Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-215949

Resumo

As cianobactérias são organismos procariotos, gram-negativos, fotossintetizantes oxigênicos e que possuem atributos morfológicos e adaptativos que lhes conferem maior competitividade pelos recursos ambientais, principalmente luz e nutrientes, entre as algas do fitoplâncton. A luminosidade, o pH, a temperatura e disponibilidade de nutriente como nitrogênio e fósforo são indispensáveis para o seu desenvolvimento, logo, em áreas urbanas, agrícolas, industriais e portuárias os dejetos ricos em matéria orgânica promovem a eutrofização, a qual é favorável às florações de cianobactérias, sendo algumas potencialmente produtoras de toxinas nocivas à saúde humana e animal. O objetivo deste estudo é determinar a variação espaço-temporal da estrutura da comunidade de cianobactérias da baía do Guajará e do rio Pará sob influência das atividades portuárias de Outeiro (Belém) e Vila do Conde (Barcarena), municípios do estado do Pará. As amostragens ocorreram em dois pontos defronte aos portos de Vila do Conde e Outeiro nas marés enchente e vazante durante três ciclos sazonais completos entre os anos de 2013 a 2016. Ocorreram também amostragens nos meses de outubro e novembro de 2015 durante e após um acidente com carga viva, respectivamente, no porto de Vila do Conde. As cianobactérias qualitativas foram coletadas com redes de plâncton de 45 m e 64 m e quantitativas em amostras da sub-superficie da água, fixadas com formol a 4% e lugol a 10%, respectivamente. Os parâmetros físico-químicos e a clorofila-a foram coletados nos mesmos pontos amostrados e analisados segundo protocolos internacionais. Foram registradas 51 espécies de cianobactérias, prevalecendo as espécies dulciaquicolas, planctônicas e bentônicas. O Porto de Vila do Conde apresentou a maior densidade de cianobactérias (27940±13026 cel/mL). Entretanto, não foi possível observar associações com os fatores físico-químicos e ambientais estudados. O período menos chuvoso apresentou a maior densidade (87148±14328cel/mL), associada ao pH alcalino (7,8±1,6), águas mais condutivas (520 ± 936S/cm) e maior concentração de STD (292±510mg/L) e menores concentrações de STS (17±16mg/L) e turbidez (25±21UNT), que contribuíram para a aumento das cianobactérias. O porto de Outeiro embora tenha apresentado condições mais favoráveis para o desenvolvimento de cianobactérias, tais como as maiores concentrações de nitrogênio amoniacal (0,2±0,2mg/L), sulfato (18,8 ± 32 mg/L) e nitrito (0,07 ± 0,2 mg/L), apresentou a menor densidade (36 ± 34,5 cel/mL), pode-se dizer, portanto, que a hidrodinâmica local, caracterizada por formação de ondas, ventos fortes, águas mais salobras e instabilidade da coluna dágua foram limitantes para o estabelecimento das cianobactérias. O acidente não alterou a estrutura das cianobactérias neste estudo. As atividades portuárias não se mostraram determinantes da estrutura da comunidade das cianobactérias, mas nessas zonas, principalmente no porto de Vila do Conde, existem potenciais fatores, não considerados neste estudo, que contribuem para a proliferação de cianobactérias incluindo as espécies potencialmente tóxicas, tais como Radiocystis fernandoi, Microcystis aeruginosa, Microcystis protocystis, Cylindrospermopsis sp. e Planktothrix isothrix, que já foram reportadas como formadoras de florações no Brasil. Para o estado do Pará 24 espécies foram descritas como novas ocorrências. Este estudo é pioneiro na região contendo uma lista de todas as 51 espécies documentadas com seus registros fotográfico, morfológicos e morfométricos para auxiliar em estudos científicos futuros.


The cyanobacteria are prokaryotic, gram-negative, photosynthetic, oxygenic and have morphological and adaptive parameters that confer greater environmental conservation capacity, mainly light and nutrients, among phytoplankton algae. The luminosity, the pH, the temperature and the availability of nutrients and phosphors are essential for their development, therefore, in urban, agricultural, industrial and port areas for the removal of organic substances that promote eutrophication. Of cyanobacteria, sometimes occurring to produce toxins harmful to human and animal health. The objective of this study is to determine the space-time of the support structure of the Guajará Bay and the Pará River for the port activities of Outeiro (Belém) and Vila do Conde (Barcarena), municipalities in the state of Pará. Two points over the years of 2013 in 2016. Samplings also took place in the first three quarters of 2015 during and after a live cargo accident, respectively, in the port of Vila do Conde. The qualitative cyanobacteria were collected with 45 m and 64 m plankton networks and the quantitative ones in the subsurface water samples, fixed at 4% and lugol at 10%, respectively. Osmic physical-chemicals and the chlorophyll-a were in the memory point samples and used second protocols international. 51 species of cyanobacteria were created, prevailing as dulciaquicolas, planktonic and benthic species. The port of Vila do Conde showed a higher density of cyanobacteria (27940 ± 13026 cells/mL). However, it was not the same to see with the physical-chemical and environmental factors studied. The lowest rainfall period was the highest density (87148 ± 14328 cel/mL), associated to alkaline pH (7.8 ± 1.6), more conductive water (520 ± 936 S/cm) and higher STD concentration (292 ± 510mg/L) and lower concentrations of STS (17 ± 16 mg/L) and turbidity (25 ± 21 UNT), which contributed to an increase of cyanobacteria. The Outeiro port is more favorable to the development of cyanobacteria, such as higher amounts of ammoniacal nitrogen (0.2 ± 0.2mg/L), sulfate (18.8 ± 32mg/L) and nitrite (0.07 ± 0,2 mg/L), presented a lower density (36 ± 34.5 cells/mL) and could therefore be local hydrodynamics, characterized by the formation of waves, strong winds, more rooms and transmission instability were limiting to establishment of cyanobacteria. The accident did not change the cyanobacteria structure in this study. Portal entities are not determinant of the structure of communities of cyanobacteria , but these are mainly in the port of Vila do Conde , there are several factors that also contribute to the proliferation of cyanobacteria, including potentially toxic species such as Radiocystis fernandoi, Microcystis aeruginosa, Microcystis protocystis, Cylindrospermopsis sp. and Planktothrix isothrix, which have already been reported as flowering formers in Brazil. For the state of Pará, the species were used as new occurrences. This study is pioneer in region has a list of all 51 species documented with their respective photographic, morphological and morphometric plots to assist future scientific studies.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA