Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 7 de 7
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Ci. Rural ; 41(6)2011.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-707550

Resumo

The enzymatic browning and firmness loss are the major changes that could affect fresh-cut peaches. The objective was to evaluate the application of L-cysteine (Cis), L-ascorbic acid (AA) and calcium chloride (CC) in the control of browning enzymatic and loss of firmness of minimally processed dried peaches, cv. 'Esmeralda'. The fruits were processed industrially and, after slicing, immersed in treatments: (I) water (control); (II) AA+CC; (III) Cis+CC and (IV) Cis+AA+CC. After, the slices were packed in packages sealed with PVC film 30µm thick and stored for six days at 4±1°C and 85±3% UR. The samples were evaluated for their physical-chemical, enzymatic and sensory aspects every two days. Treatment Cis+AA+CC resulted in higher values of L* and h°, which indicates that it was the most effective in browning prevention. Treatments with L-cysteine resulted in lower activity of polyphenoloxidase (PPO) and treatment Cis+AA+CC was the most effective in containing peroxidase (POD) activity, indicating that the best performance for such treatment is associated with lower activity of PPO and POD. The sensory evaluation indicated that the treatment Cis+AA+CC was the most efficient, providing the maintenance of the sensory characteristics acceptable for fresh-cut peaches, cv. 'Esmeralda'.


O escurecimento enzimático e o amolecimento são as principais alterações que podem afetar pêssegos minimamente processados (MP). Objetivou-se avaliar a aplicação de L-cisteína (Cis), ácido L-ascórbico (AA) e cloreto de cálcio (CC) no controle do escurecimento enzimático e da perda de firmeza de polpa de pêssegos MP, cv. 'Esmeralda'. Os frutos foram processados e, após o fatiamento, imersos nos tratamentos: (I) água (controle); (II) AA+CC; (III) Cis+CC; e, (IV) Cis+AA+CC. Em seguida, as fatias foram acondicionadas em embalagens rígidas envoltas com filme PVC de 30µm de espessura e armazenadas durante seis dias a 4±1°C e 85±3% UR. As amostras foram avaliadas quanto aos aspectos físico-químicos, enzimáticos e sensoriais a cada dois dias. O tratamento Cis+AA+CC resultou em maiores valores de L* e h°, o que indica ter sido o mais eficaz na prevenção do escurecimento. Os tratamentos com L-cisteína resultaram em menor atividade da polifenoloxidase (PPO) e o tratamento Cis+AA+CC foi o mais efetivo na contenção da atividade da peroxidase (POD), indicando que o melhor desempenho desse tratamento está associado à menor atividade de PPO e POD. A avaliação sensorial indicou que o tratamento Cis+AA+CC foi o mais eficiente, proporcionando a manutenção de características sensoriais aceitáveis aos pêssegos MP, cv. 'Esmeralda'.

2.
Ci. Rural ; 41(6)2011.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-707293

Resumo

The enzymatic browning and firmness loss are the major changes that could affect fresh-cut peaches. The objective was to evaluate the application of L-cysteine (Cis), L-ascorbic acid (AA) and calcium chloride (CC) in the control of browning enzymatic and loss of firmness of minimally processed dried peaches, cv. 'Esmeralda'. The fruits were processed industrially and, after slicing, immersed in treatments: (I) water (control); (II) AA+CC; (III) Cis+CC and (IV) Cis+AA+CC. After, the slices were packed in packages sealed with PVC film 30µm thick and stored for six days at 4±1°C and 85±3% UR. The samples were evaluated for their physical-chemical, enzymatic and sensory aspects every two days. Treatment Cis+AA+CC resulted in higher values of L* and h°, which indicates that it was the most effective in browning prevention. Treatments with L-cysteine resulted in lower activity of polyphenoloxidase (PPO) and treatment Cis+AA+CC was the most effective in containing peroxidase (POD) activity, indicating that the best performance for such treatment is associated with lower activity of PPO and POD. The sensory evaluation indicated that the treatment Cis+AA+CC was the most efficient, providing the maintenance of the sensory characteristics acceptable for fresh-cut peaches, cv. 'Esmeralda'.


O escurecimento enzimático e o amolecimento são as principais alterações que podem afetar pêssegos minimamente processados (MP). Objetivou-se avaliar a aplicação de L-cisteína (Cis), ácido L-ascórbico (AA) e cloreto de cálcio (CC) no controle do escurecimento enzimático e da perda de firmeza de polpa de pêssegos MP, cv. 'Esmeralda'. Os frutos foram processados e, após o fatiamento, imersos nos tratamentos: (I) água (controle); (II) AA+CC; (III) Cis+CC; e, (IV) Cis+AA+CC. Em seguida, as fatias foram acondicionadas em embalagens rígidas envoltas com filme PVC de 30µm de espessura e armazenadas durante seis dias a 4±1°C e 85±3% UR. As amostras foram avaliadas quanto aos aspectos físico-químicos, enzimáticos e sensoriais a cada dois dias. O tratamento Cis+AA+CC resultou em maiores valores de L* e h°, o que indica ter sido o mais eficaz na prevenção do escurecimento. Os tratamentos com L-cisteína resultaram em menor atividade da polifenoloxidase (PPO) e o tratamento Cis+AA+CC foi o mais efetivo na contenção da atividade da peroxidase (POD), indicando que o melhor desempenho desse tratamento está associado à menor atividade de PPO e POD. A avaliação sensorial indicou que o tratamento Cis+AA+CC foi o mais eficiente, proporcionando a manutenção de características sensoriais aceitáveis aos pêssegos MP, cv. 'Esmeralda'.

3.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1478635

Resumo

The enzymatic browning and firmness loss are the major changes that could affect fresh-cut peaches. The objective was to evaluate the application of L-cysteine (Cis), L-ascorbic acid (AA) and calcium chloride (CC) in the control of browning enzymatic and loss of firmness of minimally processed dried peaches, cv. 'Esmeralda'. The fruits were processed industrially and, after slicing, immersed in treatments: (I) water (control); (II) AA+CC; (III) Cis+CC and (IV) Cis+AA+CC. After, the slices were packed in packages sealed with PVC film 30µm thick and stored for six days at 4±1°C and 85±3% UR. The samples were evaluated for their physical-chemical, enzymatic and sensory aspects every two days. Treatment Cis+AA+CC resulted in higher values of L* and h°, which indicates that it was the most effective in browning prevention. Treatments with L-cysteine resulted in lower activity of polyphenoloxidase (PPO) and treatment Cis+AA+CC was the most effective in containing peroxidase (POD) activity, indicating that the best performance for such treatment is associated with lower activity of PPO and POD. The sensory evaluation indicated that the treatment Cis+AA+CC was the most efficient, providing the maintenance of the sensory characteristics acceptable for fresh-cut peaches, cv. 'Esmeralda'.


O escurecimento enzimático e o amolecimento são as principais alterações que podem afetar pêssegos minimamente processados (MP). Objetivou-se avaliar a aplicação de L-cisteína (Cis), ácido L-ascórbico (AA) e cloreto de cálcio (CC) no controle do escurecimento enzimático e da perda de firmeza de polpa de pêssegos MP, cv. 'Esmeralda'. Os frutos foram processados e, após o fatiamento, imersos nos tratamentos: (I) água (controle); (II) AA+CC; (III) Cis+CC; e, (IV) Cis+AA+CC. Em seguida, as fatias foram acondicionadas em embalagens rígidas envoltas com filme PVC de 30µm de espessura e armazenadas durante seis dias a 4±1°C e 85±3% UR. As amostras foram avaliadas quanto aos aspectos físico-químicos, enzimáticos e sensoriais a cada dois dias. O tratamento Cis+AA+CC resultou em maiores valores de L* e h°, o que indica ter sido o mais eficaz na prevenção do escurecimento. Os tratamentos com L-cisteína resultaram em menor atividade da polifenoloxidase (PPO) e o tratamento Cis+AA+CC foi o mais efetivo na contenção da atividade da peroxidase (POD), indicando que o melhor desempenho desse tratamento está associado à menor atividade de PPO e POD. A avaliação sensorial indicou que o tratamento Cis+AA+CC foi o mais eficiente, proporcionando a manutenção de características sensoriais aceitáveis aos pêssegos MP, cv. 'Esmeralda'.

4.
Ci. Rural ; 38(8)2008.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-705607

Resumo

Flesh softening, skin browning and rotting are chief problems during cold storage (CS) of 'Fuyu' Persimmon. We studied the effects of boron (B) and calcium (Ca) sprayed on the trees during three consecutive years, on the development of skin cracks, grooves and browning in persimmon fruit under CS in Farroupilha, RS, Brazil (29°31' south, 51°21' west, about 750 m altitude). A homogeneous orchard area of 0.5 ha was delimitated and three sets of five plants for each treatment were randomly selected. The persimmon trees were sprayed at a 20 day interval, from 15th January until harvest, for three consecutive years, with: T1) water; T2) calcium nitrate at 0.5% (m/v); T3) calcium chloride at 0.5% (m/v); and T4) boron at 0.3% (m/v). The fruit were harvest with orange-reddish colour; 18-20°Brix, pulp firmness of 45 to 60N, and kept under CS at 0±1°C for 45 days. The fruits were evaluated immediately before CS, after six hours at 23±2°C after removal from CS, and after four days at 23±2°C after removal from CS. Equally boron and calcium sprayed on the trees prevented skin cracks, skin grooves and skin browning. Besides, when boron was sprayed on the trees, the mentioned effects were additive in the following year.


As principais alterações indesejáveis observadas no período pós-colheita de caquis em armazenamento refrigerado (AR) são a perda de firmeza de polpa, e a ocorrência de escurecimento epidérmico e de podridões. Este trabalho teve por objetivo principal estudar as respostas da aplicação de boro (B) e cálcio (Ca), em três safras sucessivas, na prevenção da ocorrência de fissuras, estrias e escurecimento epidérmico de caquis "Fuyu". No pomar (Farroupilha-RS-Brasil, 29°31' Sul, 51°21' Oeste, aproximadamente 750m altitude) delimitou-se uma área homogênea de 0,5ha., marcando-se, ao acaso, três repetições de cinco plantas para cada tratamento: T1 - controle, caquizeiros não-pulverizados com B e Ca; T2 - pulverizações com Nitrato de Ca 0,5% (m/v); T3 - pulverizações com Cloreto de Ca 0,5% (m/v); e T4 - pulverizações com B 0,3% (m/v). As aplicações foram realizadas em três anos sucessivos a partir de 15 de janeiro a intervalos de 20 dias. Foram colhidos os caquis na coloração alaranjado-avermelhada, com 18-20°Brix e 45 a 60N, que posteriormente foram armazenados em AR a 0±1°C por 45 dias. As avaliações foram realizadas no dia do armazenamento, após seis horas a 23±2°C a partir da retirada AR, e após quatro dias a 23±2°C a partir da retirada do AR. Foi avaliada a ocorrência de frutas com fissuras, estrias e escurecimento epidérmico. Comprovou-se o efeito benéfico da aplicação de B ou Ca na prevenção de fissuras, estrias e escurecimento epidérmico. Adicionalmente, foi detectado o incremento da resposta à aplicação de B, que, além de prevenir (à semelhança das aplicações com Ca), apresentou efeito aditivo no segundo ano. O resultado sugere que as respostas às aplicações com B são progressivas.

5.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1477357

Resumo

Flesh softening, skin browning and rotting are chief problems during cold storage (CS) of 'Fuyu' Persimmon. We studied the effects of boron (B) and calcium (Ca) sprayed on the trees during three consecutive years, on the development of skin cracks, grooves and browning in persimmon fruit under CS in Farroupilha, RS, Brazil (29°31' south, 51°21' west, about 750 m altitude). A homogeneous orchard area of 0.5 ha was delimitated and three sets of five plants for each treatment were randomly selected. The persimmon trees were sprayed at a 20 day interval, from 15th January until harvest, for three consecutive years, with: T1) water; T2) calcium nitrate at 0.5% (m/v); T3) calcium chloride at 0.5% (m/v); and T4) boron at 0.3% (m/v). The fruit were harvest with orange-reddish colour; 18-20°Brix, pulp firmness of 45 to 60N, and kept under CS at 0±1°C for 45 days. The fruits were evaluated immediately before CS, after six hours at 23±2°C after removal from CS, and after four days at 23±2°C after removal from CS. Equally boron and calcium sprayed on the trees prevented skin cracks, skin grooves and skin browning. Besides, when boron was sprayed on the trees, the mentioned effects were additive in the following year.


As principais alterações indesejáveis observadas no período pós-colheita de caquis em armazenamento refrigerado (AR) são a perda de firmeza de polpa, e a ocorrência de escurecimento epidérmico e de podridões. Este trabalho teve por objetivo principal estudar as respostas da aplicação de boro (B) e cálcio (Ca), em três safras sucessivas, na prevenção da ocorrência de fissuras, estrias e escurecimento epidérmico de caquis "Fuyu". No pomar (Farroupilha-RS-Brasil, 29°31' Sul, 51°21' Oeste, aproximadamente 750m altitude) delimitou-se uma área homogênea de 0,5ha., marcando-se, ao acaso, três repetições de cinco plantas para cada tratamento: T1 - controle, caquizeiros não-pulverizados com B e Ca; T2 - pulverizações com Nitrato de Ca 0,5% (m/v); T3 - pulverizações com Cloreto de Ca 0,5% (m/v); e T4 - pulverizações com B 0,3% (m/v). As aplicações foram realizadas em três anos sucessivos a partir de 15 de janeiro a intervalos de 20 dias. Foram colhidos os caquis na coloração alaranjado-avermelhada, com 18-20°Brix e 45 a 60N, que posteriormente foram armazenados em AR a 0±1°C por 45 dias. As avaliações foram realizadas no dia do armazenamento, após seis horas a 23±2°C a partir da retirada AR, e após quatro dias a 23±2°C a partir da retirada do AR. Foi avaliada a ocorrência de frutas com fissuras, estrias e escurecimento epidérmico. Comprovou-se o efeito benéfico da aplicação de B ou Ca na prevenção de fissuras, estrias e escurecimento epidérmico. Adicionalmente, foi detectado o incremento da resposta à aplicação de B, que, além de prevenir (à semelhança das aplicações com Ca), apresentou efeito aditivo no segundo ano. O resultado sugere que as respostas às aplicações com B são progressivas.

6.
Ci. Rural ; 30(1)2000.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-703578

Resumo

The objetive of the work was to evaluate the effect of temperature and controlled atmosphere conditions on the quality of ‘Eldorado peach sighting to increase storage period. The fruits were maintained at -0.5°C and 0.5°C, with relative air humidity of 97%, in cold storage and in controlled atmosphere (CA), under the following conditions: 1.0kPa of O2 and 3.0kPa of CO2; 1.0kPa of O2 and 3.0kPa of CO2 with ethylene elimination (EE); 1.5kPa of O2 and 5.0kPa of CO2; air and 10kPa of CO2, and cold storage. Evaluations of flesh firmness, total soluble solids, titratable acidity, incidence of rot, and internal browning were done after 32 and 46 days of storage, at the opening of the chambers and after three days at shelf life of 25°C. The results showed that ‘Eldoradopeach was not susceptible to low storage temperature damage and the reduction from 0.5°C to -0.5°C conserved the flesh firmness, total soluble solids, total titratable acidity and reduced rots and internal browning incidence. The CA storage maintained higher firmness, total titratable acidity and decreased the internal browning incidence. The elimination of the ethylene during the storage benefit the fruit quality.


O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito de temperaturas e condições de atmosfera controlada sobre a qualidade do pêssego ‘Eldorado, visando a prolongar o período de armazenamento. As frutas foram mantidas a -0,5°C e 0,5°C, com umidade relativa do ar de 97%, sob armazenamento refrigerado e em atmosfera controlada (AC), nas condições de: 1,0kPa de O2 e 3,0kPa de CO2; 1,0kPa de O2 e 3,0kPa de CO2 com eliminação de etileno (EE); 1,5kPa de O2 e 5,0kPa de CO2; ar e 10kPa de CO2, e armazenamento refrigerado convencional (AR). Avaliações de firmeza da polpa, sólidos solúveis totais, acidez total titulável, incidência de podridões e escurecimento de polpa foram realizadas aos 32 e 46 dias de armazenamento, na abertura das câmaras e após exposição das frutas por três dias à temperatura de 25°C. Verificou-se que o ‘Eldorado não foi susceptível à baixa temperatura de armazenamento, e a redução da temperatura de 0,5°C para -0,5°C conservou melhor a firmeza da polpa, sólidos solúveis totais e acidez titulável, além de reduzir a ocorrência de podridão e escurecimento de polpa. A AC manteve melhor a firmeza e a acidez titulável, diminuindo a incidência de escurecimento interno. A eliminação do etileno durante o armazenamento beneficiou a qualidade das frutas.

7.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1475333

Resumo

The objetive of the work was to evaluate the effect of temperature and controlled atmosphere conditions on the quality of ‘Eldorado’ peach sighting to increase storage period. The fruits were maintained at -0.5°C and 0.5°C, with relative air humidity of 97%, in cold storage and in controlled atmosphere (CA), under the following conditions: 1.0kPa of O2 and 3.0kPa of CO2; 1.0kPa of O2 and 3.0kPa of CO2 with ethylene elimination (EE); 1.5kPa of O2 and 5.0kPa of CO2; air and 10kPa of CO2, and cold storage. Evaluations of flesh firmness, total soluble solids, titratable acidity, incidence of rot, and internal browning were done after 32 and 46 days of storage, at the opening of the chambers and after three days at shelf life of 25°C. The results showed that ‘Eldorado’peach was not susceptible to low storage temperature damage and the reduction from 0.5°C to -0.5°C conserved the flesh firmness, total soluble solids, total titratable acidity and reduced rots and internal browning incidence. The CA storage maintained higher firmness, total titratable acidity and decreased the internal browning incidence. The elimination of the ethylene during the storage benefit the fruit quality.


O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito de temperaturas e condições de atmosfera controlada sobre a qualidade do pêssego ‘Eldorado’, visando a prolongar o período de armazenamento. As frutas foram mantidas a -0,5°C e 0,5°C, com umidade relativa do ar de 97%, sob armazenamento refrigerado e em atmosfera controlada (AC), nas condições de: 1,0kPa de O2 e 3,0kPa de CO2; 1,0kPa de O2 e 3,0kPa de CO2 com eliminação de etileno (EE); 1,5kPa de O2 e 5,0kPa de CO2; ar e 10kPa de CO2, e armazenamento refrigerado convencional (AR). Avaliações de firmeza da polpa, sólidos solúveis totais, acidez total titulável, incidência de podridões e escurecimento de polpa foram realizadas aos 32 e 46 dias de armazenamento, na abertura das câmaras e após exposição das frutas por três dias à temperatura de 25°C. Verificou-se que o ‘Eldorado’ não foi susceptível à baixa temperatura de armazenamento, e a redução da temperatura de 0,5°C para -0,5°C conservou melhor a firmeza da polpa, sólidos solúveis totais e acidez titulável, além de reduzir a ocorrência de podridão e escurecimento de polpa. A AC manteve melhor a firmeza e a acidez titulável, diminuindo a incidência de escurecimento interno. A eliminação do etileno durante o armazenamento beneficiou a qualidade das frutas.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA