Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 6 de 6
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Ciênc. anim. bras. (Impr.) ; 10(1): 135-145, 2009.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1472727

Resumo

The objective of the experiment was to evaluate different number of collections of milk yield to prediction of models to estimate average daily milk yield of Charolais beef cows until 217 days of lactation. The eight evaluations of milk yield were taken from 27 cows, by direct method through milking, at 14, 42, 70, 98, 126, 154, 182 days and weaning (217 days). For the selection of multiple linear regression models, with the objective to estimate the average daily milk yield according to number of milk collections, Stepwise procedure was used. The data were submitted to residual analysis by tests of heterocedasticity of variance (?² statistic), normality (W statistic of Shapiro-Wilk) and diagnosis of outliers (three observations were excluded from original n=30), beyond multicolinearity diagnosis. For validation of the selected regression models, the prediction error sum of squares statistic (PRESS), was used. The selected days of milk yield collections were: day 98 for 1 collection; days 70 and 98 for 2 collections; days 14, 70, and 98 for 3 collections; days 14, 70, 98 and 154 for 4 collections; days 14, 70, 98, 154 and 182 for 5 collections; days 14, 42, 70, 98, 154 and 182 for 6 collections and days 14, 42, 70, 98, 126, 154 and 182 for 7 collections. The adjusted R² for models with 1; 2; 3; 4; 5; 6 and 7 collections were, respectively, 0.72; 0.87; 0.97; 0.97; 0.99; 0.99 and


Objetivou-se com este experimento avaliar modelos preditos com diferentes números de amostragens da produção de leite visando estimar a produção média diária de leite de vacas Charolês até os 217 dias de lactação. Foram utilizadas 27 vacas, sendo as amostragens da produção de leite realizadas pelo método direto com ordenha, aos 14, 42, 70, 98, 126, 154, 182 dias e ao desmame (217 dias). Utilizou-se o procedimento Stepwise para seleção dos modelos de regressão linear múltipla, objetivando estimar a produção média diária de leite de acordo com o número de amostragens da produção de leite. Os dados foram submetidos à análise residual através dos testes de heterocedasticidade da variância (estatística ?²), normalidade (estatística W de Shapiro-Wilk) e diagnóstico de observações influentes (três observações foram excluídas de um n inicial=30), além do diagnóstico de multicolinearidade. Para a validação dos modelos de regressão selecionados, utilizou-se a estatística PRESS (predição da soma de quadrados do erro). Os dias das amostragens da produção de leite selecionados foram: 154 para 1 amostragem; 70 e 154 para 2 amostragens; 14, 70 e 154 para 3 amostragens; 14, 42, 70 e 154 para 4 amostragens; 14, 42, 70, 126 e 154 para 5 amostragens; 14, 42, 70, 126, 154 e 182 para 6 amostragens e 14, 42, 70, 98, 126, 154 e 182 para 7 amostragens.  Os R² ajustados para modelos com 1; 2; 3; 4; 5;

2.
Ciênc. anim. bras. (Impr.) ; 7(2): 107-113, 2006.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1473978

Resumo

O objetivo deste experimento foi avaliar a relação entre os vários componentes das partes do corpo não-integrantes da carcaça com os rendimentos de carcaça quente (RCQ) e fria (RCF) expressos em relação ao peso de abate (PAB) ou de corpo vazio (PCV) de novilhos de corte. Foram utilizados 24 animais mestiços Charolês Nelore,terminados em confinamento. Nenhum componente do corpo vazio, bem como os conjuntos dos componentes apresentaram relação significativa com os RCQ e RCF quando ajustados para PAB. Quando avaliados em relação ao PCV, o RCQ correlacionou-se positivamente com coração (r=0,41) e negativamente com as gorduras internas: inguinal (r=-0,62), renal (r=-0,48), toalete (r=-0,51) e ruminal+intestinal (r=-0,57). E o RCF apresentou relação positiva com cabeça (r=0,42), coração (r=0,45) e omaso (r=0,49), e negativa com couro (r=-0,45), abomaso (r=-0,52) e gorduras internas:inguinal (r=-0,46), renal (r=-0,43), toalete (r=-0,68) e ruminal+intestinal (r=-0,72). Para os conjuntos dos componentes, apenas as gorduras internas correlacionaram-se significativamente com os RCQ (r=-0,68) e RCF (r=-0,76) expressos em relação ao PCV. Correlação significativa foi verificada entre os conjuntos gorduras internas com componentes externos (r=0,50) e entre os conjuntos trato digestivo vazio com órgãos vitais (r=0,74). PALAVRAS-CHAVE: Bos indicus, Bos taurus, couro, cruzamento, gordura inter

3.
Ci. Rural ; 33(5)2003.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-704250

Resumo

The economic evaluation of the use of four substitution levels (0; 33; 66 e 100%) of sorghum grain (Sorghum bicolor L. Moench) by oat grain (Avena strigosa) in the concentrate of diet of steers during feedlot finishing, was studied. The animals, 19 months old and with initial average weight of 381kg, were fed a diet with 60% of roughage and 40% of concentrate, containing crude protein for a weight gain of 1.2kg/animal/day. During the adaptation period and the first half of the experimental period (35 days) the roughage used was sorghum silage, during the second half of the experimental period (32 days) the roughage used was corn silage (Zea mays). When sorghum silage was used the costs of the diet per animal per day were R$ 1.062; 0.970; 0.865 and 0.725, respectively, for the substitution levels 0; 33; 66 and 100%. The diet costs to produce 1kg of weight gain were R$ 0.82; 0.74; 0.78 and 0.65, respectively. When corn silage was used, the cost of the diets increased as a result of the increase in dry matter intake and the higher production cost of corn silage, however, the daily weight gain was maintained close to 1.2kg animal-1 as preconized. The costs per animal per day of diets containing corn silage were R$ 1.401; 1.208; 1.063 and 0.906 and R$ 1.083; 1.011; 0.799 and 0.916 for the production of 1kg of weight gain, respectively, for the substitution levels 0; 33; 66 and 100%. Total costs of the different diets per animal during the whole period of 67 days were R$ 82.517; 72.959; 64.587 and 54.645, resulting a gross income per animal of R$ 95.22; 92.20; 89.66 and 77.46, originating a positive difference of R$ 12.70; 19.24; 25.07 and 22.81 per animal, respectively, for substitution levels 0; 33; 66 and 100%.


Foi estudada a economicidade da utilização de quatro níveis de substituição (0; 33; 66 e 100%) do grão de sorgo (Sorghum bicolor L. Moench) por grão de aveia preta (Avena strigosa) na fração concentrado da dieta de novilhos, na fase de terminação em confinamento. Os animais, com idade média inicial de 19 meses e peso médio inicial de 381kg, foram alimentados com dieta composta por 60% de volumoso e 40% de concentrado, contendo proteína bruta para ganho de peso de 1,2kg animal-1 dia-1. No período de adaptação de sete dias e na primeira metade do período experimental (35 dias), o volumoso utilizado foi a silagem de sorgo forrageiro, na segunda metade do período experimental (32 dias), o volumoso utilizado foi a silagem de milho (Zea mays). Quando foi utilizada a silagem de sorgo, os custos das dietas por animal por dia foram de R$ 1,062; 0,970; 0,865 e 0,725, respectivamente, para os níveis de substituição de 0; 33; 66 e 100%. Já os custos das dietas para produção de 1kg de ganho de peso foram de R$ 0,82; 0,74; 0,78 e 0,65, respectivamente. Quando foi utilizada a silagem de milho, os custos das dietas aumentaram em função do aumento no consumo de matéria seca e do maior custo de produção da silagem de milho. No entanto, foi mantido o ganho de peso médio diário próximo ao preconizado (1,2kg animal-1). Os custos das dietas por animal por dia que continham silagem de milho foram de R$ 1,401; 1,208; 1,063 e 0,906 e R$ 1,083; 1,011; 0,799 e 0,916 para produção de 1kg de ganho de peso, respectivamente, para os níveis de substituição de 0; 33; 66 e 100%. Os custos totais das diferentes dietas por animal no período de 67 dias foram de R$ 82,517; 72,959; 64,587 e 54,645, sendo obtida uma receita bruta por animal de R$ 95,22; 92,20; 89,66 e 77,46, originando uma diferença positiva de R$ 12,70; 19,24; 25,07 e 22,81 por animal, respectivamente, para os níveis de substituição de 0; 33; 66 e 100%.

4.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1476026

Resumo

The economic evaluation of the use of four substitution levels (0; 33; 66 e 100%) of sorghum grain (Sorghum bicolor L. Moench) by oat grain (Avena strigosa) in the concentrate of diet of steers during feedlot finishing, was studied. The animals, 19 months old and with initial average weight of 381kg, were fed a diet with 60% of roughage and 40% of concentrate, containing crude protein for a weight gain of 1.2kg/animal/day. During the adaptation period and the first half of the experimental period (35 days) the roughage used was sorghum silage, during the second half of the experimental period (32 days) the roughage used was corn silage (Zea mays). When sorghum silage was used the costs of the diet per animal per day were R$ 1.062; 0.970; 0.865 and 0.725, respectively, for the substitution levels 0; 33; 66 and 100%. The diet costs to produce 1kg of weight gain were R$ 0.82; 0.74; 0.78 and 0.65, respectively. When corn silage was used, the cost of the diets increased as a result of the increase in dry matter intake and the higher production cost of corn silage, however, the daily weight gain was maintained close to 1.2kg animal-1 as preconized. The costs per animal per day of diets containing corn silage were R$ 1.401; 1.208; 1.063 and 0.906 and R$ 1.083; 1.011; 0.799 and 0.916 for the production of 1kg of weight gain, respectively, for the substitution levels 0; 33; 66 and 100%. Total costs of the different diets per animal during the whole period of 67 days were R$ 82.517; 72.959; 64.587 and 54.645, resulting a gross income per animal of R$ 95.22; 92.20; 89.66 and 77.46, originating a positive difference of R$ 12.70; 19.24; 25.07 and 22.81 per animal, respectively, for substitution levels 0; 33; 66 and 100%.


Foi estudada a economicidade da utilização de quatro níveis de substituição (0; 33; 66 e 100%) do grão de sorgo (Sorghum bicolor L. Moench) por grão de aveia preta (Avena strigosa) na fração concentrado da dieta de novilhos, na fase de terminação em confinamento. Os animais, com idade média inicial de 19 meses e peso médio inicial de 381kg, foram alimentados com dieta composta por 60% de volumoso e 40% de concentrado, contendo proteína bruta para ganho de peso de 1,2kg animal-1 dia-1. No período de adaptação de sete dias e na primeira metade do período experimental (35 dias), o volumoso utilizado foi a silagem de sorgo forrageiro, na segunda metade do período experimental (32 dias), o volumoso utilizado foi a silagem de milho (Zea mays). Quando foi utilizada a silagem de sorgo, os custos das dietas por animal por dia foram de R$ 1,062; 0,970; 0,865 e 0,725, respectivamente, para os níveis de substituição de 0; 33; 66 e 100%. Já os custos das dietas para produção de 1kg de ganho de peso foram de R$ 0,82; 0,74; 0,78 e 0,65, respectivamente. Quando foi utilizada a silagem de milho, os custos das dietas aumentaram em função do aumento no consumo de matéria seca e do maior custo de produção da silagem de milho. No entanto, foi mantido o ganho de peso médio diário próximo ao preconizado (1,2kg animal-1). Os custos das dietas por animal por dia que continham silagem de milho foram de R$ 1,401; 1,208; 1,063 e 0,906 e R$ 1,083; 1,011; 0,799 e 0,916 para produção de 1kg de ganho de peso, respectivamente, para os níveis de substituição de 0; 33; 66 e 100%. Os custos totais das diferentes dietas por animal no período de 67 dias foram de R$ 82,517; 72,959; 64,587 e 54,645, sendo obtida uma receita bruta por animal de R$ 95,22; 92,20; 89,66 e 77,46, originando uma diferença positiva de R$ 12,70; 19,24; 25,07 e 22,81 por animal, respectivamente, para os níveis de substituição de 0; 33; 66 e 100%.

5.
Ci. Anim. bras. ; 7(2): 107-113, 2006.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-713920

Resumo

O objetivo deste experimento foi avaliar a relação entre os vários componentes das partes do corpo não-integrantes da carcaça com os rendimentos de carcaça quente (RCQ) e fria (RCF) expressos em relação ao peso de abate (PAB) ou de corpo vazio (PCV) de novilhos de corte. Foram utilizados 24 animais mestiços Charolês Nelore,terminados em confinamento. Nenhum componente do corpo vazio, bem como os conjuntos dos componentes apresentaram relação significativa com os RCQ e RCF quando ajustados para PAB. Quando avaliados em relação ao PCV, o RCQ correlacionou-se positivamente com coração (r=0,41) e negativamente com as gorduras internas: inguinal (r=-0,62), renal (r=-0,48), toalete (r=-0,51) e ruminal+intestinal (r=-0,57). E o RCF apresentou relação positiva com cabeça (r=0,42), coração (r=0,45) e omaso (r=0,49), e negativa com couro (r=-0,45), abomaso (r=-0,52) e gorduras internas:inguinal (r=-0,46), renal (r=-0,43), toalete (r=-0,68) e ruminal+intestinal (r=-0,72). Para os conjuntos dos componentes, apenas as gorduras internas correlacionaram-se significativamente com os RCQ (r=-0,68) e RCF (r=-0,76) expressos em relação ao PCV. Correlação significativa foi verificada entre os conjuntos gorduras internas com componentes externos (r=0,50) e entre os conjuntos trato digestivo vazio com órgãos vitais (r=0,74). PALAVRAS-CHAVE: Bos indicus, Bos taurus, couro, cruzamento, gordura inter

6.
Ci. Anim. bras. ; 10(1): 135-145, 2009.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-713025

Resumo

The objective of the experiment was to evaluate different number of collections of milk yield to prediction of models to estimate average daily milk yield of Charolais beef cows until 217 days of lactation. The eight evaluations of milk yield were taken from 27 cows, by direct method through milking, at 14, 42, 70, 98, 126, 154, 182 days and weaning (217 days). For the selection of multiple linear regression models, with the objective to estimate the average daily milk yield according to number of milk collections, Stepwise procedure was used. The data were submitted to residual analysis by tests of heterocedasticity of variance (?² statistic), normality (W statistic of Shapiro-Wilk) and diagnosis of outliers (three observations were excluded from original n=30), beyond multicolinearity diagnosis. For validation of the selected regression models, the prediction error sum of squares statistic (PRESS), was used. The selected days of milk yield collections were: day 98 for 1 collection; days 70 and 98 for 2 collections; days 14, 70, and 98 for 3 collections; days 14, 70, 98 and 154 for 4 collections; days 14, 70, 98, 154 and 182 for 5 collections; days 14, 42, 70, 98, 154 and 182 for 6 collections and days 14, 42, 70, 98, 126, 154 and 182 for 7 collections. The adjusted R² for models with 1; 2; 3; 4; 5; 6 and 7 collections were, respectively, 0.72; 0.87; 0.97; 0.97; 0.99; 0.99 and


Objetivou-se com este experimento avaliar modelos preditos com diferentes números de amostragens da produção de leite visando estimar a produção média diária de leite de vacas Charolês até os 217 dias de lactação. Foram utilizadas 27 vacas, sendo as amostragens da produção de leite realizadas pelo método direto com ordenha, aos 14, 42, 70, 98, 126, 154, 182 dias e ao desmame (217 dias). Utilizou-se o procedimento Stepwise para seleção dos modelos de regressão linear múltipla, objetivando estimar a produção média diária de leite de acordo com o número de amostragens da produção de leite. Os dados foram submetidos à análise residual através dos testes de heterocedasticidade da variância (estatística ?²), normalidade (estatística W de Shapiro-Wilk) e diagnóstico de observações influentes (três observações foram excluídas de um n inicial=30), além do diagnóstico de multicolinearidade. Para a validação dos modelos de regressão selecionados, utilizou-se a estatística PRESS (predição da soma de quadrados do erro). Os dias das amostragens da produção de leite selecionados foram: 154 para 1 amostragem; 70 e 154 para 2 amostragens; 14, 70 e 154 para 3 amostragens; 14, 42, 70 e 154 para 4 amostragens; 14, 42, 70, 126 e 154 para 5 amostragens; 14, 42, 70, 126, 154 e 182 para 6 amostragens e 14, 42, 70, 98, 126, 154 e 182 para 7 amostragens.  Os R² ajustados para modelos com 1; 2; 3; 4; 5;

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA