Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros

Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. bras. ciênc. vet ; 29(1): 3-8, jan./mar. 2022. il.
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1393181

Resumo

A ocorrência de processos fisiopatológicos que cursam com desidratação da ingesta no trato gastrointestinal dos equinos é comum na rotina clínica. Fatores como diminuição da motilidade intestinal e sobrecarga intraluminal de conteúdo desidratado podem levar a compactação em segmentos como estômago, ceco e cólons. Este estudo objetivou realizar a comparação entre soluções eletrolíticas enterais hipotônica (SeHIPO) e isotônica (SeISO) e a solução Ringer com lactato de sódio (RL IV) sobre o teor de umidade das fezes de equinos submetidos a um período de desidratação experimental (PD). Foram utilizados seis equinos adultos, todas fêmeas com idades entre 10 e 15 anos, média de 440 kg de peso corpóreo. O PD constou de 36 horas de jejum hídrico e alimentar associadas a duas administrações intravenosas de furosemida, sendo a primeira imediatamente no início (T-36) e a segunda 12 horas após o início do PD. Os tratamentos utilizados foram: SeHIPO e SeISO, ambas administradas por via nasogástrica em fluxo contínuo (HETfc), e RL IV administrada pela via intravenosa. Todos os tratamentos foram administrados a uma taxa de infusão contínua de 15mL kg-1 h-1 durante 8 horas consecutivas. O delineamento experimental utilizado foi o crossover6x3, onde cada animal foi submetido, em sistema de rodízio, aos três tratamentos em momentos distintos. As soluções eletrolíticas enterais demonstraram maior eficácia na recomposição do teor de umidade das fezes quando comparadas à terapia RL IV. A hidratação enteral com soluções isotônicas e hipotônicas administrada em fluxo contínuo são eficazes em restaurar o teor de umidade das fezes, podendo ofertar uma opção econômica, segura e eficiente na reidratação de pacientes e nas afecções que cursam como obstruções intraluminais simples.


The occurrence of pathophysiological processes that curse with digesta dryness in the gastrointestinal tract of horses is common in clinical routine, factors such as decreased intestinal motility and intraluminal overload of dry content can lead to compaction in segments such as cecum and colon. This study aimed to compare a hypotonic enteral solution (SeHIPO), an isotonic enteral solution (SeISO) and a Ringer with sodium lactate solution (RL IV) over the moisture content of equine feces submitted to an experimental dehydration protocol. Six adult horses were used, all females aged between 10 and 15 years, average body weight of 440 kg. The PD consisted of a 36 hours period of water and food fasting associated with two intravenous administrations of furosemide, the first immediately at the beginning (T-36) and the second 12 hours after the beginning of the PD. The treatments used were: SeHIPO (hypotonic enteral solution administered via nasogastric), SeISO (enteral isotonic solution administered via nasogastric) and RL IV (Ringer's solution with sodium lactate administered intravenously), all treatments were administered by continuous infusion at a rate of 15mL kg-1 h-1 for 8 consecutive hours. The experimental design used was the 6x3 crossover, where each animal is submitted, in a rotation system, to the three treatments at different times. Enteral fluid therapy with isotonic and hypotonic solutions administered in continuous flow are effective in restoring the moisture content of feces, and may offer an economical, safe, and efficient option for rehydrating patients and in conditions that progress as simple intraluminal obstructions.


Assuntos
Animais , Equilíbrio Hidroeletrolítico , Desidratação/veterinária , Hidratação/veterinária , Lactato de Ringer/uso terapêutico , Cavalos/metabolismo , Soluções Hipotônicas/uso terapêutico , Soluções Isotônicas/uso terapêutico , Trato Gastrointestinal , Fezes , Administração Intravenosa/veterinária
3.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1432912

Resumo

The occurrence of pathophysiological processes that curse with digesta dryness in the gastrointestinal tract of horses is common in clinical routine, factors such as decreased intestinal motility and intraluminal overload of dry content can lead to compaction in segments such as cecum and colon. This study aimed to compare a hypotonic enteral solution (SeHIPO), an isotonic enteral solution (SeISO) and a Ringer with sodium lactate solution (RL IV) over the moisture content of equine feces submitted to an experimental dehydration protocol. Six adult horses were used, all females aged between 10 and 15 years, average body weight of 440 kg. The PD consisted of a 36 hours period of water and food fasting associated with two intravenous administrations of furosemide, the first immediately at the beginning (T-36) and the second 12 hours after the beginning of the PD (T-12). The treatments used were: SeHIPO (hypotonic enteral solution administered via nasogastric), SeISO (enteral isotonic solution administered via nasogastric) and RL IV (Ringer's solution with sodium lactate administered intravenously), all treatments were administered by continuous infusion at a rate of 15mL kg-1 h-1 for 8 consecutive hours. The experimental design used was the 6x3 crossover, where each animal is submitted, in a rotation system, to the three treatments at different times. The two HETfc therapies studi


A ocorrência de processos fisiopatológicos que cursam com desidratação da ingesta no trato gastrointestinal dos equinos é comum na rotina clínica. Fatores como diminuição da motilidade intestinal e sobrecarga intraluminal de conteúdo desidratado podem levar a compactação em segmentos como estômago, ceco e cólons. Este estudo objetivou realizar a comparação entre soluções eletrolíticas enterais hipotônica (SeHIPO) e isotônica (SeISO) e a solução Ringer com lactato de sódio (RL IV) sobre o teor de umidade das fezes de equinos submetidos a um período de desidratação experimental (PD). Foram utilizados seis equinos adultos, todas fêmeas com idades entre 10 e 15 anos, média de 440 kg de peso corpóreo. O PD constou de 36 horas de jejum hídrico e alimentar associadas a duas administrações intravenosas de furosemida, sendo a primeira imediatamente no início (T-36) e a segunda 12 horas após o início do PD. Os tratamentos utilizados foram: SeHIPO e SeISO, ambas administradas por via nasogástrica em fluxo contínuo (HETfc), e RL IV administrada pela via intravenosa. Todos os tratamentos foram administrados a uma taxa de infusão contínua de 15mL kg-1 h-1 durante 8 horas consecutivas. O delineamento experimental utilizado foi o crossover 6x3, onde cada animal foi submetido, em sistema de rodízio, aos três tratamentos em momentos distintos. As soluções eletrolíticas enterais demonstraram maio

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA