Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 16 de 16
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
R. bras. Parasitol. Vet. ; 20(3): 202-206, July-Sept. 2011. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-12374

Resumo

This study aimed to evaluate occurrences of antibodies against Neospora caninum and Toxoplasma gondii in dogs with neurological signs. Blood samples from 147 dogs were collected: 127 from owned dogs (attended at the Veterinary Teaching Hospital of the Federal University of Paraná (HV-UFPR) and at private veterinary clinics in the city of Curitiba), and 20 from stray dogs found in Curitiba's metropolitan region. The dogs presented one or more of the following neurological signs: seizures, paresis or paralysis, ataxia, behavioral abnormalities, sensory and somatic disorders and chorioretinitis. The samples were analyzed by means of the indirect fluorescent antibody test (IFAT), at a cutoff dilution of 1:50. Out of the 147 samples obtained, 17 (11.56 percent) were seropositive for N. caninum, 31 (21.08 percent) for T. gondii and four (2.72 percent) for both protozoa. Serum titration on the positive animals showed that 54.83 percent (17/31) and 41.18 percent (7/17) had titers > 1:200 against T. gondii and N. caninum, respectively. A significant difference in seropositivity for T. gondii (P = 0.021; OR = 2.87; CI = 1.1 > 2.8 > 7.4) was observed between owned dogs (18.11 percent) and stray dogs (40 percent). Inclusion of serological tests for neosporosis and toxoplasmosis is recommended in diagnosing neurological diseases in dogs.(AU)


Neste estudo objetivou-se verificar a ocorrência de anticorpos contra Neospora caninum e/ou Toxoplasma gondii em cães com sinais neurológicos. Foram coletadas 147 amostras de sangue, sendo 127 de animais domiciliados (atendidos no Hospital Veterinário da Universidade Federal do Paraná (HV-UFPR) e em clínicas veterinárias da cidade de Curitiba) e 20 de cães errantes da região metropolitana de Curitiba. Os cães apresentavam um ou mais dos seguintes sinais neurológicos: convulsão, paresia ou paralisia, ataxia, alterações de comportamento, alterações sensoriais somáticas e coriorretinite. As amostras foram analisadas pela reação de imunofluorescência indireta (RIFI), na diluição de corte 1:50. Das 147 amostras obtidas, 17 (11,56 por cento) foram positivas para N. caninum, 31 (21,08 por cento) foram positivas para T. gondii e quatro (2,72 por cento) foram reagentes para ambos os protozoários. Na titulação dos animais positivos, 54,83 por cento (17/31) e 41,18 por cento (07/17) apresentaram títulos >1:200 contra T. gondii e N. caninum, respectivamente. Diferença significativa (P = 0,021, OR = 2,87, IC = 1,1 > 2,8 > 7,4) foi observada para soropositividade ao T. gondii entre cães domiciliados (18,11 por cento) e errantes (40 por cento). Sugere-se a inclusão dos exames sorológicos de neosporose e toxoplasmose no diagnóstico de doença neurológica em cães.(AU)


Assuntos
Animais , Cães , Anticorpos Antiprotozoários/sangue , Doenças do Cão/sangue , Neospora/imunologia , Doenças do Sistema Nervoso/veterinária , Toxoplasma/imunologia , Doenças do Cão/epidemiologia , Doenças do Sistema Nervoso/sangue , /epidemiologia , Estudos Soroepidemiológicos
2.
Nosso Clín. ; 18(108): 50-58, Nov.-Dec.2015. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-20346

Resumo

Uma cacatua (Cacatua sulphurea citrinocristata) adulta foi levada ao Hospital Veterinário da Universidade Federal do Paraná com histórico de déficit visual. Foi relatado que o animal se debatia bastante no recinto, caia frequentemente do poleiro e começou a apresentar hiporexia desde então. No exame oftálmico,observou-se no espaço pupilar de ambos os olhos imagens sugestivas de descolamento de retina. O animal foi então encaminhado para a avaliação ultrassonografia ocular, por meio do qual se confirmou o descolamento da retina bilateral. De acordo com a avaliação oftálmica e ultrassonográfica, concluiu-se a ocorrência de trauma ocular o qual ocasionou o descolamento da retina.(AU)


An adult cockatoo (Cacatua sulphurea citrinocristata) was taken to the Veterinary Hospital of the Federal University of Paraná with a history of visual impairment. It was reported that the animal was hitting quite often and falling off the perch. Since then, it began to show hyporexia. On ophthalmic examination, it was observed in the pupillary space of both eyes a suggestive image of retinal detachment. The animal was taken to the ocular ultrasound, where by it was confirmed bilateral retinal detachment. According to ophthalmic and ultrasonographic evaluation, it was conciuded that the occurrence of an ocular trauma caused the retinal detachment.(AU)


Una cacatúa (Cacatua sulphurea citrinocristata) adulto fue llevado ai Hospital Veterinario de la Universidad Federal de Paraná, con una história de la discapacidad visual. Se informó que el animal es golpea docon frecuencia se caen la percha y comenzó a mostrar hiporexia desde entonces. En el examen oftalmológico, se observó em el espacio pupilar de abos ojos imágenes sugerentes de desprendimiento de retina. El animal fue llevado a la realización de la ecografía ocular, lo que se confirmó el desprendimiento de retina bilateral. De acuerdo a la evaluación oftálmica y ecográfico, se concluyó que La ocurrencia de um trauma ocular que causó el desprendimiento de la retina.(AU)


Assuntos
Animais , Cacatuas , Descolamento Retiniano/diagnóstico por imagem , Descolamento Retiniano/veterinária , Traumatismos Oculares/veterinária
3.
Nosso clínico ; 18(108): 50-58, Nov.-Dec.2015. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1485912

Resumo

Uma cacatua (Cacatua sulphurea citrinocristata) adulta foi levada ao Hospital Veterinário da Universidade Federal do Paraná com histórico de déficit visual. Foi relatado que o animal se debatia bastante no recinto, caia frequentemente do poleiro e começou a apresentar hiporexia desde então. No exame oftálmico,observou-se no espaço pupilar de ambos os olhos imagens sugestivas de descolamento de retina. O animal foi então encaminhado para a avaliação ultrassonografia ocular, por meio do qual se confirmou o descolamento da retina bilateral. De acordo com a avaliação oftálmica e ultrassonográfica, concluiu-se a ocorrência de trauma ocular o qual ocasionou o descolamento da retina.


An adult cockatoo (Cacatua sulphurea citrinocristata) was taken to the Veterinary Hospital of the Federal University of Paraná with a history of visual impairment. It was reported that the animal was hitting quite often and falling off the perch. Since then, it began to show hyporexia. On ophthalmic examination, it was observed in the pupillary space of both eyes a suggestive image of retinal detachment. The animal was taken to the ocular ultrasound, where by it was confirmed bilateral retinal detachment. According to ophthalmic and ultrasonographic evaluation, it was conciuded that the occurrence of an ocular trauma caused the retinal detachment.


Una cacatúa (Cacatua sulphurea citrinocristata) adulto fue llevado ai Hospital Veterinario de la Universidad Federal de Paraná, con una história de la discapacidad visual. Se informó que el animal es golpea docon frecuencia se caen la percha y comenzó a mostrar hiporexia desde entonces. En el examen oftalmológico, se observó em el espacio pupilar de abos ojos imágenes sugerentes de desprendimiento de retina. El animal fue llevado a la realización de la ecografía ocular, lo que se confirmó el desprendimiento de retina bilateral. De acuerdo a la evaluación oftálmica y ecográfico, se concluyó que La ocurrencia de um trauma ocular que causó el desprendimiento de la retina.


Assuntos
Animais , Cacatuas , Descolamento Retiniano/diagnóstico por imagem , Descolamento Retiniano/veterinária , Traumatismos Oculares/veterinária
4.
Arq. ciênc. vet. zool. UNIPAR ; 12(1): 5-9, jan.-jun. 2009.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-2813

Resumo

As leveduras podem causar diversas doenças no homem e animais. Nas aves, as leveduras estão envolvidas principalmente em lesões no trato respiratório e digestório. Entre as leveduras patogênicas, Cryptococcus neoformans vem se destacando pela alta prevalência de criptococose humana em pacientes imunodeprimidos. Assim, os objetivos deste estudo foram identificar C. neoformans e outras leveduras patogênicas na cloaca e coana de passeriformes e psitaciformes e em excretas coletadas do fundo de gaiolas de aviários. Foram obtidas 29 amostras de 15 aves manifestando algum sinal respiratório, provenientes do Ambulatório de Animais Selvagens da UFPR (n=6) e da Clínica Veterinária Vida Livre (n= 23). As amostras foram semeadas em Ágar Sabouraud e Ágar Níger e mantidas a 300 C por até 30 dias. Todas as colônias foram analisadas quanto à macro e micromorfologia. Para aquelas identificadas como leveduras, foram realizadas as provas bioquímicas: assimilação de carbono e nitrogênio e formação de tubo germinativo para identificação de Candida albicans. As amostras de excreta dos aviários (n=8) foram misturadas com solução fisiológica contendo antibiótico e o sobrenadante foi semeado em Ágar Níger. Nenhuma amostra das aves apresentou resultado positivo para C. neoformans, porém identificaram-se amostras positivas para C. albicans (duas amostras de coana), C. famata (uma amostra de coana) e C. tropicalis (uma amostra de coana). As excretas foram negativas para C. neoformans. Portanto, apesar de não ter sido isolado C. neoformans, outras leveduras patogênicas foram isoladas, demonstrando a importância dessas aves como possíveis veiculadoras de doenças para humanos.(AU)


The yeasts can cause many diseases in man and animals. On birds, the yeasts are involved mainly in respiratory and digestive tract lesions. Among pathogenic yeast, Cryptococcus neoformans is an important cause of human cryptococcisis associated with immunocompromised states. The purpose of this study is to identify the occurrence of C. neoformans and other pathogenic yeasts in cloacae and choana from passeriformes and psittacines as well as in excretas from poultry cages. Twenty nine samples from fifteen birds showing some respiratory symptom, from Veterinary Hospital of UFPR (n = 6) and Vida Livre Veterinary Clinic (n = 23), were collected . The samples were spread in Sabouraud dextrose Agar and Staib medium and kept at 30°C and observed for 30 days. All colonies were analyzed with respect to its micro and macromorphology. Biochemical assays were conducted for samples presenting yeasts: carbon and nitrogen assimilation profile and germ tube for Candida albicans identification. Samples from birdsextracts (n = 8) were diluted in sterile saline solution with antibiotic and the supernatant was inoculated in spread on Niger seed agar. All samples were negative for Cryptococcus neoformans, however, C. albicans (two samples from choana), C. famata (one sample from choana) and C. tropicalis (choana) were found. Excretas from bird cages were negative to C. neoformans. Results suggested that birds harbor various pathogenic species of yeast, but not C. neoformans, and the result showed potential danger to carry diseases to humans.(AU)


Las levaduras pueden causar diversas enfermedades en el hombre y animales. En las aves, las levaduras están involucradas principalmente en lesiones en el tracto respiratorio y digestivo. Entre las levaduras patogénicas, Cryptococcus neoformans viene destacándose por la alta incidencia de cryptococcus humana en pacientes inmune deprimidos. Así, el objetivo de este estudio fueron identificar C. neoformans y otras levaduras patogénicas en la cloaca y coana de psittacidae y psittaciformes y en excretas colectadas de las jaulas de pajareras. Fueron obtenidas 29 muestras de quince (15) aves manifestando algún señal respiratorio, provenientes del Ambulatorio de Animales Salvajes de la UFPR (n=6) y de la Clínica Veterinaria Vida Livre (n= 23). Las muestras fueron sembradas en Ágar Sabouraud y Ágar Níger y mantenidas a 30 0 C hasta 30 días. Todas las colonias fueron analizadas cuanto a la macro y micromorfología. Para aquellas identificadas como levaduras, fueron realizadas las pruebas bioquímicas: asimilación de carbono y nitrógeno, y formación de tubo germinativo para identificación de Candida albicans. Las muestras de excreta de los pajareros (n=8) fueron mezcladas con solución fisiológica conteniendo antibiótico y el sobrenadante fue sembrado en Ágar Níger. Ninguna muestra de las aves presentó resultado positivo para C. neoformans, pero se identificaron muestras positivas para C. albicans (dos muestras de coana), C. famata (una muestra de coana) y C. tropicalis (una nuestra de coana). Las excretas fueron negativas para C. neoformans. Por lo tanto, a pesar de no haber sido aislado C. neoformans, otras levaduras patogénicas fueron aisladas, demostrando que esas aves son posibles transmisoras de enfermedades para los seres humanos.(AU)


Assuntos
Animais , Cryptococcus neoformans/isolamento & purificação , Candida/isolamento & purificação , Papagaios/microbiologia , Passeriformes/microbiologia , Cloaca , Criptococose
5.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet. ; 12(40): 196-204, abr.-jun 2014. tab, ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-10687

Resumo

A membrana fibrovascular, formada por fibroblastos, matriz extracelular, colágeno, mucina e vasos sanguíneos, é um achado histológico comum nos bulbos oculares dos animais domésticos. Essa estrutura, em cães, é uma sequela comum de diversas doenças intraoculares, como descolamento de retina, neoplasmas intraoculares, glaucoma crônico, endoftalmite, úlceras corneanas graves e trauma ocular. O processo para sua formação ainda não foi totalmente elucidado, mas presume-se que estejam envolvidos fatores angiogênicos liberados em resposta a lesões, e o fator de crescimento do endotélio vascular (FCEV), devido a sua capacidade de indução angiogênica. Este artigo objetiva elucidar para os clínicos veterinários a importância da membrana fibrovascular em cães, discorrendo sobre as principais enfermidades que possam estar envolvidas em sua formação. São apresentados eventos histológicos observados no Laboratório de Oftalmologia Comparada (LABOCO) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) entre maio de 2010 e novembro de 2013. Numa casuística de 100 bulbos oculares inteiros provenientes de cães, submetidos a exame histopatológico, 69 apresentavam proliferação de MFV. De forma complementar, também são mencionados alguns dados da casuística geral do LABOCO, com dados coligidos a partir de 2008.AU


The fibrovascular membrane (FVM), composed of fibroblasts, extracellular matrix, collagen, mucin and blood vessels, is a common histological finding in eyeballs of domestic animals. In dogs, this structure is a common sequel of many intraocular diseases, such as retinal detachment, intraocular neoplasms, chronic glaucoma, endophthalmitis, severe corneal ulcers and ocular trauma. The process for its formation has not been fully elucidated, but it is assumed the involvement of angiogenic factors released in response to injury and the vascular endothelial growth factor (FCEV), due to its ability to induce angiogenesis. This article aims to elucidate to the veterinary practitioners the importance of fibrovascular membrane in dogs, discussing the main diseases thatmay be involved in its formation. Histological features of FVM observed in the Laboratory of ComparativeOphthalmology (LABOCO) of the Federal University of Paraná (UFPR), from May 2010 to November 2013are reported here. In a series of 100 eyeballs submitted to histopathological analysis, 69 presented FVM proliferation. Additionally data from the general LABOCO´s caseload, collected since 2008, was also mentioned.AU


Assuntos
Animais , Cães , Túnica Conjuntiva/lesões , Túnica Conjuntiva/patologia , Cães , Oftalmopatias/diagnóstico , Oftalmopatias/patologia , Oftalmopatias/veterinária
6.
MEDVEP, Rev. Cient. Med. Vet., Pequenos Anim. Anim. Estim ; 12(40): 196-204, abr.-jun 2014. tab, ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1485042

Resumo

A membrana fibrovascular, formada por fibroblastos, matriz extracelular, colágeno, mucina e vasos sanguíneos, é um achado histológico comum nos bulbos oculares dos animais domésticos. Essa estrutura, em cães, é uma sequela comum de diversas doenças intraoculares, como descolamento de retina, neoplasmas intraoculares, glaucoma crônico, endoftalmite, úlceras corneanas graves e trauma ocular. O processo para sua formação ainda não foi totalmente elucidado, mas presume-se que estejam envolvidos fatores angiogênicos liberados em resposta a lesões, e o fator de crescimento do endotélio vascular (FCEV), devido a sua capacidade de indução angiogênica. Este artigo objetiva elucidar para os clínicos veterinários a importância da membrana fibrovascular em cães, discorrendo sobre as principais enfermidades que possam estar envolvidas em sua formação. São apresentados eventos histológicos observados no Laboratório de Oftalmologia Comparada (LABOCO) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) entre maio de 2010 e novembro de 2013. Numa casuística de 100 bulbos oculares inteiros provenientes de cães, submetidos a exame histopatológico, 69 apresentavam proliferação de MFV. De forma complementar, também são mencionados alguns dados da casuística geral do LABOCO, com dados coligidos a partir de 2008.


The fibrovascular membrane (FVM), composed of fibroblasts, extracellular matrix, collagen, mucin and blood vessels, is a common histological finding in eyeballs of domestic animals. In dogs, this structure is a common sequel of many intraocular diseases, such as retinal detachment, intraocular neoplasms, chronic glaucoma, endophthalmitis, severe corneal ulcers and ocular trauma. The process for its formation has not been fully elucidated, but it is assumed the involvement of angiogenic factors released in response to injury and the vascular endothelial growth factor (FCEV), due to its ability to induce angiogenesis. This article aims to elucidate to the veterinary practitioners the importance of fibrovascular membrane in dogs, discussing the main diseases thatmay be involved in its formation. Histological features of FVM observed in the Laboratory of ComparativeOphthalmology (LABOCO) of the Federal University of Paraná (UFPR), from May 2010 to November 2013are reported here. In a series of 100 eyeballs submitted to histopathological analysis, 69 presented FVM proliferation. Additionally data from the general LABOCO´s caseload, collected since 2008, was also mentioned.


Assuntos
Animais , Cães , Cães , Túnica Conjuntiva/lesões , Túnica Conjuntiva/patologia , Oftalmopatias/diagnóstico , Oftalmopatias/patologia , Oftalmopatias/veterinária
7.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet. ; 11(36): 232-235, abr.-jun. 2013. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-8321

Resumo

Papilomas de origem não viral são infrequentes na superfície ocular e anexos oculares de cães, e podemser classificados como papiloma escamoso ou papiloma reativo. Descreve-se aqui um caso de papilomareativo na conjuntiva palpebral de uma cadela sem raça definida, com 15 anos de idade, diagnosticadopor meio de análise histopatológica e tratado por meio de excisão cirúrgica.(AU)


Non-viral papillomas are uncommonly diagnosed on the ocular surface or adnexa of dogs. Theyare classified as conjunctival squamous papilloma and reactive papilloma. We report a case of areactive papilloma in a 15-year-old mongrel bitch, diagnosed by histopathology and treated bysurgical excision.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Cães , Papiloma/veterinária , Neoplasias/veterinária , Cães , Túnica Conjuntiva , Cirurgia Geral
8.
MEDVEP, Rev. Cient. Med. Vet., Pequenos Anim. Anim. Estim ; 11(36): 232-235, abr.-jun. 2013. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1484995

Resumo

Papilomas de origem não viral são infrequentes na superfície ocular e anexos oculares de cães, e podemser classificados como papiloma escamoso ou papiloma reativo. Descreve-se aqui um caso de papilomareativo na conjuntiva palpebral de uma cadela sem raça definida, com 15 anos de idade, diagnosticadopor meio de análise histopatológica e tratado por meio de excisão cirúrgica.


Non-viral papillomas are uncommonly diagnosed on the ocular surface or adnexa of dogs. Theyare classified as conjunctival squamous papilloma and reactive papilloma. We report a case of areactive papilloma in a 15-year-old mongrel bitch, diagnosed by histopathology and treated bysurgical excision.


Assuntos
Feminino , Animais , Cães , Cães , Neoplasias/veterinária , Papiloma/veterinária , Cirurgia Geral , Túnica Conjuntiva
9.
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | VETINDEX | ID: biblio-1480896

Resumo

Resumo: O glaucoma é a maior causa de remoção cirúrgica dos olhos dos cães. Histopatologicamente o glaucoma é definido como a perda das células ganglionares da retina ou a perda de seus axônios no nervo óptico, sendo diagnosticado por lesões histopatológicas específicas. Embora o diagnóstico clínico do glaucoma seja facilmente evidenciado pela mensuração da pressão intraocular (PIO), a sua causa-base muitas vezes não é clinicamente elucidada. O diagnóstico histopatológico do glaucoma pode definir a origem da doença e, por conseguinte, informar sobre o prognóstico do olho contralateral ou, em alguns casos, sobre a presença de doenças sistêmicas que não haviam sido diagnosticadas até então. Este trabalho objetiva familiarizar os médicos veterinários com as principais lesões histopatológicas decorrentes de olhos glaucomatosos.


Glaucoma is the main cause of surgical removal of eyes in dogs. Glaucoma is histopathologically defined as loss of retinal ganglion cells or loss of their axons in the optic nerve. It is diagnosed through some specific histopathological findings. Although the clinical diagnosis of glaucoma is easily evidenced by the measurement of intraocular pressure (IOP), the cause of this disease is often clinically impossible to elucidate. The histopathological diagnosis of glaucoma can define the source of the disease and may inform about the prognosis of the contralateral eye. In some cases, histopathological findings may lead to the discovery of undiagnosed systemic diseases. The aim of this study is to familiarize clinicians and surgeons with the main histopathological lesions resulting from glaucomatous eyes.


El glaucoma es la principal causa de enucleación en perros y gatos. Desde el punto de vista histopatológico, el glaucoma es diagnosticado a través de lesiones específicas, y se define como la pérdida de las células ganglionares de la retina o la pérdida de sus axones en el nervio óptico. A pesar de que el diagnóstico clínico se puede evidenciar fácilmente mediante la medición de la presión intraocular (PIO), la causa de base, muchas veces, no es detectada. El diagnostico histopatológico del glaucoma puede definir el origen de la enfermedad y así, consecuentemente, dar una idea del pronóstico del ojo contra lateral. En algunos casos también puede detectar la presencia de enfermedades sistémicas que no habían sido diagnosticadas. Este trabajo tiene como objetivo familiarizar a los médicos veterinarios, con las principales sesiones histopatológicas presentes en ojos glaucomatosos.


Assuntos
Animais , Cães , Axônios , Células Ganglionares da Retina/citologia , Glaucoma/patologia , Olho/anatomia & histologia , Cães/classificação
10.
Clín. Vet. ; 17(99): 66-76, 2012.
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | VETINDEX | ID: vti-10457

Resumo

Resumo: O glaucoma é a maior causa de remoção cirúrgica dos olhos dos cães. Histopatologicamente o glaucoma é definido como a perda das células ganglionares da retina ou a perda de seus axônios no nervo óptico, sendo diagnosticado por lesões histopatológicas específicas. Embora o diagnóstico clínico do glaucoma seja facilmente evidenciado pela mensuração da pressão intraocular (PIO), a sua causa-base muitas vezes não é clinicamente elucidada. O diagnóstico histopatológico do glaucoma pode definir a origem da doença e, por conseguinte, informar sobre o prognóstico do olho contralateral ou, em alguns casos, sobre a presença de doenças sistêmicas que não haviam sido diagnosticadas até então. Este trabalho objetiva familiarizar os médicos veterinários com as principais lesões histopatológicas decorrentes de olhos glaucomatosos.(AU)


Glaucoma is the main cause of surgical removal of eyes in dogs. Glaucoma is histopathologically defined as loss of retinal ganglion cells or loss of their axons in the optic nerve. It is diagnosed through some specific histopathological findings. Although the clinical diagnosis of glaucoma is easily evidenced by the measurement of intraocular pressure (IOP), the cause of this disease is often clinically impossible to elucidate. The histopathological diagnosis of glaucoma can define the source of the disease and may inform about the prognosis of the contralateral eye. In some cases, histopathological findings may lead to the discovery of undiagnosed systemic diseases. The aim of this study is to familiarize clinicians and surgeons with the main histopathological lesions resulting from glaucomatous eyes.(AU)


El glaucoma es la principal causa de enucleación en perros y gatos. Desde el punto de vista histopatológico, el glaucoma es diagnosticado a través de lesiones específicas, y se define como la pérdida de las células ganglionares de la retina o la pérdida de sus axones en el nervio óptico. A pesar de que el diagnóstico clínico se puede evidenciar fácilmente mediante la medición de la presión intraocular (PIO), la causa de base, muchas veces, no es detectada. El diagnostico histopatológico del glaucoma puede definir el origen de la enfermedad y así, consecuentemente, dar una idea del pronóstico del ojo contra lateral. En algunos casos también puede detectar la presencia de enfermedades sistémicas que no habían sido diagnosticadas. Este trabajo tiene como objetivo familiarizar a los médicos veterinarios, con las principales sesiones histopatológicas presentes en ojos glaucomatosos.(AU)


Assuntos
Animais , Cães , Glaucoma/patologia , Olho/anatomia & histologia , Células Ganglionares da Retina/citologia , Axônios , Cães/classificação
11.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet. ; 10(34): 334-337, jul.-set. 2012. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-8856

Resumo

O carcinoma espinocelular é a neoplasia mais prevalente na região periocular e palpebral de gatos. Acometeprincipalmente gatos brancos, com margem palpebral despigmentada. Descreve-se a ocorrência dequatorze casos desta neoplasia na região periocular e de anexos oculares em gatos, retirados do arquivode um laboratório de patologia veterinária. Correlacionam-se seus aspectos clínicos, histopatológicos eepidemiológicos. Nesta investigação a neoplasia evidencia alta prevalência na região periocular e palpebralde gatos e duas ocorrências incomuns, respectivamente em terceira-pálpebra e em margem palpebralfortemente pigmentada. Observa-se ainda maior incidência em gatas do que em gatos, além demaior envolvimento das pálpebras inferiores do que das superiores. Objetiva-se acrescentar informaçõessobre este tipo de neoplasia nesta espécie.(AU)


Squamous cell carcinoma is the most prevalent neoplasm affecting the periocular skin and the eyelids incats. White cats or cats with non-pigmented eyelid margins are especially at risk to develop this neoplasm.We report 14 cases of feline squamous cell carcinoma affecting periocular skin and eyelids, taken from adatabase of a veterinary pathology laboratory. Clinical, histopathologic and epidemiological aspects wereevaluated and commented. Our investigation showed a high incidence of squamous cell carcinoma in theanatomic location studied and two uncommon occurrences: one affecting the third eyelid and anotheraffecting a highly pigmented eyelid margin. Neoplasms tend to occur mostly in female cats and principallyon inner eyelid. Our study intends to add information about squamous cell carcinoma in cats.(AU)


Assuntos
Animais , Gatos , Gatos , Carcinoma de Células Escamosas/veterinária , Olho
12.
MEDVEP, Rev. Cient. Med. Vet., Pequenos Anim. Anim. Estim ; 10(34): 334-337, jul.-set. 2012. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1484934

Resumo

O carcinoma espinocelular é a neoplasia mais prevalente na região periocular e palpebral de gatos. Acometeprincipalmente gatos brancos, com margem palpebral despigmentada. Descreve-se a ocorrência dequatorze casos desta neoplasia na região periocular e de anexos oculares em gatos, retirados do arquivode um laboratório de patologia veterinária. Correlacionam-se seus aspectos clínicos, histopatológicos eepidemiológicos. Nesta investigação a neoplasia evidencia alta prevalência na região periocular e palpebralde gatos e duas ocorrências incomuns, respectivamente em terceira-pálpebra e em margem palpebralfortemente pigmentada. Observa-se ainda maior incidência em gatas do que em gatos, além demaior envolvimento das pálpebras inferiores do que das superiores. Objetiva-se acrescentar informaçõessobre este tipo de neoplasia nesta espécie.


Squamous cell carcinoma is the most prevalent neoplasm affecting the periocular skin and the eyelids incats. White cats or cats with non-pigmented eyelid margins are especially at risk to develop this neoplasm.We report 14 cases of feline squamous cell carcinoma affecting periocular skin and eyelids, taken from adatabase of a veterinary pathology laboratory. Clinical, histopathologic and epidemiological aspects wereevaluated and commented. Our investigation showed a high incidence of squamous cell carcinoma in theanatomic location studied and two uncommon occurrences: one affecting the third eyelid and anotheraffecting a highly pigmented eyelid margin. Neoplasms tend to occur mostly in female cats and principallyon inner eyelid. Our study intends to add information about squamous cell carcinoma in cats.


Assuntos
Animais , Gatos , Carcinoma de Células Escamosas/veterinária , Gatos , Olho
13.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet. ; 7(23): 479-483, out.-dez.2009. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-1509

Resumo

O diagnóstico diferencial da perda súbita de visão inclui doenças neurológicas como intoxicações do sistema nervoso central, amaurose idiopática, neurite óptica retrobulbar, compressão ou neoplasia no quiasma óptico, tumores pituitários e outras cegueiras centrais de manifestação brusca. Além disso, a degeneração súbita adquirida de retina (DSAR), os descolamentos de retina e as toxicidades coriorretinianas são outras causas importantes de cegueira súbita, assim como crises de hipertensão. A DSAR é uma doença que afeta cães de meia-idade, geralmente obesos, cujo principal sinal clínico é a perda de visão associada a fundoscopia sem alterações. Para chegar ao diagnóstico preciso, há a necessidade da realização da eletrorretinografia (ERG), a fim de se avaliar a funcionalidade da retina. O objetivo do presente trabalho é relatar a prevalência dos casos de cegueira súbita, particularmente de DSAR, atendidos na casuística do Serviço de Oftalmologia Comparada da UFPR. Nove animais foram encaminhados ao Serviço de Oftalmologia comparada com a queixa de perda súbita da visão. Todos foram submetidos a consulta oftalmológica completa, seguida de indicação da ERG. Em três casos foi feita documentação fotográfica do fundo de olho empregando uma lâmpada de fenda com capacidade de oftalmoscopia indireta. Dos nove casos, quatro foram submetidos ao ERG pelo protocolo "QuickRetCheck",o qual consiste em estímulos por flashes de luz com intensidade de 3000 e 10000 mcd.s/m2. Para o exame os animais foram pré-medicados com 0,5 mg/kg midazolam e 0,5 mg/kg mo;fina,1M, foi instilada uma gota do colírio de Tropicamida 1%em ambos os olhos, durante a adaptação ao escuro (20 minutos). Foram anestesiados com 1,5 mg/kg/min de propofol e 0,5 mg/kg/ min cetamina S(+), IV, até a perda dos reflexos palpebrais e tolerância ao blefarostato. Dos animais avaliados, três foram considerados suspeitos de DSAR, dois foram diagnosticados com retinotoxicidade induzida por drogas (fármacos) e quatro com DSAR. Não foi detectada qualquer alteração na fundoscopia dos animais e nos exames de eletrretinografia foi observada ausência de resposta. A prevalência dos casos de DSAR na casuística total do Serviço de Oftalmologia Comparada foi de 1,18% (quatro de 339 casos) e dentro dos nove casos de cegueira abrupta foi de 44,5% (quatro de nove casos). Concluindo, para um diagnóstico preciso da DSAR é necessária a eletrorretinografia, mas infelizmente, ainda se classifica a DSAR como uma doença sem cura, apesar dos animais se adaptarem com certa facilidade a vida sem visão(AU)


The differential diagnosis of sudden vision loss include neurological diseases such as central nervous system intoxication, optic neuritis, retrobulbar lesions, compression induced by a tumor in the optic chiasm, pituitary tu¬mors and other sudden central blindness. Furthermore, acute hypertension, sudden acquired retinal degeneration (SARO), retinal detachment and chorioretinal toxicities are other important causes of sudden blindness. SARD is a disease that affects dogs of middle age, usually obese and the main clinical sign is the vision loss associated with normal fundus, to get to a diagnosis, there is a necessity of electroretinography to evaluate retinal function. The purpose of this study is to report the prevalence of cases of sudden blindness, particularly SARO, seen at the Com¬parative Ophthalmology Service, UFPR. Nine animals were sent to the Comparative Ophthalmology Service with the complaint of sudden loss of vision. All patients were submitted to a complete ophthalmic exam, in three cases fundus photographs were taken using a slit lamp with a indirect ophthalmoscope built in, in three cases blood tests were performed. An ERG was suggested to all of them but only in four cases it was performed. The ERG protocol selected was “QuickRetCheck”, which consists of stimulation by flashes of light with intensity of 3,000 and 10,000 mcd.s/m2. For the test, animals were premedicated with 0.5 mg / kg midazolam and 0.5 mg / kg morphine, 1M. A drop of 1 % tropicamide in both eyes was applied during dark adaptation (20 minutes). They were then anes¬thetized with 1.5 mg / kg / min of propofol and 0.5 mg / kg / min ketamine S (+), IV, until loss of eyelid reflexes and tolerance to eyelid speculum. In all nine cases of sudden blindness, three had the presumptive diagnosis of SARO; two were diagnosed with retinal toxicity induced by drugs and four with confirmed SARO. No changes in the fundus of the animals diagnosed with SARO were found and no response in ERGs was observed also. The prevalence of SARO cases seen considering the total caseload of UFPR's Comparative Ophthalmology Service during one year was 1.18% (four out of 339 cases). Within the total of nine cases of sudden blindness a prevalence of 44.5% of confirmed SARDs was seen (four out of nine cases). In conclusion, for an exact diagnosis of SARO the electroretinography is necessary. Unfortunately, SARO still ranks as an incurable disease, despite the animals to adapt quite easily to live without vision(AU)


Assuntos
Animais , Cães , Transtornos da Visão , Transtornos da Visão/diagnóstico , Transtornos da Visão/veterinária , Degeneração Retiniana/diagnóstico , Cães , Eletrorretinografia
14.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1485294

Resumo

O diagnóstico diferencial da perda súbita de visão inclui doenças neurológicas como intoxicações do sistema nervoso central, amaurose idiopática, neurite óptica retrobulbar, compressão ou neoplasia no quiasma óptico, tumores pituitários e outras cegueiras centrais de manifestação brusca. Além disso, a degeneração súbita adquirida de retina (DSAR), os descolamentos de retina e as toxicidades coriorretinianas são outras causas importantes de cegueira súbita, assim como crises de hipertensão. A DSAR é uma doença que afeta cães de meia-idade, geralmente obesos, cujo principal sinal clínico é a perda de visão associada a fundoscopia sem alterações. Para chegar ao diagnóstico preciso, há a necessidade da realização da eletrorretinografia (ERG), a fim de se avaliar a funcionalidade da retina. O objetivo do presente trabalho é relatar a prevalência dos casos de cegueira súbita, particularmente de DSAR, atendidos na casuística do Serviço de Oftalmologia Comparada da UFPR. Nove animais foram encaminhados ao Serviço de Oftalmologia comparada com a queixa de perda súbita da visão. Todos foram submetidos a consulta oftalmológica completa, seguida de indicação da ERG. Em três casos foi feita documentação fotográfica do fundo de olho empregando uma lâmpada de fenda com capacidade de oftalmoscopia indireta. Dos nove casos, quatro foram submetidos ao ERG pelo protocolo "QuickRetCheck",o qual consiste em estímulos por flashes de luz com intensidade de 3000 e 10000 mcd.s/m2. Para o exame os animais foram pré-medicados com 0,5 mg/kg midazolam e 0,5 mg/kg mo;fina,1M, foi instilada uma gota do colírio de Tropicamida 1%em ambos os olhos, durante a adaptação ao escuro (20 minutos). Foram anestesiados com 1,5 mg/kg/min de propofol e 0,5 mg/kg/ min cetamina S(+), IV, até a perda dos reflexos palpebrais e tolerância ao blefarostato. Dos animais avaliados, três foram considerados suspeitos de DSAR, dois foram diagnosticados com retinotoxicidade induzida por drogas (fármacos) e quatro com DSAR. Não foi detectada qualquer alteração na fundoscopia dos animais e nos exames de eletrretinografia foi observada ausência de resposta. A prevalência dos casos de DSAR na casuística total do Serviço de Oftalmologia Comparada foi de 1,18% (quatro de 339 casos) e dentro dos nove casos de cegueira abrupta foi de 44,5% (quatro de nove casos). Concluindo, para um diagnóstico preciso da DSAR é necessária a eletrorretinografia, mas infelizmente, ainda se classifica a DSAR como uma doença sem cura, apesar dos animais se adaptarem com certa facilidade a vida sem visão


The differential diagnosis of sudden vision loss include neurological diseases such as central nervous system intoxication, optic neuritis, retrobulbar lesions, compression induced by a tumor in the optic chiasm, pituitary tu¬mors and other sudden central blindness. Furthermore, acute hypertension, sudden acquired retinal degeneration (SARO), retinal detachment and chorioretinal toxicities are other important causes of sudden blindness. SARD is a disease that affects dogs of middle age, usually obese and the main clinical sign is the vision loss associated with normal fundus, to get to a diagnosis, there is a necessity of electroretinography to evaluate retinal function. The purpose of this study is to report the prevalence of cases of sudden blindness, particularly SARO, seen at the Com¬parative Ophthalmology Service, UFPR. Nine animals were sent to the Comparative Ophthalmology Service with the complaint of sudden loss of vision. All patients were submitted to a complete ophthalmic exam, in three cases fundus photographs were taken using a slit lamp with a indirect ophthalmoscope built in, in three cases blood tests were performed. An ERG was suggested to all of them but only in four cases it was performed. The ERG protocol selected was “QuickRetCheck”, which consists of stimulation by flashes of light with intensity of 3,000 and 10,000 mcd.s/m2. For the test, animals were premedicated with 0.5 mg / kg midazolam and 0.5 mg / kg morphine, 1M. A drop of 1 % tropicamide in both eyes was applied during dark adaptation (20 minutes). They were then anes¬thetized with 1.5 mg / kg / min of propofol and 0.5 mg / kg / min ketamine S (+), IV, until loss of eyelid reflexes and tolerance to eyelid speculum. In all nine cases of sudden blindness, three had the presumptive diagnosis of SARO; two were diagnosed with retinal toxicity induced by drugs and four with confirmed SARO. No changes in the fundus of the animals diagnosed with SARO were found and no response in ERGs was observed also. The prevalence of SARO cases seen considering the total caseload of UFPR's Comparative Ophthalmology Service during one year was 1.18% (four out of 339 cases). Within the total of nine cases of sudden blindness a prevalence of 44.5% of confirmed SARDs was seen (four out of nine cases). In conclusion, for an exact diagnosis of SARO the electroretinography is necessary. Unfortunately, SARO still ranks as an incurable disease, despite the animals to adapt quite easily to live without vision


Assuntos
Animais , Cães , Cães , Degeneração Retiniana/diagnóstico , Eletrorretinografia , Transtornos da Visão , Transtornos da Visão/diagnóstico , Transtornos da Visão/veterinária
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA