Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Ci. Rural ; 36(2)2006.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-704968

Resumo

The development in the area of creates was studied of 14 nuclei with four mass off cells from the division of nine beehives of africanized Apis mellifera honeybees, distributed in two treatments: TPL - nuclei fed with inverted sugar + 3.5ml of the vitaminic amino acid supplement (Promotor L®), composition for six nuclei and TAI - nuclei fed with composed inverted sugar for eight nuclei. The nuclei had been fed weekly in individual feeder's type tray, and the evaluations carried through in four periods, totalizing 74 days. The treatments had not presented significant difference, being that, number the TPL presented area of creates inferior to TAI (233.63 versus. 273.02cm², respectively). How much to the periods the four was superior (P 0.05) to the first and as second, being that the third did not present significant difference (P 0.05) in relation to the others. The use of the TAI was economically more favorable in relation to the TPL in R$0.21 in relation to the cost for production of 1kg of food.


Estudou-se o desenvolvimento na área de cria de 14 núcleos com quatro favos a partir da divisão de nove colméias de abelhas Apis mellifera africanizada, distribuídos em dois tratamentos: TPL - núcleos alimentados com açúcar invertido + 3,5ml do suplemento de aminoácido vitamínico (Promotor L®), composto por seis núcleos e o TAI - núcleos alimentados com açúcar invertido, composto por oito núcleos. Os núcleos foram alimentados semanalmente em alimentadores individuais tipo bandeja, e as avaliações realizadas em quatro períodos, totalizando 74 dias Os tratamentos não apresentaram diferença significativa, sendo que, numericamente, o TPL apresentou área de cria inferior ao TAI (233,63 vs. 273,02cm², respectivamente). Quanto aos períodos o quarto período foi superior (P 0,05) ao primeiro e ao segundo, sendo que o terceiro período não apresentou diferença significativa (P 0,05) em relação aos demais. A utilização do TAI foi economicamente mais favorável em relação ao TPL em R$0,21 em relação ao custo para produção de 1kg de alimento.

2.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1476755

Resumo

The development in the area of creates was studied of 14 nuclei with four mass off cells from the division of nine beehives of africanized Apis mellifera honeybees, distributed in two treatments: TPL - nuclei fed with inverted sugar + 3.5ml of the vitaminic amino acid supplement (Promotor L®), composition for six nuclei and TAI - nuclei fed with composed inverted sugar for eight nuclei. The nuclei had been fed weekly in individual feeder's type tray, and the evaluations carried through in four periods, totalizing 74 days. The treatments had not presented significant difference, being that, number the TPL presented area of creates inferior to TAI (233.63 versus. 273.02cm², respectively). How much to the periods the four was superior (P 0.05) to the first and as second, being that the third did not present significant difference (P 0.05) in relation to the others. The use of the TAI was economically more favorable in relation to the TPL in R$0.21 in relation to the cost for production of 1kg of food.


Estudou-se o desenvolvimento na área de cria de 14 núcleos com quatro favos a partir da divisão de nove colméias de abelhas Apis mellifera africanizada, distribuídos em dois tratamentos: TPL - núcleos alimentados com açúcar invertido + 3,5ml do suplemento de aminoácido vitamínico (Promotor L®), composto por seis núcleos e o TAI - núcleos alimentados com açúcar invertido, composto por oito núcleos. Os núcleos foram alimentados semanalmente em alimentadores individuais tipo bandeja, e as avaliações realizadas em quatro períodos, totalizando 74 dias Os tratamentos não apresentaram diferença significativa, sendo que, numericamente, o TPL apresentou área de cria inferior ao TAI (233,63 vs. 273,02cm², respectivamente). Quanto aos períodos o quarto período foi superior (P 0,05) ao primeiro e ao segundo, sendo que o terceiro período não apresentou diferença significativa (P 0,05) em relação aos demais. A utilização do TAI foi economicamente mais favorável em relação ao TPL em R$0,21 em relação ao custo para produção de 1kg de alimento.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA