months evaluated, Nap1 recorded the highest forage production, daily accumulation rate and available forage mass. Some morphogenic characteristics changed between the fertilization strategies, particularly in the months with greater water availability. The chemical composition did not fluctuate between treatments. African star grass can be fertilized with a single application of nitrogen at 200 kg ha-1 to attain greater forage mass and proportion of leaves, without any changes to the chemical composition and nitrogen fractions. These components were modified by the vegetative phase of the forage.(AU)


O objetivo deste estudo foi avaliar a produção de forragem, o valor nutricional, frações protéicas e as características morfogênicas da grama estrela africana estabelecida (Cynodon nlemfuensis) sob adubação nitrogenada parcelada em duas, quatro ou em uma única aplicação. O estudo foi conduzido em uma área de 1,5 ha, que foi dividida em 18 piquetes de 400 m2. O experimento foi delineado estatisticamente em blocos ao acaso, constando de três tratamentos e seis repetições. Os tratamentos corresponderam a aplicação de 200 kg ha-1 de N em cobertura na forma de ureia: Nap1 = aplicação única; Nap2 = parcelado em duas aplicações; e Nap4: parcelado em quatro aplicações. A pastagem foi monitorada semanalmente a partir da medição da altura do pasto. O rebaixamento da pastagem foi realizado por novilhas leiteiras da raça holandesa com 12 meses de idade. Os animais entravam nas parcelas quando a pastagem apresentava altura de 25 a 30 cm e saiam com 10 cm. Em quase todos os meses avaliados, Nap1 apresentou a maior produção de forragem, taxa de acúmulo diário e massa de forragem disponível. Algumas características morfogênicas mudaram entre as estratégias de fertilização, principalmente nos meses de maior disponibilidade hídrica. A composição química não oscilou entre os tratamentos. O capim-estrela africano pode ser fertilizado com uma única aplicação de nitrogênio de 200 kg ha-1 para obter maior quantidade de forragem e proporção de folhas, sem alteração da composição química e das frações do nitrogênio. Esses componentes foram modificados apenas pelo ciclo vegetativo da forragem foram modificados apenas pelo ciclo vegetativo da forragem.(AU)


Assuntos
Pastagens , Cynodon , Morfogênese , Nitrogênio , Valor Nutritivo
2.
Ciênc. anim. bras. (Impr.) ; 17(4): 601-607, Out-Dez. 2016. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1473502

Resumo

The aim of this study was to evaluate the yield, microbiological, physical, and chemical characteristics of powdered egg white obtained by spray drying at different temperatures. The spray drying air temperatures were 90 C, 120 C, and 150 C, with five repetitions of each treatment. Yield  rate  was calculated by the ratio between powdered egg white and fresh egg white. The powdered egg whites were analyzed regarding moisture, protein, lipids, ash, coagulase-positive staphylococci, Salmonella spp, and coliforms at 45 C. Color analysis was performed with the Lab space and E was calculated from these values. The data were subjected to analysis of variance and Tukeys test at 5% significance. The spray drying air temperature affected the moisture of the powdered egg whites, without influencing the concentrations of proteins, lipids, and ash, nor the microbiological analyzes. The drying at 150 C provided higher yield rate, but caused the darkening and the increase in the yellowness of the powdered egg white.


O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de temperaturas de desidratação por atomização sobre o rendimento e as características microbiológicas, físicas e químicas de claras de ovos em pó. Os tratamentos utilizados no experimento foram 90 C, 120 C e 150 C, contando com cinco repetições. O rendimento foi determinado pela relação entre os pesos da clara desidratada e in natura. As claras em pó foram analisadas quanto a umidade, proteínas, lipídeos, cinzas, estafilococos coagulase-positiva, Salmonella spp e coliformes a 45 C. A análise da cor foi feita no sistema Lab e o E foi calculado a partir desses valores. Os resultados foram submetidos à análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey, utilizando-se nível de significância de 5%. A temperatura de secagem influenciou a umidade das claras desidratadas mas não interferiu nos teores de proteínas, lipídeos e cinzas e nas características microbiológicas. A secagem a 150 ºC proporcionou maior rendimento mas provocou escurecimento e aumento na intensidade do tom amarelo das claras desidratadas.


Assuntos
Clara de Ovo/análise , Conservação de Alimentos/métodos , Desidratação , Ovos/análise , Proteínas do Ovo/análise , Coliformes/análise , Fenômenos Físicos/métodos , Fenômenos Químicos/métodos , Lipídeos/análise , Proteínas/análise , Salmonella , Técnicas Microbiológicas/métodos , Umidade
3.
Ci. Anim. bras. ; 17(4): 601-607, Out-Dez. 2016. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-13602

Resumo

The aim of this study was to evaluate the yield, microbiological, physical, and chemical characteristics of powdered egg white obtained by spray drying at different temperatures. The spray drying air temperatures were 90 C, 120 C, and 150 C, with five repetitions of each treatment. Yield  rate  was calculated by the ratio between powdered egg white and fresh egg white. The powdered egg whites were analyzed regarding moisture, protein, lipids, ash, coagulase-positive staphylococci, Salmonella spp, and coliforms at 45 C. Color analysis was performed with the Lab space and E was calculated from these values. The data were subjected to analysis of variance and Tukeys test at 5% significance. The spray drying air temperature affected the moisture of the powdered egg whites, without influencing the concentrations of proteins, lipids, and ash, nor the microbiological analyzes. The drying at 150 C provided higher yield rate, but caused the darkening and the increase in the yellowness of the powdered egg white.(AU)


O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de temperaturas de desidratação por atomização sobre o rendimento e as características microbiológicas, físicas e químicas de claras de ovos em pó. Os tratamentos utilizados no experimento foram 90 C, 120 C e 150 C, contando com cinco repetições. O rendimento foi determinado pela relação entre os pesos da clara desidratada e in natura. As claras em pó foram analisadas quanto a umidade, proteínas, lipídeos, cinzas, estafilococos coagulase-positiva, Salmonella spp e coliformes a 45 C. A análise da cor foi feita no sistema Lab e o E foi calculado a partir desses valores. Os resultados foram submetidos à análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey, utilizando-se nível de significância de 5%. A temperatura de secagem influenciou a umidade das claras desidratadas mas não interferiu nos teores de proteínas, lipídeos e cinzas e nas características microbiológicas. A secagem a 150 ºC proporcionou maior rendimento mas provocou escurecimento e aumento na intensidade do tom amarelo das claras desidratadas.(AU)


Assuntos
Proteínas do Ovo/análise , Clara de Ovo/análise , Ovos/análise , Conservação de Alimentos/métodos , Desidratação , Técnicas Microbiológicas/métodos , Fenômenos Físicos/métodos , Fenômenos Químicos/métodos , Umidade , Proteínas/análise , Lipídeos/análise , Salmonella , Coliformes/análise
4.
Ci. Anim. bras. ; 17(4)2016.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-745194

Resumo

Abstract The aim of this study was to evaluate the yield, microbiological, physical, and chemical characteristics of powdered egg white obtained by spray drying at different temperatures. The spray drying air temperatures were 90 °C, 120 °C, and 150 °C, with five repetitions of each treatment. Yield rate was calculated by the ratio between powdered egg white and fresh egg white. The powdered egg whites were analyzed regarding moisture, protein, lipids, ash, coagulase-positive staphylococci, Salmonella spp, and coliforms at 45 °C. Color analysis was performed with the Lab space and E was calculated from these values. The data were subjected to analysis of variance and Tukeys test at 5% significance. The spray drying air temperature affected the moisture of the powdered egg whites, without influencing the concentrations of proteins, lipids, and ash, nor the microbiological analyzes. The drying at 150 °C provided higher yield rate, but caused the darkening and the increase in the yellowness of the powdered egg white.


Resumo O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de temperaturas de desidratação por atomização sobre o rendimento e as características microbiológicas, físicas e químicas de claras de ovos em pó. Os tratamentos utilizados no experimento foram 90 °C, 120 °C e 150 °C, contando com cinco repetições. O rendimento foi determinado pela relação entre os pesos da clara desidratada e in natura. As claras em pó foram analisadas quanto a umidade, proteínas, lipídeos, cinzas, estafilococos coagulase-positiva, Salmonella spp e coliformes a 45 °C. A análise da cor foi feita no sistema Lab e o E foi calculado a partir desses valores. Os resultados foram submetidos à análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey, utilizando-se nível de significância de 5%. A temperatura de secagem influenciou a umidade das claras desidratadas mas não interferiu nos teores de proteínas, lipídeos e cinzas e nas características microbiológicas. A secagem a 150 ºC proporcionou maior rendimento mas provocou escurecimento e aumento na intensidade do tom amarelo das claras desidratadas.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA