Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Braz. j. biol ; 83: e273906, 2023. graf, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1447641

Resumo

Studies on the germination and establishment of plants are key pieces to understanding the reproductive success of plants. This work aimed to describe in vitro germination and reserve mobilization in the bromeliad Vriesea friburgensis through morphological, histochemical, and biochemical analysis. The conditions used in this study for the in vitro germination are adequate. From the third day of in vitro inoculation, a uniform germination of 98% was obtained, exhibiting a high physiological quality of the seeds and a high potential to produce seedlings (94%). There is early reserve mobilization, which began in the imbibition phase. The accumulated reserves in the endosperm cytoplasm are degraded by hydrolytic enzymes provided by the aleurone layer. It is possible that compounds in the cell walls of the endosperm contribute to a lesser extent in mobilization. Additionally, it was observed that starch accumulation in the cotyledon increases when the seedling has formed. Results from this study provide insights for future studies on ecology, seed technology, and conservation in this species. This study contributes to the limited knowledge of the dynamics of reserves during germination and seedling establishment in Bromeliaceae. To the best of our knowledge, this is the first study with this approach in the genus Vriesea.


Estudos sobre germinação e estabelecimento de plantas são peças-chave para entender o sucesso reprodutivo das plantas. Este trabalho teve como objetivo descrever a germinação in vitro e a mobilização de reservas na bromélia Vriesea friburgensis por meio de análises morfológicas, histoquímicas e bioquímicas. As condições utilizadas neste estudo para a germinação in vitro são adequadas. A partir do terceiro dia de inoculação in vitro, obteve-se germinação uniforme de 98%, apresentando alta qualidade fisiológica das sementes e alto potencial de produção de plântulas (94%). Há uma mobilização precoce de reservas, iniciada na fase de embebição. As reservas acumuladas no citoplasma do endosperma são degradadas por enzimas hidrolíticas fornecidas pela camada de aleurona. É possível que compostos nas paredes celulares do endosperma contribuam em menor grau na mobilização. Além disso, observou-se que o acúmulo de amido no cotilédone aumenta com a formação da plântula. Os resultados deste estudo fornecem informações para estudos futuros sobre ecologia, tecnologia de sementes e conservação desta espécie. Este estudo contribui para o conhecimento limitado da dinâmica das reservas durante a germinação e estabelecimento de plântulas em Bromeliaceae. Até onde sabemos, este é o primeiro estudo com esta abordagem no gênero Vriesea.


Assuntos
Técnicas In Vitro , Germinação , Bromeliaceae/crescimento & desenvolvimento
2.
Braz. j. biol ; 84: e259454, 2024. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1384093

Resumo

Ananas ananassoides (Baker) L.B.Sm. is a wild pineapple, commonly found in the savannas. This study aimed to describe the morpho-anatomy and histochemistry of its seed. The observations were made in the longitudinal and transverse sections, using an optical microscope. The cell arrangement in the seed coat, ripples in the integument, the ratio of embryo size and endosperm amount, and the number of strata in the aleurone layer are anatomical characteristics that may contribute to distinguishing this species. The starch in the endosperm, lipids and proteins in the embryo, constitute the seed's main nutritional reserves. The homogeneous embryo and phenolic compounds present in the seed coat and in the aleurone layer possibly contribute to the dormancy in this species. This study presents information relevant to the taxonomy and physiology of A. ananassoides, which represents contributions to the global knowledge of this species with a high potential as ornamental.


Ananas ananassoides (Baker) L.B.Sm. é um abacaxi silvestre, comumente encontrado nas savanas. Este estudo teve como objetivo descrever a morfoanatomia e histoquímica de sua semente. As observações foram feitas nos cortes longitudinais e transversais, em microscópio óptico. O arranjo celular no tegumento, as ondulações no tegumento, a relação entre o tamanho do embrião e a quantidade de endosperma, e o número de estratos na camada de aleurona são características anatômicas que podem contribuir para a distinção dessa espécie. O amido do endosperma e os lipídios e proteínas do embrião constituem as principais reservas nutricionais da semente. O embrião homogêneo e os compostos fenólicos presentes no tegumento e na camada de aleurona possivelmente contribuem para a dormência nessa espécie. Este estudo apresenta informações relevantes para a taxonomia e fisiologia de A. ananassoides, sendo contribuições valiosas para o conhecimento global dessa espécie com alto potencial ornamental.


Assuntos
Sementes , Tegumento Comum , Ananas/anatomia & histologia , Estruturas Embrionárias
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA