Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 33(2): 157-169, 2007.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1464741

Resumo

Spatial changes in the demersal ichthyofauna structure in the Pinheiros Bay, PR, were monitored between May 2003 and April 2004. Three bottom trawls were monthly performed at four points along an axis between the access inlet and inner areas of the Bay. The number of captured species, Shannons diversity index and Margalefs Richness Index were significantly different between inner and outer areas of the Bay. Average capture, expressed by individual total catch, did not differ significantly among the four areas, but spatial separation patterns were observed for some species. The analysis of the spatial structure of species sizes revealed differences in individual total length average values among the studied areas. Some species presented spatial differences in number of individuals caught among the four areas. Cathorops spixii showed preference for more internal areas and Isopisthus parvipinnis, Stellifer rastrifer and Stellifer brasiliensis, for the most external area of the Pinheiros Bay.


No período de maio de 2003 a abril de 2004 foram monitoradas as mudanças espaciais da estrutura da ictiofauna demersal da Baía dos Pinheiros, Paraná, através de três arrastos de fundo realizados mensalmente em quatro áreas ao longo de uma radial entre a barra de acesso e as áreas mais internas da Baía. Foram significativamente diferentes o número de espécies capturadas, o índice de diversidade de Shannon-Wiener e o Índice de Riqueza de Margalef entre as áreas internas e externas da Baía. As capturas médias em número total de exemplares não foram significativamente diferentes entre as quatro áreas, observando-se a existência de padrões de separação espacial de algumas espécies. A análise da distribuição espacial da estrutura de tamanho por espécie revelou diferenças no comprimento total médio dos exemplares entre as áreas pesquisadas. Algumas espécies apresentaram diferenças espaciais de captura em número de exemplares nas quatro áreas, havendo preferência da espécie Cathorops spixii pelas áreas mais internas e de Isopisthus parvipinnis, Stellifer rastrifer e Stellifer brasiliensis pela área mais externa da Baía dos Pinheiros.

2.
B. Inst. Pesca ; 33(2): 157-169, 2007.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-761086

Resumo

Spatial changes in the demersal ichthyofauna structure in the Pinheiros Bay, PR, were monitored between May 2003 and April 2004. Three bottom trawls were monthly performed at four points along an axis between the access inlet and inner areas of the Bay. The number of captured species, Shannons diversity index and Margalefs Richness Index were significantly different between inner and outer areas of the Bay. Average capture, expressed by individual total catch, did not differ significantly among the four areas, but spatial separation patterns were observed for some species. The analysis of the spatial structure of species sizes revealed differences in individual total length average values among the studied areas. Some species presented spatial differences in number of individuals caught among the four areas. Cathorops spixii showed preference for more internal areas and Isopisthus parvipinnis, Stellifer rastrifer and Stellifer brasiliensis, for the most external area of the Pinheiros Bay.


No período de maio de 2003 a abril de 2004 foram monitoradas as mudanças espaciais da estrutura da ictiofauna demersal da Baía dos Pinheiros, Paraná, através de três arrastos de fundo realizados mensalmente em quatro áreas ao longo de uma radial entre a barra de acesso e as áreas mais internas da Baía. Foram significativamente diferentes o número de espécies capturadas, o índice de diversidade de Shannon-Wiener e o Índice de Riqueza de Margalef entre as áreas internas e externas da Baía. As capturas médias em número total de exemplares não foram significativamente diferentes entre as quatro áreas, observando-se a existência de padrões de separação espacial de algumas espécies. A análise da distribuição espacial da estrutura de tamanho por espécie revelou diferenças no comprimento total médio dos exemplares entre as áreas pesquisadas. Algumas espécies apresentaram diferenças espaciais de captura em número de exemplares nas quatro áreas, havendo preferência da espécie Cathorops spixii pelas áreas mais internas e de Isopisthus parvipinnis, Stellifer rastrifer e Stellifer brasiliensis pela área mais externa da Baía dos Pinheiros.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA