Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 7 de 7
Filtrar
Mais filtros

Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Bras. Parasitol. Vet. (Online) ; 32(1): e010122, 2023. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1416417

Resumo

Haemonchus contortus is a constraint to sheep production. Seeking to reduce the use of hosts and produce parasitic stages in large-scale, a 42-day in vitro culture protocol of H. contortus third-stage larvae was optimized using Dulbecco's modified Eagle's medium (DMEM). In cell-free culture, larvae were maintained at 39.6°C, in acidic media (pH 6.1) for 3 or 6 days with Δ4-dafachronic acid followed by DMEM pH 7.4 supplemented or not with Fildes' reagent. In DMEM pH 7.4 at 37°C, supplementation with Caco-2 cells was compared to Fildes. On Day 14, fourth-stage larvae (L4) development rates in acidic media supplemented (86.8-88.4%) or not (74.4-77.8%) with Fildes and in Caco-2 cell co-culture (92.6%) were similar, and superior to DMEM pH 7.4 with Fildes (0.0%). On Day 21, Caco-2 cell co-culture resulted in higher larvae differentiation (25.0%) and lower degeneration (13.9%) compared to acidic media (1.5-8.1% and 48.6-69.9%, respectively). This is the first report of prolonged in vitro culture of H. contortus larvae using commercial media in co-culture with Caco-2 cells. Although no progression to the adult stage, Caco-2 cell co-culture resulted in morphological differentiation of H. contortus L4 and larval viability for up to 28 days.(AU)


Haemonchus contortus provoca grandes prejuízos à ovinocultura. Visando reduzir a utilização de ovinos hospedeiros e produzir estágios parasitários em larga escala, um protocolo para o cultivo in vitro por 42 dias de larvas de terceiro estádio de H. contortus foi realizado em meio Eagle, modificado por Dulbecco (DMEM). No cultivo sem células, as larvas foram mantidas a 39,6°C e incubadas em DMEM ácido (pH 6,1) por 3 ou 6 dias com 4Δ-ácido dafacrônico seguido por DMEM pH 7,4 suplementado ou não com reagente de Fildes. Em DMEM pH 7,4 a 37°C, a suplementação com células Caco-2 foi comparada à suplementação com Fildes. No Dia 14, as taxas de desenvolvimento até o quarto estádio larvar (L4) foram similares em meio ácido sem células suplementado (86,8-88,4%) ou não (74,4-77,8%) com Fildes e em co-cultura com células Caco-2 (92,6%), e superiores ao desenvolvimento em DMEM pH 7,4 com Fildes (0,0%). No Dia 21, o co-cultivo com células Caco-2 resultou em maior diferenciação (25,0%) e menor degeneração (13,9%) das larvas em comparação ao meio ácido (1,5-8,1% e 48,6-69,9%, respectivamente). Este é o primeiro relato de cultivo in vitro prolongado de H. contortus em meio comercial em co-cultivo com células Caco-2. Apesar da ausência de progressão até o estágio adulto, o co-cultivo com células Caco-2 resultou em diferenciação de L4 e manutenção da viabilidade das larvas de H. contortus por até 28 dias in vitro.(AU)


Assuntos
Animais , Doenças Parasitárias em Animais/diagnóstico , Ovinos/parasitologia , Haemonchus/parasitologia , Técnicas In Vitro/veterinária , Gastroenteropatias/parasitologia
2.
Rev. bras. parasitol. vet ; 31(3): e008722, 2022. tab
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1394892

Resumo

Abstract This study evaluated the economic impact of gastrointestinal nematode (GIN) infection in Morada Nova lambs under different parasite chemical control conditions. For this, 246 lambs, in the rainy and dry season, were randomized into groups according to their anthelmintic treatment with levamisole: control (CT: no treatment); routine treatment (RT: treated every 42 days); and targeted selective treatment (TST: treated according to the average daily weight gain, DWG). From 63 days of age (D63) to D210, the lambs were weighed and monitored for GIN infection parameters. Spending on anthelmintics in the production system was 1.3% of the total economic result. The economic result per animal (R$ 5.00 = US$ 1.00) was higher in the RT group, amounting to US$ 6.60 in the rainy and US$ 5.69 in the dry season, due to higher DWG. Thus, RT presented economic results 14.4% and 10.9% higher than CT, and 7.2% and 1.9% higher than TST, in the rainy and dry season, respectively. However, fast development of resistance made RT unfeasible. Here, the economic impact of GIN infection on a national scale is discussed, demonstrating its importance and the impossibility of profitable and sustainable sheep production without adequate control.


Resumo Este estudo avaliou o impacto econômico da infecção por nematoides gastrintestinais (NGI), em cordeiros Morada Nova, sob diferentes condições de controle químico dos parasitas. Para isso, 246 cordeiros, na estação chuvosa e seca, foram randomizados em grupos de acordo com o tratamento com levamisol: controle (TC: sem tratamento); tratamento rotineiro (TR: tratado a cada 42 dias); e tratamento seletivo direcionado (TST: tratado de acordo com o ganho de peso médio diário, GMD). Dos 63 dias de idade (D63) ao D210, os cordeiros foram pesados ​​e monitorados quanto aos parâmetros de infecção por NGI. O gasto com anti-helmínticos no sistema produtivo foi de 1,3% do resultado econômico total. O resultado econômico por animal (R$ 5,00 = US$ 1,00) foi maior no grupo RT, totalizando US$ 6,60 na estação chuvosa e US$ 5,69 na seca, devido ao maior GMD. Assim, o RT apresentou resultados econômicos 14,4% e 10,9% superiores ao TC, e 7,2% e 1,9% superiores ao TST, no período chuvoso e seco, respectivamente. Entretanto o rápido desenvolvimento de resistência inviabiliza o TR. O impacto econômico da infecção por NGI em escala nacional são aqui discutidos, demonstrando sua importância e a impossibilidade de uma ovinocultura lucrativa e sustentável sem o controle adequado.


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Doenças dos Ovinos/economia , Gastroenteropatias/veterinária , Helmintíase Animal/economia , Infecções por Nematoides/veterinária , Contagem de Ovos de Parasitas/veterinária , Doenças dos Ovinos/tratamento farmacológico , Vitamina B 12/administração & dosagem , Brasil , Ovinos/parasitologia , Redução de Peso , Levamisol/administração & dosagem , Fezes/parasitologia , Gastroenteropatias/tratamento farmacológico , Helmintíase Animal/tratamento farmacológico , Hematócrito/veterinária , Injeções/veterinária , Anti-Helmínticos/administração & dosagem , Infecções por Nematoides/tratamento farmacológico
3.
R. bras. Parasitol. Vet. ; 30(2): e025120, dez. 2021. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-30868

Resumo

This study evaluated the resistance status of Haemonchus contortus from sheep flocks in the state of São Paulo, Brazil, through comparison between the fecal egg count reduction test (FECRT) and the larval development test (LDT). For the FECRT, 35 sheep were selected in each of five flocks and divided into groups treated with: benzimidazole, levamisole, ivermectin, monepantel and control. Feces were collected for EPG and fecal cultures. The LDT was performed using thiabendazole (TBZ), levamisole (LEV), ivermectin aglycone (IVM-A) and Zolvix (ZLV). Resistance to all drugs was detected using FECRT in 100% of the flocks, except in relation to ZLV (40% resistant and 20% suspected of resistance). LDT indicated resistance to TBZ and IVM-A in all flocks, to LEV in 80% of flocks and to ZLV in 10%. Total agreement was obtained between the two tests for TBZ and IVM (k = 1.0), while for LEV (k = 0.8) and ZLV (k = 0.9), substantial and almost perfect agreement were obtained, respectively. The concordance between the tests was significant, thus showing that it is possible to use the outcome of the LDT to predict the FECRT, and hence validating the former as a fast diagnostic test for use by sheep farmers in Brazil.(AU)


Este estudo avaliou o status de resistência de Haemonchus contortus em rebanhos ovinos do estado de São Paulo, Brasil, através de um estudo comparativo entre o teste de redução da contagem de ovos nas fezes (TRCOF) e o teste de desenvolvimento larvar (TDL). Para o TRCOF, 35 ovinos foram selecionados em cada um dos cinco rebanhos e divididos em grupos tratados com: benzimidazol, levamisol, ivermectina, monepantel e controle. Fezes foram coletadas para OPG e coproculturas. O TDL foi realizado com tiabendazol-TBZ, levamisol-LEV, ivermectina aglicona-IVM-A e Zolvix-ZLV. Resistência a todos os fármacos foi detectada por meio do TRCOF em 100% dos rebanhos, exceto para ZLV (40% resistentes e 20% suspeitos de resistência). O LDT indicou resistência ao TBZ e IVM-A em todos os rebanhos; em 80% dos rebanhos ao LEV e 10% ao ZLV. Foi obtida concordância total entre os dois testes para TBZ e IVM (k = 1,0), enquanto para LEV (k = 0,8) e ZLV (k = 0,9) foram obtidas concordância substancial e quase perfeita, respectivamente. A concordância entre os testes foi significante, sendo possível usar o resultado do LDT para prever o do TRCOF, validando-se o primeiro como um teste diagnóstico rápido para criadores de ovinos no Brasil.(AU)


Assuntos
Animais , Ruminantes/parasitologia , Anti-Helmínticos/análise , Haemonchus/parasitologia , Ovinos/parasitologia , Contagem de Ovos de Parasitas/veterinária
4.
Vet. Zoot. ; 24(4): 703-707, Dec. 2017. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-726480

Resumo

Foi investigado o efeito da suplementação nutricional com zeólita estilbita, sobre o consumo de alimentos de 48 ovinos da raça Santa Inês em confinamento. Os animais foram distribuídos em quatro tratamentos com níveis crescentes de zeólita de 0 (controle), 25, 50 e 75 g/animal/dia. Os alimentos fornecidos e as sobras foram pesados diariamente e semanalmente amostrados para análises laboratoriais. O consumo médio diário de matéria seca (CMS), proteína bruta (CPB) e fibra em detergente neutro (CFDN) não diferiu (P>0,05) entre os tratamentos, respectivamente 0,90, 0,140 e 0,250 kg/dia. A conversão alimentar foi (p 0,05) mais eficiente nos animais que receberam os maiores níveis de zeólita na dieta. Houve interação entre tratamento e sexo, sendo os machos superiores às fêmeas para consumo total de matéria seca. A suplementação de ovinos com zeólita nas doses testadas neste experimento, não influenciou o consumo de alimentos.(AU)


The effect of nutritional supplementation with zeolite on nutrient consumption of 48 Santa Ines confined lambs. The animals were divided into four groups of treatments with increasing levels of zeolite of 0 (control), 25, 50 and 75 g/animal/day. The food provided and the leftovers were weighed daily and weekly sampled for laboratory analysis. The average daily dry matter intake (DMI), crude protein (CP) and neutral detergent fiber (NDF) did not differ (p> .05) among the treatments, respectively 0.90, 0.140 and 0.250 kg / day. Feed conversion was (p<0.05) more efficient with the highest levels of zeolite in the diet. There was an interaction between treatment and sex, being higher than females for the total dry matter intake. Supplementation of lambs with zeolite doses tested in this experiment did not influence nutrients intake.(AU)


Se investigó el efecto de la suplementación nutricional zeolita estilbita, en el consumo de 48 ovejas de alimentos feedlot Santa Ines. Los animales se distribuyeron en cuatro tratamientos con niveles crecientes de zeolita 0 (control), 25, 50 y 75 g / animal / día. El alimento proporcionado y las sobras se pesaron diariamente y se tomaron muestras para pruebas de laboratorio semanal. La ingesta media diaria de materia seca (DMI), proteína cruda (PC) y fibra detergente neutro (FDN) no difirió (P> 0,05) entre los tratamientos, respectivamente, 0.90, 0.140 y 0.250 kg / día. La conversión de la alimentación fue (p <0.05) más eficaz en los animales que recibieron el mayor nivel de zeolita en la dieta. Hubo una interacción entre el tratamiento y el sexo, siendo los machos mayores que las hembras a la ingesta de materia seca total. La suplementación de ovejas con zeolita en las dosis ensayadas en este experimento no influyó en el consumo de alimentos.(AU)


Assuntos
Animais , Ovinos , Suplementos Nutricionais/análise , Zeolitas , Minerais na Dieta , Ingestão de Alimentos
5.
Vet. zootec ; 24(4): 703-707, Dec. 2017. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1503487

Resumo

Foi investigado o efeito da suplementação nutricional com zeólita estilbita, sobre o consumo de alimentos de 48 ovinos da raça Santa Inês em confinamento. Os animais foram distribuídos em quatro tratamentos com níveis crescentes de zeólita de 0 (controle), 25, 50 e 75 g/animal/dia. Os alimentos fornecidos e as sobras foram pesados diariamente e semanalmente amostrados para análises laboratoriais. O consumo médio diário de matéria seca (CMS), proteína bruta (CPB) e fibra em detergente neutro (CFDN) não diferiu (P>0,05) entre os tratamentos, respectivamente 0,90, 0,140 e 0,250 kg/dia. A conversão alimentar foi (p 0,05) mais eficiente nos animais que receberam os maiores níveis de zeólita na dieta. Houve interação entre tratamento e sexo, sendo os machos superiores às fêmeas para consumo total de matéria seca. A suplementação de ovinos com zeólita nas doses testadas neste experimento, não influenciou o consumo de alimentos.


The effect of nutritional supplementation with zeolite on nutrient consumption of 48 Santa Ines confined lambs. The animals were divided into four groups of treatments with increasing levels of zeolite of 0 (control), 25, 50 and 75 g/animal/day. The food provided and the leftovers were weighed daily and weekly sampled for laboratory analysis. The average daily dry matter intake (DMI), crude protein (CP) and neutral detergent fiber (NDF) did not differ (p> .05) among the treatments, respectively 0.90, 0.140 and 0.250 kg / day. Feed conversion was (p<0.05) more efficient with the highest levels of zeolite in the diet. There was an interaction between treatment and sex, being higher than females for the total dry matter intake. Supplementation of lambs with zeolite doses tested in this experiment did not influence nutrients intake.


Se investigó el efecto de la suplementación nutricional zeolita estilbita, en el consumo de 48 ovejas de alimentos feedlot Santa Ines. Los animales se distribuyeron en cuatro tratamientos con niveles crecientes de zeolita 0 (control), 25, 50 y 75 g / animal / día. El alimento proporcionado y las sobras se pesaron diariamente y se tomaron muestras para pruebas de laboratorio semanal. La ingesta media diaria de materia seca (DMI), proteína cruda (PC) y fibra detergente neutro (FDN) no difirió (P> 0,05) entre los tratamientos, respectivamente, 0.90, 0.140 y 0.250 kg / día. La conversión de la alimentación fue (p <0.05) más eficaz en los animales que recibieron el mayor nivel de zeolita en la dieta. Hubo una interacción entre el tratamiento y el sexo, siendo los machos mayores que las hembras a la ingesta de materia seca total. La suplementación de ovejas con zeolita en las dosis ensayadas en este experimento no influyó en el consumo de alimentos.


Assuntos
Animais , Minerais na Dieta , Ovinos , Suplementos Nutricionais/análise , Zeolitas , Ingestão de Alimentos
6.
R. bras. Parasitol. Vet. ; 25(4): 383-393, Sept.-Dec. 2016. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-744053

Resumo

Abstract The anthelminthic activity of the essential oil (EO) of Piper aduncum L. was tested in vitro on eggs and larvae of resistant (Embrapa2010) and susceptible (McMaster) isolates of Haemonchus contortus. The EO was obtained by steam distillation and its components identified by chromatography. EO concentrations of 12.5 to 0.02 mg/mL were used in the egg hatch test (EHT) and concentrations of 3.12 to 0.01 mg/mL in the larval development test (LDT). Inhibition concentrations (IC) were determined by the SAS Probit procedure, and significant differences assessed by ANOVA followed by Tukeys test. In the EHT, the IC50 for the susceptible isolate was 5.72 mg/mL. In the LDT, the IC50 and IC90 were, respectively, 0.10 mg/mL and 0.34 mg/mL for the susceptible isolate, and 0.22 mg/mL and 0.51 mg/mL for the resistant isolate. The EO (dillapiole 76.2%) was highly efficacious on phase L1. Due to the higher ICs obtained for the resistant isolate, it was raised the hypothesis that dillapiole may have a mechanism of action that resembles those of other anthelmintic compounds. We further review and discuss studies, especially those conducted in Brazil, that quantified the major constituents of P. aduncum-derived EO.(AU)


Resumo Este estudo avaliou a atividade anti-helmíntica in vitro do óleo essencial (OE) de Piper aduncum L. sobre ovos e larvas de Haemonchus contortus, verificando se um isolado resistente (Embrapa2010), apresentaria o mesmo comportamento que um sensível (McMaster). O OE foi obtido por arraste a vapor e analisado por cromatografia para identificação dos constituintes. O óleo foi avaliado nas concentrações de 12,5 a 0,02 mg/mL no Teste de eclosão dos ovos (TEO) e nas concentrações de 3,12 a 0,01 mg/mL no Teste de desenvolvimento larvar (TDL). As concentrações inibitórias (CI) foram determinadas pelo procedimento Probit do SAS e as diferenças estatísticas geradas pela ANOVA seguida pelo teste de Tukey. Para o isolado sensível obteve-se CI50 de 5,72 mg/mL no TEO. No TDL o óleo apresentou CI50 e CI90 de 0,10 mg/mL e 0,34 mg/mL para o isolado sensível e 0,22 mg/mL e 0,51 mg/mL para o resistente, respectivamente. Demonstrou-se que o OE (dilapiol 76,2%) teve alta eficácia sobre a fase L1. Devido às elevadas CIs obtidas para o isolado resistente, levantou-se a hipótese de que o dilapiol talvez possua um mecanismo de ação semelhante a algum grupo anti-helmíntico. O artigo faz uma revisão e discute estudos de quantificação dos constituintes majoritários do OE de P. aduncum, destacando os realizados no Brasil.(AU)


Assuntos
Animais , Anti-Helmínticos/isolamento & purificação , Anti-Helmínticos/farmacologia , Resistência a Medicamentos , Haemonchus/efeitos dos fármacos , Piper/química , Óleos Voláteis , Brasil
7.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 44(1): 49-55, 2007. graf, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-5431

Resumo

O problema da resistência em nematódeos gastrintestinais de caprinos, associado ao crescente interesse por alternativas de controle, levou à investigação da ação de Azadirachta indica sobre estes parasitas. No teste in vitro observou-se a ação ovicida e larvicida de extratos aquosos de folhas verdes e secas de Neem, em cinco concentrações. No teste in vivo administrou-se 30g de folhas secas por animal/dia, durante cinco dias. Os animais foram monitorados através de OPG diário durante 28 dias e as larvas foram quantificadas e identificadas através de coprocultura. Detectou-se a predominância de Haemonchus sp. na estação chuvosa e de Trichostrongylus spp. na estação seca. O extrato aquoso de folhas secas in vitro, na concentração de 240.000ppm, reduziu em 89% a eclosão das larvas de nematódeos gastrintestinais. Entretanto, esta concentração é muita elevada e inviabiliza sua aplicação no controle da verminose. A administração oral de folhas secas trituradas não reduziu o OPG dos animais durante um período de 28 dias após o tratamento. Estudos investigativos com A. indica devem se concentrar na ação biológica do óleo extraído diretamente da semente, que possui maior quantidade de azadirachtina que as folhas. A administração do óleo também é mais fácil, já que as folhas têm sabor amargo e são evitadas pelos animais.(AU)


The resistance problem in goats gastrointestinal nematodes, associated to the increasing interest for control alternatives, induced the investigation of the Azadirachta indica action on these parasites. In in vitro test it was detected ovicida and larvicida action of Neem dry and fresh leaves aqueous extracts in five concentrations. In in vivo test each animal received orally 30g of dry leaves for a five days period. To monitor the animals were used diary fecal eggs per gram count (FEC) by 28 days and larvae were quantified and identified through fecal culture. Predominance of Haemonchus sp. in rainy season and Trichostrongylus spp. in dry season were detected. The dry leaves aqueous extract reduced in 89% the larvae hatching of goats gastrointestinal nematodes, in 240.000ppm concentration. However this is a very high concentration to be applied on vermins control. The oral administration of Azadirachta indica triturated dry leaves did not reduce the medicated animals FEC during a period of 28 days after treatment. A. indica investigated studies must be concentrated in biological action of the seed oil extracted, because it possess bigger amount of azadirachtina than leaves. The oil administration also is easier, whereas the leaves have bitter taste and are prevented by animals.(AU)


Assuntos
Animais , Azadirachta/administração & dosagem , Azadirachta/efeitos adversos , Haemonchus/isolamento & purificação , Trichostrongylus/isolamento & purificação , Cabras
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA