Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 6 de 6
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
R. Ci. agrovet. ; 19(3): 365-372, Set. 2020. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-28601

Resumo

This work aimed to evaluate the physical and mechanical properties based panels made of barley industrial waste and particles Pinus spp. The company Bonet Woods and Papers Ltda. in the municipality of Santa Cecilia - Santa Catarina, provided the particles Pinus spp. The barley residue was provided by AMBEV in Lages, SC. For the production of panels used were five treatments, being composed of different barley residue content and particle Pinus spp.: 100:0 (T1), 75:25 (T2), 50:50 (T3), 25:75 (T4) and 0:100 (T5), to the residue and timber respectively. Three panels were produced per treatment, totaling 15 panels. The nominal density of 650 Kg.m-3, 12% of urea formaldehyde resin, 1% paraffin, eight minutes press cycle were used in the production of panels, with a temperature of 160 °C and a maximum pressure of 40 Kgf.cm-2. For the physical properties, moisture content, density, compression ratio, thickness swelling and water absorption (2h and 24h) were determined. The mechanical properties determined were static bending, internal connection, top and surface screw pulling. With the results found it can be concluded that increasing the percentage of barley residue decreases the resistance of the panels to the physical and mechanical properties.(AU)


Neste trabalho objetivou-se avaliar as propriedades físicas e mecânicas de painéis aglomerados constituídos por resíduos de cevada industrial e partículas de Pinus spp. As partículas de Pinus spp. foram fornecidas pela empresa Bonet Madeiras e Papéis Ltda. localizada em Santa Cecília, Santa Catarina. O resíduo de cevada foi fornecido pela AMBEV, Lages, SC. Para a produção dos painéis foram utilizados cinco tratamentos, sendo compostos por diferentes teores de resíduo de cevada e de partículas de Pinus spp., respectivamente: 100:0 (T1), 75:25 (T2), 50:50 (T3), 25:75 (T4) e 0:100 (T5). Foram produzidos três painéis por tratamento, totalizando 15 painéis. Na produção dos painéis, utilizou-se a densidade nominal de 650 Kg.m-3, 12% de resina ureia formaldeído, 1% de parafina e ciclo de prensagem de oito minutos, com 160 ºC de temperatura e pressão máxima de 40 Kgf.cm-2. Para as propriedades físicas determinou-se o teor de umidade, densidade, razão de compactação, inchamento em espessura e absorção de água (2h e 24h). As propriedades mecânicas determinadas foram resistência a flexão estática, ligação interna, arrancamento de parafuso de topo e superfície. Com os resultados encontrados pode-se concluir que o aumento da porcentagem de resíduo de cevada diminui a resistência dos painéis para as propriedades físicas e mecânicas.(AU)


Assuntos
Resíduos Industriais/análise , Hordeum/química , Hordeum/classificação
2.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 19(3): 365-372, Set. 2020. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1488405

Resumo

This work aimed to evaluate the physical and mechanical properties based panels made of barley industrial waste and particles Pinus spp. The company Bonet Woods and Papers Ltda. in the municipality of Santa Cecilia - Santa Catarina, provided the particles Pinus spp. The barley residue was provided by AMBEV in Lages, SC. For the production of panels used were five treatments, being composed of different barley residue content and particle Pinus spp.: 100:0 (T1), 75:25 (T2), 50:50 (T3), 25:75 (T4) and 0:100 (T5), to the residue and timber respectively. Three panels were produced per treatment, totaling 15 panels. The nominal density of 650 Kg.m-3, 12% of urea formaldehyde resin, 1% paraffin, eight minutes press cycle were used in the production of panels, with a temperature of 160 °C and a maximum pressure of 40 Kgf.cm-2. For the physical properties, moisture content, density, compression ratio, thickness swelling and water absorption (2h and 24h) were determined. The mechanical properties determined were static bending, internal connection, top and surface screw pulling. With the results found it can be concluded that increasing the percentage of barley residue decreases the resistance of the panels to the physical and mechanical properties.


Neste trabalho objetivou-se avaliar as propriedades físicas e mecânicas de painéis aglomerados constituídos por resíduos de cevada industrial e partículas de Pinus spp. As partículas de Pinus spp. foram fornecidas pela empresa Bonet Madeiras e Papéis Ltda. localizada em Santa Cecília, Santa Catarina. O resíduo de cevada foi fornecido pela AMBEV, Lages, SC. Para a produção dos painéis foram utilizados cinco tratamentos, sendo compostos por diferentes teores de resíduo de cevada e de partículas de Pinus spp., respectivamente: 100:0 (T1), 75:25 (T2), 50:50 (T3), 25:75 (T4) e 0:100 (T5). Foram produzidos três painéis por tratamento, totalizando 15 painéis. Na produção dos painéis, utilizou-se a densidade nominal de 650 Kg.m-3, 12% de resina ureia formaldeído, 1% de parafina e ciclo de prensagem de oito minutos, com 160 ºC de temperatura e pressão máxima de 40 Kgf.cm-2. Para as propriedades físicas determinou-se o teor de umidade, densidade, razão de compactação, inchamento em espessura e absorção de água (2h e 24h). As propriedades mecânicas determinadas foram resistência a flexão estática, ligação interna, arrancamento de parafuso de topo e superfície. Com os resultados encontrados pode-se concluir que o aumento da porcentagem de resíduo de cevada diminui a resistência dos painéis para as propriedades físicas e mecânicas.


Assuntos
Hordeum/classificação , Hordeum/química , Resíduos Industriais/análise
3.
Ci. Rural ; 49(5): e20180670, June 13, 2019. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-21789

Resumo

This paper aimed to evaluate the technological properties of particleboards produced with particles of unconventional species, bamboo of the species Phyllostachys edulis, and of the genus traditionally used by the sector for the production of the particulate panels in Brazil, Pinus spp.The bamboo splints of 3 years old were collected in Frei Rogério, Santa Catarina, being transformed into particles in a mill hammer, while the particles of Pinus spp. were collected from the industrial process of MDP production in Bonet Madeiras e Papéis Ltda Company in Santa Cecília, Santa Catarina. The company used eight-year-old logs of P. taeda and P. elliottii from the thinning process, without distinction of the species. The experiment was composed of five compositions with mixing the bamboo and wood particles in different proportions ((T1)100:0%; (T2)75:25%; (T3)50:50%; (T4)25:75%; (T5)0:100%). The panels were produced nominal density of 700 kg / m³ and pressing cycle of 160ºC and 40 kgf/cm² for 8 minutes. Results reporting physical and mechanical properties of panels were evaluated through Analysis of Variance and Tukey´s Test at 95% probability. The results evidenced that bamboo particles presented potential for the production of particleboard. The most promising results were presented with the addition of 50% of bamboo in the panel composition (T3), mainly by means observed for dimensional stability, as for strength and stiffness. Values of internal bond presented significantly lower averages with the addition of more than 25% of bamboo.(AU)


Este estudo tem por objetivo avaliar as propriedades tecnológicas de painéis de madeira produzidos com partículas de bambu da espécie Phyllostachysedulis, e do gênero tradicionalmente utilizado pelo setor para a produção dos painéis particulados no Brasil, o Pinus spp. As varas de bambu com três anos de idade foram coletadas em Frei Rogério, no estado de Santa Catarina, Brasil, sendo transformadas em partículas em um moinho. As partículas de Pinus spp. foram coletadas no processo produtivo da Empresa Bonet Madeiras e Papéis Ltda em Santa Cecília, Santa Catarina. A empresa utiliza toras provenientes do desbaste de reflorestamentos de Pinus taeda e Pinus elliottii com oito anos de idade, sem distinção de espécies. O experimento foi composto por cinco tratamentos com mistura das partículas de bambu e de madeira em diferentes proporções ((T1)100:0%; (T2)75:25%; (T3)50:50%; (T4)25:75%; (T5)0:100%). Os painéis foram produzidos com densidade nominal de 700 kg / m³ e ciclo de prensagem de 160 ºC e 40 kgf/cm2 por oito minutos. Os resultados para as propriedades físicas e mecânicas dos painéis foram avaliados por meio da Análise da Variância e do Teste de Tukey a 95% de probabilidade. Os resultados evidenciaram que o bambu apresenta potencial para a produção de painéis de partículas. O resultado mais promissor foi encontrado com a adição de 50% de bambu na composição do painel (T3), principalmente quanto a estabilidade dimensional e aos valores de resistência e rigidez. Os valores para ligação interna apresentaram-se significativamente menores com adição de mais de 25% de partículas de bambu.(AU)


Assuntos
Pinus , Bambusa , Fenômenos Mecânicos , Madeira , Invenções , Tecnologia de Produtos , Material Particulado
4.
Ci. Rural ; 46(11): 1963-1968, 2016. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-22775

Resumo

This study aimed to determine the energetic quality of the Bambusa vulgaris culms for combustion (in natura) and as a charcoal. Five individuals (culms) of Bambusa vulgaris of 3 years of age were analyzed, gathered in the city of Florianópolis, Santa Catarina. In the in natura culms it was determined the moisture content freshly gathered (39%); basic density (0.624gcm-³); the chemical composition (total extractive content (16.26%) and lignin content (25.76%)); the proximate chemical composition (volatiles content (82.25%); fixed carbon content (15.26%) and ash (2.49%)) and gross calorific value (4571kcalkg-¹). In the charcoal, produced in the laboratory, the determined properties were the gravimetric yield (36.40%);the apparent density (0.372gcm-³); volatiles content (27.55%); fixed carbon content (67.32%); ash (5.12%) and gross calorific value (7431kcalkg-¹). The Bambusa vulgaris species has potential for use in the energy generation either in natura, as chips for burning in boilers or in the charcoal form for domestic use, it can be used to broaden the base of biomass for energy generation and to replace the timber species of Pinus and Eucalyptus gender used for this purpose in the Southern region of Brazil.(AU)


Este trabalho teve como objetivo determinar a qualidade energética de colmos de Bambusa vulgaris para queima direta (in natura) e na forma de carvão vegetal. Foram analisados cinco indivíduos (colmos) de Bambusa vulgaris com 3 anos de idade, coletados na cidade de Florianópolis, Santa Catarina. Nos colmos in natura foram determinados o teor de umidade recém coletado (39%); massa específica básica (0,624gcm-³); a composição química (teor de extrativos totais (16,26%) e teor de lignina (25,76%)); a composição química imediata(teor de voláteis (82,25%); teor de carbono fixo (15,26%) e cinzas (2,49%)) e poder calorífico superior (4571kcalkg-¹). No carvão vegetal, produzido em laboratório, foram determinados o rendimento gravimétrico (36,40%); a densidade aparente (0,372gcm-³); teor de voláteis (27,55%); teor de carbono fixo (67,32%); cinzas (5,12%) e poder calorífico superior (7431kcalkg-¹). A espécie Bambusa vulgaris tem potencial para utilização na geração de energia tanto na forma in natura, como cavacos para a queima em caldeiras,como na forma de carvão vegetal para uso doméstico, podendo ser utilizada para ampliar a base de biomassa para geração de energia e até substituir as espécies madeireiras do gênero Pinus e Eucalyptus utilizadas para este fim na região sul do Brasil.(AU)


Assuntos
Bambusa , Caules de Planta/química , Carvão Vegetal/análise , Brasil
5.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 14(3): 217-223, 2015. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1488093

Resumo

The study aimed to determine the technological properties of cement-wood panels produced with the particle Eucalyptus benthamii Maiden et Cambage. The experiment plan consisted of four compositions with different treatments of the particles (cold water, hot water, sodium hidroxyde (NaOH) and calcium hidroxyde (Ca(OH)2), and a control composition. The panels were produced with nominal specific gravity of 1.20 g cm-³, with the ratios wood:concrete 1:2.75 and water:cement 0.40. The panels were evaluated for their physical and mechanical properties through the European standard EN. Analyses were performed to verify the occurrence of outliers, data normality and homogeneity of variances, and subsequently submitted to analysis of variance and Tukey test. The results of physical and mechanical properties of the panels indicated that the best method of treating particles is through the use of Ca(OH)2. With the exception of the modulus of rupture, the thickness swelling, modulus of elasticity and tensile perpendicular, they met the specifications of commercial panels produced by the BISON process. Therefore, the feasibility of use of Eucalyptus benthamii for wood-cement panels production was discovered.


O estudo teve como objetivo determinar as propriedades tecnológicas de painéis cimento-madeira produzidos com partículas de Eucalyptus benthamii Maiden et Cambage. O plano experimental foi formado por quatro composições com diferentes tratamentos das partículas (água fria, água quente, hidróxido de sódio (NaOH) e hidróxido de cálcio (Ca(OH)2), e uma composição testemunha. Os painéis foram produzidos com massa específica nominal de 1,20 g/cm³, com relação madeira:cimento de 1:2,75 e água:cimento de 0,40. Os painéis foram avaliados quanto as suas propriedades físicas e mecânicas por meio da norma europeia EN. Foram realizadas análises para verificar a ocorrência de outliers, normalidade dos dados e homogeneidade das variâncias, sendo posteriormente submetidas à análise da variância e teste de Tukey. Os resultados das propriedades físicas e mecânicas dos painéis indicaram que o melhor método de tratamento de partículas foi com o uso de Ca(OH)2. Com exceção do módulo de ruptura, o inchamento em espessura, módulo de elasticidade e tração perpendicular, atenderam às especificações de painéis comerciais produzidos pelo processo BISON. Dessa forma, verificou-se a viabilidade de uso da madeira de Eucalyptus benthamii para produção de painéis cimento-madeira.


Assuntos
Biotecnologia , Eucalyptus , Materiais de Construção
6.
R. Ci. agrovet. ; 14(3): 217-223, 2015. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-27888

Resumo

The study aimed to determine the technological properties of cement-wood panels produced with the particle Eucalyptus benthamii Maiden et Cambage. The experiment plan consisted of four compositions with different treatments of the particles (cold water, hot water, sodium hidroxyde (NaOH) and calcium hidroxyde (Ca(OH)2), and a control composition. The panels were produced with nominal specific gravity of 1.20 g cm-³, with the ratios wood:concrete 1:2.75 and water:cement 0.40. The panels were evaluated for their physical and mechanical properties through the European standard EN. Analyses were performed to verify the occurrence of outliers, data normality and homogeneity of variances, and subsequently submitted to analysis of variance and Tukey test. The results of physical and mechanical properties of the panels indicated that the best method of treating particles is through the use of Ca(OH)2. With the exception of the modulus of rupture, the thickness swelling, modulus of elasticity and tensile perpendicular, they met the specifications of commercial panels produced by the BISON process. Therefore, the feasibility of use of Eucalyptus benthamii for wood-cement panels production was discovered.(AU)


O estudo teve como objetivo determinar as propriedades tecnológicas de painéis cimento-madeira produzidos com partículas de Eucalyptus benthamii Maiden et Cambage. O plano experimental foi formado por quatro composições com diferentes tratamentos das partículas (água fria, água quente, hidróxido de sódio (NaOH) e hidróxido de cálcio (Ca(OH)2), e uma composição testemunha. Os painéis foram produzidos com massa específica nominal de 1,20 g/cm³, com relação madeira:cimento de 1:2,75 e água:cimento de 0,40. Os painéis foram avaliados quanto as suas propriedades físicas e mecânicas por meio da norma europeia EN. Foram realizadas análises para verificar a ocorrência de outliers, normalidade dos dados e homogeneidade das variâncias, sendo posteriormente submetidas à análise da variância e teste de Tukey. Os resultados das propriedades físicas e mecânicas dos painéis indicaram que o melhor método de tratamento de partículas foi com o uso de Ca(OH)2. Com exceção do módulo de ruptura, o inchamento em espessura, módulo de elasticidade e tração perpendicular, atenderam às especificações de painéis comerciais produzidos pelo processo BISON. Dessa forma, verificou-se a viabilidade de uso da madeira de Eucalyptus benthamii para produção de painéis cimento-madeira.(AU)


Assuntos
Eucalyptus , Materiais de Construção , Biotecnologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA