Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Semina ciênc. agrar ; 44(1): 9-18, jan.-fev. 2023. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1418805

Resumo

The present study aimed to verify the occurrence of displacement of the abomasum (DA) in dairy herds from a high-yielding dairy region of Southern Brazil. Data on breed, age, lactation number, days after calving, breeding system, number of animals, and number of lactating cows in the herd were obtained from 135 cases of DA. A total of 39 herds, and 6,454 cows, including 2,987 lactating cows from the municipality of Palmeira, Paraná State, were included in this study. The overall prevalence of DA was 2.09%, and occurrence of DA during lactation was 4.42%. Left displacement was more prevalent, with 94.07% of the cases. The mean number of lactations and age of the cows were 2.5±1.16 lactations and 50.9±18.5 months, respectively. DA occurred predominantly in the semi-intensive breeding system (68.1% of cases), during the first 4 weeks postpartum (84.4% of cases), in Black and White Holstein-Friesian cows (94.07% of cases), and during the winter (31.1% of cases). Cows with DA in high-yielding dairy farms in Southern Brazil were similar to cows from herds of high-milk-yielding regions of North America and Europe. Multiparous Black and White Holstein-Friesian cows showed the highest prevalence of DA during the transition period, mostly on the left side.


O presente estudo objetivou verificar a ocorrência do deslocamento de abomaso (DA) em rebanhos leiteiros de uma bacia leiteira de alta produção, na região sul do Brasil. Dados sobre raça, idade, números de lactação, número de dias após o parto, sistema de criação, número total de animais e de vacas em lactação foram obtidos de 135 casos de DA. Trinta e nove rebanhos, 6.454 vacas, sendo 2.987 vacas em lactação da cidade de Palmeira, Estado do Paraná, foram incluídos neste estudo. A frequência de DA foi de 2,09%, sendo que em vacas lactantes esta frequência foi de 4,42%. O deslocamento à esquerda foi o mais prevalente, com 94,07% dos casos. O número médio de lactações e a idade das vacas acometidas por DA foram 2,5±1,16 lactações e 50,9±18,5 meses, respectivamente. O DA ocorreu predominantemente em animais criados no sistema semi-intensivo (68,1% dos casos), durante as primeiras quatro semanas pós-parto (84,4% dos casos), em vacas Holandesa branco e preta (94,07% dos casos) e durante o inverno (31,1% dos casos). As vacas com DA em rebanhos leiteiros de alta produção do Sul do Brasil apresentaram similaridades com vacas de rebanhos de alta produção localizados em outros países da América do Norte e Europa. Vacas multíparas, Holandesa Preto e Branca e durante o período de transição tiveram a maior ocorrência de DA, sendo a maioria para o lado esquerdo.


Assuntos
Animais , Bovinos , Abomaso/anormalidades , Doenças dos Bovinos , Fazendas
2.
Ci. Rural ; 50(7): e20190395, June 8, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-28243

Resumo

The ingestion of foreign bodies, mainly metallic (MFB- metallic foreign body), by cattle is frequent and can lead to death. For diagnostic purposes, reticular pain tests are routinely used, and ferroscopy is still unusual, even as a diagnostic aid. The objective of this study was to validate the application of the GMS 120 Professional BOSCH® metal detector (MD) in the detection of MFB in the bovine species and describe its use in field cases. Fifty MFBs of varying shape, size, and weight were evaluated with an MD, initially on a flat and inert surface, and then in a permanent rumen fistulated cow. Retrospectively, a database from 2000 to 2017 with 122015 cattle was accessed, of which 31865 were examined after the introduction of MD usage in 2013. Fifteen cows positive for reticular pain tests were prospectively evaluated and eight cows were diagnosed with MFB through MD usage. The mean distance for MFB best detection on the inert surface was 4.6 cm. In the fistulated cow, it was not possible to detect any MFBs, regardless of the size or weight of the material. The MFB detection capacity increased with MD use, which can be considered a diagnostic aid in specific situations. Depending on the body condition of the bovine, false negatives may occur with the use of GMS 120 Professional Bosch® metal detector.(AU)


A ingestão de corpos estranhos, principalmente metálicos (CEM), pelos bovinos é frequente e pode levar à sua morte. Para fins diagnósticos, as provas de dor reticular são usados de forma rotineira, sendo ainda pouco usual a ferroscopia, mesmo como auxílio diagnóstico. Neste trabalho procurou-se validar a aplicação do detector de metais (DM), marca GMS 120 Professional BOSCH® no reconhecimento de CEM na espécie bovina, além de descrever seu uso em casos a campo. CEM (n=50) de forma, tamanho e peso variados foram selecionados e avaliados com o DM, inicialmente sobre uma superfície plana e inerte e depois in vivo em uma vaca com fístula ruminal. Retrospectivamente, acessou-se um banco de dados dos anos 2000 a 2017 com 122015 bovinos, com 31865 bovinos atendidos após a introdução do DM no ano de 2013. Prospectivamente, avaliaram-se 15 vacas positivas para o teste de dor reticular, oito vacas foram diagnosticadas com CEM através do DM. A distância média para a melhor detecção dos CEM na superfície inerte foi de 4,6 cm. Em vaca fistulada não foi possível detectar nenhum CEM, independentemente do tamanho e peso do material. A campo, após a introdução do uso do DM aumentou a capacidade de detecção dos CEM. O DM pode ser considerado um auxílio diagnóstico em situações específicas. Dependendo da condição corporal do bovino, falsos negativos podem ocorrer com o uso do aparelho GMS 120 Professional Bosch®.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Corpos Estranhos/diagnóstico , Corpos Estranhos/veterinária , Resíduos Metálicos
3.
Semina ciênc. agrar ; 38(3): 1322, maio-jun. 2017. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1500794

Resumo

Surgical procedures for the correction of abomasal displacement are one of the most frequently performed in dairy cows, and many surgical techniques have been described since the first cases of this disease were reported in the 1950s. Although no report to date has described the use of one-step laparoscopy in Brazil, the technique has several advantages over the traditional techniques, e.g., better abdominal visualization and minor trauma resulting from the minimally invasive technique. Accordingly, one-step laparoscopy, as described by Christiansen and Barisani, was performed to treat left abomasal displacement in 21 high-yielding dairy cows from two dairy regions of Paraná State. The technique was performed without complications in 12/21 (57.14%) cows. Ruminal (four animals), abomasal (two animals), both ruminal and abomasal (one animal), and splenic (one animal) perforations occurred during surgery but without any postoperative complication. One cow developed pyloric obstruction caused by the toggle bar suture, but early removal restored abomasal flux. Three animals died of different causes. One cow showed recurrence of displacement 1 month after surgery. A third access was necessary in cows that weighed more than 700 kg. One-step laparoscopy is an efficient, fast, and safe technique for the correction of left abomasal displacement.


Os procedimentos cirúrgicos para correção do deslocamento de abomaso estão entre os mais realizados em vacas leiteiras, existindo um grande número de técnicas cirúrgicas desde os primeiros casos da doença, diagnosticado nos anos 1950. Embora não exista informações do uso da técnica de abomasopexia por laparoscopia em um passo no Brasil, esta técnica apresenta várias vantagens em relação a abordagem tradicional, como por exemplo melhor visualização da cavidade abdominal e menor trauma em decorrência da técnica minimamente invasiva. Desta maneira, a técnica de abomasopexia por laparoscopia em um passo segundo Barisani e Christiansen foi utilizada para o tratamento do deslocamento de abomaso à esquerda em 21 vacas leiteiras de alta produção, pertencentes a duas bacias leiteiras do Paraná. A técnica foi realizada sem complicações em 12/21 (57,14%) das vacas. Ocorreram perfuração ruminal, (quatro animais), do abomaso (dois animais), de ambos rúmen e abomaso (um animal) e do baço (um animal) durante o procedimento cirúrgico, porém sem complicações no pósoperatório. Um animal apresentou obstrução de piloro provocada pelo fio toggle, entretanto a remoção precoce reestabeleceu o fluxo abomasal. Três animais vieram a óbito por diferentes causas. Um animal apresentou recidiva do deslocamento um mês após a operação. Um terceiro acesso foi utilizado em vacas pesando mais de 700 Kg. A técnica de laparoscopia em um passo mostrou-se eficiente, rápida e segura para a correção do deslocamento de abomaso à esquerda.


Assuntos
Feminino , Animais , Bovinos , Abomaso , Bovinos/anormalidades , Bovinos/crescimento & desenvolvimento , Laparoscopia , Laparoscopia/métodos , Laparoscopia/veterinária
4.
Semina Ci. agr. ; 38(3): 1322, maio-jun. 2017. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-13397

Resumo

Surgical procedures for the correction of abomasal displacement are one of the most frequently performed in dairy cows, and many surgical techniques have been described since the first cases of this disease were reported in the 1950s. Although no report to date has described the use of one-step laparoscopy in Brazil, the technique has several advantages over the traditional techniques, e.g., better abdominal visualization and minor trauma resulting from the minimally invasive technique. Accordingly, one-step laparoscopy, as described by Christiansen and Barisani, was performed to treat left abomasal displacement in 21 high-yielding dairy cows from two dairy regions of Paraná State. The technique was performed without complications in 12/21 (57.14%) cows. Ruminal (four animals), abomasal (two animals), both ruminal and abomasal (one animal), and splenic (one animal) perforations occurred during surgery but without any postoperative complication. One cow developed pyloric obstruction caused by the toggle bar suture, but early removal restored abomasal flux. Three animals died of different causes. One cow showed recurrence of displacement 1 month after surgery. A third access was necessary in cows that weighed more than 700 kg. One-step laparoscopy is an efficient, fast, and safe technique for the correction of left abomasal displacement.(AU)


Os procedimentos cirúrgicos para correção do deslocamento de abomaso estão entre os mais realizados em vacas leiteiras, existindo um grande número de técnicas cirúrgicas desde os primeiros casos da doença, diagnosticado nos anos 1950. Embora não exista informações do uso da técnica de abomasopexia por laparoscopia em um passo no Brasil, esta técnica apresenta várias vantagens em relação a abordagem tradicional, como por exemplo melhor visualização da cavidade abdominal e menor trauma em decorrência da técnica minimamente invasiva. Desta maneira, a técnica de abomasopexia por laparoscopia em um passo segundo Barisani e Christiansen foi utilizada para o tratamento do deslocamento de abomaso à esquerda em 21 vacas leiteiras de alta produção, pertencentes a duas bacias leiteiras do Paraná. A técnica foi realizada sem complicações em 12/21 (57,14%) das vacas. Ocorreram perfuração ruminal, (quatro animais), do abomaso (dois animais), de ambos rúmen e abomaso (um animal) e do baço (um animal) durante o procedimento cirúrgico, porém sem complicações no pósoperatório. Um animal apresentou obstrução de piloro provocada pelo fio toggle, entretanto a remoção precoce reestabeleceu o fluxo abomasal. Três animais vieram a óbito por diferentes causas. Um animal apresentou recidiva do deslocamento um mês após a operação. Um terceiro acesso foi utilizado em vacas pesando mais de 700 Kg. A técnica de laparoscopia em um passo mostrou-se eficiente, rápida e segura para a correção do deslocamento de abomaso à esquerda.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Bovinos , Bovinos/anormalidades , Bovinos/crescimento & desenvolvimento , Abomaso , Laparoscopia/métodos , Laparoscopia , Laparoscopia/veterinária
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA