Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-441759

Resumo

The status of Babesia spp. infection in dogs from rural areas of São Paulo State, Brazil was studied. For this, 150 animals were examined by blood smears and by PCR; the presence of tick infestation was also investigated. By the blood smear examination, 3 animals (2%) were detected positive and by PCR for Babesia spp. 12 (8%) were positive, with bands visualized in 450 bp. Rhipicephalus sanguineus or Amblyomma spp. were found on 36 (24%) of the 150 dogs. Amblyomma species found were A. cajennense (9/36-25%) and A. ovale (9/36-25%). It was not possible to correlate the presence of R. sanguineus and the infection with Babesia spp. The sequencing of four positive samples demonstrated close identity with B. canis vogeli already characterized in Brazil.


A presença de infecção por Babesia spp. em cães de áreas rurais do Estado de São Paulo, Brasil foi investigada. Para tanto, 150 cães foram examinados por técnicas parasitológicas de esfregaços sanguíneos e moleculares (PCR), e também, foi verificada a presença de carrapatos nestes animais. Pela análise de esfregaços sanguíneos, 3 (2%) dos cães estavam infectados, enquanto pela PCR, 12 (8%) dos animais foram positivos com bandas aproximadas de 450 pares de base (pb). Foram observados 36 (24%) cães infestados com Rhipicephalus sanguineus ou com Amblyomma spp. As espécies de Amblyomma observadas foram A. cajennense (25%) e A. ovale (25%). Não foi possível correlacionar a presença de R. sanguineus com a infecção por Babesia spp. O seqüenciamento de quatro amostras positivas demonstrou alta identidade com B. canis vogeli, já caracterizada no Brasil.

2.
Ci. Rural ; 34(1)2004.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-704317

Resumo

The prevalence of antibodies against Borrelia burgdorferi latu sensu was investigated in dogs from rural areas of seven towns of the Rio de Janeiro State, Brazil, using an indirect enzyme-linked immunosorbent assay. All dogs were also examined for the presence of ticks. From the 199 dogs, 15.58% were seropositive, with titers that ranged from 400 (13.57%) to 1600 (0.5%). The positive cases were equally distributed among the seven studied towns. No differences (P > 0.05) were found among the age groups of over six months old. Ticks were found and collected from 71 (35.68%) dogs. From this total, 24.12% were infested with Amblyomma cajennense, 13.6% with Rhipicephalus sanguineus, 2.5% with Amblyomma aureolatum and 1.5% with Amblyomma ovale. Amblyomma cajennense was found in 38.7% and R. sanguineus in 22.6% of the dogs with B. burgdorferi antibodies, although no positive correlation between the ticks parasitism and positive serology was found.


Pesquisou-se a presença de anticorpos contra Borrelia burgdorferi latu sensu em cães de áreas rurais de sete municípios do Estado do Rio de Janeiro, pelo ensaio imunoenzimático indireto, associando-se os resultados com a presença de carrapatos nestes animais. De 199 cães examinados, 15,58% estavam positivos, com títulos que variaram de 400 (13,57%) a 1600 (0,5%). Os casos positivos se distribuíram uniformemente nos sete municípios. Não houve diferença estatística (P > 0,05) de soropositivos entre as faixas etárias dos cães acima de seis meses. Carrapatos foram encontrados e coletados em 71 (35,68%) cães, dos quais 24,1% estavam infestados com Amblyomma cajennense, 13,6% com Rhipicephalus sanguineus, 2,5% com Amblyomma aureolatum e 1,5% com Amblyomma ovale. Dos animais soropositivos para B. burgdorferi, 38,7% apresentavam A. cajennense e 22,6% apresentavam R. sanguineus, não havendo, entretanto, correlação positiva entre a presença do carrapato e sorologia positiva.

3.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1476095

Resumo

The prevalence of antibodies against Borrelia burgdorferi latu sensu was investigated in dogs from rural areas of seven towns of the Rio de Janeiro State, Brazil, using an indirect enzyme-linked immunosorbent assay. All dogs were also examined for the presence of ticks. From the 199 dogs, 15.58% were seropositive, with titers that ranged from 400 (13.57%) to 1600 (0.5%). The positive cases were equally distributed among the seven studied towns. No differences (P > 0.05) were found among the age groups of over six months old. Ticks were found and collected from 71 (35.68%) dogs. From this total, 24.12% were infested with Amblyomma cajennense, 13.6% with Rhipicephalus sanguineus, 2.5% with Amblyomma aureolatum and 1.5% with Amblyomma ovale. Amblyomma cajennense was found in 38.7% and R. sanguineus in 22.6% of the dogs with B. burgdorferi antibodies, although no positive correlation between the ticks parasitism and positive serology was found.


Pesquisou-se a presença de anticorpos contra Borrelia burgdorferi latu sensu em cães de áreas rurais de sete municípios do Estado do Rio de Janeiro, pelo ensaio imunoenzimático indireto, associando-se os resultados com a presença de carrapatos nestes animais. De 199 cães examinados, 15,58% estavam positivos, com títulos que variaram de 400 (13,57%) a 1600 (0,5%). Os casos positivos se distribuíram uniformemente nos sete municípios. Não houve diferença estatística (P > 0,05) de soropositivos entre as faixas etárias dos cães acima de seis meses. Carrapatos foram encontrados e coletados em 71 (35,68%) cães, dos quais 24,1% estavam infestados com Amblyomma cajennense, 13,6% com Rhipicephalus sanguineus, 2,5% com Amblyomma aureolatum e 1,5% com Amblyomma ovale. Dos animais soropositivos para B. burgdorferi, 38,7% apresentavam A. cajennense e 22,6% apresentavam R. sanguineus, não havendo, entretanto, correlação positiva entre a presença do carrapato e sorologia positiva.

4.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-712580

Resumo

Um cão esplenectomizado, naturalmente infectado comHepatozoon canis, foi inoculado via intravenosa com sanguepositivo para Babesia canis. Após a inoculação, alémdos dois protozoários, foram observadas formas cocóides,e em cadeia, de Haemobartonella canis na superfície doseritrócitos. O aparecimento deste último pode ter ocorridoem função da inoculação ou da supressão imunológica causada pelos outros dois agentes.

5.
Rev. bras. ciênc. vet ; 4(2)maio/ago. 1997.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1491742

Resumo

Um cão esplenectomizado, naturalmente infectado comHepatozoon canis, foi inoculado via intravenosa com sanguepositivo para Babesia canis. Após a inoculação, alémdos dois protozoários, foram observadas formas cocóides,e em cadeia, de Haemobartonella canis na superfície doseritrócitos. O aparecimento deste último pode ter ocorridoem função da inoculação ou da supressão imunológica causada pelos outros dois agentes.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA