Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-212607

Resumo

A diferença na fertilidade do solo promove um manejo da desfolhação variado para as gramíneas, diante do efeito do nitrogênio nas respostas estruturais e produtivas das plantas forrageiras, onde o manejo da desfolhação com base em número de folhas serve como uma ferramenta para determinação do melhor momento de colheita do pasto de capim Marandu. Objetivou-se avaliar a dinâmica de crescimento e produção do capim Marandu (Urochloa brizantha cv. Marandu) em função do manejo da desfolhação, baseado no tempo para o aparecimento de duas, três ou quatro folhas completamente expandidas por perfilho, e na adubação nitrogenada, média de 180 ou e alta de 360 kg ha-1 de N, no período de 24/11/2017 a 07/06/2018. O ensaio foi organizado em delineamento inteiramente casualizado sob esquema fatorial 3 x 2 (2, 3 e 4 folhas aparecidas x 180 e 360 kg ha-1 N), com seis tratamentos e quatro repetições, totalizando-se em 24 unidades experimentais. As variáveis respostas foram as características morfogênicas, estruturais, o acúmulo de forragem, índice spad e demografia de perfilhos. O capim respondeu com diferentes ritmos de crescimento entre as adubações média e alta, com menores períodos de rebrota entre os cortes nos tratamentos com adubação alta (360 kg ha-1 N), com exceção da estratégia de quatro folhas. A altura demonstrou diferenças no crescimento vertical, nos intervalos de três e quatro folhas a altura foi superior, 37,81 e 46,56 cm, respectivamente, na adubação alta (360 kg ha-1 N). As variáveis morfogênicas responderam com maiores taxas de aparecimento (TApF) e alongamento foliar (TAlF) e comprimento médio de lâmina foliar (CMlF) nas estratégias de duas e três folhas aparecidas e comprimento de bainha (CB) na estratégia de quatro folhas aparecidas. A densidade populacional de perfilhos (DPP) apresentou maior valor no tratamento de duas folhas e índice de área foliar (IAF) a partir de três folha na adubação alta (360 kg ha-1 N). A estratégia de quatro folha aparecidas alcançou maior massa seca total (MST) de forragem e lâmina foliar (MSLF), como também, maior massa seca de colmo (MSC) material morto (MSMM). De modo contrário ocorreu com a massa seca total e massa de lâmina foliar acumulada que foi maior na estratégia de duas folhas aparecidas, e sob adubação alta (360 kg ha-1 N), assim como a taxa de acúmulo de forragem (TAF) que, também, apresentou maiores resultados nessa estratégia. A estratégia de quatro folhas parece direcionar o maior aporte de N para crescimento radicular com maior valor de massa seca de raízes (MSR). A estratégia de três folhas apresentou maior índice SPAD (SPAD) sob maior adubação (360 kg ha-1 N). Mesmo padrão de resposta foi observado para a taxa de aparecimento de perfilho (TApP), sobrevivência de perfilho (TSoP) e densidade populacional de perfilhos (DPP) os quais contribuíram para a maior densidade volumétrica da forragem (DVF) na estratégia com duas folhas aparecidas associada à adubação alta (360 kg ha-1 N). Assim, a adubação nitrogenada consegue promover alterações no crescimento e produção da planta forragem, que no presente estudo, a adubação alta (360 kg ha-1 N) promove melhores respostas morfogênicas e maiores produções nas estratégias de duas e três folhas aparecidas.


The difference in soil fertility promotes a varied defoliation management for grasses, due to the effect of nitrogen on the structural and productive responses of forage plants, where the management of defoliation based on number of leaves serves as a tool to determine the best moment of the Marandu grass pasture. The objective of this study was to evaluate the growth and production dynamics of Marandu grass (Urochloa brizantha cv. Marandu) as a function of the management of defoliation, based on the time for the appearance of two, three or four leaves completely expanded by tiller, and nitrogen fertilization, average of 180 or high of 360 kg ha-1 of N, in the period from 11/24/2017 to 06/07/2018. The experiment was arranged in a completely randomized design under a 3 x 2 factorial design (2, 3 and 4 leaves x 180 and 360 kg ha-1 N), with six treatments and four replications, totaling 24 experimental units. The response variables were morphogenic, structural, forage accumulation, spad index and tiller demography. The grass responded with different growth rates between medium and high fertilization, with smaller sprout periods between treatments with high fertilization (360 kg ha-1 N), except for the four leaf strategy. The height showed differences in vertical growth, in the intervals of three and four leaves the height was higher, 37.81 and 46.56 cm, respectively, at high fertilization (360 kg ha-1 N). The morphogenic variables responded with higher rates of appearance (LAR) and leaf length (LER) and mean leaf length (MLF) in the two and three leaf appeared and sheath length (SL) strategies in the four - leaf strategy. Tiller population density (TPD) presented higher value in the treatment of two leaves and leaf area index (LAI) from three leaves at high fertilization (360 kg ha-1 N). The four - leaf strategy showed higher total dry matter (DMM) of forage and leaf blade (ALB), as well as higher dry matter of stalk (DMS) dead material (DMDM). On the other hand, the total dry mass and cumulative foliar leaf mass that was higher in the strategy of two leaves appeared, and under high fertilization (360 kg ha-1 N), as well as the forage accumulation rate (FAR), also presented greater results in this strategy. The four - leaf strategy seems to direct the highest contribution of N to root growth with higher root dry mass (DMR) value. The three-leaf strategy presented higher SPAD index (SPAD) under higher fertilization (360 kg ha-1 N). The same pattern of response was observed for tillering rate (TAR), tillering survival (TSR) and population density of tillers (TPD), which contributed to the higher forage volume density (VDF) in the two - leaf strategy associated with high fertilization (360 kg ha-1 N). Thus, nitrogen fertilization can promote changes in forage plant growth and production, which in the present study, high fertilization (360 kg ha-1 N) promotes better morphogenic responses and higher yields in two and three leaf strategies.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA