Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online) ; 59: e182913, fev. 2022. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1380222

Resumo

The purpose of this study was to examine the development pattern of Mangalarga-Marchador foals by determination of muscle development and deposition of adipose tissue associated with the evaluation of blood-based biomarkers. Thus, 72 Mangalarga Marchador foals (ages ranged from 1-12 mo) were randomly selected and divided into 12 age groups (n=6 per group), evaluated monthly. The thickness of the Longissimus dorsi (LD) and rump fat (RF) were determined through an ultrasound performed on each foal's left side. Such parameters were used to calculate the percentage of body fat (BF), fat mass (FM), and fat-free mass (FFM). Morphometric measurements were taken on the foal's right side using a tape measure and a hypsometer. Blood samples were collected for determinations of total proteins, albumin, triglycerides, cholesterol, urea, creatinine, and glucose. Morphometric measurements, the thickness of the LD and RF, weight, BF, FM, and FFM showed differences between age groups (P<0.001). Muscle development and fat deposition in subcutaneous tissue were greater between six and 12 months and average weight gain and FFM were proportionally greater between one and six months. We concluded that morphometric measurements increase steadily and linearly during the first 12 months of life, indicating that it is feasible to use the linear regression formula. Moreover, significant differences between age and biochemical biomarkers may be attributed to nutritional and digestive physiology adaptations during these periods.(AU)


O objetivo desse estudo foi examinar o padrão de desenvolvimento de potros Mangalarga Marchador através da determinação do desenvolvimento muscular e da deposição de tecido adiposo associado com avaliação de biomarcadores sanguíneos. Assim, 72 potros Mangalarga Marchador (idades entre 1 e 12 meses) foram selecionados ao acaso e divididos em 12 grupos etários (n=6/grupo), avaliados mensalmente. A espessura do Longissimus dorsi (LD) e da cobertura de gordura da garupa (RF) foi determinada através de ultrassonografia realizada do lado esquerdo de cada animal, tais parâmetros foram usados para calcular percentagem de gordura corporal (BF), massa de gordura (FM) e massa livre de gordura (FFM). Mensurações morfométricas foram obtidas do lado direito de cada potro, usando fita métrica e hipômetro. Amostras sanguíneas foram obtidas para determinações de proteínas totais, albumina, triglicérides, colesterol, uréia, creatinina e glicose. Medidas morfométricas, espessura de LD e RF, peso corporal, BF, FM e FFM mostraram diferenças entre os grupos etários (P<0,001). O desenvolvimento muscular e a deposição de gordura no tecido subcutâneo foram maiores entre 6 e 12 meses e a média de ganho de peso e de FFM foi proporcionalmente maior entre entre 1 e 6 meses . Foi possível concluir que as medidas morfométricas aumentam de forma constante e linear nos primeiros 12 meses de vida, indicando que é factível usar fórmulas de regressão linear. Ainda, diferenças significativas entre idade e biomarcadores bioquímicos podem ser atribuídos às adaptações nutricionais e digestivas durante esses períodos.(AU)


Assuntos
Animais , Biomarcadores/sangue , Desenvolvimento Muscular/fisiologia , Cavalos/crescimento & desenvolvimento , Pesos e Medidas Corporais/instrumentação , Músculo Esquelético/crescimento & desenvolvimento
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA