Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 29
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Ciênc. anim. bras. (Impr.) ; 13(1): 93-98, 2012.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1473161

Resumo

Twenty horses were submitted to carbohydrate overload (CO) and plasmatic concentrations of the bioactive amine serotonin (5-HT), putrescin (PUT) and cadaverin (CAD) were determined by gas chromatography. After 36h of carbohydrate overloading, horses were randomly distributed into four groups (n=5) and were submitted to four intravenous treatments every 12 hours. The treatments were as follows: 10ml of saline (GC), ketoprofen 2.2mg/kg (GK), phenylbutazone 4.4mg/kg (GF), and flunixin meglumine 1.1mg/kg (GFM). Blood samples were collected at regular intervals (0-72h) after the CO. After 6h, there were peaks in the concentrations of 5-HT, which rapidly returned to values above the basal standard. No variations of PUT concentrations were observed; however CAD concentrations increased at 6h, remaining elevated (with some variation) until the end of the observation period. In conclusion, CO induced early (6h) increases in plasmatic concentrations of 5-HT and CAD. Plasmatic concentrations of the amines were not changed by any of the treatments used.KEYWORDS: equine; NSAIDs; vasoactives amines.


Vinte equinos foram submetidos à sobrecarga de carboidratos (SC) e as variações plasmáticas das concentrações de serotonina (5-HT), putrescina (PUT) e cadaverina (CAD) foram determinadas por cromatografia gasosa. Após 36h da SC, os animais foram divididos em quatro grupos (n=5) e receberam, a cada 12h, por via intravenosa: solução salina 10mL (GC), cetoprofeno 2,2mg/kg (GK), fenilbutazona 4,4 mg/kg (GF) e flunixina meglumina 1,1 mg/kg (GFM). Amostras de sangue foram coletadas em intervalos regulares após a SC (0 - 72h).  Às 6h após a SC observou-se um pico nas concentrações de 5-HT, com rápido retorno a valores abaixo dos basais. Não foram observadas variações nas concentrações de PUT; contudo, as concentrações de CAD se elevaram às 6h, assim permanecendo (com algumas variações) até o final do experimento. Conclui-se que a SC induz aumentos precoces (6h) nas concentrações plasmáticas de 5-HT e CAD. As concentrações plasmáticas das aminas estudadas não foram alteradas por nenhum dos tratamentos empregados.PALAVRAS CHAVES: aminas vasoativas; anti-inflamatórios não esteroidais; equinos.

2.
Ci. Rural ; 41(2)2011.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-707160

Resumo

The development of new devices using available and low cost materials may be an useful alternative for the treatment of long bone fractures in large animals. The aim of this study was to evaluate the mechanical strength of young bovine femur with diaphyseal fracture fixed with different polymeric intramedullary nails. Bending and compression tests using a universal machine were carried out in 4 distinct groups of 6 femurs from young calves. In one of the groups bones were intact while in the other three fractured bones were fixed using an intramedullary nail made of polypropylene, polyacetal or polyamide (one for each group). Considering bending and compression tests together, none of the used polymers offered strength to the fractured bones similar to the intact ones. The agreement of this findings with those from previous published in vivo results indicates that the employed ex vivo methods for mechanical assays may be useful in the search of stronger materials to be used in development of new devices.


O desenvolvimento de novos aparatos usando materiais disponíveis e de baixo custo pode ser uma alternativa viável para o tratamento cirúrgico de fraturas em ossos longos de bovinos. O objetivo deste estudo foi avaliar a resistência mecânica de fêmures de bovinos jovens com fratura diafiseal, imobilizados com hastes intramedulares bloqueadas, compostas por diferentes polímeros. Para tanto, testes físicos de compressão e flexão, por meio de uma máquina universal de ensaios foram realizados em quatro grupos distintos de seis fêmures obtidos de bovinos jovens. Em um dos grupos, os ossos foram mantidos íntegros (grupo controle), enquanto que os outros os ossos, foram fraturados e imobilizados com uma haste intramedular bloqueada, composta por polipropileno, poliacetal ou poliamida (uma para cada grupo). Independente do polímero utilizado, nenhuma das hastes estudadas ofereceu aos fêmures fraturados resistência comparável ao osso íntegro, quando consideradas em conjunto as forças de flexão e compressão. A concordância desses achados com resultados in vivo previamente publicados, demonstra que a metodologia utilizada para testes ex vivo pode ser útil na seleção de materiais mais resistentes para confecção de novos modelos.

3.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1478492

Resumo

The development of new devices using available and low cost materials may be an useful alternative for the treatment of long bone fractures in large animals. The aim of this study was to evaluate the mechanical strength of young bovine femur with diaphyseal fracture fixed with different polymeric intramedullary nails. Bending and compression tests using a universal machine were carried out in 4 distinct groups of 6 femurs from young calves. In one of the groups bones were intact while in the other three fractured bones were fixed using an intramedullary nail made of polypropylene, polyacetal or polyamide (one for each group). Considering bending and compression tests together, none of the used polymers offered strength to the fractured bones similar to the intact ones. The agreement of this findings with those from previous published in vivo results indicates that the employed ex vivo methods for mechanical assays may be useful in the search of stronger materials to be used in development of new devices.


O desenvolvimento de novos aparatos usando materiais disponíveis e de baixo custo pode ser uma alternativa viável para o tratamento cirúrgico de fraturas em ossos longos de bovinos. O objetivo deste estudo foi avaliar a resistência mecânica de fêmures de bovinos jovens com fratura diafiseal, imobilizados com hastes intramedulares bloqueadas, compostas por diferentes polímeros. Para tanto, testes físicos de compressão e flexão, por meio de uma máquina universal de ensaios foram realizados em quatro grupos distintos de seis fêmures obtidos de bovinos jovens. Em um dos grupos, os ossos foram mantidos íntegros (grupo controle), enquanto que os outros os ossos, foram fraturados e imobilizados com uma haste intramedular bloqueada, composta por polipropileno, poliacetal ou poliamida (uma para cada grupo). Independente do polímero utilizado, nenhuma das hastes estudadas ofereceu aos fêmures fraturados resistência comparável ao osso íntegro, quando consideradas em conjunto as forças de flexão e compressão. A concordância desses achados com resultados in vivo previamente publicados, demonstra que a metodologia utilizada para testes ex vivo pode ser útil na seleção de materiais mais resistentes para confecção de novos modelos.

4.
Ci. Rural ; 40(5)2010.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-706966

Resumo

The aim was to study a novel model of suspensory ligament (SL) lesion. Under general anesthesia, a punch for skin biopsy (0.6cm of diameter) was used to create a circular lesion in the middle of SL simultaneously in the four members of six horses. All horses recovered without any important complication. Clinical and ultrasonographic evaluations were made during the post operative period. During the first two weeks, edema changed from mild to discreet, and pain changed from discreet to none around the surgical site. The lesions were easily observed by ultrasonography 48h after surgery as a homogenous anechoic area representing a mean (± SEM) 33.5±5% of the SL area, and did not change size during the first two weeks (P=0.77). In conclusion, the proposed model was efficient to promote controlled and homogeneous lesions in the four SL simultaneously without causing important discomfort to the horses. Taking in account these findings together with the possibility of evaluation of the ligament biopsy previously to any treatment, this method may be useful especially in studies testing therapies for tissue repair.


O objetivo deste estudo foi avaliar um novo modelo de lesão no ligamento suspensório (LS). Sob anestesia geral, um punch para biópsia cutânea de 0,6cm de diâmetro foi utilizado para criar uma lesão no centro do LS de ambos os membros torácicos e pélvicos, em seis equinos. Todos os animais se recuperam da cirurgia sem nenhuma complicação importante. Realizaram-se avaliações clínicas e ultrassonográficas no período pós-operatório. Durante as primeiras duas semanas, no local da lesão, houve redução no edema de leve para discreto e da dor de discreta para ausente. As lesões foram facilmente observadas ao exame ultrassonográfico 72 horas após a cirurgia como áreas anecoicas homogêneas, representando uma média (± erro padrão) de 33,5±5% da área do LS. Não houve alteração significativa na área de lesão durante as primeiras duas semanas (P=0,77). Concluiu-se que o modelo proposto foi eficiente para promover lesões controladas e homogêneas simultaneamente nos quatro LS, sem causar desconforto importante aos equinos. Esses achados, associados à possibilidade de se avaliar previamente o LS por meio de biópsia, demonstram que esse modelo de indução de lesões ligamentosas se apresenta com um método útil, principalmente se aplicado ao estudo de terapias destinadas a melhorar o processo de reparo do LS.

5.
Ci. Rural ; 40(4)2010.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-706928

Resumo

In spite of the expressive development of veterinary orthopedics in the last years, long bone fractures in large animals remains a challenge for veterinary surgeons. This study is part of a proposal for development of a low-cost and easy-to-use polymeric interlocking nail designed to be used in newborns and young cattle. The objectives were to evaluate, in vivo, polyacetal and polyamide nails for immobilization of femoral fractures in calves. Five calves were submitted to general anesthesia and the left femur was fractured and then fixed using polyacetal or polyamide rods (nails) interlocked with four cortical screws (stainless steel) equally applied to the distal and proximal fracture line. In the postoperative period, calves were clinically assessed during 60 days by clinical and radiographic exams. Fractures occurred in four of the five polyacetal nails implanted in the first time and in two of the four polyamide nails implanted after the polyacetal nail failures. All failures occurred in the first 14 days after implantation. No rejection signs against the polymers were observed. In conclusion, polyacetal and polyamide did not have enough resistance to be used as intramedullary interlocking nails in this system designed to promote early femoral fractures immobilization in young calves.


Apesar da expressiva evolução da ortopedia veterinária nos últimos anos, as fraturas de ossos longos em grandes animais são constante desafio para o médico-veterinário. O presente estudo é parte da proposta de desenvolvimento de um sistema de haste intramedular polimérica, de baixo custo e fácil aplicação, para uso em bovinos jovens e neonatos. Os objetivos foram avaliar, in vivo, hastes de poliacetal e poliamida para imobilização de fraturas femorais em bovinos jovens. Cinco bezerros machos foram submetidos à anestesia geral e tiveram os fêmures esquerdos fraturados e, em seguida, imobilizados, utilizando-se uma haste cilíndrica de poliacetal ou poliamida inserida no canal intramedular e bloqueada por quatro parafusos corticais de aço inoxidável, inseridos na diáfise em seu sentido lateral-medial e igualmente distribuídos distal e proximal à linha de fratura. Durante um período de 60 dias pós-cirúrgico, os animais foram avaliados por meio de exames clínicos e radiográficos. Houve fratura em quatro das cinco hastes de poliacetal implantadas pela primeira vez e em duas das quatro hastes de poliamida que foram implantadas após a quebra das de poliacetal. Todas as falhas ocorrerem nas primeiras duas semanas de imobilização. Não foram verificados quaisquer sinais de rejeição aos materiais usados. Os resultados demonstram que as hastes de poliacetal e poliamida não apresentaram resistência suficiente para, de acordo com o modelo proposto, promover imobilização precoce de fraturas de fêmur em bovinos jovens.

6.
Ci. Rural ; 40(5)2010.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-706636

Resumo

The aim was to study a novel model of suspensory ligament (SL) lesion. Under general anesthesia, a punch for skin biopsy (0.6cm of diameter) was used to create a circular lesion in the middle of SL simultaneously in the four members of six horses. All horses recovered without any important complication. Clinical and ultrasonographic evaluations were made during the post operative period. During the first two weeks, edema changed from mild to discreet, and pain changed from discreet to none around the surgical site. The lesions were easily observed by ultrasonography 48h after surgery as a homogenous anechoic area representing a mean (± SEM) 33.5±5% of the SL area, and did not change size during the first two weeks (P=0.77). In conclusion, the proposed model was efficient to promote controlled and homogeneous lesions in the four SL simultaneously without causing important discomfort to the horses. Taking in account these findings together with the possibility of evaluation of the ligament biopsy previously to any treatment, this method may be useful especially in studies testing therapies for tissue repair.


O objetivo deste estudo foi avaliar um novo modelo de lesão no ligamento suspensório (LS). Sob anestesia geral, um punch para biópsia cutânea de 0,6cm de diâmetro foi utilizado para criar uma lesão no centro do LS de ambos os membros torácicos e pélvicos, em seis equinos. Todos os animais se recuperam da cirurgia sem nenhuma complicação importante. Realizaram-se avaliações clínicas e ultrassonográficas no período pós-operatório. Durante as primeiras duas semanas, no local da lesão, houve redução no edema de leve para discreto e da dor de discreta para ausente. As lesões foram facilmente observadas ao exame ultrassonográfico 72 horas após a cirurgia como áreas anecoicas homogêneas, representando uma média (± erro padrão) de 33,5±5% da área do LS. Não houve alteração significativa na área de lesão durante as primeiras duas semanas (P=0,77). Concluiu-se que o modelo proposto foi eficiente para promover lesões controladas e homogêneas simultaneamente nos quatro LS, sem causar desconforto importante aos equinos. Esses achados, associados à possibilidade de se avaliar previamente o LS por meio de biópsia, demonstram que esse modelo de indução de lesões ligamentosas se apresenta com um método útil, principalmente se aplicado ao estudo de terapias destinadas a melhorar o processo de reparo do LS.

7.
Ci. Rural ; 40(4)2010.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-706602

Resumo

In spite of the expressive development of veterinary orthopedics in the last years, long bone fractures in large animals remains a challenge for veterinary surgeons. This study is part of a proposal for development of a low-cost and easy-to-use polymeric interlocking nail designed to be used in newborns and young cattle. The objectives were to evaluate, in vivo, polyacetal and polyamide nails for immobilization of femoral fractures in calves. Five calves were submitted to general anesthesia and the left femur was fractured and then fixed using polyacetal or polyamide rods (nails) interlocked with four cortical screws (stainless steel) equally applied to the distal and proximal fracture line. In the postoperative period, calves were clinically assessed during 60 days by clinical and radiographic exams. Fractures occurred in four of the five polyacetal nails implanted in the first time and in two of the four polyamide nails implanted after the polyacetal nail failures. All failures occurred in the first 14 days after implantation. No rejection signs against the polymers were observed. In conclusion, polyacetal and polyamide did not have enough resistance to be used as intramedullary interlocking nails in this system designed to promote early femoral fractures immobilization in young calves.


Apesar da expressiva evolução da ortopedia veterinária nos últimos anos, as fraturas de ossos longos em grandes animais são constante desafio para o médico-veterinário. O presente estudo é parte da proposta de desenvolvimento de um sistema de haste intramedular polimérica, de baixo custo e fácil aplicação, para uso em bovinos jovens e neonatos. Os objetivos foram avaliar, in vivo, hastes de poliacetal e poliamida para imobilização de fraturas femorais em bovinos jovens. Cinco bezerros machos foram submetidos à anestesia geral e tiveram os fêmures esquerdos fraturados e, em seguida, imobilizados, utilizando-se uma haste cilíndrica de poliacetal ou poliamida inserida no canal intramedular e bloqueada por quatro parafusos corticais de aço inoxidável, inseridos na diáfise em seu sentido lateral-medial e igualmente distribuídos distal e proximal à linha de fratura. Durante um período de 60 dias pós-cirúrgico, os animais foram avaliados por meio de exames clínicos e radiográficos. Houve fratura em quatro das cinco hastes de poliacetal implantadas pela primeira vez e em duas das quatro hastes de poliamida que foram implantadas após a quebra das de poliacetal. Todas as falhas ocorrerem nas primeiras duas semanas de imobilização. Não foram verificados quaisquer sinais de rejeição aos materiais usados. Os resultados demonstram que as hastes de poliacetal e poliamida não apresentaram resistência suficiente para, de acordo com o modelo proposto, promover imobilização precoce de fraturas de fêmur em bovinos jovens.

8.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1478133

Resumo

In spite of the expressive development of veterinary orthopedics in the last years, long bone fractures in large animals remains a challenge for veterinary surgeons. This study is part of a proposal for development of a low-cost and easy-to-use polymeric interlocking nail designed to be used in newborns and young cattle. The objectives were to evaluate, in vivo, polyacetal and polyamide nails for immobilization of femoral fractures in calves. Five calves were submitted to general anesthesia and the left femur was fractured and then fixed using polyacetal or polyamide rods (nails) interlocked with four cortical screws (stainless steel) equally applied to the distal and proximal fracture line. In the postoperative period, calves were clinically assessed during 60 days by clinical and radiographic exams. Fractures occurred in four of the five polyacetal nails implanted in the first time and in two of the four polyamide nails implanted after the polyacetal nail failures. All failures occurred in the first 14 days after implantation. No rejection signs against the polymers were observed. In conclusion, polyacetal and polyamide did not have enough resistance to be used as intramedullary interlocking nails in this system designed to promote early femoral fractures immobilization in young calves.


Apesar da expressiva evolução da ortopedia veterinária nos últimos anos, as fraturas de ossos longos em grandes animais são constante desafio para o médico-veterinário. O presente estudo é parte da proposta de desenvolvimento de um sistema de haste intramedular polimérica, de baixo custo e fácil aplicação, para uso em bovinos jovens e neonatos. Os objetivos foram avaliar, in vivo, hastes de poliacetal e poliamida para imobilização de fraturas femorais em bovinos jovens. Cinco bezerros machos foram submetidos à anestesia geral e tiveram os fêmures esquerdos fraturados e, em seguida, imobilizados, utilizando-se uma haste cilíndrica de poliacetal ou poliamida inserida no canal intramedular e bloqueada por quatro parafusos corticais de aço inoxidável, inseridos na diáfise em seu sentido lateral-medial e igualmente distribuídos distal e proximal à linha de fratura. Durante um período de 60 dias pós-cirúrgico, os animais foram avaliados por meio de exames clínicos e radiográficos. Houve fratura em quatro das cinco hastes de poliacetal implantadas pela primeira vez e em duas das quatro hastes de poliamida que foram implantadas após a quebra das de poliacetal. Todas as falhas ocorrerem nas primeiras duas semanas de imobilização. Não foram verificados quaisquer sinais de rejeição aos materiais usados. Os resultados demonstram que as hastes de poliacetal e poliamida não apresentaram resistência suficiente para, de acordo com o modelo proposto, promover imobilização precoce de fraturas de fêmur em bovinos jovens.

9.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1478170

Resumo

The aim was to study a novel model of suspensory ligament (SL) lesion. Under general anesthesia, a punch for skin biopsy (0.6cm of diameter) was used to create a circular lesion in the middle of SL simultaneously in the four members of six horses. All horses recovered without any important complication. Clinical and ultrasonographic evaluations were made during the post operative period. During the first two weeks, edema changed from mild to discreet, and pain changed from discreet to none around the surgical site. The lesions were easily observed by ultrasonography 48h after surgery as a homogenous anechoic area representing a mean (± SEM) 33.5±5% of the SL area, and did not change size during the first two weeks (P=0.77). In conclusion, the proposed model was efficient to promote controlled and homogeneous lesions in the four SL simultaneously without causing important discomfort to the horses. Taking in account these findings together with the possibility of evaluation of the ligament biopsy previously to any treatment, this method may be useful especially in studies testing therapies for tissue repair.


O objetivo deste estudo foi avaliar um novo modelo de lesão no ligamento suspensório (LS). Sob anestesia geral, um punch para biópsia cutânea de 0,6cm de diâmetro foi utilizado para criar uma lesão no centro do LS de ambos os membros torácicos e pélvicos, em seis equinos. Todos os animais se recuperam da cirurgia sem nenhuma complicação importante. Realizaram-se avaliações clínicas e ultrassonográficas no período pós-operatório. Durante as primeiras duas semanas, no local da lesão, houve redução no edema de leve para discreto e da dor de discreta para ausente. As lesões foram facilmente observadas ao exame ultrassonográfico 72 horas após a cirurgia como áreas anecoicas homogêneas, representando uma média (± erro padrão) de 33,5±5% da área do LS. Não houve alteração significativa na área de lesão durante as primeiras duas semanas (P=0,77). Concluiu-se que o modelo proposto foi eficiente para promover lesões controladas e homogêneas simultaneamente nos quatro LS, sem causar desconforto importante aos equinos. Esses achados, associados à possibilidade de se avaliar previamente o LS por meio de biópsia, demonstram que esse modelo de indução de lesões ligamentosas se apresenta com um método útil, principalmente se aplicado ao estudo de terapias destinadas a melhorar o processo de reparo do LS.

10.
Ci. Rural ; 37(4)2007.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-705385

Resumo

The rich platelet plasma (RPP) and indiferenciate mesenchimal cells (IMCs), or stem cells, have been widely studied because of their high potential of osteoinduction in bone grafts. However, the utilization of RPP and IMCs must be done following correct methodology of isolation and use. The inappropriate methodology can be a determinant factor of its efficacy on bone grafts and can explain some controversial results of its utilization in bone grafts.


O plasma rico em plaquetas (PRP) e as células mesenquimais indiferenciadas (CMIs), também chamadas de células-tronco, têm sido amplamente estudados por seus potenciais altos de osteoindução em enxertos ósseos. No entanto, a utilização do PRP e das CMIs deve ser realizada com critério, baseando-se na adequada metodologia de isolamento e utilização. A metodologia inadequada pode ser um fator determinante na eficácia em enxertos ósseos, o que pode justificar alguns resultados controversos da utilização do PRP e das CMIs em enxertos ósseos.

11.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1477177

Resumo

The rich platelet plasma (RPP) and indiferenciate mesenchimal cells (IMCs), or stem cells, have been widely studied because of their high potential of osteoinduction in bone grafts. However, the utilization of RPP and IMCs must be done following correct methodology of isolation and use. The inappropriate methodology can be a determinant factor of its efficacy on bone grafts and can explain some controversial results of its utilization in bone grafts.


O plasma rico em plaquetas (PRP) e as células mesenquimais indiferenciadas (CMIs), também chamadas de células-tronco, têm sido amplamente estudados por seus potenciais altos de osteoindução em enxertos ósseos. No entanto, a utilização do PRP e das CMIs deve ser realizada com critério, baseando-se na adequada metodologia de isolamento e utilização. A metodologia inadequada pode ser um fator determinante na eficácia em enxertos ósseos, o que pode justificar alguns resultados controversos da utilização do PRP e das CMIs em enxertos ósseos.

12.
Ci. Rural ; 37(3)2007.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-705305

Resumo

The blood acid-base status was studied in equines when induced large colon impaction was followed by applying an isotonic polionic enteral solution, or sene associated with intravenous fluid therapy, or fluid therapy alone. The blood samples were collected in twenty animals, four groups (E8, RL, SE, and C) of five animals each. Animals of the treated groups had experimentally induced colon impactions. Equines in group E8 received isotonic polionic enteral solution (8 mL kg-1 h-1 48 h-1); in group SE, sene was applied at 20mg kg-1, two doses per animal, at 24-hour intervals, along with the Ringer lactate IV, 10mL kg-1 h-1, 12 h-1, both during two days; and in the RL animals received Ringer lactate IV only (16mL kg-1 h-1 12h-1), applied during two days. Group C was the non-treated control. Among the tested treatments, the intravenous fluid therapy with Ringer solution (RL) alone was the most efficient to correct the blood gas parameters in horses with large colon impaction. The isotonic polionic enteral solution (E8) and sene associated with intravenous fluid therapy (SE) were also efficient, although less so than Ringer solution alone.


O equilíbrio ácido-base foi estudado em eqüinos com compactação experimental do cólon maior após o uso de solução isotônica poliônica enteral, sene mais hidratação intravenosa e hidratação intravenosa. As amostras sangüíneas foram colhidas de 20 animais, quatro grupos (E8, RL, SE e C) de cinco animais cada. Os animais dos grupos tratados eram portadores de compactação no cólon maior induzida experimentalmente. Eqüinos no grupo E8 receberam solução isotônica poliônica enteral (8mL kg-1 h-1 48h-1); no grupo SE, sene foram administrados na dose de 20mg kg-1, duas doses de 24/24h, mais Ringer lactato intravenoso, 10mL kg-1h(-1)12h-1, durante dois dias; sendo que o grupo RL recebeu Ringer lactato intravenoso (16mL kg-1h(-1)12h-1) durante dois dias. O grupo C, controle, não foi tratado. Entre os tratamentos testados, a fluidoterapia intravenosa com solução de Ringer lactato (RL) foi o tratamento mais eficiente para a correção das variáveis hemogasométricas em eqüinos com compactação do cólon maior. A solução isotônica poliônica enteral (E8) e sene associada com fluidoterapia intravenosa (SE) foram eficientes, porém em menor grau.

13.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1502282

Resumo

Dentre as várias técnicas cirúrgicas de preparo de rufiões bovinos, considera-se que o transplante prepucial resulta em menor desconforto durante a monta e, por conseguinte, maior vida útil. O objetivo deste estudo foi documentar a intensidade das alterações pós-cirúrgicas e anátomo-patológicas decorrentes do transplante prepucial, em 25 touros azebuados com peso médio de 360 kg, pós medicados com fenilbutazona. Durante o exame clínicocirúrgico diário 44% dos animais reagiram à manipulação da ferida cirúrgica, de forma discreta a moderada. Edemas e secreções serosanguinolenta das feridas cirúrgicas na porção ventral foram observados em 48%, sobreposição das bordas em 8% e discreta cianose no óstio transplantado em 64% dos animais avaliados. A estenose do óstio por edema e o prolapso da bainha prepucial interna foram observados em 8% e 20% dos casos, respectivamente. O exame anátomo-patológico da ferida cirúrgica, também, revelou coleção de líquido seroso (20%) e hematoma (16%). Os achados, em conjunto, refletiram a cruência da técnica e, conseqüentemente a intensidade do processo inflamatório resultante, suficiente para concluir que, nas condições deste estudo, a técnica de transplante prepucial pode ocasionar as complicações relatadas em animais com faixa etária, peso e raça semelhantes aos utilizados nesse estudo, tendo como indicação o uso de antiinflamatório no pós-operatór

14.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1477097

Resumo

The blood acid-base status was studied in equines when induced large colon impaction was followed by applying an isotonic polionic enteral solution, or sene associated with intravenous fluid therapy, or fluid therapy alone. The blood samples were collected in twenty animals, four groups (E8, RL, SE, and C) of five animals each. Animals of the treated groups had experimentally induced colon impactions. Equines in group E8 received isotonic polionic enteral solution (8 mL kg-1 h-1 48 h-1); in group SE, sene was applied at 20mg kg-1, two doses per animal, at 24-hour intervals, along with the Ringer lactate IV, 10mL kg-1 h-1, 12 h-1, both during two days; and in the RL animals received Ringer lactate IV only (16mL kg-1 h-1 12h-1), applied during two days. Group C was the non-treated control. Among the tested treatments, the intravenous fluid therapy with Ringer solution (RL) alone was the most efficient to correct the blood gas parameters in horses with large colon impaction. The isotonic polionic enteral solution (E8) and sene associated with intravenous fluid therapy (SE) were also efficient, although less so than Ringer solution alone.


O equilíbrio ácido-base foi estudado em eqüinos com compactação experimental do cólon maior após o uso de solução isotônica poliônica enteral, sene mais hidratação intravenosa e hidratação intravenosa. As amostras sangüíneas foram colhidas de 20 animais, quatro grupos (E8, RL, SE e C) de cinco animais cada. Os animais dos grupos tratados eram portadores de compactação no cólon maior induzida experimentalmente. Eqüinos no grupo E8 receberam solução isotônica poliônica enteral (8mL kg-1 h-1 48h-1); no grupo SE, sene foram administrados na dose de 20mg kg-1, duas doses de 24/24h, mais Ringer lactato intravenoso, 10mL kg-1h(-1)12h-1, durante dois dias; sendo que o grupo RL recebeu Ringer lactato intravenoso (16mL kg-1h(-1)12h-1) durante dois dias. O grupo C, controle, não foi tratado. Entre os tratamentos testados, a fluidoterapia intravenosa com solução de Ringer lactato (RL) foi o tratamento mais eficiente para a correção das variáveis hemogasométricas em eqüinos com compactação do cólon maior. A solução isotônica poliônica enteral (E8) e sene associada com fluidoterapia intravenosa (SE) foram eficientes, porém em menor grau.

17.
Ci. Rural ; 34(5)2004.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-704554

Resumo

Incisional complications after equine midline laparotomy have an incidence of 35 to 87.5% and lead an increase in the convalescence period or to death. Predisposed factors to these complications are little approached in the equine medicine literature and consist of inherent factors to the patient, surgery, anesthesia and postoperative period. Preoperative cares, size of the incision, surgeon clothes, the choice of the suture material and equine clinical and behaviour conditions may be considered and well known in order to decrease the incisional complications after the midline laparotomy.


As complicações incisionais após laparotomia mediana em eqüinos têm prevalência de 35 a 87,5% e levam a aumento no período de convalescença ou mesmo ao óbito. Os fatores predisponentes destas complicações são pouco abordados na literatura médica eqüina e são inerentes ao paciente, ao ato cirúrgico, à anestesia e ao período pós-operatório. Considerações sobre os cuidados no pré-operatório, tamanho da incisão, roupa do cirurgião, escolha do fio cirúrgico e as condições clínicas e comportamentais do eqüino são salientadas entre os fatores predisponentes que, quando bem conhecidos, podem ser melhor administrados, no sentido de minimizar as complicações incisionais na laparotomia mediana.

18.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1476335

Resumo

Incisional complications after equine midline laparotomy have an incidence of 35 to 87.5% and lead an increase in the convalescence period or to death. Predisposed factors to these complications are little approached in the equine medicine literature and consist of inherent factors to the patient, surgery, anesthesia and postoperative period. Preoperative cares, size of the incision, surgeon clothes, the choice of the suture material and equine clinical and behaviour conditions may be considered and well known in order to decrease the incisional complications after the midline laparotomy.


As complicações incisionais após laparotomia mediana em eqüinos têm prevalência de 35 a 87,5% e levam a aumento no período de convalescença ou mesmo ao óbito. Os fatores predisponentes destas complicações são pouco abordados na literatura médica eqüina e são inerentes ao paciente, ao ato cirúrgico, à anestesia e ao período pós-operatório. Considerações sobre os cuidados no pré-operatório, tamanho da incisão, roupa do cirurgião, escolha do fio cirúrgico e as condições clínicas e comportamentais do eqüino são salientadas entre os fatores predisponentes que, quando bem conhecidos, podem ser melhor administrados, no sentido de minimizar as complicações incisionais na laparotomia mediana.

19.
Ci. Rural ; 30(5)2000.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-703700

Resumo

The high casuistic of abdominal disturbs in equine, and the knowledge that paracentesis is an efficient technique, simple and safe for the animal, result that the analysis of the peritoneal fluid becomes an important aid for diagnosis and clinical orientation in individual cases. As in Brazil there are no reference values for peritoneal fluid evaluation for working horses, this work intends to provide some values for that category of animals. Sixty healthy working horses, from the Metropolitan area of Belo Horizonte City, Minas Gerais State, Brazil were used. The animals were maintained in the Veterinary Hospital of the Veterinary School of the Federal University of Minas Gerais - Brazil, kept under the same nutricional and environmental conditions. Abdominal paracentesis was performed to obtain a sample in three aliquots: with EDTA, with sodium citrate and without anticoagulant substance. The aliquot without anticoagulant was subdivided to prepare smears in glasses to make leukocyte differentiation, cytological examination and total protein determination. In the aliquot with sodium citrate was determined fibrinogen and in the one with EDTA was made total leukocytes count. The results were Total Leukocytes/mul 3567± 3280; Neutrophils 51.6±23.3%; Eosinophils3.0±8.5%; Basophils 0.1 ±0.35%; Lymphocytes 10.5±10.6%; Mononucleated Cells 33.8±25.3%; Total Protein g/dl 1.2±0.6 and Fibrinogen g/dl 0.05±0.015.


Considerando a casuística de distúrbios abdominais em eqüinos, e o fato da paracentese ser uma técnica fácil e segura para o animal, a análise do líquido peritoneal torna-se um importante exame auxiliar no diagnóstico e direcionamento da conduta clínica. Como no Brasil não existem valores de referência desse exame em eqüinos sem raça definida, este trabalho objetivou o estabelecimento desses valores para esses animais. Foram usados sessenta eqüinos sem raça definida, procedentes da Região Metropolitana de Belo Horizonte-MG, os quais foram vermifugados e mantidos na Escola de Veterinária da UFMG, recebendo a mesma alimentação. Foi realizada paracentese abdominal, para obtenção de amostra fracionada em três alíquotas: uma contendo EDTA, outra citrato de sódio e outra sem anticoagulante. A alíquota sem anticoagulante foi subdividida para se fazer esfregaços em lâminas para contagem diferencial de leucócitos e para dosagem da proteína total. Na alíquota com citrato, foi dosado fibrinogênio e na com EDTA foi feita contagem total de leucócitos. Os resultados obtidos foram: Leucócitos total/mil 3567 ± 3280; Neutrófilos 51,6± 23,3%; Eosinófilos 3,0± 8,5%; Basófilos 0,1± 0,35%; Linfócitos 10,5± 10,6%; Células Mononucleares 33,8± 25,3%; Proteína g/dl 1,2± 0,6 e Fibrinogênio g/dl 0,05 ± 0,015.

20.
Ci. Rural ; 29(1)1999.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-703448

Resumo

With the intetion to study the viability of the use and the sedative effects of the romifidine in mules, this drug was used for chemical restraint in untamed burros, that were subjected to bilateral orquiectomy. In a first fase, the viability was investigated in eight animals that were injected intravenously with 0.04 and 0.08mg/kg. In a second fase, the sedative effects were compared in three groups of seven animals that were injected with intramuscular doses of 0.04, 0.08 and 0.12mg/kg. The sedative signs of romifidine in mules were similar with that had been described for equine, however lower intensity were seen with same doses. Indeed the intravenous route produced effects more intense, the facility and safety made the intramuscular route better. By this route the 0.12mg/kg dose was the most efficient. The romifidine provided sedation which might be clinically useful in untamed mules.


Com o objetivo de verificar a viabilidade do uso da romifidina em muares e avaliar seus efeitos sedativos na espécie, utilizou-se essa droga para contenção farmacológica de burros não domados, submetidos à orquiectomia bilateral. Em uma primeira etapa, visando a verificar sua viabilidade, a romifidina foi aplicada por via intravenosa em oito animais nas doses de 0,04 e 0,08mg/kg. Já na Segunda etapa, compararam-se seus efeitos sedativos após a aplicação, por via intramuscular, das doses de 0,04, 0,08 e 0,12mg/kg, em três grupos de sete animais. Os sinais da sedação induzida pela romifidina foram semelhantes aos já descritos para eqüinos, porém, verificou-se menor intensidade, dentro das doses utilizadas. Apesar da via intravenosa ter produzido efeitos mais intensos, a via intramuscular foi a da escolha devido à facilidade e à segurança da aplicação, sendo a dose de 0,12mg/kg a que produziu melhores resultados. A romifidina foi considerada como uma opção viável para contenção de muares não domados.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA