Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 8 de 8
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Acta Vet. Brasilica ; 13(1): 13-17, 13 mar. 2019. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1453156

Resumo

Fish diseases represent a significant limiting factor in aquaculture systems. Among the many pathogens, bacteria are probably the most significant group of etiological agents. Thus, the objective of this work was to isolate and to report the incidence of streptococcosis and other possible pathogens in fish polyculture systems in the region of Lavras, state of Minas Gerais, Brazil. Fish samples were randomly collected from seven fish polyculture systems in the region, including the following municipalities: Lavras, Itutinga, Itumirim, Nepomuceno, Carrancas, São Sebastião da Vitória, and Ingaí. The specimens analyzed were: Tilapia (Oreochromis niloticus), Dourado (Salminus brasiliensis), Cará (Geophagus brasiliensis), Curimba (Prochilodus lineatus), Surubim (Pseudoplatystoma corruscans), and Piracanjuba (Brycon orbignyanus). Samples of kidney, brain, liver, spleen, and intestinal tract, and skin scraping was collected and sown in a culture medium. After the incubation period, the microorganisms were identified according to the culture, morphology, dyeing, and biochemical characteristics of the bacteria. Colonies of Streptococci, Aeromonas, and Edwardsiella were identified in Tilapia, Cara, Curimba, and Surubim fish species. The results showed the identification of the bacteria in fish polyculture systems in the region of Lavras, southern Minas Gerais. Therefore, greater sanitary control and the development of other studies to treat diseases related to these pathogens are necessary.


As doenças em peixes representam um fator limitante nos sistemas de aquicultura, e as bactérias, dentre vários patógenos, provavelmente constituam o grupo de agente etiológicos economicamente mais significante. Desta forma, o objetivou-se com este trabalho, isolar e relatar a ocorrência da estreptococose e outros prováveis patógenos em pisciculturas de policultivo da região de Lavras – MG. Foram coletadas amostras aleatórias de peixes em sete criatórios de policultivo de peixes da região, que englobam os seguintes munícipios: Lavras, Itutinga, Itumirim, Nepomuceno, Carrancas, São Sebastião da Vitória e Ingaí. Exemplares de tilápia, dourado, cará, curimba, surubim e piracanjuba foram analisados. Amostras de órgãos dos peixes foram coletadas e semeadas em meio de cultura. Após o período de incubação, a identificação dos microrganismos foi realizada de acordo com as características de cultura da bactéria, morfológicas, tintoriais e bioquímicas. Foram identificadas colônias de estreptococos, aeromonas e edwardsiella, nas espécies de tilápia, cará, curimba e surubim. Os resultados demonstraram que foram identificadas as bactérias nas pisciculturas de policultivo da região de Lavras, sul de Minas Gerais. Portanto, há uma necessidade de maior controle sanitário e o desenvolvimento de outros estudos para tratamentos de doenças relacionadas a esses patógenos.


Assuntos
Animais , Doenças dos Peixes/prevenção & controle , Pesqueiros , Brasil
2.
Acta Vet. bras. ; 13(1): 13-17, 13 mar. 2019. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-21513

Resumo

Fish diseases represent a significant limiting factor in aquaculture systems. Among the many pathogens, bacteria are probably the most significant group of etiological agents. Thus, the objective of this work was to isolate and to report the incidence of streptococcosis and other possible pathogens in fish polyculture systems in the region of Lavras, state of Minas Gerais, Brazil. Fish samples were randomly collected from seven fish polyculture systems in the region, including the following municipalities: Lavras, Itutinga, Itumirim, Nepomuceno, Carrancas, São Sebastião da Vitória, and Ingaí. The specimens analyzed were: Tilapia (Oreochromis niloticus), Dourado (Salminus brasiliensis), Cará (Geophagus brasiliensis), Curimba (Prochilodus lineatus), Surubim (Pseudoplatystoma corruscans), and Piracanjuba (Brycon orbignyanus). Samples of kidney, brain, liver, spleen, and intestinal tract, and skin scraping was collected and sown in a culture medium. After the incubation period, the microorganisms were identified according to the culture, morphology, dyeing, and biochemical characteristics of the bacteria. Colonies of Streptococci, Aeromonas, and Edwardsiella were identified in Tilapia, Cara, Curimba, and Surubim fish species. The results showed the identification of the bacteria in fish polyculture systems in the region of Lavras, southern Minas Gerais. Therefore, greater sanitary control and the development of other studies to treat diseases related to these pathogens are necessary.(AU)


As doenças em peixes representam um fator limitante nos sistemas de aquicultura, e as bactérias, dentre vários patógenos, provavelmente constituam o grupo de agente etiológicos economicamente mais significante. Desta forma, o objetivou-se com este trabalho, isolar e relatar a ocorrência da estreptococose e outros prováveis patógenos em pisciculturas de policultivo da região de Lavras MG. Foram coletadas amostras aleatórias de peixes em sete criatórios de policultivo de peixes da região, que englobam os seguintes munícipios: Lavras, Itutinga, Itumirim, Nepomuceno, Carrancas, São Sebastião da Vitória e Ingaí. Exemplares de tilápia, dourado, cará, curimba, surubim e piracanjuba foram analisados. Amostras de órgãos dos peixes foram coletadas e semeadas em meio de cultura. Após o período de incubação, a identificação dos microrganismos foi realizada de acordo com as características de cultura da bactéria, morfológicas, tintoriais e bioquímicas. Foram identificadas colônias de estreptococos, aeromonas e edwardsiella, nas espécies de tilápia, cará, curimba e surubim. Os resultados demonstraram que foram identificadas as bactérias nas pisciculturas de policultivo da região de Lavras, sul de Minas Gerais. Portanto, há uma necessidade de maior controle sanitário e o desenvolvimento de outros estudos para tratamentos de doenças relacionadas a esses patógenos.(AU)


Assuntos
Animais , Doenças dos Peixes/prevenção & controle , Pesqueiros , Brasil
3.
R. bras. Saúde Prod. Anim. ; 19(1): 23-31, jan.-mar. 2018.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-18882

Resumo

The objective of this review is to discuss aspects of the practice of endurance racing and alternatives to reduce oxidative stress in horses. Characterized by a high aerobic effort and requirement of the organic systems for maintenance of homeostasis, the endurance race is a form of sport for horses that demands great attention to the physical preparation of these animals and must be progressive, paying attention to the physiological parameters to evaluate the adaptation of the organism. To begin the preparation, the animals must be at least five years old and the duration can be on average of three years. Another factor that may be detrimental to the health and well-being of competing horses is the occurrence of oxidative stress, due to the accumulation of free radicals in the tissues, generating post-exercise muscle injuries. Antioxidant supplementation has been an alternative to this disorder. Several studies using compounds rich in antioxidant enzymes, such as superoxide dismutase (SOD), catalase (CAT) and glutathione peroxidase (GPx), demonstrate positive effects on antioxidant status, markers of oxidative stress and muscle enzymes, which may represent an improvement in performance during the exercise and recovery of animals destined to the practice of equestrian sports. Therefore, a correct physical preparation becomes crucial and antioxidant supplementation may be used to maintain the health and well-being of horses destined to the equestrian endurance practice.(AU)


Objetivou-se com esta revisão discutir aspectos da prática de enduro equestre e alternativas para reduzir o estresse oxidativo em cavalos. Caracterizado por um alto esforço aeróbio e exigência dos sistemas orgânicos para manutenção da homeostase, o enduro equestre é uma modalidade de esporte para cavalos que exige grande atenção à preparação física desses animais e deve ser progressiva, atentando-se aos parâmetros fisiológicos para avaliar a adaptação do organismo. Para iniciar a preparação, os animais devem ter pelo menos cinco anos de idade e a duração pode ser em média de três anos. Outro fator que pode ser prejudicial para a saúde e o bem-estar dos cavalos concorrentes é a ocorrência de estresse oxidativo, por acúmulo de radicais livres nos tecidos, gerando lesões musculares pósexercício. A suplementação com antioxidantes tem sido uma alternativa a esta desordem. Vários estudos utilizando compostos ricos em enzimas antioxidantes, como superóxido dismutase (SOD), catalase (CAT) e glutationa peroxidase (GPx), demonstram efeitos positivos no estado antioxidante, marcadores de estresse oxidativo e enzimas musculares, o que pode representar uma melhora no desempenho durante o exercício e recuperação de animais destinados à prática de esportes equestres. Portanto, uma preparação física correta torna-se crucial, podendo-se recorrer à suplementação antioxidante para manter a saúde e o bem-estar dos cavalos destinados à prática de enduro equestre.(AU)


Assuntos
Animais , Cavalos/anatomia & histologia , Cavalos/fisiologia , Antioxidantes/análise , Aptidão Física/fisiologia , Estresse Oxidativo
4.
Rev. bras. saúde prod. anim ; 19(1): 23-31, jan.-mar. 2018.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1493763

Resumo

The objective of this review is to discuss aspects of the practice of endurance racing and alternatives to reduce oxidative stress in horses. Characterized by a high aerobic effort and requirement of the organic systems for maintenance of homeostasis, the endurance race is a form of sport for horses that demands great attention to the physical preparation of these animals and must be progressive, paying attention to the physiological parameters to evaluate the adaptation of the organism. To begin the preparation, the animals must be at least five years old and the duration can be on average of three years. Another factor that may be detrimental to the health and well-being of competing horses is the occurrence of oxidative stress, due to the accumulation of free radicals in the tissues, generating post-exercise muscle injuries. Antioxidant supplementation has been an alternative to this disorder. Several studies using compounds rich in antioxidant enzymes, such as superoxide dismutase (SOD), catalase (CAT) and glutathione peroxidase (GPx), demonstrate positive effects on antioxidant status, markers of oxidative stress and muscle enzymes, which may represent an improvement in performance during the exercise and recovery of animals destined to the practice of equestrian sports. Therefore, a correct physical preparation becomes crucial and antioxidant supplementation may be used to maintain the health and well-being of horses destined to the equestrian endurance practice.


Objetivou-se com esta revisão discutir aspectos da prática de enduro equestre e alternativas para reduzir o estresse oxidativo em cavalos. Caracterizado por um alto esforço aeróbio e exigência dos sistemas orgânicos para manutenção da homeostase, o enduro equestre é uma modalidade de esporte para cavalos que exige grande atenção à preparação física desses animais e deve ser progressiva, atentando-se aos parâmetros fisiológicos para avaliar a adaptação do organismo. Para iniciar a preparação, os animais devem ter pelo menos cinco anos de idade e a duração pode ser em média de três anos. Outro fator que pode ser prejudicial para a saúde e o bem-estar dos cavalos concorrentes é a ocorrência de estresse oxidativo, por acúmulo de radicais livres nos tecidos, gerando lesões musculares pósexercício. A suplementação com antioxidantes tem sido uma alternativa a esta desordem. Vários estudos utilizando compostos ricos em enzimas antioxidantes, como superóxido dismutase (SOD), catalase (CAT) e glutationa peroxidase (GPx), demonstram efeitos positivos no estado antioxidante, marcadores de estresse oxidativo e enzimas musculares, o que pode representar uma melhora no desempenho durante o exercício e recuperação de animais destinados à prática de esportes equestres. Portanto, uma preparação física correta torna-se crucial, podendo-se recorrer à suplementação antioxidante para manter a saúde e o bem-estar dos cavalos destinados à prática de enduro equestre.


Assuntos
Animais , Antioxidantes/análise , Aptidão Física/fisiologia , Cavalos/anatomia & histologia , Cavalos/fisiologia , Estresse Oxidativo
5.
R. cient. eletr. Med. Vet. ; 24: 1-15, jan. 2015. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-691139

Resumo

O objetivo desta revisão sistemática foi avaliar a eficácia das vacinas descritas na literatura para infecções causadas por S. agalactiae em tilápia. Uma busca eletrônica foi realizada utilizando o “Web of Science”, “Scopus”, “PubMed” e “CAB bancos de dados diretos”, abrangendo todos os artigos publicados até março de 2014. O delineamento experimental, a qualidade metodológica, tipo de vacina e os resultados dos estudos foram analisados. Foram avaliados protocolos de vacinação com base na administração intraperitoneal, banho de imersão e de alimentação. Esta revisão sistemática sugere que vacinas administradas por via intraperitoneal apresenta maior eficácia contra a infecção por S. agalactiae. (AU)


The aim of this systematic review was to evaluate the efficacy of the vaccines described in the literature for infections caused by S. agalactiae in tilapia .An electronic search was made of the "Web of Science", "Scopus", "PubMed" and "CAB direct" databasis in February and March 2014. The experimental design, methodological quality, type of vaccine and results of the studies were analyzed. Were evaluated vaccination protocols based on intraperitoneal routes of administration, immersion bath and feed. This systematic review suggests that vaccines administered intraperitoneally showed better efficacy against infection by S. agalactiae. (AU)


Assuntos
Animais , Streptococcus agalactiae , Potência de Vacina , Vacinas/análise , Tilápia/imunologia , Resultado do Tratamento
6.
Rev. cient. eletrônica med. vet ; 24: 1-15, jan. 2015. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1494169

Resumo

O objetivo desta revisão sistemática foi avaliar a eficácia das vacinas descritas na literatura para infecções causadas por S. agalactiae em tilápia. Uma busca eletrônica foi realizada utilizando o “Web of Science”, “Scopus”, “PubMed” e “CAB bancos de dados diretos”, abrangendo todos os artigos publicados até março de 2014. O delineamento experimental, a qualidade metodológica, tipo de vacina e os resultados dos estudos foram analisados. Foram avaliados protocolos de vacinação com base na administração intraperitoneal, banho de imersão e de alimentação. Esta revisão sistemática sugere que vacinas administradas por via intraperitoneal apresenta maior eficácia contra a infecção por S. agalactiae.


The aim of this systematic review was to evaluate the efficacy of the vaccines described in the literature for infections caused by S. agalactiae in tilapia .An electronic search was made of the "Web of Science", "Scopus", "PubMed" and "CAB direct" databasis in February and March 2014. The experimental design, methodological quality, type of vaccine and results of the studies were analyzed. Were evaluated vaccination protocols based on intraperitoneal routes of administration, immersion bath and feed. This systematic review suggests that vaccines administered intraperitoneally showed better efficacy against infection by S. agalactiae.


Assuntos
Animais , Potência de Vacina , Streptococcus agalactiae , Tilápia/imunologia , Vacinas/análise , Resultado do Tratamento
7.
R. cient. eletr. Med. Vet. ; 25: 1-19, jul. 2015. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-691024

Resumo

O objetivo desta revisão sistemática foi descrever o gênero Francisella sp. e suas consequências para a aquicultura. Francisella sp. é um patógeno emergente responsável por grandes perdas econômicas e compreende três espécies vastamente conhecidas: F. tularensis; F philomiragia e F. novicida. Há muito a ser feito para melhor compreender a provável importância da Francisella sp. como causadora de doenças em peixes. Particular atenção deve ser dada a se obter uma melhor compreensão da imunopatogênese da doença a fim de desenvolver vacinas e medidas de controle. (AU)


The aim of this review was to describe the genus Francisella sp., and its consequences to aquaculture. Francisella sp. is an emerging pathogen, which is responsible for large economic losses and it includes three widely known species: F. tularensis; F philomiragia e F. Novicida. There is plenty work to be done to further understand the likely importance of Francisella sp. as a cause of disease in fish. Particular attention should be provided to obtain a better understanding of the immunopathogenesis of the disease for the purpose of developing vaccines and control measures. (AU)


Assuntos
Animais , Francisella , Aquicultura , Noxas , Fauna Aquática , Infecções
8.
Rev. cient. eletrônica med. vet ; 25: 1-19, jul. 2015. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1494206

Resumo

O objetivo desta revisão sistemática foi descrever o gênero Francisella sp. e suas consequências para a aquicultura. Francisella sp. é um patógeno emergente responsável por grandes perdas econômicas e compreende três espécies vastamente conhecidas: F. tularensis; F philomiragia e F. novicida. Há muito a ser feito para melhor compreender a provável importância da Francisella sp. como causadora de doenças em peixes. Particular atenção deve ser dada a se obter uma melhor compreensão da imunopatogênese da doença a fim de desenvolver vacinas e medidas de controle.


The aim of this review was to describe the genus Francisella sp., and its consequences to aquaculture. Francisella sp. is an emerging pathogen, which is responsible for large economic losses and it includes three widely known species: F. tularensis; F philomiragia e F. Novicida. There is plenty work to be done to further understand the likely importance of Francisella sp. as a cause of disease in fish. Particular attention should be provided to obtain a better understanding of the immunopathogenesis of the disease for the purpose of developing vaccines and control measures.


Assuntos
Animais , Aquicultura , Francisella , Noxas , Fauna Aquática , Infecções
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA