Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 21(1): 79-84, mar. 2022. graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1366133

Resumo

Soil salinity has been a limiting barrier for the production of vegetables in protected environments. Thus, the understanding of the sensitivity of species to this stress factor must be explored, seeking better growing conditions.Under the hypothesis that beet and radish crops are sensitive to variations in soil salinity, even at low levels, the objective of this work was to evaluate the development and productivity of these two species in soils with different salinities in a protected environment. The experimental design was completely randomized and treatments were formed by the soil salinity levels, obtained with the application of saline solution (NaCl in water), considering the soil electrical conductivity of 0.36 dS m-1as low salinity, of 1.05 dS m-1as moderate salinity and 2.43 dS m-1as elevated. For all variables analyzed, except for the relative chlorophyll index in beet plants, it was found that the increase in soil salinity resulted in significant development losses of beet and radish plants. Therefore, we concluded that beet and radish crops are sensitive to the variation in soil salinity, even in relatively low concentrations, making these species an unattractive choice for cultivation in systems that present this problem.(AU)


A salinidade dos solos tem sido uma barreira limitadora para a produção de hortaliças em ambientes protegidos. Assim, o entendimento quanto a sensibilidade das espécies a esse fator de estresse deve ser explorado, buscando melhores condições de cultivo. Sob a hipótese de que as culturas de beterraba e rabanete são sensíveis às variações da salinidade do solo, mesmo em níveis baixos, o objetivo deste trabalho foi avaliar o desenvolvimento e a produtividade dessas duas espécies em solos comdiferentes salinidades em ambiente protegido. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado e os tratamentos foram formados pelos níveis de salinidade do solo, obtidos com a aplicação de solução salina (NaCl em água), considerando a condutividade elétrica do solo de 0,36 dS m-1como baixa salinidade, de 1,05 dS m-1como salinidade moderada e 2,43 dS m-1como elevada. Para todas as variáveis analisadas, com exceção do índice relativo de clorofila em plantas de beterraba, verificou-se que o aumento da salinidade do solo resultou em perdas significativas de desenvolvimento de plantas de beterraba e rabanete. Assim, concluímos que as culturas de beterraba e rabanete são sensíveis à variação da salinidade do solo, mesmo em concentrações relativamente baixas, tornando essas espécies uma escolha pouco atrativa para cultivo em sistemas que apresentam este problema.(AU)


Assuntos
Solos Salitrosos , Estresse Salino , Fotossíntese/fisiologia , Oxidação , Osmorregulação/fisiologia
2.
Colloq. Agrar ; 17(2): 83-88, mar.-abr. 2021. graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1481634

Resumo

Numerous factors lead to the use of water with saline levels above those suitable for plant development, resulting in negative consequences on crops. Studies have sought techniques that aim to mitigate such consequences and the use of vitamins is promising, since these compounds improve the development conditions of vegetables. Thus, the study aimed to verify the ability of vitamins to mitigate the deleterious effects of using saline water, applied via irrigation during the formation of cucumber seedlings. Cucumber seeds were subjected to imbibition in three vitamin solutions (100 mg L-1thiamine; 100 mg L-1niacin; 50 mg L-1thiamine + 50 mg L-1niacin), in addition to two controls, both with water imbibition . After sowing, irrigation was carried out with saline water (100 mM NaCl), for all treatments, except for one of the controls. It was found that irrigation with saline water affected all variables studied, without, however, having a positive effect from the application of vitamins. Thus, it was concluded that the vitamins were not able to mitigate the deleterious effects caused by the application of saline water under the conditions in which the study was carried out and that future studies should be carried out to evaluate different concentrations and forms of application of the vitamins.


Inúmeros fatores levam à utilização de água com teores salinos acima daqueles adequados ao desenvolvimento vegetal, acarretando consequências negativas sobre os cultivos. Estudos têm buscado técnicas que visem amenizar tais consequências e a utilização de vitaminas é promissora, uma vez que esses compostos melhoram as condições de desenvolvimento dos vegetais. Assim, o estudo teve como objetivo verificar a capacidade das vitaminas em mitigar os efeitos deletérios da utilização de água salina, aplicada via irrigação durante a formação de mudas de pepino. Sementes de pepineiro foram submetidas à embebição em três soluções vitamínicas (100 mg L-1tiamina; 100 mg L-1niacina; 50 mg L-1tiamina + 50 mg L-1niacina), além dois controles, ambos com embebição em água. Após a semeadura a irrigação foi realizada comágua salina (100 mM de NaCl), para todos os tratamentos, com exceção de um dos controles. Verificou-se que a irrigação com água salina afetou todas as variáveis estudas, sem que, no entanto, houvesse efeito positivo da aplicação das vitaminas. Dessa maneira, concluiu-se que as vitaminas não foram capazes de mitigar os efeitos deletérios causados pela aplicação de água salina nas condições em que o estudo foi realizado e que estudos futuros devem ser realizados para avaliar diferentes concentrações e formas de aplicação das vitaminas.


Assuntos
Brotos de Planta/crescimento & desenvolvimento , Brotos de Planta/efeitos dos fármacos , Cucumis sativus/crescimento & desenvolvimento , Cucumis sativus/efeitos dos fármacos , Estresse Salino , Vitaminas/administração & dosagem
3.
Colloq. agrar. ; 17(2): 83-88, mar.-abr. 2021. graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-30627

Resumo

Numerous factors lead to the use of water with saline levels above those suitable for plant development, resulting in negative consequences on crops. Studies have sought techniques that aim to mitigate such consequences and the use of vitamins is promising, since these compounds improve the development conditions of vegetables. Thus, the study aimed to verify the ability of vitamins to mitigate the deleterious effects of using saline water, applied via irrigation during the formation of cucumber seedlings. Cucumber seeds were subjected to imbibition in three vitamin solutions (100 mg L-1thiamine; 100 mg L-1niacin; 50 mg L-1thiamine + 50 mg L-1niacin), in addition to two controls, both with water imbibition . After sowing, irrigation was carried out with saline water (100 mM NaCl), for all treatments, except for one of the controls. It was found that irrigation with saline water affected all variables studied, without, however, having a positive effect from the application of vitamins. Thus, it was concluded that the vitamins were not able to mitigate the deleterious effects caused by the application of saline water under the conditions in which the study was carried out and that future studies should be carried out to evaluate different concentrations and forms of application of the vitamins.(AU)


Inúmeros fatores levam à utilização de água com teores salinos acima daqueles adequados ao desenvolvimento vegetal, acarretando consequências negativas sobre os cultivos. Estudos têm buscado técnicas que visem amenizar tais consequências e a utilização de vitaminas é promissora, uma vez que esses compostos melhoram as condições de desenvolvimento dos vegetais. Assim, o estudo teve como objetivo verificar a capacidade das vitaminas em mitigar os efeitos deletérios da utilização de água salina, aplicada via irrigação durante a formação de mudas de pepino. Sementes de pepineiro foram submetidas à embebição em três soluções vitamínicas (100 mg L-1tiamina; 100 mg L-1niacina; 50 mg L-1tiamina + 50 mg L-1niacina), além dois controles, ambos com embebição em água. Após a semeadura a irrigação foi realizada comágua salina (100 mM de NaCl), para todos os tratamentos, com exceção de um dos controles. Verificou-se que a irrigação com água salina afetou todas as variáveis estudas, sem que, no entanto, houvesse efeito positivo da aplicação das vitaminas. Dessa maneira, concluiu-se que as vitaminas não foram capazes de mitigar os efeitos deletérios causados pela aplicação de água salina nas condições em que o estudo foi realizado e que estudos futuros devem ser realizados para avaliar diferentes concentrações e formas de aplicação das vitaminas.(AU)


Assuntos
Cucumis sativus/efeitos dos fármacos , Cucumis sativus/crescimento & desenvolvimento , Brotos de Planta/efeitos dos fármacos , Brotos de Planta/crescimento & desenvolvimento , Vitaminas/administração & dosagem , Estresse Salino
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA