Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Semina ciênc. agrar ; 42(3): 1175-1188, mai.-jun. 2021. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1371206

Resumo

The aim of this study was to evaluate the effects of aging on meat quality of crossbred heifers. Qualitative and quantitative evaluations of carcasses and meat of 148 crossbred heifers with an average age of 13 months and 407.5 ± 29.22 kg body weight at slaughter were performed. After cooling for 24 h, the carcasses were evaluated for hot carcass weight, pH, conformation, physiological maturity, finishing, fat distribution, and length. Characteristics, such as pH, color, marbling, exudation, as well as cooking losses, percentage of ether extract, and shear force were evaluated in meat at time zero and after seven days of aging. The carcasses displayed satisfactory results for parameters such as pH at 24 h of cooling (pH24), finishing, distribution of fat, and subcutaneous fat thickness (5.58, 3.27, 2.40, and 6.62 mm, respectively). The meat had a low marbling score (5.08) and percentage of ether extract (1.71), indicating that the meat was relatively lean. Exudation and cooking losses showed similar results at zero and seven days of aging. The meat subjected to seven days of aging showed higher lightness and hue (40.98 and 0.77, respectively) and tenderness of 5.25 kg. These results indicated that aging affected meat color and shear force parameters; the meat of cross-heifers was softer but less red after maturation.(AU)


O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da maturação na qualidade da carne de novilhas mestiças. Foram realizadas avalações quali-quantitativas de carcaças e carne de 148 novilhas mestiças com idade média de 13 meses e 407,5 ± 29,22 kg de peso corporal ao abate. Após resfriamento por 24 horas, as carcaças foram avaliadas quanto ao peso da carcaça quente, pH, conformação, maturidade fisiológica, acabamento, distribuição de gordura e comprimento. Características como pH, cor, marmoreio, perdas por exsudação, assim como perdas por cocção, porcentagem de extrato etéreo e força de cisalhamento foram avaliadas na carne no tempo zero e após sete dias de maturação. As carcaças apresentaram resultados satisfatórios para parâmetros com pH em 24 horas de resfriamento (pH24), acabamento, distribuição de gordura e espessura de gordura subcutânea (5,58, 3,27, 2,40 e 6,62 mm, respectivamente). A carne apresentou baixo índice de marmoreio (5,08) e porcentagem de extrato etéreo (1,71), indicando que a carne era relativamente magra. As perdas por exsudação e cozimento apresentaram resultados semelhantes aos zero e sete dias de maturação. A carne submetida a sete dias de maturação apresentou maior luminosidade e hue (40,98 e 0,77, respectivamente) e maciez de 5,25 kg. Esses resultados indicaram que a maturação afetou os parâmetros de cor da carne e a força de cisalhamento; a carne das novilhas cruzadas ficou mais macia, mas menos vermelha após a maturação.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Peso Corporal , Carne , Bovinos , Resistência ao Cisalhamento , Estudos de Avaliação como Assunto
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA