Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 18 de 18
Filtrar
Mais filtros

Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Bras. Parasitol. Vet. (Online) ; 32(1): e013622, 2023. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1416419

Resumo

This study aims to report the occurrence of two important parasites in farmed tambaqui Colossoma macropomum in the state of Tocantins, the acanthocephalan Neoechinorhynchus buttnerae and the dinoflagellate protozoan Piscinoodinium pillulare, also suggesting the main treatments to control them. The fish sampled for the study were infected by N. buttnerae, and P. pillulare, with prevalence from 100% and mean intensity from 51.4 to 354,264, respectively. This was the first report on the occurrence of such parasites in C. macropomum in the state of Tocantins. We emphasize the need to adopt good farm management and biosecurity practices to prevent pathogenic agents to enter or leave a property. Reported treatments with synthetic and natural products with positive results are also suggested to treat against those parasites in farmed C. macropomum.(AU)


Este estudo teve como objetivo relatar a ocorrência de dois importantes parasitos em tambaqui Colossoma macropomum cultivado no estado de Tocantins, o acantocéfalo Neoechinorhynchus buttnerae e o protozoário dinoflagelado Piscinoodinium pillulare e também destacar os principais tratamentos para controlá-los. Os peixes examinados estavam infectados por N. buttnerae e P. pillulare, com prevalência de 100% e intensidade média de 51,4 a 354.264,4, respectivamente. Este foi o primeiro relato da ocorrência desses parasitos para C. macropomum no estado de Tocantins. Destaca-se a necessidade da adoção de boas práticas de manejo na produção e de manejo sanitário, para evitar a contaminação da propriedade e a transmissão para pisciculturas vizinhas. Em relação ao controle dessas parasitoses são apresentados os tratamentos com resultados positivos para C. macropomum, com o uso de produtos sintéticos e naturais.(AU)


Assuntos
Animais , Infecções Protozoárias em Animais/diagnóstico , Caraciformes/parasitologia , Helmintíase Animal/diagnóstico , Dinoflagellida , Brasil , Acantocéfalos
2.
Rev. bras. parasitol. vet ; 31(4): e012722, 2022. mapas, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1413777

Resumo

The objective of this study was to investigate the parasites occurrences and to determine the rates of infestation/parasitic infection in juvenile Arapaima gigas from seven fish farms in the state of Amazonas, relating to the characteristics of these fish farms. Of the 70 A. gigas evaluated, 43 were infested/infected, with a total of 133 parasites collected. Three fish farms (2, 4, 6) showed the highest levels of prevalence of parasites (100%, 70%, 70%), mean intensity (4.1±2.6, 8.1±9.2, and 2.1±1.3), and mean abundance (4.1±2.6, 5.7±8.1, and 1.5±1.5), respectively. Prevalence ranged from 30% to 100%, mean intensity from 1.0 to 8.1 and mean abundance from 0.3 to 5.7. Monogenea, Digenea, Nematoda (Hysterothylacium sp. and Spirocamallanus sp.) and Acanthocephala (Neoechinorhynchus sp. and Polyacanthorhynchus sp.) were identified. The parasites Hysterothylacium sp. and Neoechinorhynchus sp. were the most prevalent parasites with 31.43% and 15.71%, respectively. The fish presented negative allometry in growth and constant condition factor. Measures to prevent and control the parasitic diseases diagnosed are discussed as well prophylactic practices that contribute to the biosecurity of the farms.(AU)


O objetivo deste trabalho foi investigar as ocorrências de parasitos e determinar as taxas de infestação/infecção parasitária em juvenis de Arapaima gigas de sete pisciculturas do Estado do Amazonas, relacionando às características dessas pisciculturas. Dos 70 A. gigas avaliados, 43 estavam infestados/infectados, com um total de 133 parasitos coletados. As pisciculturas 2, 4 e 6 apresentaram os maiores níveis de prevalência de parasitas (100%, 70%, 70%), intensidade média (4,1±2,6, 8,1±9,2 e 2,1±1,3) e abundância média (4,1±2,6, 5,7±8,1 e 1,5±1,5), respectivamente. A prevalência variou de 30% a 100%, intensidade média de 1,0 a 8,1 e abundância média de 0,3 a 5,7. Monogenea, Digenea, Nematoda (Hysterothylacium sp. e Spirocamallanus sp.) e Acanthocephala (Neoechinorhynchus sp. e Polyacanthorhynchus sp.) foram identificados. Os parasitas Hysterothylacium sp. e Neoechinorhynchus sp. foram os mais prevalentes com 31,43% e 15,71%, respectivamente. Os peixes apresentaram alometria negativa no crescimento e fator de condição constante. Foram discutidas as medidas de prevenção e controle das doenças parasitárias diagnosticadas, assim como práticas profiláticas que contribuam para a biossegurança das fazendas.(AU)


Assuntos
Doenças Parasitárias em Animais/diagnóstico , Characidae/parasitologia , Brasil , Pesqueiros
3.
Acta amaz. ; 51(1): 71-78, mar. 2021. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-17353

Resumo

One possible alternative to chemotherapeutic agents in the treatment and prevention of diseases in fish farms is the use of Piper aduncum essential oil. However, ecotoxicological data are required to ensure its proper use and to prevent adverse effects on non-target organisms. These data are relevant since this essential oil is described as having insecticidal, molluscicidal and cytotoxic activitiy that may be associated with its chemical composition. Thus, the aim of this study was to evaluate the ecotoxicity of P. aduncum essential oil to five test organisms using the species sensitivity distribution (SSD) statistical approach. The chemical composition of the essential oil was characterized by means of gas chromatography coupled to mass spectrometry (GC-MS) and gas chromatography-flame ionization detection (GC-FID) for identification and quantitation purposes, respectively. The main component (75.5%) of the essential oil was dillapiole. The hazardous concentration for 5% of biological species (HC5) was calculated to determine the 95% protection level, resulting in a value of 0.47 mg L-1 (with a confidence interval of 0.028 - 1.19 mg L-1. ). A concentration range related to the level of protection for aquatic communities (the predicted no-effect concentration, PNEC) was determined through the application of safety factors to the HC5 value. The ecotoxicity parameters showed that P. aduncum essential oil can be used safely in water bodies at a concentration equal to or below 0.09 mg L-1.(AU)


Uma possível alternativa ao uso de fármacos veterinários no tratamento e prevenção de doenças na piscicultura é o uso do óleo essencial de Piper aduncum. No entanto, são necessários dados ecotoxicológicos para garantir seu uso apropriado sem causar efeitos adversos a organismos não alvo. Esta informação é relevante, pois esse óleo essencial é descrito como tendo atividades inseticidas, moluscicidas e citotóxicas, possivelmente associadas à sua composição química. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar a ecotoxicidade do óleo essencial de P. aduncum para cinco organismos-teste, usando o método estatístico da Distribuição da Sensibilidade das Espécies (SSD). A composição química do óleo essencial foi caracterizada por cromatografia gasosa acoplada a espectrometria de massa (GC-MS) e cromatografia gasosa com detector de ionização de chama (GC-FID), para fins de identificação e quantificação, respectivamente. O principal componente (75,5%) do óleo essencial foi o dilapiol. A concentração perigosa para 5% de espécies biológicas (HC5) foi calculada com um nível de proteção de 95%, resultando em um valor de 0,47 mg L-1 (com intervalo de confiança de 50% = 0,028 - 1,19 mg L-1). A faixa de concentração relacionada aos níveis de proteção para comunidades aquáticas (concentração sem efeito previsto - PNEC) foi calculada através da aplicação de fatores de segurança ao valor de HC5. Os parâmetros de ecotoxicidade indicaram que o óleo essencial de P. aduncum pode ser usado com segurança em corpos dágua se a concentração for igual ou inferior a 0,09 mg L-1.(AU)


Assuntos
Piperaceae/toxicidade , Óleos Voláteis/toxicidade , Citotoxinas , Risco Natural
4.
Semina ciênc. agrar ; 42(6, supl. 2): 3855-3868, 2021. graf, tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1371680

Resumo

The essential oil of alfavaca (Ocimum gratissimum) contains important compounds, such as 1.8-cineol and eugenol. This study evaluated the effects of diets containing alfavaca essential oil on the zootechnical performance, plasma glucose, leukocyte respiratory activity, haematology, and intestinal histomorphometry in "cachara" (Pseudoplatystoma reticulatum) challenged with Aeromonas hydrophila. A total of 300 juvenile fish, with an average total length of 14.98 ± 0.28 cm and average weight of 18.84 ± 1.22 g, distributed in 20 tanks of 80 L, were fed twice a day with a diet containing essential oil at 0.5, 1.0, or 1.5% or without its inclusion in five replicates. After 45 days, blood collection and mid-intestinal bowel were sampled, before a challenge with Aeromonas hydrophila was performed. The fish supplemented with 1.0% of essential oil presented better weight gain, mean corpuscular volume, concentration of thrombotic and neutrophils, respiratory activity of leukocytes, and height of villi (p < 0.05) when compared to other groups. The cumulative mortality response was lower for fish fed 1.5% essential oil of alfavaca diets. Thus, the use of alfavaca essential oil is recommended in the diet of cachara catfish (P. reticulatum) at the level of up to 1.0% for 45 days for improvements in the zootechnical, haematological, and intestinal histomorphometric parameters.(AU)


O óleo essencial de alfavaca (Ocimum gratissimum) contém componentes importantes, como por exemplo o 1.8-cineol e o eugenol. Este estudo avaliou os efeitos de dietas contendo óleo essencial de alfavaca sobre o desempenho zootécnico, glicose plasmática, atividade respiratória leucocitária, hematologia e histomorfometria intestinal em cachara (Pseudoplatystoma reticulatum) desafiado com Aeromonas hydrophila. Um total de 300 peixes juvenis, com comprimento total médio de 14,98 ± 0,28 cm e peso médio de 18,84 ± 1,22 g, distribuídos em 20 tanques de 80 L, alimentados duas vezes ao dia com dieta contendo o óleo essencial a 0,5, 1,0 ou 1,5 % ou sem inclusão de óleo em cinco repetições. Após 45 dias, foi realizada a biometria final, coleta de sangue, amostra do intestino médio e desafio com Aeromonas hydrophila. Após o período experimental, a dieta suplementada com 1,0% do óleo essencial apresentou melhor ganho de peso, volume corpuscular médio, concentração de trombóticos e neutrófilos, atividade respiratória de leucócitos e altura de vilosidades (p < 0,05) quando comparada aos demais grupos. A resposta de mortalidade cumulativa foi menor para peixes alimentados com dietas com o óleo essencial de alfavaca a 1,5%. Assim, o uso de óleo essencial de alfavaca é recomendado na dieta do bagre cachara (P. reticulatum) no nível de até 1,0% por 45 dias para melhorias nos parâmetros zootécnicos, hematológicos e histomorfométricos intestinais.(AU)


Assuntos
Peixes-Gato , Óleos Voláteis , Aeromonas hydrophila , Ocimum
5.
Ci. Rural ; 50(11): e20200427, 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-29569

Resumo

The aim of the present study was to evaluate the zootechnical performance, intestinal mucosa, and reaction to infestation by the parasite Ichthyophthirius multifiliis in jundiá Rhamdia quelen larvae supplemented with Mentha piperita essential oil or sodium butyrate in their diets. Five diets were used over 30 days: diet free of additive inclusion, 0% (control); inclusion of 1% or 2% of M. piperita essential oil: EO1% and EO2%, respectively; and inclusion of 0.25% or 0.50% of sodium butyrate: SB0.25% and SB0.50%, respectively. The different diets were not able to inhibit I. multifiliis infestation. Supplementation with SB0.50% in their diets presented better performance in all zootechnical parameters analyzed, including a 54% increase in final weight and 70% in survival, and increased (P 0.05) both the villi width and the amount of goblet cells present in the intestinal mucosa by approximately 50%. In view of these results, dietary supplementation of R. quelen larvae with 0.50% sodium butyrate for 30 days is recommended.(AU)


O objetivo do presente estudo foi avaliar o desempenho zootécnico, a mucosa intestinal, a resistência ao estresse e a reação à infestação pelo parasita Ichthyophthirius multifiliis em larvas de jundiá Rhamdia quelen suplementadas com óleo essencial de Mentha piperita ou butirato de sódio em suas dietas. Foram utilizadas cinco dietas por 30 dias: dieta livre de inclusão de aditivos, 0% (controle); inclusão de 1% ou 2% de óleo essencial de M. piperita, EO1% e EO2%, respectivamente; e inclusão de 0,25% ou 0,50% de butirato de sódio, SB0.25% e SB0.50%, respectivamente. As diferentes dietas não foram capazes de inibir a infestação por I. multifiliis. A suplementação com SB0.50% em suas dietas apresentou melhor desempenho em todos os parâmetros zootécnicos analisados, incluindo um aumento do peso final em 54% e a sobrevivência em 70%, e aumentou (P 0,05) a largura das vilosidades e a quantidade de células caliciformes presentes na mucosa intestinal em aproximadamente 50%. Em vista desses resultados, recomenda-se a suplementação dietética de larvas de R. quelen com butirato de sódio a 0,50% por 30 dias.(AU)


Assuntos
Animais , Butiratos/administração & dosagem , Óleos Voláteis/administração & dosagem , Mentha piperita , Ração Animal , Doenças dos Peixes/parasitologia , Suplementos Nutricionais
6.
R. bras. Parasitol. Vet. ; 28(4): 533-547, 2019. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-25554

Resumo

Fish immune systems have become the subject of several studies due to the growing development of aquaculture and fisheries, and the demand for healthy produce for human consumption. Among the parasites responsible for diseases in fish farming, helminths stand out because they cause infections in farmed fish and decrease food conversion, zootechnical performance and meat quality. In the present review, the components that participate in the innate and adaptive immune responses of teleost fish that have so far been described are presented in order to summarize the defenses that these hosts have recourse to, in combating different groups of helminth parasites.(AU)


O sistema imune dos peixes tem se tornado alvo de muitas pesquisas devido ao crescente desenvolvimento da aquicultura e da pesca, assim como a exigência de obtenção de animais saudáveis para o consumo humano. Dentre os parasitos responsáveis pelas enfermidades na piscicultura, os helmintos destacam-se por causarem infecções nos peixes cultivados e por ocasionarem diminuição da conversão alimentar, do desempenho zootécnico e da qualidade da carne. Nesta revisão, apresentaremos os componentes que participam das respostas imunes inata e adaptativa dos peixes teleósteos já descritos, a fim de sintetizar à quais defesas o hospedeiro recorre frente aos diferentes grupos de parasitos.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes/imunologia , Peixes/parasitologia , Helmintíase/imunologia , Aquicultura
7.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 45(2): e499, 2019. ilus, graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1465410

Resumo

The record of occurrence of acanthocephalan parasites on tambaqui farms in Northern Brazil has increased in recent years along with reports of associated economic losses, justifying further epidemiological studies of this parasite. As such, this study evaluated the occurrence of the acanthocephalan Neoechinorhynchus buttnerae and the parasite-host relationship in tambaqui (Colossoma macropomum) from three fish farms in the Amazonian town of Rio Preto da Eva, Brazil. Fish from the farms (N = 18 per farm) were collected for parasitological examination, determination of the relative condition factor and correlation tests between the parameters assessed. Of the fish examined, 37 were parasitized with N. buttnerae (68.5% prevalence), with intensity of infection variation ranging from 1 to 1,219 specimens per fish (12,279 specimens counted). In two farms was detected the high mean intensity of infection, 230.8 and 451.3 parasites per fish, with a total count of 4,155 and 8,123 parasites, respectively, whereas the third farm had a single fish infected with only one specimen. The weight-length ratio equation indicated that the fish were growing at the same rate in weight and length. It was observed significant correlation between parasite intensity and fish length, as well as significant negative correlation with parasite intensity and condition factor. The gastrointestinal tract contained ostracod invertebrates, which are intermediate N. buttnerae hosts. The high N. buttnerae intensity affect their physiological condition as suggested by the negative correlation between parasitic intensity and condition factor, emphasizing the need to implement suitable prophylactic measures to prevent infection by the parasite.


Nos últimos anos tem crescido o registro de ocorrências de parasitos acantocéfalos em pisciculturas de tambaqui da região Norte do Brasil, com relatos de perdas econômicas, justificando assim a necessidade de aprofundar dados epidemiológicos desta doença parasitária. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar a ocorrência do acantocéfalo Neoechinorhynchus buttnerae e a relação parasito-hospedeiro em tambaqui (Colossoma macropomum) de três pisciculturas do município de Rio Preto da Eva (AM), Brasil. Foram amostradas três pisciculturas no município alvo, coletando 18 peixes em cada uma, para análises parasitológicas e cálculo do fator de condição relativo e correlações associadas. Foram quantificados 12.279 espécimes de N. buttnerae em 37 peixes parasitados (prevalência 68,5%), com intensidade de infecção variando de 1 a 1.219 parasitos por peixe. Duas propriedades apresentaram as maiores intensidades médias de infecção, 230,8 e 451,3 parasitas por peixe; com 4.155 e 8.123 parasitos quantificados, respectivamente, enquanto na terceira foi encontrado apenas 1 parasito em 1 peixe infectado. A equação da relação peso-comprimento indicou que os peixes estavam crescendo na mesma proporção em peso e comprimento. Foi observada correlação significativa entre intensidade parasitária e comprimento dos peixes, assim como correlação negativa significativa entre intensidade parasitária e fator de condição. No trato gastrointestinal dos tambaquis foi observada a presença de invertebrados ostracodas; hospedeiros intermediários desta espécie de acantocéfalo. Portanto, a alta carga parasitária de N. buttnerae pode ter comprometido o desempenho dos peixes e afetado a sua condição fisiológica como sugerido pela correlação negativa entre intensidade parasitária e fator de condição, e enfatiza-se a importância do emprego de medidas adequadas de profilaxia para prevenção de infecções por este parasito.


Assuntos
Animais , Acantocéfalos , Caraciformes/parasitologia , Doenças dos Peixes/parasitologia , Pesqueiros
8.
B. Inst. Pesca ; 45(2): e499, 2019. ilus, graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-23654

Resumo

The record of occurrence of acanthocephalan parasites on tambaqui farms in Northern Brazil has increased in recent years along with reports of associated economic losses, justifying further epidemiological studies of this parasite. As such, this study evaluated the occurrence of the acanthocephalan Neoechinorhynchus buttnerae and the parasite-host relationship in tambaqui (Colossoma macropomum) from three fish farms in the Amazonian town of Rio Preto da Eva, Brazil. Fish from the farms (N = 18 per farm) were collected for parasitological examination, determination of the relative condition factor and correlation tests between the parameters assessed. Of the fish examined, 37 were parasitized with N. buttnerae (68.5% prevalence), with intensity of infection variation ranging from 1 to 1,219 specimens per fish (12,279 specimens counted). In two farms was detected the high mean intensity of infection, 230.8 and 451.3 parasites per fish, with a total count of 4,155 and 8,123 parasites, respectively, whereas the third farm had a single fish infected with only one specimen. The weight-length ratio equation indicated that the fish were growing at the same rate in weight and length. It was observed significant correlation between parasite intensity and fish length, as well as significant negative correlation with parasite intensity and condition factor. The gastrointestinal tract contained ostracod invertebrates, which are intermediate N. buttnerae hosts. The high N. buttnerae intensity affect their physiological condition as suggested by the negative correlation between parasitic intensity and condition factor, emphasizing the need to implement suitable prophylactic measures to prevent infection by the parasite.(AU)


Nos últimos anos tem crescido o registro de ocorrências de parasitos acantocéfalos em pisciculturas de tambaqui da região Norte do Brasil, com relatos de perdas econômicas, justificando assim a necessidade de aprofundar dados epidemiológicos desta doença parasitária. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar a ocorrência do acantocéfalo Neoechinorhynchus buttnerae e a relação parasito-hospedeiro em tambaqui (Colossoma macropomum) de três pisciculturas do município de Rio Preto da Eva (AM), Brasil. Foram amostradas três pisciculturas no município alvo, coletando 18 peixes em cada uma, para análises parasitológicas e cálculo do fator de condição relativo e correlações associadas. Foram quantificados 12.279 espécimes de N. buttnerae em 37 peixes parasitados (prevalência 68,5%), com intensidade de infecção variando de 1 a 1.219 parasitos por peixe. Duas propriedades apresentaram as maiores intensidades médias de infecção, 230,8 e 451,3 parasitas por peixe; com 4.155 e 8.123 parasitos quantificados, respectivamente, enquanto na terceira foi encontrado apenas 1 parasito em 1 peixe infectado. A equação da relação peso-comprimento indicou que os peixes estavam crescendo na mesma proporção em peso e comprimento. Foi observada correlação significativa entre intensidade parasitária e comprimento dos peixes, assim como correlação negativa significativa entre intensidade parasitária e fator de condição. No trato gastrointestinal dos tambaquis foi observada a presença de invertebrados ostracodas; hospedeiros intermediários desta espécie de acantocéfalo. Portanto, a alta carga parasitária de N. buttnerae pode ter comprometido o desempenho dos peixes e afetado a sua condição fisiológica como sugerido pela correlação negativa entre intensidade parasitária e fator de condição, e enfatiza-se a importância do emprego de medidas adequadas de profilaxia para prevenção de infecções por este parasito.(AU)


Assuntos
Animais , Caraciformes/parasitologia , Acantocéfalos , Doenças dos Peixes/parasitologia , Pesqueiros
9.
B. Inst. Pesca ; 44(2): [1-7], abr.-jun. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-731194

Resumo

The study evaluated the toxicity of Lippia origanoides essential oil (EO) in tambaqui (Colossoma macropomum) and its in vivo activity against Aeromonas hydrophila. Toxicity was tested by tambaqui exposure to 0, 5, 10, 12.5, 15, 17.5 and 20 mg L-1 of L. origanoides EO for 96 h. The mean lethal concentration (LC50) was 15.2 mg L-1. After tambaqui exposure to sublethal concentrations of L. origanoides EO (7.6 and 11.4 mg L-1) for 96 h, only the 7.6 mg L-1 level caused minor hematologic and biochemical changes that include increase in mean corpuscular volume and decrease in total protein, which did not compromise fish homeostasis. Tambaqui experimentally infected with A. hydrophila had higher survival rate (79.2%) after therapeutic bath with 10 mg L-1 L. origanoides EO. Therefore, tambaqui exhibits moderate tolerance to L. origanoides EO, and this oil has potential for use in the treatment of tambaqui infected with A. hydrophila.(AU)


O presente estudo avaliou a toxicidade do óleo essencial de Lippia origanoides em tambaqui (Colossoma macropomum) e sua atividade in vivo frente à Aeromonas hydrophila. Para os testes de toxicidade, tambaquis foram expostos a 0, 5, 10, 12,5, 15, 17,5 e 20 mg L-1 do óleo essencial de L. origanoides por 96 horas. A concentração média letal (CL50) foi estimada em 15,2 mg L-1. Após exposição dos tambaquis às concentrações subletais de L. origanoides (7,6 e 11,4 mg L-1) por 96 horas, poucas alterações hematológicas e bioquímicas como aumento no volume corpuscular médio e decréscimo nos valores de proteínas totais foram observadas na concentração de 7,6 mg L-1, o que não compromete a homeostase orgânica dos peixes. Tambaquis experimentalmente infectados com A. hydrophila alcançaram maior taxa de sobrevivência (79,2%) após banho terapêutico com 10 mg L-1 do óleo essencial de L. origanoides. Portanto, o tambaqui exibe moderada tolerância ao óleo essencial de L. origanoides e este óleo tem potencial para uso no tratamento de tambaqui (C. macropomum) infectado com A. hydrophila.(AU)


Assuntos
Animais , Óleos Voláteis/toxicidade , Óleos Voláteis/uso terapêutico , Lippia/toxicidade , Characidae/microbiologia , Aeromonas hydrophila
10.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 44(2): [1-7], abr.-jun. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1465345

Resumo

The study evaluated the toxicity of Lippia origanoides essential oil (EO) in tambaqui (Colossoma macropomum) and its in vivo activity against Aeromonas hydrophila. Toxicity was tested by tambaqui exposure to 0, 5, 10, 12.5, 15, 17.5 and 20 mg L-1 of L. origanoides EO for 96 h. The mean lethal concentration (LC50) was 15.2 mg L-1. After tambaqui exposure to sublethal concentrations of L. origanoides EO (7.6 and 11.4 mg L-1) for 96 h, only the 7.6 mg L-1 level caused minor hematologic and biochemical changes that include increase in mean corpuscular volume and decrease in total protein, which did not compromise fish homeostasis. Tambaqui experimentally infected with A. hydrophila had higher survival rate (79.2%) after therapeutic bath with 10 mg L-1 L. origanoides EO. Therefore, tambaqui exhibits moderate tolerance to L. origanoides EO, and this oil has potential for use in the treatment of tambaqui infected with A. hydrophila.


O presente estudo avaliou a toxicidade do óleo essencial de Lippia origanoides em tambaqui (Colossoma macropomum) e sua atividade in vivo frente à Aeromonas hydrophila. Para os testes de toxicidade, tambaquis foram expostos a 0, 5, 10, 12,5, 15, 17,5 e 20 mg L-1 do óleo essencial de L. origanoides por 96 horas. A concentração média letal (CL50) foi estimada em 15,2 mg L-1. Após exposição dos tambaquis às concentrações subletais de L. origanoides (7,6 e 11,4 mg L-1) por 96 horas, poucas alterações hematológicas e bioquímicas como aumento no volume corpuscular médio e decréscimo nos valores de proteínas totais foram observadas na concentração de 7,6 mg L-1, o que não compromete a homeostase orgânica dos peixes. Tambaquis experimentalmente infectados com A. hydrophila alcançaram maior taxa de sobrevivência (79,2%) após banho terapêutico com 10 mg L-1 do óleo essencial de L. origanoides. Portanto, o tambaqui exibe moderada tolerância ao óleo essencial de L. origanoides e este óleo tem potencial para uso no tratamento de tambaqui (C. macropomum) infectado com A. hydrophila.


Assuntos
Animais , Characidae/microbiologia , Lippia/toxicidade , Óleos Voláteis/toxicidade , Óleos Voláteis/uso terapêutico , Aeromonas hydrophila
11.
R. bras. Parasitol. Vet. ; 27(4): 488-494, Oct.-Dec. 2018. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-740941

Resumo

The aim of this study was to evaluate the impacts of metazoan parasites on hematological and biochemical parameters and relative condition factor of tambaqui (Colossoma macropomum ) farmed in northern Brazil. A total of 32 juvenile fish were captured from a commercial fish farm located in the municipality of Rio Preto da Eva, Amazonas state, Brazil. Parasite prevalence was 100% for Anacanthorus spathulatus, Mymarothecium boegeri and Notozothecium janauachensis, 100% for Neoechinorhynchus buttnerae and 53.13% for Dolops geayi. The greatest mean parasite intensity was found in acantocephalans followed by monogeneans and branchiuran crustaceans. A negative correlation was observed between abundance of N. buttnerae and hematocrit percentage, hemoglobin concentration, total thrombocyte count and glucose and between abundance of the monogenean and glucose concentration. Parasitic infections caused damage in tambaqui in terms of the observed hematological parameters that were characterized by hypochromic anemia and thrombocytopenia, which are important parameters to be used in parasitic diagnosis. This study is the first record of the occurrence of Dolops geayi in farmed tambaqui in the Amazon.(AU)


O objetivo deste estudo foi avaliar o impacto do parasitismo por metazoários sobre os parâmetros hematológicos, bioquímicos e fator de condição relativo de tambaquis (Colossoma macropomum) cultivados na região Norte do Brasil. Foram coletados 32 tambaquis em fase de engorda numa piscicultura comercial no município de Rio Preto da Eva, estado do Amazonas, Brasil. A prevalência de parasitos foi de 100% para Anacanthorus spathulatus, Mymarothecium boegeri e Notozothecium janauachensis, 100% para Neoechinorhynchus buttnerae e 53,13% para Dolops geayi. A maior intensidade média foi de acantocéfalos, seguida por monogenéticos e branquiúros. Correlação negativa significativa foi observada entre abundância de N. buttnerae e os parâmetros de hematócrito, concentração de hemoglobina, trombócitos totais e glicose, bem como entre a abundância de monogenéticos e glicose. A infecção por parasitos metazoários foi capaz de debilitar os tambaquis como observado por meio das alterações hematológicas; sendo este quadro de anemia hipocrômica e trombocitopenia importante para ser utilizado no diagnóstico destas parasitoses. Este estudo foi o primeiro registro da ocorrência de Dolops geayi em tambaquis cultivados na Amazônia.(AU)


Assuntos
Animais , Characidae/sangue , Characidae/parasitologia , Parasitos , Acantocéfalos , Anelídeos , Pesqueiros , Brasil
12.
Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online) ; 55(1): 1-12, 2 abr. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-912753

Resumo

The present study evaluated the dietary supplementation with essential oil of Lippia alba on the hemato-immunological parameters of Nile tilapia (Oreochromis niloticus) submitted to acute inflammation induced by carrageenin injection in the swim bladder. For a period of 45 days, 96 fish were divided in four treatments in triplicate, as follows: fish fed supplemented diet with essential oil of L. alba (4 mL kg-1 dry ration) injected with carrageenin; fish fed supplemented diet with cereal alcohol injected with carrageenin; fish fed unsupplemented diet with essential oil injected with carrageenin; fish fed unsupplemented diet and noninjected. Cortisol levels, erythrogram, leukogram and the inflammatory infiltrate were analyzed 6 h after inflammatory stimulus. Carrageenin-injected fish showed acute inflammatory reaction in the swim bladder characterized by higher infiltrate of neutrophils and monocytes. The circulating neutrophils number was significantly higher in fish fed L. alba when compared to other treatments. No difference in cortisol levels was found. For dose, time and administration form tested, supplementation with essential oil of L. alba did not present anti-inflammatory activity. On the other hand, influence of dietary supplementation was observed on the neutrophils number after induced aerocystitis highlighting its immunomodulatory characteristic.(AU)


O presente estudo avaliou a suplementação dietária com óleo essencial de Lippia alba sobre os parâmetros hemato-imunológicos em tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus) submetidas à inflamação aguda induzida por carragenina na bexiga natatória. Pelo período de 45 dias, 96 peixes foram divididos em quarto tratamentos em triplicata: a) peixes suplementados com óleo esencial de L. alba (4 mL kg-1 de ração) injetados com carragenina; b) peixes suplementados com álcool de cereais injetados com carragenina; peixes não suplementados com óleo essencial injetados com carragenina; c) peixes não suplementados não injetados. Os níveis de cortisol, eritrograma, leucograma e o infiltrado inflamatório foram analisados seis horas após o estímulo inflamatório. Peixes injetados com carragenina apresentaram reação inflamatória aguda na bexiga natatória caracterizada por maior infiltrado de neutrófilos e monócitos. O número de neutrófilos circulantes foi significativamente maior nos peixes suplementados com L. alba quando comparado aos outros tratamentos. Não houve diferença nos níveis de cortisol. Para a dose, o tempo e a forma de administração testada, a suplementação com óleo essencil de L. alba não apresentou atividade anti-inflamatória. Por outro lado, foi constatada influência da suplementação dietária no número de neutrófilos após a aerocistite enfatizando a sua característica imunomoduladora.(AU)


Assuntos
Animais , Anti-Inflamatórios/administração & dosagem , Ciclídeos/sangue , Ciclídeos/imunologia , Suplementos Nutricionais/análise , Lippia/química , Óleos Voláteis/uso terapêutico , Sacos Aéreos , Carragenina/administração & dosagem , Inflamação/terapia , Óleos Voláteis/administração & dosagem
13.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 55(1): 1-12, 2 abr. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-734914

Resumo

The present study evaluated the dietary supplementation with essential oil of Lippia alba on the hemato-immunological parameters of Nile tilapia (Oreochromis niloticus) submitted to acute inflammation induced by carrageenin injection in the swim bladder. For a period of 45 days, 96 fish were divided in four treatments in triplicate, as follows: fish fed supplemented diet with essential oil of L. alba (4 mL kg-1 dry ration) injected with carrageenin; fish fed supplemented diet with cereal alcohol injected with carrageenin; fish fed unsupplemented diet with essential oil injected with carrageenin; fish fed unsupplemented diet and noninjected. Cortisol levels, erythrogram, leukogram and the inflammatory infiltrate were analyzed 6 h after inflammatory stimulus. Carrageenin-injected fish showed acute inflammatory reaction in the swim bladder characterized by higher infiltrate of neutrophils and monocytes. The circulating neutrophils number was significantly higher in fish fed L. alba when compared to other treatments. No difference in cortisol levels was found. For dose, time and administration form tested, supplementation with essential oil of L. alba did not present anti-inflammatory activity. On the other hand, influence of dietary supplementation was observed on the neutrophils number after induced aerocystitis highlighting its immunomodulatory characteristic.(AU)


O presente estudo avaliou a suplementação dietária com óleo essencial de Lippia alba sobre os parâmetros hemato-imunológicos em tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus) submetidas à inflamação aguda induzida por carragenina na bexiga natatória. Pelo período de 45 dias, 96 peixes foram divididos em quarto tratamentos em triplicata: a) peixes suplementados com óleo esencial de L. alba (4 mL kg-1 de ração) injetados com carragenina; b) peixes suplementados com álcool de cereais injetados com carragenina; peixes não suplementados com óleo essencial injetados com carragenina; c) peixes não suplementados não injetados. Os níveis de cortisol, eritrograma, leucograma e o infiltrado inflamatório foram analisados seis horas após o estímulo inflamatório. Peixes injetados com carragenina apresentaram reação inflamatória aguda na bexiga natatória caracterizada por maior infiltrado de neutrófilos e monócitos. O número de neutrófilos circulantes foi significativamente maior nos peixes suplementados com L. alba quando comparado aos outros tratamentos. Não houve diferença nos níveis de cortisol. Para a dose, o tempo e a forma de administração testada, a suplementação com óleo essencil de L. alba não apresentou atividade anti-inflamatória. Por outro lado, foi constatada influência da suplementação dietária no número de neutrófilos após a aerocistite enfatizando a sua característica imunomoduladora.(AU)


Assuntos
Animais , Anti-Inflamatórios/administração & dosagem , Ciclídeos/sangue , Ciclídeos/imunologia , Suplementos Nutricionais/análise , Lippia/química , Óleos Voláteis/uso terapêutico , Sacos Aéreos , Carragenina/administração & dosagem , Inflamação/terapia , Óleos Voláteis/administração & dosagem
14.
Acta amaz. ; 42(2): 293-298, 2012. ilus, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-1972

Resumo

Este estudo avaliou a eficácia da heparina sódica e do EDTA tripotássico como anticoagulantes e seus efeitos sobre os parâmetros hematológicos de tambaqui (Colossoma macropomum). Foram utilizados dez indivíduos de tambaqui com médias de 384,9 ± 85,71 g de peso e 27,90 ± 2,10 cm de comprimento total para avaliação da heparina 5.000 UI e 100 UI, bem como do K3EDTA 10 por cento. Foram analisados a inibição da coagulação por 10 h, eritrograma e teste de fragilidade osmótica dos eritrócitos. Os resultados foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey (P < 0,05). Heparina 5000 UI, heparina 100 UI e K3EDTA 10 por cento foram eficazes na prevenção da coagulação por mais de 10 h, no entanto o EDTA tripotássico causou hemólise desde os primeiros momentos. No eritrograma não foi observada diferença (P > 0,05) na contagem de eritrócitos, hematócrito, taxa de hemoglobina e CHCM, no entanto, houve aumento do VCM (P < 0,05) nas amostras acondicionados com K3EDTA 10 por cento. Este anticoagulante causou incremento (P < 0,01) na fragilidade osmótica dos eritrócitos quando comparado com a heparina pura, heparina diluída, e grupo controle. A utilização da heparina como anticoagulante é mais apropriada para tambaqui (Colossoma macropomum), visto que foi eficiente na prevenção da coagulação por mais de 10 h, sem ocasionar hemólise, ou alterações nos parâmetros hematológicos e na fragilidade osmótica dos eritrócitos.(AU)


The efficacy of sodium heparin and tripotassium EDTA as anticoagulant and their effect on the hematological parameters of tambaqui (Colossoma macropomum) were evaluated in this study. Ten fish weighing 384.9 ± 85.71 g and measuring 27.90 ± 2.10 cm were used for heparin 5.000 IU, heparin 100 IU and K3EDTA 10 percent evaluation. Clotting inhibition after 10 h, erythrogram and osmotic fragility of erythrocytes were observed. The results were submitted to variance analysis and means compared by Tukey test (P < 0.05). Heparin 5.000 IU, heparin 100 IU and K3EDTA 10 percent were effective in preventing coagulation for more than 10 h. However, tripotassium EDTA caused hemolysis since first moments. In erythrogram there was no difference (P > 0.05) in erythrocyte count, hematocrit, hemoglobin and MCHC. On the other hand, an increase in MCV (P < 0.05) in samples kept with K3EDTA10 percent was observed. This anticoagulant provoked a significant increase (P < 0.01) in the osmotic fragility of erythrocytes when compared to pure heparin, diluted heparin and the control group. Heparin as an anticoagulant is more appropriate for tambaqui since it was effective in preventing coagulation for more than 10 h, without causing hemolysis, changes on hematological parameters or osmotic fragility of erythrocytes.(AU)


Assuntos
Animais , Hemólise/imunologia , Anticoagulantes/administração & dosagem , Heparina/química , Ácido Edético , Peixes
15.
Acta amaz ; 42(3): 439-444, 2012. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1395976

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do sal (NaCl) sobre as respostas fisiológicas e controle de helmintos monogenóides em tambaqui (Colossoma macropomum). Para isso, juvenis de tambaqui (42,38 ± 0,47 g; 13,90 ± 0,06 cm) foram transferidos para tanques de 350L e aclimatados por um período de 24 horas. Os ensaios foram conduzidos utilizando as concentrações de 0, 2, 4, 6 e 8 g de sal comum L-1 de água, nos tempos de exposição de 30, 60 e 120 minutos, com três repetições por tratamento. A tolerância dos tambaquis ao sal e a eficácia deste sobre os helmintos monogenóides foi avaliada mediante análise dos indicadores fisiológicos (glicose, cloretos, sódio e potássio plasmático) e parasitológicos (número total de parasitas e prevalência). Tambaquis expostos a 4 g NaCl L-1 por 120 minutos, 6 e 8 g NaCl L-1 por 60 e 120 minutos apresentaram maior elevação da glicose plasmática e na concentração de 8 g NaCl L-1 por 120 minutos maiores níveis de cloreto plasmático. A prevalência de monogenóides nas brânquias foi de 100% e todas as concentrações de sal avaliadas neste estudo não foram eficazes na redução dos helmintos monogenóides em tambaqui.


The objective of this work was to evaluate the effect of salt (NaCl) on physiological responses and monogenean control in tambaqui (Colossoma macropomum). Juveniles of tambaqui (42.38 ± 0.47 g; 13.90 ± 0.06 cm) were transferred to 350L tanks and acclimated for a period of 24 hours. The assays were conducted using the concentrations of 0, 2, 4, 6 and 8 g of NaCl L-1 of water, exposed to 30, 60 and 120 minutes, with three replicates in each treatment. The tambaqui tolerance to salt and the efficacy against monogenean were evaluated by physiological analysis (glucose, chloride, sodium and potassium plasmatic concentrations) and parasitic indices (total number of parasites and prevalence). Tambaquis exposed to 4 g NaCl L-1 for 120 minutes, 6 and 8 g NaCl L-1 for 60 and 120 minutes showed increased glucose levels while those exposed to 8 g NaCl L-1 for 120 minutes presented increased chloride levels. The prevalence of monogeneans in the gills of tambaqui was 100% and the salt concentrations evaluated in this study were not effective in the reduction of monogenean parasites.


Assuntos
Animais , Cloreto de Sódio , Controle de Doenças Transmissíveis , Peixes/parasitologia , Helmintos/fisiologia
16.
Neotrop. ichthyol ; 7(3): 465-470, Sept. 2009. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: lil-530319

Resumo

Fishes that live in the Amazonian environment may be exposed to several kinds of waters: "black waters", containing high dissolved organic carbon and acidic pH, "white waters", with ten fold higher Ca2+ concentrations than black waters and neutral pH, and "clear waters", with two fold higher Ca2+ concentrations than black waters and also neutral pH. Therefore, the aim of the present study was to analyze Ca2+ fluxes in the facultative air-breather Hoplosternum littorale (tamoatá) exposed to different Amazonian waters. Fishes were acclimated in well water (similar to clear water) and later placed in individual chambers for Ca2+ fluxes measurements. After 4 h, water from the chambers was replaced by a different type of water. Transfer of tamoatás to ion-poor black or acidic black water resulted in net Ca2+ loss only in the first 2 h of experiment. However, transfer from black or acidic black water to white water led to only net Ca2+ influxes. The results obtained allowed us to conclude that transfer of tamoatás to ion-poor waters (black and acidic black water) led to transient net Ca2+ loss, while the amount of Ca2+ in the ion-rich white water seems adequate to prevent Ca2+ loss after transfer. Therefore, transfer of tamoatás between these Amazonian waters does not seem to result in serious Ca2+ disturbance.(AU)


Os peixes que vivem na Amazônia são expostos a vários tipos de água: águas pretas, contendo grande quantidade de carbono orgânico dissolvido, águas brancas, com concentração de Ca2+ dez vezes maior que as águas pretas e pH neutro, e águas claras, com concentração de Ca2+ duas vezes maior que as águas pretas e pH também neutro. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi analisar o fluxo de Ca2+ no peixe de respiração aérea facultativa Hoplosternum littorale (tamoatá) exposto a diferentes tipos de águas amazônicas. Os peixes foram aclimatados em água de poço artesiano (semelhante à água clara) e depois colocados individualmente em câmaras para medir o fluxo de Ca2+. Após 4 h, a água das câmaras foi trocada por um tipo diferente de água. A transferência do tamoatá das águas pobres em íons água preta e preta ácida ou da água branca, rica em íons, para as águas preta e preta ácida, pobres em íons, resulta em uma perda de Ca2+ apenas nas duas primeiras horas de experimento. Entretanto, a transferência da água preta e preta ácida, para a água branca resulta em um influxo de Ca2+. Os resultados obtidos nos permitem concluir que a transferência do tamoatá para as águas preta e preta ácida, pobres em íons, leva a uma temporária perda de Ca2+, e a quantidade de Ca2+ na água branca, rica em íons, é adequada para prevenir sua perda após a transferência. Sendo assim, a transferência do tamoatá entre as águas estudadas não resulta em sérios distúrbios no Ca2+.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes-Gato/crescimento & desenvolvimento , Peixes-Gato/fisiologia , Água Corrosiva/análise , Cálcio/química
17.
Neotrop. ichthyol ; 7(3): 465-470, sept. 2009. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-24926

Resumo

Fishes that live in the Amazonian environment may be exposed to several kinds of waters: "black waters", containing high dissolved organic carbon and acidic pH, "white waters", with ten fold higher Ca2+ concentrations than black waters and neutral pH, and "clear waters", with two fold higher Ca2+ concentrations than black waters and also neutral pH. Therefore, the aim of the present study was to analyze Ca2+ fluxes in the facultative air-breather Hoplosternum littorale (tamoatá) exposed to different Amazonian waters. Fishes were acclimated in well water (similar to clear water) and later placed in individual chambers for Ca2+ fluxes measurements. After 4 h, water from the chambers was replaced by a different type of water. Transfer of tamoatás to ion-poor black or acidic black water resulted in net Ca2+ loss only in the first 2 h of experiment. However, transfer from black or acidic black water to white water led to only net Ca2+ influxes. The results obtained allowed us to conclude that transfer of tamoatás to ion-poor waters (black and acidic black water) led to transient net Ca2+ loss, while the amount of Ca2+ in the ion-rich white water seems adequate to prevent Ca2+ loss after transfer. Therefore, transfer of tamoatás between these Amazonian waters does not seem to result in serious Ca2+ disturbance.(AU)


Os peixes que vivem na Amazônia são expostos a vários tipos de água: águas pretas, contendo grande quantidade de carbono orgânico dissolvido, águas brancas, com concentração de Ca2+ dez vezes maior que as águas pretas e pH neutro, e águas claras, com concentração de Ca2+ duas vezes maior que as águas pretas e pH também neutro. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi analisar o fluxo de Ca2+ no peixe de respiração aérea facultativa Hoplosternum littorale (tamoatá) exposto a diferentes tipos de águas amazônicas. Os peixes foram aclimatados em água de poço artesiano (semelhante à água clara) e depois colocados individualmente em câmaras para medir o fluxo de Ca2+. Após 4 h, a água das câmaras foi trocada por um tipo diferente de água. A transferência do tamoatá das águas pobres em íons água preta e preta ácida ou da água branca, rica em íons, para as águas preta e preta ácida, pobres em íons, resulta em uma perda de Ca2+ apenas nas duas primeiras horas de experimento. Entretanto, a transferência da água preta e preta ácida, para a água branca resulta em um influxo de Ca2+. Os resultados obtidos nos permitem concluir que a transferência do tamoatá para as águas preta e preta ácida, pobres em íons, leva a uma temporária perda de Ca2+, e a quantidade de Ca2+ na água branca, rica em íons, é adequada para prevenir sua perda após a transferência. Sendo assim, a transferência do tamoatá entre as águas estudadas não resulta em sérios distúrbios no Ca2+.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes-Gato/crescimento & desenvolvimento , Peixes-Gato/fisiologia , Água Corrosiva/análise , Cálcio/química
18.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-760604

Resumo

The present study evaluated the dietary supplementation with essential oil of Lippia alba on the hemato-immunological parameters of Nile tilapia (Oreochromis niloticus) submitted to acute inflammation induced by carrageenin injection in the swim bladder. For a period of 45 days, 96 fish were divided in four treatments in triplicate, as follows: fish fed supplemented diet with essential oil of L. alba (4 mL kg-1 dry ration) injected with carrageenin; fish fed supplemented diet with cereal alcohol injected with carrageenin; fish fed unsupplemented diet with essential oil injected with carrageenin; fish fed unsupplemented diet and noninjected. Cortisol levels, erythrogram, leukogram and the inflammatory infiltrate were analyzed 6 h after inflammatory stimulus. Carrageenin-injected fish showed acute inflammatory reaction in the swim bladder characterized by higher infiltrate of neutrophils and monocytes. The circulating neutrophils number was significantly higher in fish fed L. alba when compared to other treatments. No difference in cortisol levels was found. For dose, time and administration form tested, supplementation with essential oil of L. alba did not present anti-inflammatory activity. On the other hand, influence of dietary supplementation was observed on the neutrophils number after induced aerocystitis highlighting its immunomodulatory characteristic.


O presente estudo avaliou a suplementação dietária com óleo essencial de Lippia alba sobre os parâmetros hemato-imunológicos em tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus) submetidas à inflamação aguda induzida por carragenina na bexiga natatória. Pelo período de 45 dias, 96 peixes foram divididos em quarto tratamentos em triplicata: a) peixes suplementados com óleo esencial de L. alba (4 mL kg-1 de ração) injetados com carragenina; b) peixes suplementados com álcool de cereais injetados com carragenina; peixes não suplementados com óleo essencial injetados com carragenina; c) peixes não suplementados não injetados. Os níveis de cortisol, eritrograma, leucograma e o infiltrado inflamatório foram analisados seis horas após o estímulo inflamatório. Peixes injetados com carragenina apresentaram reação inflamatória aguda na bexiga natatória caracterizada por maior infiltrado de neutrófilos e monócitos. O número de neutrófilos circulantes foi significativamente maior nos peixes suplementados com L. alba quando comparado aos outros tratamentos. Não houve diferença nos níveis de cortisol. Para a dose, o tempo e a forma de administração testada, a suplementação com óleo essencil de L. alba não apresentou atividade anti-inflamatória. Por outro lado, foi constatada influência da suplementação dietária no número de neutrófilos após a aerocistite enfatizando a sua característica imunomodulado

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA