Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1464860

Resumo

It was compiled, during 2005, data on the production in tons of commercial value species family captured at Cooperativa de Pesca in Vila Velha (COOPEVES), Espírito Santo, southeast of Brazil. The data were quantified from January 2003 to August 2005 in order to characterize the fishing activity at this landing point. At COOPVES, it is employed three fishing techniques (pargueira, jogada hand-lines and espinhel long-line). The production average during three years presented a growing tendency of 60 tons in 2003, 79 tons in 2004 and 82 tons in 2005. It was found 10 families that had outstanded at the landing points. The family with the highest number of species was Carangidae, followed by Lutjanidae, Serranidae e Scombridae. However, the most representative families in the production were Lutjanidae e Serranidae, with a total production of 377.12 tons for 2003. These values represent 51.38% and 16.75% of the total production for the year, respectively. In 2004 and 2005, the fishing production followed the same pattern. In this present study, it was also possible to observe that the fishery of the species Balistes capriscus had also suffered a remarkable reduction, which had made it no economic and replaced by B. vetula.


Durante o ano de 2005 foram compilados dados relativos à produção, em toneladas (t), das famílias de espécies de valor comercial capturadas na Cooperativa de Pesca de Vila Velha (COOPEVES), Espírito Santo, sudeste do Brasil. Os dados foram quantificados, compreendendo o período de janeiro de 2003 a agosto de 2005, a fim de caracterizar a atividade pesqueira nesse entreposto de pesca. Na COOPEVES são empregadas três técnicas de pesca: pargueira, jogada e espinhel. A média de produção durante o triênio apresentou uma tendência crescente, com média de 60 t em 2003, média de 79 t em 2004 e média de 82 t em 2005. Foram encontradas 10 famílias que se destacaram nos desembarques. A família com maior número de espécies foi Carangidae, seguida da família Lutjanidae, Serranidae e Scombridae. Entretanto, as famílias mais representativas na produção foram Lutjanidae e Serranidae, com um desembarque total de 377,12 t e 122,92 t respectivamente, para o ano de 2003. Esses valores representaram 51,38% e 16,75% da produção total para o ano, respectivamente. Nos anos de 2004 e 2005, a produção pesqueira seguiu o mesmo padrão. No presente trabalho também foi possível observar que a pesca da espécie Balistes capriscus sofreu marcada redução, tornando-se antieconômica, sendo substituída pela espécie B. vetula.

2.
B. Inst. Pesca ; 35(4)2009.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-761096

Resumo

It was compiled, during 2005, data on the production in tons of commercial value species family captured at Cooperativa de Pesca in Vila Velha (COOPEVES), Espírito Santo, southeast of Brazil. The data were quantified from January 2003 to August 2005 in order to characterize the fishing activity at this landing point. At COOPVES, it is employed three fishing techniques (pargueira, jogada hand-lines and espinhel long-line). The production average during three years presented a growing tendency of 60 tons in 2003, 79 tons in 2004 and 82 tons in 2005. It was found 10 families that had outstanded at the landing points. The family with the highest number of species was Carangidae, followed by Lutjanidae, Serranidae e Scombridae. However, the most representative families in the production were Lutjanidae e Serranidae, with a total production of 377.12 tons for 2003. These values represent 51.38% and 16.75% of the total production for the year, respectively. In 2004 and 2005, the fishing production followed the same pattern. In this present study, it was also possible to observe that the fishery of the species Balistes capriscus had also suffered a remarkable reduction, which had made it no economic and replaced by B. vetula.  


Durante o ano de 2005 foram compilados dados relativos à produção, em toneladas (t), das famílias de espécies de valor comercial capturadas na Cooperativa de Pesca de Vila Velha (COOPEVES), Espírito Santo, sudeste do Brasil. Os dados foram quantificados, compreendendo o período de janeiro de 2003 a agosto de 2005, a fim de caracterizar a atividade pesqueira nesse entreposto de pesca. Na COOPEVES são empregadas três técnicas de pesca: pargueira, jogada e espinhel. A média de produção durante o triênio apresentou uma tendência crescente, com média de 60 t em 2003, média de 79 t em 2004 e média de 82 t em 2005. Foram encontradas 10 famílias que se destacaram nos desembarques. A família com maior número de espécies foi Carangidae, seguida da família Lutjanidae, Serranidae e Scombridae. Entretanto, as famílias mais representativas na produção foram Lutjanidae e Serranidae, com um desembarque total de 377,12 t e 122,92 t respectivamente, para o ano de 2003. Esses valores representaram 51,38% e 16,75% da produção total para o ano, respectivamente. Nos anos de 2004 e 2005, a produção pesqueira seguiu o mesmo padrão. No presente trabalho também foi possível observar que a pesca da espécie Balistes capriscus sofreu marcada redução, tornando-se antieconômica, sendo substituída pela espécie B. vetula.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA