Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Colloq. Agrar ; 17(3): 89-102, mai.-jun. 2021. tab, graf, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1481645

Resumo

The production of passion fruit in commercial areas requires a good correction of nutrients in the soil, however, with nutritional restrictions it can cause symptoms of deficiency expressed mainly in the leaves and stems, which may appear spots, reduced growth, changes in the architecture of these organs mainly in the its size and shape. This work aimed to know the effects caused by the suppression of nutrients in passion fruit species with an approach on their development and leaf morphology. The experimental design was completely randomized (DIC) in a 2x6 factorial scheme where the first factor was composed of two passion fruit species: P. gibertiiand P. edulis, interacting with the availability of nutrients, that is, a control group with the supply of all nutrients, with nitrogen suppression (N); phosphorus (P); potassium (K); magnesium (Mg) and iron (Fe), totaling 12 treatments with four replications totaling 48 plots or plastic vessels per experiment. The species P. edulisshowed better responses to the variables of development andleaf morphology. The species P. gibertiiis more susceptible to nutrient deficiency and showed changes in the color and shape of its leaves with the restriction of nutrients. The nutrients Fe and Mg caused greater restrictions on the development and leaf morphology of passion fruit species. It is necessary to carry out a new study with the species P. gibertiiregarding the appropriate concentrations of N, P and K provided in planting and cover, as this species is used as a rootstock in commercial areas.


A produção de maracujá em áreas comerciais demanda de uma boa correção de nutrientes no solo, no entanto, com restrições nutricionais pode provocar sintomas de deficiência expressada principalmente nas folhas e caule, podendo aparecer manchas, redução no crescimento, mudança na arquitetura desses órgãos principalmente no seu tamanho e formato. Esse trabalho teve por objetivo conhecer os efeitos provocados pela supressão de nutrientes em espécies de maracujazeiros com uma abordagem no seu desenvolvimento e na morfologia foliar. O delineamento experimental foiinteiramente casualizado (DIC) em esquema fatorial 2x6 onde o primeiro fator foi composto por duas espécies de maracujazeiros sendo elas: P. gibertiie P. edulis, interagindo com a disponibilidade de nutrientes, ou seja, um grupo controle com o fornecimento de todos os nutrientes, com as supressões de nitrogênio (N); fósforo (P); potássio (K); magnésio (Mg) e ferro (Fe), totalizando 12 tratamentos com quatro repetições totalizando 48parcelas ou vasos plásticos por experimento. A espécie P. edulisapresentou melhores respostas para as variáveis de desenvolvimento e morfologia foliar. A espécie P. gibertiié mais susceptível a deficiência de nutrientes e apresentou mudanças na coloração e formato das suas folhas com a restrição de nutrientes. Os nutrientes Fe e Mg causaram maiores restrições no desenvolvimento e na morfologia foliar das espécies de maracujá. É necessário realizar novo estudo com a espécie P. gibertiiquanto às concentrações adequadas de N, P e K fornecidas no plantio e cobertura, pois essa espécie é utilizada como porta enxerto em áreas comerciais.


Assuntos
Desenvolvimento Vegetal , Fenômenos Fisiológicos Vegetais , Passiflora/anatomia & histologia
2.
Colloq. agrar. ; 17(3): 89-102, mai.-jun. 2021. tab, graf, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-32613

Resumo

The production of passion fruit in commercial areas requires a good correction of nutrients in the soil, however, with nutritional restrictions it can cause symptoms of deficiency expressed mainly in the leaves and stems, which may appear spots, reduced growth, changes in the architecture of these organs mainly in the its size and shape. This work aimed to know the effects caused by the suppression of nutrients in passion fruit species with an approach on their development and leaf morphology. The experimental design was completely randomized (DIC) in a 2x6 factorial scheme where the first factor was composed of two passion fruit species: P. gibertiiand P. edulis, interacting with the availability of nutrients, that is, a control group with the supply of all nutrients, with nitrogen suppression (N); phosphorus (P); potassium (K); magnesium (Mg) and iron (Fe), totaling 12 treatments with four replications totaling 48 plots or plastic vessels per experiment. The species P. edulisshowed better responses to the variables of development andleaf morphology. The species P. gibertiiis more susceptible to nutrient deficiency and showed changes in the color and shape of its leaves with the restriction of nutrients. The nutrients Fe and Mg caused greater restrictions on the development and leaf morphology of passion fruit species. It is necessary to carry out a new study with the species P. gibertiiregarding the appropriate concentrations of N, P and K provided in planting and cover, as this species is used as a rootstock in commercial areas.(AU)


A produção de maracujá em áreas comerciais demanda de uma boa correção de nutrientes no solo, no entanto, com restrições nutricionais pode provocar sintomas de deficiência expressada principalmente nas folhas e caule, podendo aparecer manchas, redução no crescimento, mudança na arquitetura desses órgãos principalmente no seu tamanho e formato. Esse trabalho teve por objetivo conhecer os efeitos provocados pela supressão de nutrientes em espécies de maracujazeiros com uma abordagem no seu desenvolvimento e na morfologia foliar. O delineamento experimental foiinteiramente casualizado (DIC) em esquema fatorial 2x6 onde o primeiro fator foi composto por duas espécies de maracujazeiros sendo elas: P. gibertiie P. edulis, interagindo com a disponibilidade de nutrientes, ou seja, um grupo controle com o fornecimento de todos os nutrientes, com as supressões de nitrogênio (N); fósforo (P); potássio (K); magnésio (Mg) e ferro (Fe), totalizando 12 tratamentos com quatro repetições totalizando 48parcelas ou vasos plásticos por experimento. A espécie P. edulisapresentou melhores respostas para as variáveis de desenvolvimento e morfologia foliar. A espécie P. gibertiié mais susceptível a deficiência de nutrientes e apresentou mudanças na coloração e formato das suas folhas com a restrição de nutrientes. Os nutrientes Fe e Mg causaram maiores restrições no desenvolvimento e na morfologia foliar das espécies de maracujá. É necessário realizar novo estudo com a espécie P. gibertiiquanto às concentrações adequadas de N, P e K fornecidas no plantio e cobertura, pois essa espécie é utilizada como porta enxerto em áreas comerciais.(AU)


Assuntos
Passiflora/anatomia & histologia , Fenômenos Fisiológicos Vegetais , Desenvolvimento Vegetal
3.
Colloq. Agrar ; 13(3): 88-97, set.-dez. 2017. graf, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1481367

Resumo

Um dos fatores que comprometem o rendimento do algodoeiro cultivado, mesmo em cultivo em diferentes épocas de semeadura, é a interferência exercida pelas plantas daninhas. O objetivo desse trabalho foi avaliar o desenvolvimento inicial do algodoeiro quando submetido à competição com gramíneas. Foi realizado um experimento com delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial de 3x5, sendo elas, Urochloa brizantha cv. Marandu e Piatã e Urochloa ruziziensis; e com cinco densidades de plantio, ou seja, ausência de gramínea, 163,53; 81,79; 54,51 e 40,88 cm² para cada planta de gramínea e com cinco repetições, totalizando 75 parcelas ou vasos. Após 30 dias da semeadura foram determinados os seguintes parâmetros: ISPADAL – índice spad do algodoeiro; CEAL – condutância estomática do algodoeiro; APAL e APG – altura de planta do algodoeiro e gramínea; NFAL – número de folhas do algodoeiro; MSPAAL e MSPAG – massa seca da parte aérea do algodoeiro e gramínea; MSRAL e MSRG – massa seca de raiz do algodoeiro e gramínea. O desenvolvimento inicial do algodoeiro foi comprometido com a presença das gramíneas do gênero Urochloa. É necessário o controle de gramíneas do gênero Urochloa na cultura do algodoeiro. A espécie Urochloa ruziziensis causou mais danos na cultura do algodoeiro.


One of the factors that compromise the yield of cultivated cotton, even in cultivation at different sowing times, is the interference exerted by weeds. The objective of this work was to evaluate the initial development of cotton when submitted to grass competition. An experiment was carried out with a completely randomized design, in a factorial scheme of 3x5, being Urochloa brizantha cv. Marandu and Piatã and Urochloa ruziziensis and with five planting densities, that is, absence of grass, 163,53; 81.79; 54.51 and 40.88 cm² for each grass plant and with five replications, totaling 75 plots or vessels. After 30 days of sowing, the following parameters were determined: ISPADAL - cotton spad index; CEAL - stomatal conductance of cotton; APAL and APG - plant height of cotton and grass; NFAL - number of cotton leaves; MSPAAL and MSPAG - dry mass of the aerial part of the cotton and grass; MSRAL and MSRG - dry mass of cotton and grass roots. The initial development of the cotton plant was compromised with the presence of grasses of the genus Urochloa. It is necessary the control of grasses of the genus Urochloa in the cotton crop. The Urochloa ruziziensis species caused more damage to the cotton crop.


Assuntos
Gossypium/fisiologia , Plantas Daninhas , Poaceae , 24444 , Fenômenos Fisiológicos Vegetais
4.
Colloq. agrar. ; 13(3): 88-97, set.-dez. 2017. graf, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-731180

Resumo

Um dos fatores que comprometem o rendimento do algodoeiro cultivado, mesmo em cultivo em diferentes épocas de semeadura, é a interferência exercida pelas plantas daninhas. O objetivo desse trabalho foi avaliar o desenvolvimento inicial do algodoeiro quando submetido à competição com gramíneas. Foi realizado um experimento com delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial de 3x5, sendo elas, Urochloa brizantha cv. Marandu e Piatã e Urochloa ruziziensis; e com cinco densidades de plantio, ou seja, ausência de gramínea, 163,53; 81,79; 54,51 e 40,88 cm² para cada planta de gramínea e com cinco repetições, totalizando 75 parcelas ou vasos. Após 30 dias da semeadura foram determinados os seguintes parâmetros: ISPADAL índice spad do algodoeiro; CEAL condutância estomática do algodoeiro; APAL e APG altura de planta do algodoeiro e gramínea; NFAL número de folhas do algodoeiro; MSPAAL e MSPAG massa seca da parte aérea do algodoeiro e gramínea; MSRAL e MSRG massa seca de raiz do algodoeiro e gramínea. O desenvolvimento inicial do algodoeiro foi comprometido com a presença das gramíneas do gênero Urochloa. É necessário o controle de gramíneas do gênero Urochloa na cultura do algodoeiro. A espécie Urochloa ruziziensis causou mais danos na cultura do algodoeiro.(AU)


One of the factors that compromise the yield of cultivated cotton, even in cultivation at different sowing times, is the interference exerted by weeds. The objective of this work was to evaluate the initial development of cotton when submitted to grass competition. An experiment was carried out with a completely randomized design, in a factorial scheme of 3x5, being Urochloa brizantha cv. Marandu and Piatã and Urochloa ruziziensis and with five planting densities, that is, absence of grass, 163,53; 81.79; 54.51 and 40.88 cm² for each grass plant and with five replications, totaling 75 plots or vessels. After 30 days of sowing, the following parameters were determined: ISPADAL - cotton spad index; CEAL - stomatal conductance of cotton; APAL and APG - plant height of cotton and grass; NFAL - number of cotton leaves; MSPAAL and MSPAG - dry mass of the aerial part of the cotton and grass; MSRAL and MSRG - dry mass of cotton and grass roots. The initial development of the cotton plant was compromised with the presence of grasses of the genus Urochloa. It is necessary the control of grasses of the genus Urochloa in the cotton crop. The Urochloa ruziziensis species caused more damage to the cotton crop.(AU)


Assuntos
Gossypium/fisiologia , Poaceae , Plantas Daninhas , 24444 , Fenômenos Fisiológicos Vegetais
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA