Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 6 de 6
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-717226

Resumo

We have evaluated the quality of Apis mellifera L. honey depending on the level of use of Good Apicultural Practices (GAP) in Piauí. We used 60 samples of honey produced during the 2009 harvest. The experiment was conducted with three treatments and three levels of GAP and 20 repetitions: Beekeepers using the GAP on a higher level, with bee product extraction unit (BPEU) within the standards required by legislation; Beekeepers that do not use correctly the GAP, with BPEU out of the standards required by legislation, Beekeepers who do not use correctly the GAP, and do not possess BPEU. The samples were analyzed for physic-chemical and microbiological. Differences were observed (except ash) among treatment T1 and the others, the samples remained within the current legislation standards. Coliforms at 37 º C and 45 º C or Salmonella spp. were not observed in the samples. Values higher than 1.0 CFU / g (log 10) of filamentous mold and yeasts were found in 50%, 90% and 80% of the samples as for treatments T1, T2 and T3 respectively. It is concluded the use of GAP is an efficient tool to maintain the physic-chemical and microbiological quality of Apis mellifera L. honey.


Avaliou-se a qualidade do mel de abelhas Apis mellifera L. em função do nível de utilização das Boas Práticas Apícolas (BPA) no Piauí. Utilizaram-se 60 amostras de mel produzido na safra de 2009. O experimento foi montado com três tratamentos (níveis de utilização de BPA) e 20 repetições: apicultores que utilizam em um melhor nível as BPA, com unidades de extração de produtos apícolas (UEPA) dentro dos padrões exigidos pela legislação vigente, apicultores que não utilizam as BPA corretamente, com UEPA fora dos padrões exigidos pela legislação vigente e apicultores que não utilizam corretamente as BPA, não possuindo UEPA. As amostras foram analisadas quantos aos parâmetros físico-químicos e microbiológicos. Foram observadas diferenças (com exceção de cinzas) entre os tratamentos T1 e os demais, sendo que as amostras mantiveram-se dentro dos padrões da legislação vigente. Não foram observados coliformes a 37ºC e a 45ºC nem Salmonella spp. Fungos filamentosos e leveduras foram encontrados em valores superiores a 1,0 UFC/g (log10) em 50%, 90% e 80% das amostras para os tratamentos T1, T2 e T3, respectivamente. Conclui-se que a utilização das BPA é uma ferramenta eficiente para a manutenção da qualidade físico-química e microbiológica do mel de abelhas melíferas.

2.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-717250

Resumo

The study aimed to assess the environmental parameters and physiological parameters and Saanen goats and Marota in Teresina, Piauí State, Brazil, in the rainy and dry periods during the months from april to november. We used adult female Saanen goats (n = 7) and Marota (n = 7), clinically healthy, the same age group and subject to the same management conditions. The physiological indices were heart rate (HR), respiratory rate (RR) and rectal temperature (RT) in schedules 7-8, 10-11, 14-15 and 17-18 hours. The environmental indices analyzed were room temperature, relative humidity, black globe temperature index and temperature and humidity index. The results of the environmental parameters show that the dry period is more stressful than the rainy and the afternoon shift is more stressful than the morning and among these parameters, it is observed that the relative humidity has the opposite behavior of the temperature air, temperature and black globe temperature and humidity index, showing higher values in the rainy season and in the morning shift. Regarding the physiological parameters of the animals, it was observed that all animals were able to maintain rectal temperature within normal limits and the respiratory rate was the most sensitive indicator of stress, showing that the animals Marota race had lower values and more close to normal, indicating greater adaptability in relation to Saanen.


Objetivou-se com este trabalho avaliar os parâmetros ambientais e os parâmetros e fisiológicos dos caprinos Saanen e Marota na cidade de Teresina, estado do Piauí, Brasil, nos períodos chuvosos e secos, durante os meses de abril a novembro. Utilizaram-se fêmeas caprinas adultas Saanen (n=7) e Marota (n=7), clinicamente saudáveis, de mesmas faixas etárias e submetidas às mesmas condições de manejo. Os índices fisiológicos foram a frequência cardíaca (FC), frequência respiratória (FR) e temperatura retal (TR) nos horários de 7-8, 10-11, 14-15 e 17-18horas. Os índices ambientais analisados foram a temperatura ambiente, umidade relativa do ar,temperatura de globo negro e índices de temperatura e umidade. Os resultados dos parâmetros ambientais mostram que o período seco é mais estressante que o chuvoso e que o turno da tarde é mais estressante que o da manhã e, dentre os esses parâmetros, observa-se que a umidade relativa do ar tem comportamento inverso ao da temperatura do ar, temperatura de globo negro e índices de temperatura e umidade, mostrando maiores valores no período chuvoso e no turno da manhã. Quanto aos parâmetros fisiológicos dos animais, observou-se que todos os animais conseguiram manter a temperatura retal dentro dos limites normais, e que a frequência respiratória foi o indicador de estresse mais sensível, mostrando que os animais da raça Marota apresentaram menores valores e mais próximos da normalidade, indicando maior adaptabilidade em relação aos da raça Saanen

3.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1493064

Resumo

This research was carried out to evaluate the quality of honeys throughout the storage time in two different environments. The experiment was carried out in a warehouse in the Teresina city, Brazil. The samples were collected from four batches of honey from the 2005 harvest prepared for exportation, and stored under two different conditions, the treatments consisted of: conventional storage and storage under refrigeration. The samples were analyzed for hydroxymethylfurfural (HMF) levels zero, 15; 30; 45; 60; 75 and 90 days of storage and the daily temperature were monitored in both storage environments. Laboratorial analyses were performed according to current Brazilian legislation. Refrigeration was effective in keeping mild temperatures in the acclimated storage, which was efficient in reducing the pace of HMF occurrence, when compared to the storage kept in environment temperature. The HMF content in the samples stored at environmental temperature were 44.78% higher than those kept under refrigeration.


Avaliou-se a variação da qualidade de méis ao longo do tempo de armazenamento em dois ambientes. O experimento foi realizado em um entreposto de mel da cidade de Teresina-PI, onde foram coletadas amostras de quatro lotes de méis para exportação da safra de 2005 e estocadas em duas condições de armazenamento. Os tratamentos consistiram em: armazém convencional e armazém refrigerado. As temperaturas dos dois ambientes foram registradas diariamente durante o experimento. Foram medidos os teores de Hidroximetilfurfural (HMF) nas amostras em zero, 15; 30; 45; 60; 75 e 90 dias de estocagem. As análises laboratoriais seguiram os métodos preconizados pela legislação brasileira vigente, descrita na Instrução Normativa Nº 11, de 20 de outubro de 2000, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. A refrigeração foi efetiva na manutenção de temperaturas amenas no depósito aclimatado, pois se mostrou eficiente na redução da velocidade de formação do HMF em relação ao depósito mantido à temperatura ambiente. O teor de HMF nas amostras armazenadas à temperatura ambiente foram 44,78% maiores que os mantidos sob refrigeração.

4.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-712079

Resumo

This research was carried out to evaluate the quality of honeys throughout the storage time in two different environments. The experiment was carried out in a warehouse in the Teresina city, Brazil. The samples were collected from four batches of honey from the 2005 harvest prepared for exportation, and stored under two different conditions, the treatments consisted of: conventional storage and storage under refrigeration. The samples were analyzed for hydroxymethylfurfural (HMF) levels zero, 15; 30; 45; 60; 75 and 90 days of storage and the daily temperature were monitored in both storage environments. Laboratorial analyses were performed according to current Brazilian legislation. Refrigeration was effective in keeping mild temperatures in the acclimated storage, which was efficient in reducing the pace of HMF occurrence, when compared to the storage kept in environment temperature. The HMF content in the samples stored at environmental temperature were 44.78% higher than those kept under refrigeration.


Avaliou-se a variação da qualidade de méis ao longo do tempo de armazenamento em dois ambientes. O experimento foi realizado em um entreposto de mel da cidade de Teresina-PI, onde foram coletadas amostras de quatro lotes de méis para exportação da safra de 2005 e estocadas em duas condições de armazenamento. Os tratamentos consistiram em: armazém convencional e armazém refrigerado. As temperaturas dos dois ambientes foram registradas diariamente durante o experimento. Foram medidos os teores de Hidroximetilfurfural (HMF) nas amostras em zero, 15; 30; 45; 60; 75 e 90 dias de estocagem. As análises laboratoriais seguiram os métodos preconizados pela legislação brasileira vigente, descrita na Instrução Normativa Nº 11, de 20 de outubro de 2000, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. A refrigeração foi efetiva na manutenção de temperaturas amenas no depósito aclimatado, pois se mostrou eficiente na redução da velocidade de formação do HMF em relação ao depósito mantido à temperatura ambiente. O teor de HMF nas amostras armazenadas à temperatura ambiente foram 44,78% maiores que os mantidos sob refrigeração.

5.
Acta Vet. bras. ; 5(4): 399-404, 2011.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-722109

Resumo

The production of hamburger fish (fishburguer) consists of a technological option for adding value to fish of low commercial value. Our objectives were to evaluate the hygienic conditions of mass fishburger and its ingredients by the count and identification of fungal species. In pulp made with tilapia fillets were added to 10% of wheat flour, 2.0% salt, 0.15% black pepper (Piper nigrum L.). Then it was fractionated into four equal parts preparation for the treatment of commercial dye (0.0% - control, 0.15%, 0.35% and 0.45%) based on annatto (Bixa orellana). Were then aseptically removed portions of 100g each dough sample were also analyzed the ingredients. Fungi counts were performed, isolation and identification of Aspergillus and Penicillium. Samples of black pepper showed negligible counts of fungi. The maximum value obtained in the samples was 2.78 cfu / g log 10 and there was no difference in scores between the treatments of dye and the ingredients used in preparation for mass fishburguer. We identified 23 strains of Aspergillus, Penicillium and seven of 13 Fusarium. Wheat flour had: A. candidus, P. citrinum and Fusarium sp and the dye A. flavus, A. niger, A. terreus, P. citrinum, P. funiculosum and Fusarium sp. The pepper samples were not contaminated by the fungi studied. The dough for preparing fishburger and its ingredients were contaminated by yeasts and molds in qua


RESUMO - A fabricação de hamburguer de peixe (fishburguer) consiste em uma opção tecnológica para agregar valor a pescado de baixo valor comercial. Os objetivos deste trabalho foram avaliar as condições higiênicas da massa de fishburger e seus ingredientes pela contagem e identificação de espécies fúngicas. Na polpa elaborada com filé de tilápia eram adicionados 10% de farinha de trigo, 2,0% de sal, 0,15% de pimenta do reino (Piper nigrum L.). Em seguida era fracionada em quatro partes iguais para preparo dos tratamentos de corante comercial (0,0%- controle, 0,15%, 0,35% e 0,45%) à base de urucum (Bixa orellana). Em seguida, foram retiradas assepticamente porções de 100g de cada massa para amostragem, também foram analisados os ingredientes. Foram realizadas contagem de fungos, isolamento e identificação dos gêneros Aspergillus e Penicillium. As amostras de pimenta do reino apresentaram contagens insignificantes de fungos. O valor máximo obtido nas amostras analisadas foi 2,78 ufc/g em log10 e não houve diferença nas contagens entre os tratamentos de corante e os ingredientes utilizados na massa para preparo de fishburguer. Foram identificadas 23 cepas de Aspergillus, sete de Penicillium e 13 de Fusarium. A farinha de trigo possuía: A. candidus, P. citrinum e Fusarium sp e o corante: A. flavus, A. niger, A. terreus P. citrinum, P. funiculosum e Fusarium sp. As amostras de pimen

6.
R. Inst. Adolfo Lutz ; 72(3): 206-210, 2013.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-453460

Resumo

The present study aimed at identifying the fungal species occurring in granola, and to verify the ability of the strains in producing ochratoxin A. Sixty granola samples of four different brands were purchased in commercial establishments located in the city of Teresina Piauí state. The fungi were counted, isolated and the species were identified, and the section Nigri strains were tested for detecting their ability in producing ochratoxin A. No fungal growth was found in 11 of the analyzed samples. In samples showing fungal growth, it was as high as 5.17 log10 CFU/g. A significant difference (p 0.05) among the analyzed granola brands was found. The most frequently isolated fungus genus was Cladosporium (46.9 %), followed by Aspergillus spp and its teleomorphs (37.4 %), and Penicillium spp. (5.4 %). The granola brand A showed the highest counting among the analyzed brands, which demonstrated that a possible failure at some stages of the industrialization process might be occurred. None of the isolated Aspergillus section Nigri strains showed the ability in producing ochratoxin A.


Este trabalho efetuou a identificação das espécies fúngicas presentes na granola e analisou a capacidade das cepas produzirem ocratoxina A. As amostras foram adquiridas no comércio do município de Teresina-Piauí, no total de 60 amostras de quatro diferentes marcas. Foram realizadas as metodologias de contagem, isolamento e identificação das espécies fúngicas; e as cepas da seção Nigri foram testadas quanto à capacidade de produção de ocratoxina A. Em 11 das amostras analisadas não houve o crescimento fúngico, e nas amostras em que houve os valores chegaram a 5,17log10 UFC/g. Houve diferença significativa (p 0,05) entre as diferentes marcas de granola analisadas. Os gêneros fúngicos mais frequentemente isolados foram Cladosporium (46,9 %), seguido de Aspergillus spp. e seus teleomorfos (37,4 %), e do gênero Penicillium spp. (5,4 %). A amostra de granola da marca A apresentou contagens bem mais elevadas do que as demais, o que indica que possivelmente tenha ocorrido falhas em alguma(s) etapa(s) do processo de industrialização. Todas as cepas isoladas de Aspergillus seção Nigri não apresentaram capacidade deprodução de ocratoxina A.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA