Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 20(4): 325-331, 2021. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1488481

Resumo

O objetivo deste trabalho foi verificar o efeito da aplicação de calcário, em doses superiores às recomendadas, e de gesso agrícola na produtividade e teor de macronutrientes do campo nativo na região dos Campos de Cima da Serra –RS. O experimento foi realizado em área de pastagem nativa, localizado em Vacaria –RS. O experimento foi disposto em blocos completamente casualizados alocados em parcelas subdivididas, com quatro repetições. Conduzido em esquema fatorial 3x2: sendo três doses de calcário (0; 3,0 e 5,0 ton ha-1, visando atingir a saturação por bases de 65% e 5,0 ton ha-1, visando atingir uma saturação por bases de 75%) e duas doses de gesso (0 e 2,0 ton ha-1), aplicados superficialmente. O gesso agrícola foi aplicado aleatoriamente em uma das subparcelas. Ao final de cada estação climática foram realizadas avaliações da produção de massa de forragem e teor de macronutrientes, na matéria seca da parte aérea, em duas amostras coletada de uma área de 0,25 m2por parcelas, através do corte da parte aérea “rente ao solo”. A produção de matéria seca do campo nativo no outono, inverno e primavera, apresentou incremento significativo com a aplicação de 5 ton ha-1, sem haver influência no verão. A aplicação de calcário no solo aumentou o teor de nitrogênio e potássio no tecido foliar do campo nativo no período do outono e de cálcio na primavera. A aplicação de gesso agrícola aumentou a produção de matéria seca apenas na primavera e reduziu os teores de magnésio no inverno. Portanto, os resultados demonstram, o potencial de usodo calcário em doses superiores as recomendadas atualmente e do gesso agrícola para aumento da produção de forragem e qualidade das forragens naturais nas épocas avaliadas por este presente trabalho.


The objective of this work was to verify the effect of the application of lime in doses higher than those recommended and of agricultural gypsum on the productivity and macronutrient content of the native field in the "Campos de Cima da Serra" region (Southern Brazil). The experiment was conducted in a native pasture located in Vacaria municipality (Rio Grande do Sul state). The experiment was arranged in randomized blocks allocated in split plots, with four replications each. Conducted in a3x2 factorial scheme: three doses of limestone (0, 3,and 5ton ha-1, aiming to reach a base saturation of 65% and 5.0 ton ha-1, aiming to reach a base saturation 75%) and two doses of gypsum (0 and 2.0 ton ha-1), applied superficially. In addition, agricultural gypsum was randomly applied to one of the subplots. At the end of each climatic season, evaluations of forage mass production and macronutrient content were carried out in dry shoot matter in two samples collected from an area of 0.25 m2 per plot by cutting theaerial part "close to the ground”. The production of dry matter in the native field in autumn, winter and spring showed a significant increase with the application of 5 ton ha-1, with no influence in summer. Furthermore, the application of lime in the soil increased the nitrogen and potassium content in the leaf tissue of the native field in the autumn period. Interestingly, the same happens to calcium in the spring. On the other hand, the application of agricultural gypsum increased dry matter production only in spring and reduced magnesium contents in winter. Therefore, the results demonstrate the potential of using limestone in doses higher than those currently recommended and agricultural gypsum to increase natural forage production and their quality attime intervals evaluated in this work.


Assuntos
Pastagens/análise , Produtos Agrícolas , Solos Calcários/análise , Solos Calcários/métodos , Sulfato de Cálcio/análise
2.
R. Ci. agrovet. ; 20(4): 325-331, 2021. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-765263

Resumo

O objetivo deste trabalho foi verificar o efeito da aplicação de calcário, em doses superiores às recomendadas, e de gesso agrícola na produtividade e teor de macronutrientes do campo nativo na região dos Campos de Cima da Serra –RS. O experimento foi realizado em área de pastagem nativa, localizado em Vacaria –RS. O experimento foi disposto em blocos completamente casualizados alocados em parcelas subdivididas, com quatro repetições. Conduzido em esquema fatorial 3x2: sendo três doses de calcário (0; 3,0 e 5,0 ton ha-1, visando atingir a saturação por bases de 65% e 5,0 ton ha-1, visando atingir uma saturação por bases de 75%) e duas doses de gesso (0 e 2,0 ton ha-1), aplicados superficialmente. O gesso agrícola foi aplicado aleatoriamente em uma das subparcelas. Ao final de cada estação climática foram realizadas avaliações da produção de massa de forragem e teor de macronutrientes, na matéria seca da parte aérea, em duas amostras coletada de uma área de 0,25 m2por parcelas, através do corte da parte aérea “rente ao solo”. A produção de matéria seca do campo nativo no outono, inverno e primavera, apresentou incremento significativo com a aplicação de 5 ton ha-1, sem haver influência no verão. A aplicação de calcário no solo aumentou o teor de nitrogênio e potássio no tecido foliar do campo nativo no período do outono e de cálcio na primavera. A aplicação de gesso agrícola aumentou a produção de matéria seca apenas na primavera e reduziu os teores de magnésio no inverno. Portanto, os resultados demonstram, o potencial de usodo calcário em doses superiores as recomendadas atualmente e do gesso agrícola para aumento da produção de forragem e qualidade das forragens naturais nas épocas avaliadas por este presente trabalho.(AU)


The objective of this work was to verify the effect of the application of lime in doses higher than those recommended and of agricultural gypsum on the productivity and macronutrient content of the native field in the "Campos de Cima da Serra" region (Southern Brazil). The experiment was conducted in a native pasture located in Vacaria municipality (Rio Grande do Sul state). The experiment was arranged in randomized blocks allocated in split plots, with four replications each. Conducted in a3x2 factorial scheme: three doses of limestone (0, 3,and 5ton ha-1, aiming to reach a base saturation of 65% and 5.0 ton ha-1, aiming to reach a base saturation 75%) and two doses of gypsum (0 and 2.0 ton ha-1), applied superficially. In addition, agricultural gypsum was randomly applied to one of the subplots. At the end of each climatic season, evaluations of forage mass production and macronutrient content were carried out in dry shoot matter in two samples collected from an area of 0.25 m2 per plot by cutting theaerial part "close to the ground”. The production of dry matter in the native field in autumn, winter and spring showed a significant increase with the application of 5 ton ha-1, with no influence in summer. Furthermore, the application of lime in the soil increased the nitrogen and potassium content in the leaf tissue of the native field in the autumn period. Interestingly, the same happens to calcium in the spring. On the other hand, the application of agricultural gypsum increased dry matter production only in spring and reduced magnesium contents in winter. Therefore, the results demonstrate the potential of using limestone in doses higher than those currently recommended and agricultural gypsum to increase natural forage production and their quality attime intervals evaluated in this work.(AU)


Assuntos
Pastagens/análise , Solos Calcários/análise , Solos Calcários/métodos , Sulfato de Cálcio/análise , Produtos Agrícolas
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA