Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros

Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 48(6): 495-502, 2011.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-3589

Resumo

Objetivou-se neste estudo avaliar os efeitos da aplicação de ondas de choque extracorpóreas (ESWT) no terceiro metacarpiano de equinos hígidos através da determinação da elasticidade óssea. Foram utilizados 20 equinos Puro Sangue Inglês, machos e fêmeas, com dois anos de idade, em início de treinamento e selecionados quanto ao estado de higidez. No início do experimento (D0), todos os animais foram submetidos à avaliação da elasticidade óssea do terceiro metacarpiano. Os animais foram divididos em dois grupos (Grupo Controle - GC e Grupo Experimental - GE). A aplicação das ESWT foi realizada no membro torácico direito dos animais do GE, na região coincidente à da avaliação da elasticidade óssea. Foi utilizado aparelho para terapia de ondas extracorpóreas com densidade de fluxo de energia de 0,15mJ/mm2 e 2000 pulsos com probe E6R20, com característica do foco da onda de choque de 20 mm. A ESWT foi repetida a cada 21 dias totalizando três sessões (D0, D21 e D42). A análise da determinação da elasticidade óssea foi realizada no D0, D21, D42 e D72. A média da velocidade ultrassonográfica diferiu entre os grupos no D21, D42 e D72, sendo que os animais do GE apresentaram menor densidade mineral óssea após as aplicações das ESWT. Houve igualmente, diferença na massa óssea entre os grupos no D21 e D42, parâmetro onde os animais do GE apresentaram diminuição significativa da massa óssea. O risco de fratura apresentou-se maior nos animais do GE no D21. Concluiuse que, a ESWT é capaz de promover alteração da densidade mineral óssea.(AU)


The porpoise of this study was to evaluate the effects of extracorporeal shock waves in third metacarpus bone from healthy horses by determination of bone elasticity. It were used 20 Thoroughbred horses, male and female, with two years old, on top of training and selected as the state healthy. At the beginning of the experiment (D0), all animals were submitted for evaluation of bone elasticity held in the third metacarpus bone. The animals were divided into two groups (Control Group - CG and Experimental Group - EG). The application of extracorporeal shock wave therapy (ESWT) was performed on the right forelimb of the animals in the experimental group in the same place evaluated for bone elasticity and was used apparatus for extracorporeal therapy of waves with 0.15 mJ/mm2 energy flux density and 2000 pulses with E6R20 probe, with focus feature of the shock wave of 20 mm. The ESWT were repeated every 21 days, a total of three sessions (D0, D21 and D42). The analysis of bone elasticity determination was realized at D21, D42 and D72. The average of speed ultrasound differed between groups at D21, D42 and D72, and the animals from EG had lower bone mineral density after applications of ESWT. There was also difference in the analysis of bone mass (Z-Score) between the groups at D21 and D42, which animals from EG showed a significant decrease in bone mass. The risk of fracture was higher in animals from experimental group at D21. It was concluded that ESWT is able to promote change in bone mineral density.(AU)


Assuntos
Animais , Densidade Óssea/fisiologia , Elasticidade/fisiologia , Ossos Metacarpais/anatomia & histologia , Eletrochoque , Minerais/análise
2.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 44(3): 191-199, 2007.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-5409

Resumo

As lombalgias, sejam elas de origem primária ou secundária, são uma causa importante para a queda de desempenho atlético em eqüinos, mas o tamanho e a biomecânica complexa dificultam o diagnóstico e tratamento desta enfermidade. Sendo assim, o conhecimento da anatomia desta região é de grande importância para a semiologia toracolombar. O diagnóstico das lombalgias se faz por meio do exame físico e dos exames complementares, representados pelos métodos de diagnóstico por imagem, tais como a radiografia, a ultra-sonografia e a termografia. As principais afecções causadoras das lombalgias nos eqüinos são o contato entre processos espinhosos, a desmite supraespinhosa, a osteoartrite dos processos articulares e lesões dos corpos e discos vertebrais. Os principais tratamentos utilizados para estas lesões são os antiinflamatórios não esteroidais, infiltrações locais, acupuntura, fisioterapia, manejo do treinamento e cirurgia.(AU)


Back pain, whether they have a primary or secondary origin, is a important cause to the drop of the equine performance , but the size and the complex biomechanics make it difficult to diagnosis and treat the injury. As it is, the knowledge of this anatomic site is of great importance to the thoracolumbar examination. The diagnosis of back pain is done through physical examination and complementary exams, represented by the image methods of diagnosis, such as radiography, ultrasonography and thermography. The most important lesions that cause the back pain in an equine are impingement of the dorsal spinous processes, desmopathy of the supraespinous ligament, osteoarthritis of the articular processes and lesions of the vertebral discs and body. The most common treatments to back pain are the non-steroidal anti-inflammatory drugs, local injections, acupuncture, physiotherapy, training management and surgery.(AU)


Assuntos
Dor Lombar/diagnóstico , Dor Lombar/prevenção & controle , Vértebras Torácicas/lesões , Vértebras Torácicas , Vértebras Torácicas , Osteoartrite/diagnóstico , Osteoartrite/prevenção & controle , Equidae , Coxeadura Animal/diagnóstico
3.
Botucatu; s.n; 08/07/2005. 96 p.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-2394

Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia da termografia e ultra-sonografia no diagnóstico das lesões toracolombares em eqüinos atletas da raça Quarto de Milha e associar os diferentes tipos de lesões à modalidade atlética desenvolvida. Foram utilizados 24 animais admitidos no Serviço de Cirurgia de Grandes Animais da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - UNESP - Botucatu com queixa de lombalgia. Estes animais foram submetidos a exame físico para confirmar a existência de alteração toracolombar e então aos exames termográfico e ultra-sonográfico. O exame termográfico foi utilizado para o mapeamento das áreas lesadas da região e a ultra-sonografia para a caracterização das lesões. As lesões encontradas foram a desmite supraespinhosa, desmite interespinhosa, osteoartrite intervertebral dorsal e síndrome dos processos espinhosos ("kissing spines"). Foi constatada a existência de relação entre o tipo de atividade exercida pelo animal com o tipo de lesão encontrado. Nos animais que desempenhavam prova dos três tambores houve um predomínio de lesões na região torácica caudal, toracolombar e lombar cranial, sendo a osteoartrite intervertebral e a desmite interespinhosa as afecções mais encontradas. Nos animais de apartação observou-se a maioria das lesões na região lombar caudal, sendo predominantes a osteoartrite intervertebral e a desmite supraespinhosa. Já nos animais de rédeas o local preferencial de lesão foi a região média lombar, com predomínio de osteoartrites intervertebrais, desmites supraespinhosas e miosites. A termografia associada à ultra-sonografia se mostraram eficientes no diagnóstico das lesões toracolombares destes eqüinos


The objective of this study was to appreciate the efficacy of thermography and ultrassonography for toracolombar lesions diagnostic in athletic American Quarter Horse and associate this to the different kinds of athletic modalities. Was used 24 animals accepted in Cirurgia de Grandes Animais service of the Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - UNESP - Botucatu with lombalgy report. Those animals was submitted to a physical exam to confirm the toracolombar pain existence and so, to the thermographic and ultrassonographic exams. The thermographic exam was performed for mapping the lesioned areas and the ultrassonographic exam, for the characterization of this lesions. After the exams, supraspinal desmitis, interspinal desmitis, dorsal invertebral osteoarthritis and spinous processes impingement (kissing spines) was found. The relation between the modality of athletic activity performed by the animal and the type of lesion ranged was verify. The barrel race horses presents prevalence of lesions in thoracic caudal, toracolombar and lumbar cranial regions and the invertebral osteoarthritis and interspinal desmitis was the prevalence on affections. In cutting horses, was verify that the major part of lesions was localized on caudal lumbar region with the prevalence of invertebral osteoartrite and supraspinal desmitis. In reining animals the prevalence of lesions was in medial lombar region, where invertebral osteoartrite, supraspinal desmitis and miositis was verify with constancy. The thermography in association with ultrassonography shows efficacy in toracolombar injuries diagnoses for this horses

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA