Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Iheringia. Sér. Zool. ; 107: 1-7, 2017. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-17761

Resumo

This study aimed to examine the relationship between skull size and the level of cranial vault suture closure. A total of 50 Myrmecophaga tridactyla Linnaeus, 1758 and 178 Tamandua tetradactyla Linnaeus, 1758 skulls were analyzed in relation to 18 skull dimensions. The skulls were grouped into three levels of suture closure: no sutures closed (level 0), one or all the fallowing sutures closed: interfrontalis, sagitalis and coronalis (level 1) and all sutures closed (level 2). The results indicated that among the 18 variables measured, 17 showed significant differences (p ≤ 0.01) between level 0 and level 1 skulls of T. tetradactyla; as well as between level 0 and level 1, and level 0 and level 2 skulls of M. tridactyla. M. tridactyla level 1 and level 2 had no significant difference among any of the 18 dimensions. The foramen magnum height in both species showed no significant difference (p > 0.05) among any suture categories. In principle, suture closure level and cranial dimensions are related. The specimens with larger cranial dimensions showed greater number of cranial vault sutures closed for both species of anteaters. Tamandua tetradactyla and M. tridactyla specimens with none of the cranial vault suture closed have a foramen magnum height similar to those with cranial vault suture closed.(AU)


O presente estudo teve como objetivo examinar a relação das dimensões do crânio e o grau de fechamento das suturas da abóboda craniana. Foram analisados 50 crânios de Myrmecophaga tridactyla Linnaeus, 1758 e 178 de Tamandua tetradactyla Linnaeus, 1758 em relação a 18 dimensões do crânio. Os crânios foram divididos em três grupos quanto ao grau de fechamento da sutura: nenhuma sutura fechada (grau 0), uma ou todas das seguintes suturas fechadas: interfrontalis, sagitalis e coronalis (grau 1) e todas as suturas fechadas (grau 2). Os resultados indicaram que das 18 dimensões 17 apresentaram diferença significativa (p ≤ 0,01) entre grau 0 e grau 1 de T. tetradactyla; entre grau 0 e grau 1, e grau 0 e grau 2 de M. tridactyla. Indivíduos grau 1 e grau 2 de M. tridactylanão apresentaram diferença significativa em nenhuma das 18 dimensões. A altura do forame magno nas duas espécies não apresentou diferença significativa (p > 0,05) entre nenhuma das categorias de sutura (grau 0, grau 1 e grau 2). Em princípio, o nível de fechamento da sutura e as dimensões cranianas estão relacionados. Os espécimes com dimensões cranianas maiores apresentaram maior número de suturas de abóbada craniana fechadas para ambas as espécies de tamanduás. Os espécimes de T. tetradactyla e M. tridactyla sem sutura da abóbada craniana fechada possuem altura do forame magno semelhante àquelas com sutura da abóbada craniana fechada.(AU)


Assuntos
Animais , Suturas Cranianas/anatomia & histologia , Cefalometria , Crânio/anatomia & histologia , Xenarthra/anatomia & histologia , Pesos e Medidas Corporais
2.
Iheringia, Sér. zool ; 107: 1-7, 2017. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1482987

Resumo

This study aimed to examine the relationship between skull size and the level of cranial vault suture closure. A total of 50 Myrmecophaga tridactyla Linnaeus, 1758 and 178 Tamandua tetradactyla Linnaeus, 1758 skulls were analyzed in relation to 18 skull dimensions. The skulls were grouped into three levels of suture closure: no sutures closed (level 0), one or all the fallowing sutures closed: interfrontalis, sagitalis and coronalis (level 1) and all sutures closed (level 2). The results indicated that among the 18 variables measured, 17 showed significant differences (p ≤ 0.01) between level 0 and level 1 skulls of T. tetradactyla; as well as between level 0 and level 1, and level 0 and level 2 skulls of M. tridactyla. M. tridactyla level 1 and level 2 had no significant difference among any of the 18 dimensions. The foramen magnum height in both species showed no significant difference (p > 0.05) among any suture categories. In principle, suture closure level and cranial dimensions are related. The specimens with larger cranial dimensions showed greater number of cranial vault sutures closed for both species of anteaters. Tamandua tetradactyla and M. tridactyla specimens with none of the cranial vault suture closed have a foramen magnum height similar to those with cranial vault suture closed.


O presente estudo teve como objetivo examinar a relação das dimensões do crânio e o grau de fechamento das suturas da abóboda craniana. Foram analisados 50 crânios de Myrmecophaga tridactyla Linnaeus, 1758 e 178 de Tamandua tetradactyla Linnaeus, 1758 em relação a 18 dimensões do crânio. Os crânios foram divididos em três grupos quanto ao grau de fechamento da sutura: nenhuma sutura fechada (grau 0), uma ou todas das seguintes suturas fechadas: interfrontalis, sagitalis e coronalis (grau 1) e todas as suturas fechadas (grau 2). Os resultados indicaram que das 18 dimensões 17 apresentaram diferença significativa (p ≤ 0,01) entre grau 0 e grau 1 de T. tetradactyla; entre grau 0 e grau 1, e grau 0 e grau 2 de M. tridactyla. Indivíduos grau 1 e grau 2 de M. tridactylanão apresentaram diferença significativa em nenhuma das 18 dimensões. A altura do forame magno nas duas espécies não apresentou diferença significativa (p > 0,05) entre nenhuma das categorias de sutura (grau 0, grau 1 e grau 2). Em princípio, o nível de fechamento da sutura e as dimensões cranianas estão relacionados. Os espécimes com dimensões cranianas maiores apresentaram maior número de suturas de abóbada craniana fechadas para ambas as espécies de tamanduás. Os espécimes de T. tetradactyla e M. tridactyla sem sutura da abóbada craniana fechada possuem altura do forame magno semelhante àquelas com sutura da abóbada craniana fechada.


Assuntos
Animais , Cefalometria , Crânio/anatomia & histologia , Suturas Cranianas/anatomia & histologia , Xenarthra/anatomia & histologia , Pesos e Medidas Corporais
3.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1483049

Resumo

ABSTRACT This study aimed to examine the relationship between skull size and the level of cranial vault suture closure. A total of 50 Myrmecophaga tridactyla Linnaeus, 1758 and 178 Tamandua tetradactyla Linnaeus, 1758 skulls were analyzed in relation to 18 skull dimensions. The skulls were grouped into three levels of suture closure: no sutures closed (level 0), one or all the fallowing sutures closed: interfrontalis, sagitalis and coronalis (level 1) and all sutures closed (level 2). The results indicated that among the 18 variables measured, 17 showed significant differences (p 0.01) between level 0 and level 1 skulls of T. tetradactyla; as well as between level 0 and level 1, and level 0 and level 2 skulls of M. tridactyla. M. tridactyla level 1 and level 2 had no significant difference among any of the 18 dimensions. The foramen magnum height in both species showed no significant difference (p > 0.05) among any suture categories. In principle, suture closure level and cranial dimensions are related. The specimens with larger cranial dimensions showed greater number of cranial vault sutures closed for both species of anteaters. Tamandua tetradactyla and M. tridactyla specimens with none of the cranial vault suture closed have a foramen magnum height similar to those with cranial vault suture closed.


RESUMO O presente estudo teve como objetivo examinar a relação das dimensões do crânio e o grau de fechamento das suturas da abóboda craniana. Foram analisados 50 crânios de Myrmecophaga tridactyla Linnaeus, 1758 e 178 de Tamandua tetradactyla Linnaeus, 1758 em relação a 18 dimensões do crânio. Os crânios foram divididos em três grupos quanto ao grau de fechamento da sutura: nenhuma sutura fechada (grau 0), uma ou todas das seguintes suturas fechadas: interfrontalis, sagitalis e coronalis (grau 1) e todas as suturas fechadas (grau 2). Os resultados indicaram que das 18 dimensões 17 apresentaram diferença significativa (p 0,01) entre grau 0 e grau 1 de T. tetradactyla; entre grau 0 e grau 1, e grau 0 e grau 2 de M. tridactyla. Indivíduos grau 1 e grau 2 de M. tridactyla não apresentaram diferença significativa em nenhuma das 18 dimensões. A altura do forame magno nas duas espécies não apresentou diferença significativa (p > 0,05) entre nenhuma das categorias de sutura (grau 0, grau 1 e grau 2). Em princípio, o nível de fechamento da sutura e as dimensões cranianas estão relacionados. Os espécimes com dimensões cranianas maiores apresentaram maior número de suturas de abóbada craniana fechadas para ambas as espécies de tamanduás. Os espécimes de T. tetradactyla e M. tridactyla sem sutura da abóbada craniana fechada possuem altura do forame magno semelhante àquelas com sutura da abóbada craniana fechada.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA