Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Vet. Not. (Online) ; 27(3): 24-33, 1 out. 2021. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1502544

Resumo

Osteosarcoma is the most common bone cancer in dogs. It has a high invasion capacity and commonly metastasizes. This neoplasia ensues mainly in the medullary canal of long bones of the appendicular and axial skeleton, rarely affecting primarily extra-skeletal sites. Primary meningeal osteosarcomas are extremely rare both in human and veterinary medicine. A male, mixed breed dog was admitted at the Veterinary Hospital with a history of over excitement, decreased neurological reflexes, and seizures. The worsening of its clinical condition led to its euthanasia and anatomopathological examination at the Veterinary Pathology Service. This report describes a primary extra-skeletal osteosarcoma of a dog’s meninges. Its clinical signs were indicative of a central nervous system disease later diagnosed by histopathological and immunohistochemical analysis.


O osteossarcoma é considerado a neoplasia óssea mais frequente em cães. Tem elevada capacidade invasiva e comumente gera metástase. Essa neoplasia é mais frequentemente observada no canal medular de ossos longos do esqueleto apendicular e axial. É raro que acometa primariamente sítios extraesqueléticos. O osteossarcoma primário meningeal é considerado extremamente raro em medicinas humana e veterinária. Um cão macho e sem raça definida foi atendido no Hospital Veterinário com histórico de excitação, diminuição dos reflexos neurológicos e desenvolvimento de quadro convulsivo. O agravamento do quadro clínico levou à eutanásia do animal e a um exame anatomopatológico pelo Serviço de Patologia Veterinária. O objetivo deste relato é descrever um caso de osteossarcoma extra-esquelético primário de meninge em um cão que apresentou quadro clínico compatível com doença originária do sistema nervoso central e que foi diagnosticado por meio das análises histopatológica e imunohistoquímica.


Assuntos
Masculino , Animais , Cães , Encéfalo/patologia , Meninges/patologia , Osteossarcoma/diagnóstico , Osteossarcoma/veterinária , Imuno-Histoquímica/veterinária , Neoplasias Meníngeas/veterinária , Neoplasias Ósseas/veterinária
2.
Vet. Not. ; 27(3): 24-33, 1 out. 2021. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-32244

Resumo

Osteosarcoma is the most common bone cancer in dogs. It has a high invasion capacity and commonly metastasizes. This neoplasia ensues mainly in the medullary canal of long bones of the appendicular and axial skeleton, rarely affecting primarily extra-skeletal sites. Primary meningeal osteosarcomas are extremely rare both in human and veterinary medicine. A male, mixed breed dog was admitted at the Veterinary Hospital with a history of over excitement, decreased neurological reflexes, and seizures. The worsening of its clinical condition led to its euthanasia and anatomopathological examination at the Veterinary Pathology Service. This report describes a primary extra-skeletal osteosarcoma of a dogs meninges. Its clinical signs were indicative of a central nervous system disease later diagnosed by histopathological and immunohistochemical analysis.(AU)


O osteossarcoma é considerado a neoplasia óssea mais frequente em cães. Tem elevada capacidade invasiva e comumente gera metástase. Essa neoplasia é mais frequentemente observada no canal medular de ossos longos do esqueleto apendicular e axial. É raro que acometa primariamente sítios extraesqueléticos. O osteossarcoma primário meningeal é considerado extremamente raro em medicinas humana e veterinária. Um cão macho e sem raça definida foi atendido no Hospital Veterinário com histórico de excitação, diminuição dos reflexos neurológicos e desenvolvimento de quadro convulsivo. O agravamento do quadro clínico levou à eutanásia do animal e a um exame anatomopatológico pelo Serviço de Patologia Veterinária. O objetivo deste relato é descrever um caso de osteossarcoma extra-esquelético primário de meninge em um cão que apresentou quadro clínico compatível com doença originária do sistema nervoso central e que foi diagnosticado por meio das análises histopatológica e imunohistoquímica.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Cães , Osteossarcoma/diagnóstico , Osteossarcoma/veterinária , Meninges/patologia , Encéfalo/patologia , Neoplasias Ósseas/veterinária , Imuno-Histoquímica/veterinária , Neoplasias Meníngeas/veterinária
3.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 56(5): 602-609, out. 2004. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-2431

Resumo

Placa e espaçador de polímero derivado do óleo de mamona (PDOM) (Ricinus communis) foram avaliados clínica, radiográfica e histologicamente na tração linear, fixação e fusão vertebral cervical em 20 cães adultos, sem raça definida, pesando entre 17 e 22kg. Foram sacrificados quatro animais aos 10, 30, 60, 90 e 120 dias de pós-operatório. Após exposição da coluna cervical, por acesso ventral, o disco intervertebral de C4-C5 foi fenestrado e a abordagem ao canal medular foi feita por meio de fenda óssea. Um espaçador de PDOM foi colocado preenchendo o defeito ósseo. Os corpos vertebrais C4-C5 foram fixados com placa do mesmo material, utilizando-se dois parafusos corticais em cada corpo vertebral. Apenas um animal apresentou déficit neurológico no pós-operatório imediato. Radiograficamente as vértebras mostravam-se normais e alinhadas, sem colapso do espaço intervertebral, porém não houve neoformação óssea entre as vértebras. Ao exame mielográfico, não houve compressão da medula espinhal. Os implantes foram efetivos em manter a tração linear e fixação das vértebras cervicais e não ocorreu a fusão vertebral.(AU)


Clinical, radiographic and histological evaluation of plate and biomechanical spacer of Ricinus communis polyurethane resin were performed in distraction, fixation and vertebral cervical fusion in 20 adult dogs, weighting between 17 and 22kg. Four animals were euthanized at 10, 30, 60, 90 and 120 days after surgery. After ventral exposition of cervical spine, cervical disk fenestration was performed on intervertebral spaces C4-C5 and a slot was created. A biomechanical spacer of Ricinus communis polyurethane resin was placed to fill bone defect. C4-C5 spinous processes were fixed with plate of the same material, utilizing two cortical screws in each spinal process. Only one animal had neurological signs immediately after surgery. Radiographic examination indicated that vertebrae were normal and aligned, without intervertebral colapse. However, there was no bone neoformation between C4-C5. The implants were effective to keep the distraction and fixation of cervical spine without vertebral fusion.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Poliuretanos , Cães , Próteses e Implantes , Coluna Vertebral , Óleo de Rícino , Fixação de Fratura , Tração/veterinária
4.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-447777

Resumo

With the goal of evaluating the efficiency of a prosthesis of castor-oil plant (Ricinus communis) polyurethane as a partial substitute for common calcaneous tendon, 30 New Zealand female rabbits, aging between two to three months, weighting about 2kg were used. After general anesthesia, the surgical procedure in both members consisted of rear lateral longitudinal incision, in the medium third of the distal of tibia and exposition of the common calcaneous tendon. After the tenectomies of the gastrocnemius muscle tendon, the polyurethane prosthesis of about 0,5cm in length by 0,5 in diameter was seized to the proximal and distal of the tendon stumps, using polypropylene 4-0 suture just like the Keessler modified technique. The prosthesis of polyurethane in the form of elastomers revealed qualities like the texture and flexibility similar to the tendon tissue, and it can be made in the form and size desired. In addition, it can be shaped, cut and sterilized in wet heat. All animals could stand on the surgically treated members immediately after the end of anesthetic effect. No clinical signs of infection and no dehiscence of the cut were observed. An increase of local volume, due to the edema, evident in the first week after the surgery could be noted, which gradually disappeared. It was possible to detect easily upon touch the prosthesis which remained fixed in place. Clinically, the polyurethane of castor-oil plant did not induce any unfavorable reaction which could compromise the tendon healing and can be indicated as a temporary substitute of a tendon.


Com o objetivo de avaliar a eficiência da prótese de poliuretano de mamona como substituto parcial do tendão calcâneo comum, foram utilizadas 30 coelhas da raça Nova Zelândia, entre dois e três meses de idade e peso médio de 2kg. Após anestesia geral, o procedimento cirúrgico em ambos os membros constou de incisão caudo-lateral no sentido longitudinal do terço médio ao distal da tíbia e exposição do tendão calcâneo comum. Após a tenectomia do tendão do músculo gastrocnêmio, a prótese de poliuretano de cerca de 0,5cm de extensão por 0,5cm de diâmetro foi fixada aos cotos proximal e distal do tendão, empregando-se o fio de polipropileno monofilamentar 4-0, conforme técnica modificada de Kessler. A prótese de poliuretano na forma elastomérica revelou propriedades como textura e flexibilidade semelhantes à do tecido tendinoso, pode ser confeccionada na forma e no tamanho almejados e permite ser moldada, cortada e esterilizada por calor úmido. Todos os animais apoiaram os membros operados imediatamente após o retorno anestésico. Não se observaram sinais clínicos de infecção e não ocorreu deiscência de ferida. Percebeu-se aumento de volume local devido ao edema, evidente na primeira semana pós-cirúrgica, que gradualmente desapareceu . À palpação foi possível delimitar com facilidade a prótese que se conservou fixa no local e intacta. Clinicamente o poliuretano de mamona não induziu reação desfavorável que comprometesse a cicatrização tendínea, podendo ser indicado como substituto temporário de tendão.

5.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-447729

Resumo

Eleven dogs, of both sexes, average weight of 12kg, with ages ranging from two to five years were used with the objective of evaluating two treatments of skin wounds produced after percutaneous bone transfixation of the tibia. In six animals, cotton swabs embedded in 0.2% iodine-alcohol were used to clean the areas of pin perforations. In five dogs, a 0.9% sodium chloride solution, under approximate 30 psi pulse pressure, was used. In both cases, and treatments were carried out every three to four days, during four weeks. Clinical specimens were collected under anaerobic conditions, immediately before the treatments, and on days 3, 7, 14 and 28 after surgery. Samples were cultured in specific media in order to allow isolation of aerobic and anaerobic bacteria and yeast. Dogs treated with sodium chloride solution showed little purulent exudation, while dogs treated with iodine-alcohol presented dry skin wounds with minimum blood-serous to serous exudation. The microbiological evaluation revealed predominance of Staphylococcus spp, but no differences were observed between the two treatments. The results allowed to conclude that both methods are efficient for post-surgical treatments of bone percutaneous transfixation in dogs.


Foram utilizados 11 cães de ambos os sexos, sem raça definida, clinicamente sadios, com média de peso de 12kg e idade entre dois e cinco anos, para avaliação de dois métodos de tratamento da ferida cutânea produzida pela transfixação óssea percutânea da tíbia íntegra. Em seis animais empregou-se haste de polipropileno com ponta de algodão embebida em álcool iodado a 0,2% para limpeza dos orifícios de penetração dos pinos. Em cinco cães usou-se soro fisiológico sob pressão pulsátil (± 30 psi). Em ambos os casos, os tratamentos eram repetidos a cada três a quatro dias, por um período de quatro semanas. Espécimes clínicos foram colhidos em anaerobiose após 3, 7, 14 e 28 dias da cirurgia, imediatamente antes dos tratamentos, semeados em meios de cultura específicos para isolamento de bactérias anaeróbias, aeróbias e leveduras. Os cães do grupo tratado com soro fisiológico apresentaram diminuta exsudação purulenta, enquanto que nos tratados com álcool iodado a ferida apresentou-se seca ou com diminuta exsudação de serosanguinolenta a serosa. A avaliação microbiológica revelou predomínio de Staphylococcus spp. Não houve diferença entre os tratamentosn quanto à avaliação microbiológica. Os resultados permitiram concluir que ambos os métodos foram eficientes no pós-operatório da transfixação percutânea.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA