Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Ciênc. rural (Online) ; 52(3): e20200753, 2022. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1369610

Resumo

This study evaluated the effects of chromium yeast and digestible lysine levels on the performance and carcass characteristics of finishing pigs. Sixty-four barrows with an initial weight of 72.77 ± 7.20 kg and final weight of 119.44 ± 9.47 kg were used, distributed in a 2 x 2 factorial scheme, with two levels of chromium yeast (Cr0: 0 ppb and Cr800: 800 ppb) and two levels of digestible lysine (L0: recommended level and L+10%: 10%). The recorded air temperature of 30.9 ± 3.7 ºC during the experimental period was considered as heat stress. Performance variables were not influenced (P>0.05); however, L+10% showed an increase (P<0.05) in daily digestible lysine intake. Carcass characteristics of the animals were not influenced (P>0.05) by the chromium or digestible lysine levels. Supplementation with 800 ppb of yeast chromium and a 10% increase in the level of digestible lysine, isolated or associated, did not improve the performance and carcass characteristics of finishing pigs, subjected to high ambient temperatures.


Realizou-se este estudo com o objetivo de avaliar os efeitos de níveis de cromo levedura e lisina digestível, desempenho e características de carcaça de suínos em terminação. Foram utilizados 64 machos castrados com peso inicial de 72,77 ± 7,20 kg e final de 119,44 ± 9,47 kg, distribuídos em esquema fatorial 2 x 2, sendo dois níveis (Cr0: 0 ppb e Cr800: 800 ppb) e dois níveis de lisina digestível (L0: nível recomendado e L+10%: 10%). A temperatura do ar registrada de 30,9 ± 3,7 ºC durante o período experimental foi considerada como de estresse por calor. As variáveis de desempenho não foram influenciadas (P>0,05), contudo L+10% aumentou (P<0,05) o consumo de lisina digestível diário. As características de carcaça dos animais não foram influenciadas (P>0,05) pelos níveis de cromo levedura e lisina digestível. A suplementação de 800 ppb de cromo levedura, e o aumento em 10% do nível de lisina digestível, isolados ou associados, não melhoram o desempenho e as características de carcaça de suínos em terminação submetidos a temperaturas ambientais elevadas.


Assuntos
Animais , Masculino , Suínos/metabolismo , Cromo/efeitos adversos , Dieta/veterinária , Temperatura Alta/efeitos adversos , Lisina/efeitos adversos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA