Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 23
Filtrar
Mais filtros

Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Arq. ciênc. vet. zool. UNIPAR ; 17(2): 81-89, abr. -jun. 2014.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-12574

Resumo

In this study, medetomidine hydrochloride, an alfa2 adrenergic receptor agonist, was administered to five adult guinea pigs (three males and two females) to verify the efficiency and safety of using doses calculated by using an allometric scale. A surgical procedure was performed to insert a polyethylene cannula that advanced 2.0 to 2.5 cm into the left carotid artery until the aorta. A minimum recovery period of two days was observed before any other manipulation or pharmacological test were performed. The cannulas were washed every two days with heparinized saline flow and remained patent for two to three weeks after insertion. After surgery, each animal was placed in an open box measuring 45x25x20cm, in a quiet room with soft lighting. The “MS” group received exactly the allometrically calculated dose, while the “2MS” group received twice the allometric dose and the “½ MS” group received half the allometric dose. Parameters were measured and analyzed at 0, 5, 10, 20, 40, 60, 90 and 120 minutes after injection. Body mass was 709.6±169g, 742±172.87g and 710±160.2g for groups 1, 2 and 3, respectively. Body temperature was 101.68±0.19ºF; respiratory rate was 85.2±4.54 strokes per minute; heart rate was 297.13±3.46 beats per minute; PaO2 at 81.7±9.43mmHg; PaCO2 at 34.49±1.59mmHg; pH was measured at 7.41±0.07; hematocrit at 38.4±1.31%; total protein was 4.33±0.29g/dL, glucose was measured at 97.13±3.75mg/dL; systolic blood pressure was 85.53±2.50mmHg; diastolic pressure at 7.,40±3.74mmHg; and mean blood pressure was 78.73±1.13mmHg. Straightening postural reaction was lost at 7.20±2.05, 12.80±3.56 and 8.67±3.06 minutes for groups “2MS, MS and ½ MS”, respectively.(AU)


Neste estudo administrou-se cloridrato de medetomidina, um agonista de receptores adrenérgicos alfa2 , a cinco cobaios adultos (três machos e duas fêmeas) para verificar a eficiência e segurança do uso de doses calculadas por meio de extrapolação alométrica. Um procedimento cirúrgico foi realizado para inserir uma cânula de polietileno que avançou 2,0 a 2,5 cm no interior da artéria carótida esquerda, até a aorta. Um período mínimo de recuperação de dois dias foi respeitado antes de qualquer outra manipulação ou teste farmacológico. As cânulas eram lavadas a cada dois dias com fluxo de solução salina heparinizada e permaneceram patentes por duas a três semanas após sua inserção. Após a cirurgia, cada animal foi colocado em uma caixa aberta medindo 45x25x20cm, em uma sala silenciosa com iluminação suave. O grupo “MS” recebeu exatamente a dose alometricamente calculada, enquanto o grupo “2MS” recebeu o dobro da dose alométrica, e o grupo “½ MS” recebeu a metade da dose alométrica. Parâmetros foram mensurados e avaliados aos 0, 5, 10, 20, 40, 60, 90 e 120 minutos após a injeção. A massa corporal foi 709,6±169g, 742±172,87g e 710±160,2g para os grupos 1, 2 e 3 respectivamente, a temperatura corporal foi 101,68±0,19ºF, a frequência respiratória foi 85,2±4,54 movimentos por minuto, a frequência cardía ca foi 297,13±3,46 batimentos per minute, a PaO2 foi 81,7±9,43mmHg, a PaCO2 foi 34,49±1,59mmHg, o pH foi 7,41±0,07, o hematócrito foi 38,4±1,31%, a proteína total foi 4,33±0,29g/dL, a glucose foi 97,13±3,75mg/dL, a pressão sistólica foi 85,53±2,50mmHg, a pressão diastólica foi 71,40±3,74mmHg, e a pressão sanguínea média foi 78,73±1,13mmHg. (AU)


En esta investigación se ha administrado clorhidrato de medetomidina, un agonista de receptores adrenérgicos alfa2 , a cinco cobayos adultos (tres machos y dos hembras) para verificar la eficacia y seguridad del uso de dosis calculadas por extrapolación alométrica. Se realizó un procedimiento quirúrgico para introducir una cánula de polietileno penetrando 2,0 a 2,5 cm en la arteria carótida izquierda, hasta la aorta. Se ha respetado un período mínimo de recuperación de dos días antes de cualquier otra manipulación o teste farmacológico. Las cánulas eran lavadas a cada dos días con flujo de solución salina heparinizada, y permanecieron patentes por dos a tres semanas después de la inserción. Después de la cirugía, cada animal fue acomodado en una caja abierta con medida de 45x25x20cm, en una sala silenciosa con iluminación suave. El grupo “MS” recibió exactamente la dosis alométricamente calculada, mientras el grupo “2MS” recibió el doble de la dosis alométrica, y el grupo “½ MS” recibió la mitad de la dosis alométrica. Parámetros fueron mensurados y evaluados a los 0, 5, 10, 20, 40, 60, 90 y 120 minutos después de la inyección. El peso corporal fue 709,6±169g, 742±172,87g y 710±160,2g para los grupos 1, 2 y 3 respectivamente, la temperatura corporal fue 101,68±0,19ºF, la frecuencia respiratoria fue 85,2±4,54 movimientos por minuto, la frecuencia cardíaca fue 297,13±3,46 batimientos por minuto, la PaO2 fue 81,7±9,43mmHg, la PaCO2 fue 34,49±1,59mmHg, el pH fue 7,41±0,07, el hematocrito fue 38,4±1,31%, la proteína total fue 4,33±0,29g/dL, la glucosa fue 97,13±3,75mg/dL, la presión sistólica fue 85,53±2,50mmHg, la presión diastólica fue 71,40±3,74mmHg, y la presión sanguínea promedia fue 78,73±1,13mmHg. La reacción postural de enderezamiento fue perdida en 7.20±2,05, 12,80±3,56 y 8,67±3,06 minutos, para los grupos “2MS, MS y ½ MS”, respectivamente.(AU)


Assuntos
Animais , Cobaias/anormalidades , Cobaias/imunologia , Medetomidina/efeitos adversos , Medetomidina/análise , Anestesia , Anestesia
2.
Arq. ciênc. vet. zool. UNIPAR ; 17(1): 11-26, jan. -mar. 2014. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-12595

Resumo

A cutia (Dasyprocta azarae) é um roedor neotropical que necessita ser contido por meios farmacológicos para a realização de certos procedimentos médicos e de manejo, em função de características comportamentais de defesa e grande susceptibilidade ao estresse. A combinação de cloridrato de cetamina, cloridrato de xilazina e sulfato de atropina foi administrada, por via intramuscular, a 53 cutias (33 machos e 20 fêmeas) com pesos entre 0,74 e 3,58 kg (2,071±0,678 kg), para possibilitar a realização de procedimentos de campo que incluíam determinação de sexo, biometria, marcação, exame físico e colheita de sangue e urina. Após a pesagem de cada cutia, a dose individual de cada um dos fármacos foi calculada por meio de extrapolação alométrica interespecífica, usando-se como modelo as doses usualmente recomendadas para um cão doméstico de 10 kg (cetamina 20,00mg/kg, xilazina 2,00mg/kg e atropina 0,05mg/kg). Em todos os animais a indução do estado de contenção foi rápida, sendo a reação postural de endireitamento abolida entre 0,5 e 5,0 minutos (2,02±1,21 minutos) após a injeção. A temperatura retal variou de 28,9 a 40,9ºC (36,38±2,04ºC), a frequência cardíaca variou de 72 a 240 b.p.m. (150,93±31,48 b.p.m.) e a frequência respiratória variou de 20 a 192 m.p.m. (80,63±29,09 m.p.m.). Avaliou-se a qualidade da contenção farmacológica com base no miorrelaxamento observado aos dez, 15, 25 e 35 minutos após a injeção. A contenção farmacológica foi excelente em cerca de 90,00% dos casos, e boa em outros 5,00%. A qualidade da analgesia foi avaliada, principalmente, por meio das rea- ções de nocicepção ao pinçamento de um dígito do membro torácico esquerdo aos dez, 15, 25 e 35 minutos após a injeção, e foi ruim em mais de 50,00% dos casos. (AU)


The agouti (Dasyprocta azarae) is a neotropical rodent that requires chemical restraint for handling due to its susceptibility to stress and defensive behavior characteristics. Fifty-three agoutis (33 males and 20 females) weighing 0.74 to 3.58 kg (2.071±0.678 kg) were given ketamine hydrochloride, xylazine hydrochloride and atropine sulfate combined by i.m. injection during field procedures that included sexing, measuring, marking, physical examinations and collecting blood and urine. All drug doses were calculated using the respective doses of a 10-kg dog as model. These doses are 20.00 mg/ kg for ketamine, 2.00mg/kg for xylazine and 0.05mg/kg for atropine. In all individuals, immobilization was rapid and uneventful. Righting reflexes were abolished after 0.50 to 5.00 min (2.02±1.21 min). Body temperature fluctuated between 28.9 and 40.9ºC (36.38±2.04ºC), heart rates remained between 72 and 240 beats/min (150.93±31.48); and respiratory rates ranged between 20 and 192 breaths/min (80.63±29.09). Restraint quality was evaluated by measuring muscle relaxation at 10, 15, 25 and 35 min after injection. Chemical restraint was excellent in about 90.00% and good in about 5.00% of the cases. Analgesia quality was evaluated mainly by measuring the reactions to painful stimuli such as pinching of a digit in the left thoracic limb at 10, 15, 25 e 35 min after injection, and was poor in more than 50.00% of the cases. Recovery occurred without psychomotor disturbances, and every animal remained calm until normal ambulation resumed between 105 and 277 min (164.94 ±37.14 min). The proposed method was safe for both animals and the human personnel. It is recommended for routine management and stressful but not painful medical procedures like physical examination, measuring, sexing, and urine and blood collection in D. azarae. This article rescues data obtained in an investigation performed back in 1998.(AU)


El agutí (Dasyprocta azarae) es un roedor neo tropical que necesita ser sujetado por medios farmacológicos para ciertos procedimientos médicos y de manejo, debido a características comportamentales de defensa y gran susceptibilidad a el estrés. La combinación de clorhidrato de ketamina, clorhidrato de xilacina y sulfato de atropina fue administrada por vía intramuscular a 53 agutíes (33 machos e 20 hembras) con pesos entre 0,74 e 3,58 kg (2,071±0,678 kg), para posibilitar la realización de procedimientos de campo que incluyan determinación de sexo, biometría, marcación, examen físico y colecta de sangre y orina. Cada animal fue pesado y la dosis individual de cada uno de los fármacos fue calculada por extrapolación alométrica interespecífica, usándose como modelo las dosis usualmente recomendadas para un perro doméstico de 10 kg (ketamina 20,00mg/kg, xilacina 2,00mg/kg y atropina 0,05mg/kg). En todos los animales la inducción del estado de sujeción fue rápida, y la reacción postural de enderechamiento fue abolida entre 0,5 e 5,0 minutos (2,02±1,21 minutos) después de la inyección. La temperatura rectal varió de 28,9 a 40,9ºC (36,38±2,04ºC), la frecuencia cardíaca varió de 72 a 240 b.p.m. (150,93±31,48 b.p.m.) y la frecuencia respiratoria varió de 20 a 192 m.p.m. (80,63±29,09 m.p.m.). Se evaluó la calidad de la sujeción farmacológica, basado en el relajamiento muscular observado a los 10, 15, 25 y 35 minutos después de la inyección. La sujeción farmacológica fue excelente en casi 90,00% de los casos, y buena en otros 5,00%. La calidad de la analgesia fue evaluada principalmente por las reacciones de sensibilidad dolorosa al pinzamiento de un dígito del miembro torácico izquierdo a los 10, 15, 25 e 35 minutos después de la inyección, y fue ruin en más de 50,00% de los casos.(AU)


Assuntos
Animais , Ketamina/análogos & derivados , Ketamina/administração & dosagem , Ketamina/farmacologia , Xilazina/administração & dosagem , Xilazina/farmacologia , Atropina/administração & dosagem , Atropina/farmacologia , Dasyproctidae
3.
Arq. ciênc. vet. zool. UNIPAR ; 14(1): 29-32, jan.-jun. 2011. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-5636

Resumo

Este artigo relata um surto de intoxicação acidental por salinomicina em 39 equinos. Ao exame físico os animais apresentavam claudicação, taquipneia, ataxia, sudorese e fraqueza. Em alguns se observou também decúbito permanente, dispneia, cianose e morte. Em amostras de soro foi detectado aumento significativo nos níveis de AST (aspartato-aminotransferase) e CPK (creatina-fosfoquinase), e no hemograma observou-se neutrofilia com desvio à esquerda. Vinte e um animais morreram e 18 sobreviveram, sendo hidratados com solução de Ringer com lactato de sódio e solução de glicose a 5%, e medicados com dexametasona, flunixina meglumina e furosemida. O exame necroscópico revelou necrose muscular aguda generalizada, coração globoso, necrose de miocárdio, congestão pulmonar severa, hemorragia na mucosa intestinal, congestão renal e fígado com aparência de noz moscada. Amostras de ração foram submetidas a análises laboratoriais que mostraram a presença de salinomicina em 1.300 ppm, índice muito acima do suportável por equinos.(AU)


This article reports an outbreak of accidental poisoning by salinomycin in 39 horses. On physical examination, the animals showed lameness, tachypnea, ataxia, sweating and weakness. Permanent recumbency, dyspnea, cyanosis and death were observed in some animals. In serum samples, significant increase in the levels of AST and CPK was detected, and hematology showed neutrophilia with a left shift. Twenty-one animals died and 18 survived, being hydrated with Ringer?s lactate and 5% glucose solution, and treated with dexamethasone, flunixin meglumine and furosemide. Necropsy revealed acute generalized muscle necrosis, enlarged heart, myocardial necrosis, severe pulmonary congestion, hemorrhage in the intestinal mucosa, renal congestion and liver with nutmeg appearance. Food samples were subjected to laboratory tests which showed the presence of salinomycin in 1.300 ppm, far above the tolerable rate for horses.(AU)


Este artículo relata un brote de intoxicación accidental por salinomicina en 39 equinos. Al examen físico los animales presentaban claudicación, taquipnea, ataxia, transpiración y debilidad. En algunos se observó también decúbito permanente, disnea, cianosis y muerte. En muestras de suero se detectó elevación significante en los niveles de AST (aspartato ? aminotransferase) y CPK (creatina ? fosfoquinasa), y el hemograma mostró neutrofilia con desvío a la izquierda. Veintiuno animales murieron y dieciocho sobrevivieron, siendo hidratados con solución de Ringer con lactato de sodio y solución de glucosa a 5%, y medicados con dexametasona, flunixin meglumina y furosemida. El examen necroscópico reveló necrosis muscular aguda generalizada, corazón globoso, necrosis de miocardio, congestión pulmonar severa, hemorragia en la mucosa intestinal, congestión renal e hígado con apariencia de nuez moscada. Muestras de ración fueron sometidas a análisis en laboratorio, que mostraron presencia de salinomicina en 1.300 ppm, índice muy arriba del soportable por equinos.(AU)


Assuntos
Animais , Cavalos/parasitologia , Esquistossomose/veterinária , Esquistossomose/terapia , Fitoterapia , Extratos Vegetais/isolamento & purificação
4.
Arq. ciênc. vet. zool. UNIPAR ; 12(1): 75-78, jan.-jun. 2009. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-2803

Resumo

Se relata el tratamiento quirúrgico de osteocondritis disecante del cóndilo femoral lateral, en un perro Shar-Pei macho adulto, con acceso pararotuliano lateral a la rodilla. El diagnóstico fue realizado por medio de examen ortopédico y radiográfico. Como tratamiento, se realizó artrotomía y condiloplastía femoral lateral, removiéndose colgajo cartilaginoso y exponiendo el hueso subcondral. Se realizaron perforaciones, con objetivo de acelerar el proceso de cicatrización. En el periodo post-operatorio se indicó restricción a los ejercicios por 10 días, y después un retorno gradual a las actividades físicas. Se prescribió tramadol y ketoprofeno durante siete días, y sulfato de condroitina por 100 días. Cuarenta días después de la intervención el paciente no más demostraba dolor y claudicación, retornando a la ambulación normal.(AU)


This paper reports the surgical treatment of osteochondritis dissecans in the femoral lateral condylus in a male adult Shar-Pei dog, with lateral parapatellar access to the knee. Diagnosis was made by physical and radiographic examination. The treatment was arthrotomy and lateral femoral condylar plastia, removing a cartilaginous flap and exposing the subchondral bone, in which there were performed punctures in order to accelerate the healing process. Exercises were restricted during the first 10 days of the post-op period, and then a gradual return to physical activities was recommended. Tramadol and ketoprofen were prescribed for seven days, and chondroitin sulphate for 100 days. Forty days after the surgery the patient showed absence of pain or lameness, returning to normal ambulation.(AU)


Descreve-se o tratamento cirúrgico de osteocondrite dissecante do côndilo femoral lateral, em um cão macho adulto da raça Shar-Pei, com acesso para-patelar lateral ao joelho. O diagnóstico foi realizado por meio de exame ortopédico e radiográfico. Como tratamento, realizou-se artrotomia e condiloplastia femoral lateral, removendo retalho cartilaginoso e expondo o osso subcondral. Foram perfurados orifícios, com a finalidade de acelerar o processo cicatricial. No período pós-operatório houve restrição de exercícios durante 10 dias, com o retorno gradual às atividades físicas. Indicou-se o uso de tramadol e cetoprofeno durante sete dias, e sulfato de condroitina por 100 dias. Quarenta dias após a cirurgia, o paciente apresentou ausência de dor e claudicação, retornando à ambulação normal.(AU)


Assuntos
Animais , Cães , Osteocondrite Dissecante/cirurgia , Osteocondrite Dissecante/veterinária , Cães , Ortopedia/veterinária
5.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet. ; 12(39): 42-44, jan.-mar. 2014.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-10730

Resumo

A carambola (Averrhoa carambola) é uma fruta exótica bastante comum no Brasil, com toxicidade comprovadae estudada em seres humanos. Este artigo relata um caso de intoxicação por carambola em um cão domésticos em raça definida, com quatro anos de idade, pesando 4,3 kg, com queixa principal de apatia, anorexia e vômito.Ao exame físico observou-se dispneia, cianose, abdome tenso, dor à palpação na região epigástrica, ataxia e depressão de consciência. O paciente recebeu tratamento com base no quadro clínico e recuperou-se sem sequelas,sendo digno de nota o fato de não ter apresentado o comprometimento renal relatado na espécie humanaAU


Starfruit (Averrhoa carambola) is not indigenous but commonly found in Brazil, and its toxicity is well-studiedin human beings. This paper reports a case of star fruit toxicosis in a four-year old mongrel dog weighing 4.3kg. The chief complaint included apathy, anorexia and vomiting, and physical examination pointed to dyspnea, cyanosis, abdominal tension, epigastric pain on palpation, ataxia and depressed conscience. The patient received symptomatic treatment and recovered without sequelae, not presenting the signs of renal failure seen in humans.AU


Assuntos
Animais , Cães , Doenças Transmitidas por Alimentos/veterinária , Intoxicação por Plantas/terapia , Frutas , Apatia
6.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet. ; 12(40): 196-204, abr.-jun 2014. tab, ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-10687

Resumo

A membrana fibrovascular, formada por fibroblastos, matriz extracelular, colágeno, mucina e vasos sanguíneos, é um achado histológico comum nos bulbos oculares dos animais domésticos. Essa estrutura, em cães, é uma sequela comum de diversas doenças intraoculares, como descolamento de retina, neoplasmas intraoculares, glaucoma crônico, endoftalmite, úlceras corneanas graves e trauma ocular. O processo para sua formação ainda não foi totalmente elucidado, mas presume-se que estejam envolvidos fatores angiogênicos liberados em resposta a lesões, e o fator de crescimento do endotélio vascular (FCEV), devido a sua capacidade de indução angiogênica. Este artigo objetiva elucidar para os clínicos veterinários a importância da membrana fibrovascular em cães, discorrendo sobre as principais enfermidades que possam estar envolvidas em sua formação. São apresentados eventos histológicos observados no Laboratório de Oftalmologia Comparada (LABOCO) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) entre maio de 2010 e novembro de 2013. Numa casuística de 100 bulbos oculares inteiros provenientes de cães, submetidos a exame histopatológico, 69 apresentavam proliferação de MFV. De forma complementar, também são mencionados alguns dados da casuística geral do LABOCO, com dados coligidos a partir de 2008.AU


The fibrovascular membrane (FVM), composed of fibroblasts, extracellular matrix, collagen, mucin and blood vessels, is a common histological finding in eyeballs of domestic animals. In dogs, this structure is a common sequel of many intraocular diseases, such as retinal detachment, intraocular neoplasms, chronic glaucoma, endophthalmitis, severe corneal ulcers and ocular trauma. The process for its formation has not been fully elucidated, but it is assumed the involvement of angiogenic factors released in response to injury and the vascular endothelial growth factor (FCEV), due to its ability to induce angiogenesis. This article aims to elucidate to the veterinary practitioners the importance of fibrovascular membrane in dogs, discussing the main diseases thatmay be involved in its formation. Histological features of FVM observed in the Laboratory of ComparativeOphthalmology (LABOCO) of the Federal University of Paraná (UFPR), from May 2010 to November 2013are reported here. In a series of 100 eyeballs submitted to histopathological analysis, 69 presented FVM proliferation. Additionally data from the general LABOCO´s caseload, collected since 2008, was also mentioned.AU


Assuntos
Animais , Cães , Túnica Conjuntiva/lesões , Túnica Conjuntiva/patologia , Cães , Oftalmopatias/diagnóstico , Oftalmopatias/patologia , Oftalmopatias/veterinária
7.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet. ; 12(40): 142-147, abr.-jun 2014. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-10680

Resumo

Uma cadela sem raça definida com cinco anos de idade e massa corporal de 12 kg, que havia sido submetida a ovário-histerectomia seis meses antes, foi atendida com queixa principal de dificuldade para urinar e presença de uma ferida exsudativa na linha média ventral retro- umbilical, surgida cerca de 90 dias antes. Na exploração da cavidade abdominal, identificou-se uma massa adjacente ao trajeto drenante, com diâmetro aproximado de 4,0 cm, aderida à parede abdominal, que envolvia parte da parede vesical e uretra. No interior da massa havia um fragmento de fio transparente de náilon, com diâmetro de 0,4 mm de diâmetro, preso à parede vesical, evidenciando-se a presença de uma fístula vesico cutânea. O procedimento cirúrgico de cistectomia e uretrectomia parciais, com reimplante de uretra fora do trígono vesical, foi bem sucedido na resolução do problema, e em acompanhamento mensal durante nove meses, não se observou nenhum transtorno adicional.AU


This paper reports the case of a five-year old mongrel bitch weighing 12 kg, previously submitted to surgical spaying six months before. The chief complaint was difficulty to urinate and presence of an exudative wound at the retro-umbilical ventral midline, which appeared 90 days before. Exploring the abdominal cavity, there was identified a mass adjacent to the drainage path, with an approximate diameter of 4.0 cm, attached to the abdominal wall, which involved part of the bladder wall and urethra. Within the mass there was found a fragment of transparent nylon suture with a diameter of 0.4 mm in diameter, attached to the bladder wall, being evident the presence of a vesicocutaneous fistula. The surgical procedure of partial cistectomy and urethrectomy, with reimplantation of the urethra out of the vesical trigonus was successful, and in a follow-up period of nine months, no signs of problems were noticed.AU


Assuntos
Animais , Feminino , Cães , Cistectomia/veterinária , Uretra/cirurgia , Fístula/cirurgia , Fístula/veterinária , Cães
8.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1485025

Resumo

A carambola (Averrhoa carambola) é uma fruta exótica bastante comum no Brasil, com toxicidade comprovadae estudada em seres humanos. Este artigo relata um caso de intoxicação por carambola em um cão domésticos em raça definida, com quatro anos de idade, pesando 4,3 kg, com queixa principal de apatia, anorexia e vômito.Ao exame físico observou-se dispneia, cianose, abdome tenso, dor à palpação na região epigástrica, ataxia e depressão de consciência. O paciente recebeu tratamento com base no quadro clínico e recuperou-se sem sequelas,sendo digno de nota o fato de não ter apresentado o comprometimento renal relatado na espécie humana


Starfruit (Averrhoa carambola) is not indigenous but commonly found in Brazil, and its toxicity is well-studiedin human beings. This paper reports a case of star fruit toxicosis in a four-year old mongrel dog weighing 4.3kg. The chief complaint included apathy, anorexia and vomiting, and physical examination pointed to dyspnea, cyanosis, abdominal tension, epigastric pain on palpation, ataxia and depressed conscience. The patient received symptomatic treatment and recovered without sequelae, not presenting the signs of renal failure seen in humans.


Assuntos
Animais , Cães , Doenças Transmitidas por Alimentos/veterinária , Intoxicação por Plantas/terapia , Apatia , Frutas
9.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1485035

Resumo

Uma cadela sem raça definida com cinco anos de idade e massa corporal de 12 kg, que havia sido submetida a ovário-histerectomia seis meses antes, foi atendida com queixa principal de dificuldade para urinar e presença de uma ferida exsudativa na linha média ventral retro- umbilical, surgida cerca de 90 dias antes. Na exploração da cavidade abdominal, identificou-se uma massa adjacente ao trajeto drenante, com diâmetro aproximado de 4,0 cm, aderida à parede abdominal, que envolvia parte da parede vesical e uretra. No interior da massa havia um fragmento de fio transparente de náilon, com diâmetro de 0,4 mm de diâmetro, preso à parede vesical, evidenciando-se a presença de uma fístula vesico cutânea. O procedimento cirúrgico de cistectomia e uretrectomia parciais, com reimplante de uretra fora do trígono vesical, foi bem sucedido na resolução do problema, e em acompanhamento mensal durante nove meses, não se observou nenhum transtorno adicional.


This paper reports the case of a five-year old mongrel bitch weighing 12 kg, previously submitted to surgical spaying six months before. The chief complaint was difficulty to urinate and presence of an exudative wound at the retro-umbilical ventral midline, which appeared 90 days before. Exploring the abdominal cavity, there was identified a mass adjacent to the drainage path, with an approximate diameter of 4.0 cm, attached to the abdominal wall, which involved part of the bladder wall and urethra. Within the mass there was found a fragment of transparent nylon suture with a diameter of 0.4 mm in diameter, attached to the bladder wall, being evident the presence of a vesicocutaneous fistula. The surgical procedure of partial cistectomy and urethrectomy, with reimplantation of the urethra out of the vesical trigonus was successful, and in a follow-up period of nine months, no signs of problems were noticed.


Assuntos
Feminino , Animais , Cães , Cistectomia/veterinária , Fístula/cirurgia , Fístula/veterinária , Uretra/cirurgia , Cães
10.
MEDVEP, Rev. Cient. Med. Vet., Pequenos Anim. Anim. Estim ; 12(40): 196-204, abr.-jun 2014. tab, ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1485042

Resumo

A membrana fibrovascular, formada por fibroblastos, matriz extracelular, colágeno, mucina e vasos sanguíneos, é um achado histológico comum nos bulbos oculares dos animais domésticos. Essa estrutura, em cães, é uma sequela comum de diversas doenças intraoculares, como descolamento de retina, neoplasmas intraoculares, glaucoma crônico, endoftalmite, úlceras corneanas graves e trauma ocular. O processo para sua formação ainda não foi totalmente elucidado, mas presume-se que estejam envolvidos fatores angiogênicos liberados em resposta a lesões, e o fator de crescimento do endotélio vascular (FCEV), devido a sua capacidade de indução angiogênica. Este artigo objetiva elucidar para os clínicos veterinários a importância da membrana fibrovascular em cães, discorrendo sobre as principais enfermidades que possam estar envolvidas em sua formação. São apresentados eventos histológicos observados no Laboratório de Oftalmologia Comparada (LABOCO) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) entre maio de 2010 e novembro de 2013. Numa casuística de 100 bulbos oculares inteiros provenientes de cães, submetidos a exame histopatológico, 69 apresentavam proliferação de MFV. De forma complementar, também são mencionados alguns dados da casuística geral do LABOCO, com dados coligidos a partir de 2008.


The fibrovascular membrane (FVM), composed of fibroblasts, extracellular matrix, collagen, mucin and blood vessels, is a common histological finding in eyeballs of domestic animals. In dogs, this structure is a common sequel of many intraocular diseases, such as retinal detachment, intraocular neoplasms, chronic glaucoma, endophthalmitis, severe corneal ulcers and ocular trauma. The process for its formation has not been fully elucidated, but it is assumed the involvement of angiogenic factors released in response to injury and the vascular endothelial growth factor (FCEV), due to its ability to induce angiogenesis. This article aims to elucidate to the veterinary practitioners the importance of fibrovascular membrane in dogs, discussing the main diseases thatmay be involved in its formation. Histological features of FVM observed in the Laboratory of ComparativeOphthalmology (LABOCO) of the Federal University of Paraná (UFPR), from May 2010 to November 2013are reported here. In a series of 100 eyeballs submitted to histopathological analysis, 69 presented FVM proliferation. Additionally data from the general LABOCO´s caseload, collected since 2008, was also mentioned.


Assuntos
Animais , Cães , Cães , Túnica Conjuntiva/lesões , Túnica Conjuntiva/patologia , Oftalmopatias/diagnóstico , Oftalmopatias/patologia , Oftalmopatias/veterinária
11.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet. ; 10(34): 394-400, jul.-set. 2012. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-8864

Resumo

As afecções do crânio, incluindo o sistema estomatognático, são comuns na rotina da clinica veterinária,especialmente em animais de companhia, mas também em animais selvagens e de fazenda. Diversostipos de lesões podem ser observados clinicamente, e boa parte delas faz com que seja necessária a realizaçãode exames de imagem, para correto diagnóstico e encaminhamento terapêutico. As radiografias decrânio e intra-orais são indicadas para avaliação do comprometimento ósseo, odontológico e periodontal,bem como para o diagnóstico de fraturas, processos infectados ou doenças nutricionais. Este estudoretrospectivo avaliou a incidência de alterações radiográficas encontradas em exames radiográficos docrânio e da cavidade oral de cães atendidos no Hospital Veterinário da Universidade Paranaense (Umuarama,Paraná), por meio da revisão de filmes radiográficos referentes ao período compreendido entreJulho de 2007 e Novembro de 2011.(AU)


Skull diseases, including the stomatognathic system, are common in small animal practice, but also affectboth farm and wild animals. Several lesions can be clinically observed and many of require imagingevaluation for proper diagnosis and therapy planning. Skull and intraoral radiographs are indicated toassess bone, teeth and periodontal involvement, and to diagnose fractures, infections and nutritionaldisorders. This retrospective study evaluated the incidence of radiographic changes found on cranialand oral radiographies of dogs examined at the Veterinary Teaching Hospital of the Universidade Paranaense(Umuarama, Paraná, Brazil), reviewing radiographic films regarding to the period between Julyof 2007 and November 2011.(AU)


Assuntos
Animais , Cães , Sistema Estomatognático , Cães , Crânio , Animais de Estimação
12.
MEDVEP, Rev. Cient. Med. Vet., Pequenos Anim. Anim. Estim ; 10(34): 394-400, jul.-set. 2012. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1484942

Resumo

As afecções do crânio, incluindo o sistema estomatognático, são comuns na rotina da clinica veterinária,especialmente em animais de companhia, mas também em animais selvagens e de fazenda. Diversostipos de lesões podem ser observados clinicamente, e boa parte delas faz com que seja necessária a realizaçãode exames de imagem, para correto diagnóstico e encaminhamento terapêutico. As radiografias decrânio e intra-orais são indicadas para avaliação do comprometimento ósseo, odontológico e periodontal,bem como para o diagnóstico de fraturas, processos infectados ou doenças nutricionais. Este estudoretrospectivo avaliou a incidência de alterações radiográficas encontradas em exames radiográficos docrânio e da cavidade oral de cães atendidos no Hospital Veterinário da Universidade Paranaense (Umuarama,Paraná), por meio da revisão de filmes radiográficos referentes ao período compreendido entreJulho de 2007 e Novembro de 2011.


Skull diseases, including the stomatognathic system, are common in small animal practice, but also affectboth farm and wild animals. Several lesions can be clinically observed and many of require imagingevaluation for proper diagnosis and therapy planning. Skull and intraoral radiographs are indicated toassess bone, teeth and periodontal involvement, and to diagnose fractures, infections and nutritionaldisorders. This retrospective study evaluated the incidence of radiographic changes found on cranialand oral radiographies of dogs examined at the Veterinary Teaching Hospital of the Universidade Paranaense(Umuarama, Paraná, Brazil), reviewing radiographic films regarding to the period between Julyof 2007 and November 2011.


Assuntos
Animais , Cães , Cães , Sistema Estomatognático , Animais de Estimação , Crânio
13.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet. ; 10(34): 360-369, jul.-set. 2012. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-8860

Resumo

Existem diversas técnicas para estabilização das fraturas femorais, e neste trabalho avaliou-se o fixadoresquelético externo uniplanar (Tipo I) combinado a pino intramedular (Tie-in), unidos por resina demetil-etil-metacrilato. Nesta técnica, o pino intramedular tem uma porção exteriorizada, que é dobradaperpendicularmente ao eixo longitudinal do osso, ficando disposto de forma paralela aos outros pinosdo fixador. O sistema se mantém rígidos em função da união com resina, e resiste às cargas de torção,cisalhamento e compressão. O pino intramedular controla o envergamento, obtendo-se assim umaconfiguração que duplica a estabilidade. Foram operados mediante a utilização da técnica de Tie-in 17cães e três gatos atendidos na rotina do Hospital Veterinário da Universidade Paranaense e de umaclínica particular, que apresentavam fratura de fêmur. A cicatrização óssea foi avaliada por meio doexame ortopédico e do acompanhamento radiográfico no dia zero (pós-operatório imediato), 45 e 60dias. A técnica foi bem sucedida em 19 dos 20 casos operados (95%), possibilitando indicar o métodocomo plenamente eficiente.(AU)


There are several techniques for stabilization of femoral fractures, and this study evaluated the uniplanarexternal skeletal fixation (Type I) combined with intramedullary pin (Tie-in), joined by methylmethacrylateresin. In this technique, the intramedullary pin has an outward portion that is bent perpendicularlyto the longitudinal axis of the bone, being arranged parallel to the other pins of the fixator.The union with resin gives rigidity to the system, which resists torsional loads, shear and compression.The intramedullary pin control buckling, thereby obtaining double configuration stability. The Tie-intechnique was employed in 17 dogs and three cats with femoral fractures, operated routinely in theVeterinary Teaching Hospital of the Universidade Paranaense and a private clinic. Bone healing was evaluated by orthopedic examination and radiographic follow-up on day zero (immediate postoperative),and 45 and 60 days after. The technique was successful in 19 of the 20 operated cases (95%),allowing to indicate the method as efficient.(AU)


Assuntos
Animais , Gatos , Cães , Fixação Interna de Fraturas/veterinária , Cães , Gatos , Fêmur
14.
MEDVEP, Rev. Cient. Med. Vet., Pequenos Anim. Anim. Estim ; 10(34): 360-369, jul.-set. 2012. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1484938

Resumo

Existem diversas técnicas para estabilização das fraturas femorais, e neste trabalho avaliou-se o fixadoresquelético externo uniplanar (Tipo I) combinado a pino intramedular (Tie-in), unidos por resina demetil-etil-metacrilato. Nesta técnica, o pino intramedular tem uma porção exteriorizada, que é dobradaperpendicularmente ao eixo longitudinal do osso, ficando disposto de forma paralela aos outros pinosdo fixador. O sistema se mantém rígidos em função da união com resina, e resiste às cargas de torção,cisalhamento e compressão. O pino intramedular controla o envergamento, obtendo-se assim umaconfiguração que duplica a estabilidade. Foram operados mediante a utilização da técnica de Tie-in 17cães e três gatos atendidos na rotina do Hospital Veterinário da Universidade Paranaense e de umaclínica particular, que apresentavam fratura de fêmur. A cicatrização óssea foi avaliada por meio doexame ortopédico e do acompanhamento radiográfico no dia zero (pós-operatório imediato), 45 e 60dias. A técnica foi bem sucedida em 19 dos 20 casos operados (95%), possibilitando indicar o métodocomo plenamente eficiente.


There are several techniques for stabilization of femoral fractures, and this study evaluated the uniplanarexternal skeletal fixation (Type I) combined with intramedullary pin (Tie-in), joined by methylmethacrylateresin. In this technique, the intramedullary pin has an outward portion that is bent perpendicularlyto the longitudinal axis of the bone, being arranged parallel to the other pins of the fixator.The union with resin gives rigidity to the system, which resists torsional loads, shear and compression.The intramedullary pin control buckling, thereby obtaining double configuration stability. The Tie-intechnique was employed in 17 dogs and three cats with femoral fractures, operated routinely in theVeterinary Teaching Hospital of the Universidade Paranaense and a private clinic. Bone healing was evaluated by orthopedic examination and radiographic follow-up on day zero (immediate postoperative),and 45 and 60 days after. The technique was successful in 19 of the 20 operated cases (95%),allowing to indicate the method as efficient.


Assuntos
Animais , Gatos , Cães , Cães , Fixação Interna de Fraturas/veterinária , Gatos , Fêmur
15.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet. ; 8(25): 351-353, abr.-jun. 2010.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-1538

Resumo

A intoxicação acidental ou intencional de animais de estimação por drogas ilícitas usadas de forma "recreativa" por pessoas com as quais convivem, é uma realidade, e os clínicos veterinários devem estar preparados para tal eventualidade. Este artigo relata um caso de intoxicação canina por LSD, em que o paciente apresentou sialorréia e sinais clínicos compatíveis com a sintomatologia humana, incluindo estado mental de alerta, taquicardia, taquipnéia, midríase, sialorréia, andar compulsivo e ataxia. O tratamento incluiu fluidoterapia parenteral e uso intravenoso de diazepam e furosemida,bem como repouso sob observação em local silencioso com iluminação suave. Os resultados foram satisfatórios, com plena recuperação do paciente em curto espaço de tempo, sem sequelas perceptíveis(AU)


The accidental or intentional intoxication of pets by illicit abuse "recreative" drugs used by owners or other people is a reality, and veterinary practitioners must be alert and prepared for these eventualities. This paper reports a clinical case of LSD toxicosis in a dog which presented sialorrhea and clinical signs compatible to human symptomatology, including mental alertness, tachycardia, tachypnea, mydriasis, compulsive walking, and ataxia. Treatment included IV fluids, diazepam, and furosemide, as well as resting in a calm and silent enclosure with diffuse light. The results were satisfactory, with full recovering in a short period of time, without sequelae(AU)


Assuntos
Animais , Cães , Cães , Intoxicação/veterinária , Dietilamida do Ácido Lisérgico/efeitos adversos , Drogas Ilícitas , Animais Domésticos
16.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1485325

Resumo

A intoxicação acidental ou intencional de animais de estimação por drogas ilícitas usadas de forma "recreativa" por pessoas com as quais convivem, é uma realidade, e os clínicos veterinários devem estar preparados para tal eventualidade. Este artigo relata um caso de intoxicação canina por LSD, em que o paciente apresentou sialorréia e sinais clínicos compatíveis com a sintomatologia humana, incluindo estado mental de alerta, taquicardia, taquipnéia, midríase, sialorréia, andar compulsivo e ataxia. O tratamento incluiu fluidoterapia parenteral e uso intravenoso de diazepam e furosemida,bem como repouso sob observação em local silencioso com iluminação suave. Os resultados foram satisfatórios, com plena recuperação do paciente em curto espaço de tempo, sem sequelas perceptíveis


The accidental or intentional intoxication of pets by illicit abuse "recreative" drugs used by owners or other people is a reality, and veterinary practitioners must be alert and prepared for these eventualities. This paper reports a clinical case of LSD toxicosis in a dog which presented sialorrhea and clinical signs compatible to human symptomatology, including mental alertness, tachycardia, tachypnea, mydriasis, compulsive walking, and ataxia. Treatment included IV fluids, diazepam, and furosemide, as well as resting in a calm and silent enclosure with diffuse light. The results were satisfactory, with full recovering in a short period of time, without sequelae


Assuntos
Animais , Cães , Animais Domésticos , Cães , Dietilamida do Ácido Lisérgico/efeitos adversos , Drogas Ilícitas , Intoxicação/veterinária
17.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet. ; 8(25): 310-313, abr.-jun. 2010. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-1545

Resumo

Descreve-se o tratamento de uma fratura de corpo de escápula envolvendo a face articular do ombro, associada a luxação medial de úmero, em um cão, mediante cerclagem interfragmentária com fio metálico e transposição do tendão do músculo bíceps braquial. O animal não recuperou completamente a função do membro, concluindo-se que a técnica utilizada para a redução da luxação medial da articulaçãoescápulo-umeral não proporcionou a evolução esperada, observando-se retardo na recuperação, em comparação às outras técnicas de redução da luxação do ombro, como a banda de tensão colateral lateral em forma de oito(AU)


This paper reports the treatment .of a fracture in the body of the scapula in a dog, involving the articular face of the shoulder and associated with medial umeral luxation, using inter fragmentary cerclage with metallic suture and transposition of the brachial biceps tendon. The patient did not recover the limb function, and it was concluded that the employed technique did not offered good results, with retarded recovering in comparison to other techniques do reduce shoulder luxation, as the "eight" sling(AU)


Assuntos
Animais , Cães , Escápula/cirurgia , Fraturas do Úmero/cirurgia , Fraturas do Úmero/veterinária , Cães
18.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1485332

Resumo

Descreve-se o tratamento de uma fratura de corpo de escápula envolvendo a face articular do ombro, associada a luxação medial de úmero, em um cão, mediante cerclagem interfragmentária com fio metálico e transposição do tendão do músculo bíceps braquial. O animal não recuperou completamente a função do membro, concluindo-se que a técnica utilizada para a redução da luxação medial da articulaçãoescápulo-umeral não proporcionou a evolução esperada, observando-se retardo na recuperação, em comparação às outras técnicas de redução da luxação do ombro, como a banda de tensão colateral lateral em forma de oito


This paper reports the treatment .of a fracture in the body of the scapula in a dog, involving the articular face of the shoulder and associated with medial umeral luxation, using inter fragmentary cerclage with metallic suture and transposition of the brachial biceps tendon. The patient did not recover the limb function, and it was concluded that the employed technique did not offered good results, with retarded recovering in comparison to other techniques do reduce shoulder luxation, as the "eight" sling


Assuntos
Animais , Cães , Cães , Escápula/cirurgia , Fraturas do Úmero/cirurgia , Fraturas do Úmero/veterinária
19.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet. ; 7(21): 144-148, abr.-jun. 2009. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-1435

Resumo

Descreve-se o tratamento cirúrgico de ruptura de ligamento colateral lateral da articulação tarsocrural em um cão da raça American Pit Bull Terrier, com acesso lateral, longitudinal à articulação trasocrural, com diagnóstico realizado por meio de exame ortopédico. Como tratamento cirúrgico, as partes longa e curta do ligamento colateral lateral, rompido e ficrosado, foram reconstituídas com fio mononáilon número 40-60 ancorado em três parafusos corticais, sendo um na porção distal do calcâneom, um na porção proximal do calcâneo, e outro no maléolo lateral, para proporcionar maior estabilidade articular. No período pósoperatório, imobilizou-se o membro com bandagem e prscreveu-se uso oral de tramadol, cetoprofeno cefalexina. Indicou-se também restrição de exercícios e realização de fisioterapia passiva com movimentos de flexão e extensão da articulação durante 20 dias. Após 21 dias foram indicadas caminhadas diárias de 20 minutos, durante mais 15 dias. Em avaliação clínica realizada 30 dias após a cirurgia, observou-se plena recuperação, com ausência de claudicação, dor ou crepitação(AU)


It is described He surgical treatment for rupture of collateral lateral ligament in an American Pit Bull Terrier dog, with longitudinal lateral access to the tarsocrural joint, being the diagnosis made by orthopedic examination. For surgical treatment the long and short parts of the ruptured and fibrosed collateral lateral ligament were reconstructed with 40-60 nylon anchored in three cortical screws one in the distal and one in the proximal portions of the calcaneus, and other in the lateral malleolus, in order to give more joint stability. In the post-operatory period, the limb was bandage-immobilized and there was prescribed oral tramadol, ketoprofen, and cephalexin. Is was also recommended restriction to exercises, as well as passive physiotherapy with flexion and extension movements for 20 days. After 21 days the dog was permitted to walk 15 minutes daily, for 15 days. In a clinical evaluation at the 30th day after surgery the patient was fully recovered, with no signs of pain, lameness, or crepitation(AU)


Assuntos
Animais , Cães , Ligamentos Colaterais/lesões , Articulação do Tornozelo , Traumatismos do Tornozelo , Cães , Tornozelo
20.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1485247

Resumo

Descreve-se o tratamento cirúrgico de ruptura de ligamento colateral lateral da articulação tarsocrural em um cão da raça American Pit Bull Terrier, com acesso lateral, longitudinal à articulação trasocrural, com diagnóstico realizado por meio de exame ortopédico. Como tratamento cirúrgico, as partes longa e curta do ligamento colateral lateral, rompido e ficrosado, foram reconstituídas com fio mononáilon número 40-60 ancorado em três parafusos corticais, sendo um na porção distal do calcâneom, um na porção proximal do calcâneo, e outro no maléolo lateral, para proporcionar maior estabilidade articular. No período pósoperatório, imobilizou-se o membro com bandagem e prscreveu-se uso oral de tramadol, cetoprofeno cefalexina. Indicou-se também restrição de exercícios e realização de fisioterapia passiva com movimentos de flexão e extensão da articulação durante 20 dias. Após 21 dias foram indicadas caminhadas diárias de 20 minutos, durante mais 15 dias. Em avaliação clínica realizada 30 dias após a cirurgia, observou-se plena recuperação, com ausência de claudicação, dor ou crepitação


It is described He surgical treatment for rupture of collateral lateral ligament in an American Pit Bull Terrier dog, with longitudinal lateral access to the tarsocrural joint, being the diagnosis made by orthopedic examination. For surgical treatment the long and short parts of the ruptured and fibrosed collateral lateral ligament were reconstructed with 40-60 nylon anchored in three cortical screws – one in the distal and one in the proximal portions of the calcaneus, and other in the lateral malleolus, in order to give more joint stability. In the post-operatory period, the limb was bandage-immobilized and there was prescribed oral tramadol, ketoprofen, and cephalexin. Is was also recommended restriction to exercises, as well as passive physiotherapy with flexion and extension movements for 20 days. After 21 days the dog was permitted to walk 15 minutes daily, for 15 days. In a clinical evaluation at the 30th day after surgery the patient was fully recovered, with no signs of pain, lameness, or crepitation


Assuntos
Animais , Cães , Articulação do Tornozelo , Cães , Ligamentos Colaterais/lesões , Traumatismos do Tornozelo , Tornozelo
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA