Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 7 de 7
Filtrar
Mais filtros

Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1487826

Resumo

The objective of this study was to evaluate factors associated with infestation by Amblyomma cajennense on horses in two microregions of the state of Rio de Janeiro. Horses on 62 farms in the municipalities of the Itaguaí and Serrana microregions were evaluated between January and May 2009. The animals were examined to determine the presence of ticks and infestation level. The animals' rearing and management were assessed on each farm property using an epidemiological questionnaire. Out of the 635 horses evaluated, 41.6% were infested with A. cajennense. It was observed that farms in low-altitude regions (OR=3.69; CI: 2.3-5.8), with unsatisfactory zootechnical and sanitary management (OR=5.92; CI: 3.8-9.2) and an extensive rearing system (OR=4.25; CI: 2.1-8.5) were factors associated with tick infestation (p 0.05) and also with cases of high infestation on horses. Use of chemical acaricides on horses was also associated with infestation (p 0.05); the owners described different therapeutic approaches with different treatment intervals. From the present study, low altitudes, unsatisfactory management, extensive rearing and inappropriate use of acaricide products were factors associated with occurrences of A. cajennense at different infestation levels on horses in these municipalities.


O objetivo deste estudo foi avaliar os fatores associados á infestação por Amblyomma cajennense em equinos em duas microrregiões do estado do Rio de Janeiro. Equinos de 62 fazendas nos municípios das microrregiões de Itaguaí e Serrana foram avaliados entre janeiro e maio de 2009. Os animais foram inspecionados quanto á presença e ao nível de infestação destes carrapatos. As condições de criação e o manejo foram avaliados em cada propriedade, por um questionário epidemiológico. Dos 635 equinos avaliados, 41,6% apresentavam-se infestados por A. cajennense. Observou-se que as criações dos animais em regiões de baixas altitudes (OR=3,69, IC: 2,3-5,8), em propriedades com manejo zootécnico e sanitário insatisfatório (OR=5,92, IC: 3,8-9,2) e em sistema de criação extensivo (OR=4,25, IC: 2,1-8,5) foram fatores associados (p 0,05) á infestação, sendo também relacionados á intensa infestação nos equinos. O uso de carrapaticida nos equinos também apresentou associação (p 0,05) á infestação, sendo descritas pelos proprietários, diferentes condutas terapêuticas, em intervalos alternados de tratamento. Baixas altitudes, condição de manejo insatisfatória, criação extensiva e o uso inadequado dos produtos carrapaticidas são fatores associados á ocorrência de A. cajennense em diferentes níveis de infestação nos equinos dos municípios estudados.

2.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-442064

Resumo

The objective of this study was to evaluate factors associated with infestation by Amblyomma cajennense on horses in two microregions of the state of Rio de Janeiro. Horses on 62 farms in the municipalities of the Itaguaí and Serrana microregions were evaluated between January and May 2009. The animals were examined to determine the presence of ticks and infestation level. The animals' rearing and management were assessed on each farm property using an epidemiological questionnaire. Out of the 635 horses evaluated, 41.6% were infested with A. cajennense. It was observed that farms in low-altitude regions (OR=3.69; CI: 2.3-5.8), with unsatisfactory zootechnical and sanitary management (OR=5.92; CI: 3.8-9.2) and an extensive rearing system (OR=4.25; CI: 2.1-8.5) were factors associated with tick infestation (p 0.05) and also with cases of high infestation on horses. Use of chemical acaricides on horses was also associated with infestation (p 0.05); the owners described different therapeutic approaches with different treatment intervals. From the present study, low altitudes, unsatisfactory management, extensive rearing and inappropriate use of acaricide products were factors associated with occurrences of A. cajennense at different infestation levels on horses in these municipalities.


O objetivo deste estudo foi avaliar os fatores associados á infestação por Amblyomma cajennense em equinos em duas microrregiões do estado do Rio de Janeiro. Equinos de 62 fazendas nos municípios das microrregiões de Itaguaí e Serrana foram avaliados entre janeiro e maio de 2009. Os animais foram inspecionados quanto á presença e ao nível de infestação destes carrapatos. As condições de criação e o manejo foram avaliados em cada propriedade, por um questionário epidemiológico. Dos 635 equinos avaliados, 41,6% apresentavam-se infestados por A. cajennense. Observou-se que as criações dos animais em regiões de baixas altitudes (OR=3,69, IC: 2,3-5,8), em propriedades com manejo zootécnico e sanitário insatisfatório (OR=5,92, IC: 3,8-9,2) e em sistema de criação extensivo (OR=4,25, IC: 2,1-8,5) foram fatores associados (p 0,05) á infestação, sendo também relacionados á intensa infestação nos equinos. O uso de carrapaticida nos equinos também apresentou associação (p 0,05) á infestação, sendo descritas pelos proprietários, diferentes condutas terapêuticas, em intervalos alternados de tratamento. Baixas altitudes, condição de manejo insatisfatória, criação extensiva e o uso inadequado dos produtos carrapaticidas são fatores associados á ocorrência de A. cajennense em diferentes níveis de infestação nos equinos dos municípios estudados.

3.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-441990

Resumo

The objective of this study was to evaluate factors associated with infestation by Amblyomma cajennense on horses in two microregions of the state of Rio de Janeiro. Horses on 62 farms in the municipalities of the Itaguaí and Serrana microregions were evaluated between January and May 2009. The animals were examined to determine the presence of ticks and infestation level. The animals' rearing and management were assessed on each farm property using an epidemiological questionnaire. Out of the 635 horses evaluated, 41.6% were infested with A. cajennense. It was observed that farms in low-altitude regions (OR=3.69; CI: 2.3-5.8), with unsatisfactory zootechnical and sanitary management (OR=5.92; CI: 3.8-9.2) and an extensive rearing system (OR=4.25; CI: 2.1-8.5) were factors associated with tick infestation (p 0.05) and also with cases of high infestation on horses. Use of chemical acaricides on horses was also associated with infestation (p 0.05); the owners described different therapeutic approaches with different treatment intervals. From the present study, low altitudes, unsatisfactory management, extensive rearing and inappropriate use of acaricide products were factors associated with occurrences of A. cajennense at different infestation levels on horses in these municipalities.


O objetivo deste estudo foi avaliar os fatores associados á infestação por Amblyomma cajennense em equinos em duas microrregiões do estado do Rio de Janeiro. Equinos de 62 fazendas nos municípios das microrregiões de Itaguaí e Serrana foram avaliados entre janeiro e maio de 2009. Os animais foram inspecionados quanto á presença e ao nível de infestação destes carrapatos. As condições de criação e o manejo foram avaliados em cada propriedade, por um questionário epidemiológico. Dos 635 equinos avaliados, 41,6% apresentavam-se infestados por A. cajennense. Observou-se que as criações dos animais em regiões de baixas altitudes (OR=3,69, IC: 2,3-5,8), em propriedades com manejo zootécnico e sanitário insatisfatório (OR=5,92, IC: 3,8-9,2) e em sistema de criação extensivo (OR=4,25, IC: 2,1-8,5) foram fatores associados (p 0,05) á infestação, sendo também relacionados á intensa infestação nos equinos. O uso de carrapaticida nos equinos também apresentou associação (p 0,05) á infestação, sendo descritas pelos proprietários, diferentes condutas terapêuticas, em intervalos alternados de tratamento. Baixas altitudes, condição de manejo insatisfatória, criação extensiva e o uso inadequado dos produtos carrapaticidas são fatores associados á ocorrência de A. cajennense em diferentes níveis de infestação nos equinos dos municípios estudados.

4.
Ci. Rural ; 39(6)2009.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-706313

Resumo

This study aimed to evaluate buffer capacity (BC), pH and faeces consistency of horses submitted to dietetic starch overload. Six crossbreed mature horses were submitted to starch overload with gastric infusion of 17.6g starch kg-1 body weight through nasogastric tube. Faecal samples were collected, before and at 4, 8, 12, 16, 20, 24, 28, 32 and 36 hours post-overload, and immediately submitted to evaluation of pH, BC and consistency. The pH data were compared by t student test (P 0.05). The BC and fecal consistency were compared by Kruskal-Wallis test (P 0.05) and submitted to regression analysis and Spearman correlation in function of the time after overload. There was faecal pH decreased along 36 hours post-overload (P>0.05), with means values varying from 6.09 to 4.46. Based on the model pH = 6.083 - 0.003t - 0.001t² (R² = 0.634), faecal pH decreased 0.004 per hour, 0.028 to each four hours and 1.404 at 36 hours after overload, respectively. As pH, faeces BC decreased (P 0.05) in function of the time after overload. Positive relationship was observed (r = 0.65; P 0.0001) between pH and BC of faeces. All horses presented normal consistency faeces (score 3) until eight hours after overload, following by reduction (P 0.05) up to 36 hours. Results demonstrated that starch overload reduce faecal consistency, buffer capacity and pH in horses faeces.


Este trabalho teve como objetivo avaliar a capacidade tamponante (CT), o pH e a consistência das fezes em equinos submetidos à sobrecarga dietética com amido. Seis equinos adultos foram submetidos à sobrecarga com infusão gástrica de 17,6g de amido kg-1 de peso corporal através de sonda nasogástrica. Amostras fecais foram coletadas, antes e quatro, oito, 12, 16, 20, 24, 28, 32 e 36 horas pós-sobrecarga, e imediatamente submetidas à avaliação do pH, da CT e da consistência. Os resultados de pH foram comparados pelo teste t de student (P 0,05). Já os resultados da CT e consistência fecal foram comparados pelo teste de Kruskal-Wallis (P 0,05) e submetidos à análise de regressão e correlação de Spearman em função do tempo após a sobrecarga. Houve redução (P>0,05) no pH fecal ao longo de 36 horas pós-sobrecarga, com valores médios variando de 6,09 a 4,46. A partir do modelo pH = 6,083 - 0,003t - 0,001t² (R² = 0,634), houve decréscimo de 0,004 no pH fecal a cada hora, de 0,028 a cada quatro horas e de 1,404 ao final de 36 horas após a sobrecarga, respectivamente. Além do pH, houve redução (P 0,05) na CT das fezes, em função do tempo após a sobrecarga. Observou-se correlação positiva (r=0,65; P 0,0001) entre o pH e a CT das fezes. Todos os equinos apresentaram fezes de consistência normal (escore 3) até a oitava hora após a sobrecarga. Posteriormente, esses animais apresentaram redução na consistência fecal (P 0,05) até 36 horas. Os resultados demonstram que a sobrecarga dietética com amido promove redução na consistência fecal, na capacidade tampão e consequentemente no pH das fezes em equinos.

5.
Ci. Rural ; 39(6)2009.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-706015

Resumo

This study aimed to evaluate buffer capacity (BC), pH and faeces consistency of horses submitted to dietetic starch overload. Six crossbreed mature horses were submitted to starch overload with gastric infusion of 17.6g starch kg-1 body weight through nasogastric tube. Faecal samples were collected, before and at 4, 8, 12, 16, 20, 24, 28, 32 and 36 hours post-overload, and immediately submitted to evaluation of pH, BC and consistency. The pH data were compared by t student test (P 0.05). The BC and fecal consistency were compared by Kruskal-Wallis test (P 0.05) and submitted to regression analysis and Spearman correlation in function of the time after overload. There was faecal pH decreased along 36 hours post-overload (P>0.05), with means values varying from 6.09 to 4.46. Based on the model pH = 6.083 - 0.003t - 0.001t² (R² = 0.634), faecal pH decreased 0.004 per hour, 0.028 to each four hours and 1.404 at 36 hours after overload, respectively. As pH, faeces BC decreased (P 0.05) in function of the time after overload. Positive relationship was observed (r = 0.65; P 0.0001) between pH and BC of faeces. All horses presented normal consistency faeces (score 3) until eight hours after overload, following by reduction (P 0.05) up to 36 hours. Results demonstrated that starch overload reduce faecal consistency, buffer capacity and pH in horses faeces.


Este trabalho teve como objetivo avaliar a capacidade tamponante (CT), o pH e a consistência das fezes em equinos submetidos à sobrecarga dietética com amido. Seis equinos adultos foram submetidos à sobrecarga com infusão gástrica de 17,6g de amido kg-1 de peso corporal através de sonda nasogástrica. Amostras fecais foram coletadas, antes e quatro, oito, 12, 16, 20, 24, 28, 32 e 36 horas pós-sobrecarga, e imediatamente submetidas à avaliação do pH, da CT e da consistência. Os resultados de pH foram comparados pelo teste t de student (P 0,05). Já os resultados da CT e consistência fecal foram comparados pelo teste de Kruskal-Wallis (P 0,05) e submetidos à análise de regressão e correlação de Spearman em função do tempo após a sobrecarga. Houve redução (P>0,05) no pH fecal ao longo de 36 horas pós-sobrecarga, com valores médios variando de 6,09 a 4,46. A partir do modelo pH = 6,083 - 0,003t - 0,001t² (R² = 0,634), houve decréscimo de 0,004 no pH fecal a cada hora, de 0,028 a cada quatro horas e de 1,404 ao final de 36 horas após a sobrecarga, respectivamente. Além do pH, houve redução (P 0,05) na CT das fezes, em função do tempo após a sobrecarga. Observou-se correlação positiva (r=0,65; P 0,0001) entre o pH e a CT das fezes. Todos os equinos apresentaram fezes de consistência normal (escore 3) até a oitava hora após a sobrecarga. Posteriormente, esses animais apresentaram redução na consistência fecal (P 0,05) até 36 horas. Os resultados demonstram que a sobrecarga dietética com amido promove redução na consistência fecal, na capacidade tampão e consequentemente no pH das fezes em equinos.

6.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1477687

Resumo

This study aimed to evaluate buffer capacity (BC), pH and faeces consistency of horses submitted to dietetic starch overload. Six crossbreed mature horses were submitted to starch overload with gastric infusion of 17.6g starch kg-1 body weight through nasogastric tube. Faecal samples were collected, before and at 4, 8, 12, 16, 20, 24, 28, 32 and 36 hours post-overload, and immediately submitted to evaluation of pH, BC and consistency. The pH data were compared by t student test (P 0.05). The BC and fecal consistency were compared by Kruskal-Wallis test (P 0.05) and submitted to regression analysis and Spearman correlation in function of the time after overload. There was faecal pH decreased along 36 hours post-overload (P>0.05), with means values varying from 6.09 to 4.46. Based on the model pH = 6.083 - 0.003t - 0.001t² (R² = 0.634), faecal pH decreased 0.004 per hour, 0.028 to each four hours and 1.404 at 36 hours after overload, respectively. As pH, faeces BC decreased (P 0.05) in function of the time after overload. Positive relationship was observed (r = 0.65; P 0.0001) between pH and BC of faeces. All horses presented normal consistency faeces (score 3) until eight hours after overload, following by reduction (P 0.05) up to 36 hours. Results demonstrated that starch overload reduce faecal consistency, buffer capacity and pH in horses faeces.


Este trabalho teve como objetivo avaliar a capacidade tamponante (CT), o pH e a consistência das fezes em equinos submetidos à sobrecarga dietética com amido. Seis equinos adultos foram submetidos à sobrecarga com infusão gástrica de 17,6g de amido kg-1 de peso corporal através de sonda nasogástrica. Amostras fecais foram coletadas, antes e quatro, oito, 12, 16, 20, 24, 28, 32 e 36 horas pós-sobrecarga, e imediatamente submetidas à avaliação do pH, da CT e da consistência. Os resultados de pH foram comparados pelo teste t de student (P 0,05). Já os resultados da CT e consistência fecal foram comparados pelo teste de Kruskal-Wallis (P 0,05) e submetidos à análise de regressão e correlação de Spearman em função do tempo após a sobrecarga. Houve redução (P>0,05) no pH fecal ao longo de 36 horas pós-sobrecarga, com valores médios variando de 6,09 a 4,46. A partir do modelo pH = 6,083 - 0,003t - 0,001t² (R² = 0,634), houve decréscimo de 0,004 no pH fecal a cada hora, de 0,028 a cada quatro horas e de 1,404 ao final de 36 horas após a sobrecarga, respectivamente. Além do pH, houve redução (P 0,05) na CT das fezes, em função do tempo após a sobrecarga. Observou-se correlação positiva (r=0,65; P 0,0001) entre o pH e a CT das fezes. Todos os equinos apresentaram fezes de consistência normal (escore 3) até a oitava hora após a sobrecarga. Posteriormente, esses animais apresentaram redução na consistência fecal (P 0,05) até 36 horas. Os resultados demonstram que a sobrecarga dietética com amido promove redução na consistência fecal, na capacidade tampão e consequentemente no pH das fezes em equinos.

7.
R. bras. Ci. Vet. ; 14(3)2007.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-712417

Resumo

O presente trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar o balanço hídrico e de nitrogênio em eqüinos. Foram utilizadosquatro eqüinos mestiços, com a idade de 30 meses e pesando em média 200±2,2kg. Os eqüinos foram alimentados comquatro dietas: Dieta I - feno de tifton-85; Dieta II feno de tifton-85 e feno de alfafa; Dieta III feno de tifton-85, feno de alfafa eração concentrada; e Dieta IV feno de tifton-85 e ração concentrada. Nos eqüinos alimentados com a dieta composta por fenode tifton-85 e feno de alfafa, ocorreu maior excreção de água nas fezes. Entretanto, os valores do balanço hídrico foramsemelhantes indicando que a manipulação da dieta pode alterar a via de excreção de água sem afetar o balanço hídrico dosanimais. Não foram observadas diferenças (P>0,05) nas quantidades de compostos nitrogenados absorvidos e retidos,indicando o ajuste no consumo da proteína dietética entre as diferentes dietas.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA