Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 6 de 6
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Intervalo de ano de publicação
1.
Ciênc. Anim. (Impr.) ; 29(1,supl.1): 60-64, 2019. graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1472480

Resumo

As espécies reativas de oxigênio (EROs) são radicais livres derivadas do oxigênio. O fármaco Alopurinol (ALO) possui um efeito inibidor da enzima Xantina Oxidase, uma das vias da produção de EROs. Para combater esse ataque oxidativo no nosso organismo, existe uma defesa antioxidante enzimática, composta pelas enzimas Superóxido dismutase (SOD), Catalase (CAT) e Glutationa Peroxidase (GPX). O objetivo do presente estudo foi analisar os efeitos do alopurinol na defesa antioxidante no fígado de ratos Wistar. Foram utilizados 20 ratos machos divididos em dois grupos: Controle (C) e Alopurinol (ALO). A droga foi administrada para os animais do grupo ALO, enquanto que no grupo C houve uma administração de veículo (salina), ambos durante 3 dias. Os resultados apontaram uma redução significativa na atividade das enzimas antioxidantes no grupo ALO em comparação ao grupo C. A partir desses resultados sugeriu-se que o alopurinol foi eficiente na inibição de EROs.


Reactive oxygen species (ROS) are free radicals derived from oxygen. The drug Allopurinol (ALO) has an inhibitory effect of the enzyme Xanthine Oxidase, one of the routes of ROS production. To combat this oxidative attack in our body, there is an enzymatic antioxidant defense, composed by the enzymes Superoxide dismutase (SOD), Catalase (CAT) and Glutathione Peroxidase (GPX). The aim of the present study was to analyze the effects of allopurinol on the antioxidant defense in the liver of Wistar rats. Twenty male rats were divided into two groups: Control (C) and Allopurinol (ALO). The drug was administered to the animals of the ALO group, while in group C there was a vehicle (saline) administration, both for 3 days. The results indicated a significant reduction in the activity of the antioxidant enzymes in the ALO group compared to the group C. From these results it was suggested that allopurinol was efficient in inhibiting ROS.


Assuntos
Masculino , Animais , Ratos , Alopurinol/administração & dosagem , Alopurinol/uso terapêutico , Antioxidantes , Espécies Reativas de Oxigênio/antagonistas & inibidores , Fígado , Ratos Wistar/metabolismo
2.
Ciênc. Anim. (Impr.) ; 29(1,supl.1): 65-69, 2019. ilus, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1472481

Resumo

MicroRNAs são pequenas moléculas de RNA que atuam na regulação e silenciamento gênico em organismos eucariotos. Na atividade física a compreensão da expressão de microRNAs pode ser relevante para entendimento da sua fisiologia. Feito o transcriptoma do exercício exaustivo agudo em Rattus norvegicus, buscou-se analisar a expressão diferencial (através do valor obtido de Fold-Change) de microRNAs, com o auxílio de avaliação estatística multivariada, em ambiente R. Os métodos usados mostraram expressão de 71 miRNAs. Destes, destacaram-se 6 (por análise PCoA) e dois microRNAs: mir145 e mir186 (por análise de expressão diferencial, EBseq). Concluiu-se que com os métodos usados (PCoA, Permanova e Simper) foi possível analisar a expressão diferencial de microRNAs e destacar possíveis alvos de estudo para o exercício experimental extenuante.


MicroRNAs are small molecules of RNA that act on the regulation and gene silencing in eukaryotic organisms. In physical activity the understanding of the expression of microRNAs may be relevant to understanding their physiology. The transcriptome of acute exhaustive exercise in Rattus norvegicus was used to analyze the differential expression (through the Fold-Change value obtained) of microRNAs, with the aid of multivariate statistical evaluation, in the R environment. The methods used showed expression of 71 miRNAs. Of these, six (by PCoA analysis) and two microRNAs: mir145 and mir186 (by differential expression analysis, EBseq) were highlighted. It was concluded that with the methods used (PCoA, Permanova and Simper) it was possible to analyze the differential expression of microRNAs and to highlight possible study targets for the strenuous experimental exercise.


Assuntos
Animais , Ratos , Análise Multivariada , Exercício Físico/fisiologia , Expressão Gênica/fisiologia , MicroRNAs/análise , Músculo Esquelético/fisiologia , Ratos/fisiologia
3.
Ciênc. Anim. (Impr.) ; 29(1,supl.1): 65-69, 2019. ilus, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-21591

Resumo

MicroRNAs são pequenas moléculas de RNA que atuam na regulação e silenciamento gênico em organismos eucariotos. Na atividade física a compreensão da expressão de microRNAs pode ser relevante para entendimento da sua fisiologia. Feito o transcriptoma do exercício exaustivo agudo em Rattus norvegicus, buscou-se analisar a expressão diferencial (através do valor obtido de Fold-Change) de microRNAs, com o auxílio de avaliação estatística multivariada, em ambiente R. Os métodos usados mostraram expressão de 71 miRNAs. Destes, destacaram-se 6 (por análise PCoA) e dois microRNAs: mir145 e mir186 (por análise de expressão diferencial, EBseq). Concluiu-se que com os métodos usados (PCoA, Permanova e Simper) foi possível analisar a expressão diferencial de microRNAs e destacar possíveis alvos de estudo para o exercício experimental extenuante.(AU)


MicroRNAs are small molecules of RNA that act on the regulation and gene silencing in eukaryotic organisms. In physical activity the understanding of the expression of microRNAs may be relevant to understanding their physiology. The transcriptome of acute exhaustive exercise in Rattus norvegicus was used to analyze the differential expression (through the Fold-Change value obtained) of microRNAs, with the aid of multivariate statistical evaluation, in the R environment. The methods used showed expression of 71 miRNAs. Of these, six (by PCoA analysis) and two microRNAs: mir145 and mir186 (by differential expression analysis, EBseq) were highlighted. It was concluded that with the methods used (PCoA, Permanova and Simper) it was possible to analyze the differential expression of microRNAs and to highlight possible study targets for the strenuous experimental exercise.(AU)


Assuntos
Animais , Ratos , MicroRNAs/análise , Exercício Físico/fisiologia , Ratos/fisiologia , Expressão Gênica/fisiologia , Músculo Esquelético/fisiologia , Análise Multivariada
4.
Ciênc. Anim. (Impr.) ; 29(1,supl.1): 60-64, 2019. graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-21585

Resumo

As espécies reativas de oxigênio (EROs) são radicais livres derivadas do oxigênio. O fármaco Alopurinol (ALO) possui um efeito inibidor da enzima Xantina Oxidase, uma das vias da produção de EROs. Para combater esse ataque oxidativo no nosso organismo, existe uma defesa antioxidante enzimática, composta pelas enzimas Superóxido dismutase (SOD), Catalase (CAT) e Glutationa Peroxidase (GPX). O objetivo do presente estudo foi analisar os efeitos do alopurinol na defesa antioxidante no fígado de ratos Wistar. Foram utilizados 20 ratos machos divididos em dois grupos: Controle (C) e Alopurinol (ALO). A droga foi administrada para os animais do grupo ALO, enquanto que no grupo C houve uma administração de veículo (salina), ambos durante 3 dias. Os resultados apontaram uma redução significativa na atividade das enzimas antioxidantes no grupo ALO em comparação ao grupo C. A partir desses resultados sugeriu-se que o alopurinol foi eficiente na inibição de EROs.(AU)


Reactive oxygen species (ROS) are free radicals derived from oxygen. The drug Allopurinol (ALO) has an inhibitory effect of the enzyme Xanthine Oxidase, one of the routes of ROS production. To combat this oxidative attack in our body, there is an enzymatic antioxidant defense, composed by the enzymes Superoxide dismutase (SOD), Catalase (CAT) and Glutathione Peroxidase (GPX). The aim of the present study was to analyze the effects of allopurinol on the antioxidant defense in the liver of Wistar rats. Twenty male rats were divided into two groups: Control (C) and Allopurinol (ALO). The drug was administered to the animals of the ALO group, while in group C there was a vehicle (saline) administration, both for 3 days. The results indicated a significant reduction in the activity of the antioxidant enzymes in the ALO group compared to the group C. From these results it was suggested that allopurinol was efficient in inhibiting ROS.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Ratos , Ratos Wistar/metabolismo , Fígado , Espécies Reativas de Oxigênio/antagonistas & inibidores , Alopurinol/administração & dosagem , Alopurinol/uso terapêutico , Antioxidantes
5.
Ciênc. Anim. (Impr.) ; 28(2): 3-10, 2018. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1472369

Resumo

As órteses ortopédicas funcionam como recursos terapêuticos dando suporte a algum membro corporal, que esteja acometido para complementar e permitir uma adequada reabilitação, com o objetivo de imobilizar, corrigir desvios, proteger ou bloquear determinadas estruturas, que possuem movimentos não fisiológicos. O objetivo deste trabalho foi analisar o impacto da órtese ortopédica na densidade mineral óssea de ratas submetidas ao treinamento de corrida. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética para oUso de Animais da Universidade Estadual do Ceará, sob o protocolo nº 6923877 de 28/10/2016. Foram utilizadas 22 ratas, fêmeas, Wistar, massa corporal entre 210±10g. Os animais foram divididos aleatoriamente em 3 grupos: Controle (CTR), Treinado (TRE) e Treinado com Órtese (TRO).Os animais do grupo CTR não realizaram o treino; os grupos TRE e TRO foram submetidos ao treinamento moderado de corrida. O treino ocorreu por três semanas em que a 1ª semana consistiu de uma adaptação em esteira. As duas semanas seguintes, os animais passaram por um teste de esforço no primeiro dia da semana, e nos cinco dias seguintes, por um treinamento de corrida à 60% da capacidade de esforço máximo. O teste de esforço consistiu em etapas de corridas contínuas, com um incremento de 0,2km/h na intensidade do exercício, até que o animal atingisse a exaustão. Após esse período, os animais foram anestesiados e posteriormente sacrificados, para a remoção do fêmur e da tíbia das patas traseiras (direita e esquerda). Das seguintes áreas foram analisadas: epífise (proximal e distal), diáfise e comprimento ósseo. Para análise estatística utilizou-se ANOVA One way, com teste Brown-Forsythee Kruskal-Wallis, considerando diferença com p<0,05. Os resultados foram expressos em média ± erro padrão da média. Verificou-se que estruturalmente houve poucas alterações métricas nas áreas analisadas, destacando-se a redução diafisária na tíbia e no fêmur do grupo TER, em comparação ao CTR.


Orthopedic orthoses act as therapeutic resources supporting a stricken limb to complement and allow adequate rehabilitation, with the purpose of immobilizing, correcting deviations, protecting or blocking certain structures that have non-physiological movements. The objective of this study was to analyze the impact of orthopedic orthosis on the bone mineral density of rats submitted to running training. The project was approved by the Ethics Committee for the Use of Animals of the State University of Ceará, under the protocol no6923877 of 10/28/2016. Twenty-two female Wistar rats, with the body mass between 210 ± 10g were used. The animals were randomly divided into 3 groups: Control (CTR), Trained (TRE) and Trained with Orthosis (ORT). The animals of the CTR group did not perform the training; the TRE and TRO groups underwent moderate race training. The training took place for three weeks where the first week consisted of a treadmill adaptation. Over the next two weeks the animals underwent a stress test onthe first day of the week, and on the next five days, for a training course at 60% of the maximum exertion capacity. The exercise test consisted of continuous races with an increase of 0.2km/h in the intensity of the exercise, until the animal reached exhaustion. After this period, the animals were anesthetized and later dissected to remove the femur and tibia from the hind paws (right and left). The following areas were analyzed: epiphysis (proximal and distal), diaphysis and bone length. Statistical analysis was used ANOVA One way with Brown-Forsythe and Kruskal-Wallis test, considering difference with p <0.05. Results were expressed as average ± standard error. It was verified that structurally there were few metric alterations in the analyzed areas, emphasizing diaphysis reduction in the tibia and femur of the TRE group in comparison to the CTR. Moreover, epiphyseal increase in the femur of the TRE group in relation to the CTR.


Assuntos
Animais , Aparelhos Ortopédicos/veterinária , Corrida , Densidade Óssea , Ratos Wistar , Teste de Esforço/veterinária
6.
Ciênc. Anim. (Impr.) ; 28(2): 3-10, 2018. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-19946

Resumo

As órteses ortopédicas funcionam como recursos terapêuticos dando suporte a algum membro corporal, que esteja acometido para complementar e permitir uma adequada reabilitação, com o objetivo de imobilizar, corrigir desvios, proteger ou bloquear determinadas estruturas, que possuem movimentos não fisiológicos. O objetivo deste trabalho foi analisar o impacto da órtese ortopédica na densidade mineral óssea de ratas submetidas ao treinamento de corrida. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética para oUso de Animais da Universidade Estadual do Ceará, sob o protocolo nº 6923877 de 28/10/2016. Foram utilizadas 22 ratas, fêmeas, Wistar, massa corporal entre 210±10g. Os animais foram divididos aleatoriamente em 3 grupos: Controle (CTR), Treinado (TRE) e Treinado com Órtese (TRO).Os animais do grupo CTR não realizaram o treino; os grupos TRE e TRO foram submetidos ao treinamento moderado de corrida. O treino ocorreu por três semanas em que a 1ª semana consistiu de uma adaptação em esteira. As duas semanas seguintes, os animais passaram por um teste de esforço no primeiro dia da semana, e nos cinco dias seguintes, por um treinamento de corrida à 60% da capacidade de esforço máximo. O teste de esforço consistiu em etapas de corridas contínuas, com um incremento de 0,2km/h na intensidade do exercício, até que o animal atingisse a exaustão. Após esse período, os animais foram anestesiados e posteriormente sacrificados, para a remoção do fêmur e da tíbia das patas traseiras (direita e esquerda). Das seguintes áreas foram analisadas: epífise (proximal e distal), diáfise e comprimento ósseo. Para análise estatística utilizou-se ANOVA One way, com teste Brown-Forsythee Kruskal-Wallis, considerando diferença com p<0,05. Os resultados foram expressos em média ± erro padrão da média. Verificou-se que estruturalmente houve poucas alterações métricas nas áreas analisadas, destacando-se a redução diafisária na tíbia e no fêmur do grupo TER, em comparação ao CTR.(AU)


Orthopedic orthoses act as therapeutic resources supporting a stricken limb to complement and allow adequate rehabilitation, with the purpose of immobilizing, correcting deviations, protecting or blocking certain structures that have non-physiological movements. The objective of this study was to analyze the impact of orthopedic orthosis on the bone mineral density of rats submitted to running training. The project was approved by the Ethics Committee for the Use of Animals of the State University of Ceará, under the protocol no6923877 of 10/28/2016. Twenty-two female Wistar rats, with the body mass between 210 ± 10g were used. The animals were randomly divided into 3 groups: Control (CTR), Trained (TRE) and Trained with Orthosis (ORT). The animals of the CTR group did not perform the training; the TRE and TRO groups underwent moderate race training. The training took place for three weeks where the first week consisted of a treadmill adaptation. Over the next two weeks the animals underwent a stress test onthe first day of the week, and on the next five days, for a training course at 60% of the maximum exertion capacity. The exercise test consisted of continuous races with an increase of 0.2km/h in the intensity of the exercise, until the animal reached exhaustion. After this period, the animals were anesthetized and later dissected to remove the femur and tibia from the hind paws (right and left). The following areas were analyzed: epiphysis (proximal and distal), diaphysis and bone length. Statistical analysis was used ANOVA One way with Brown-Forsythe and Kruskal-Wallis test, considering difference with p <0.05. Results were expressed as average ± standard error. It was verified that structurally there were few metric alterations in the analyzed areas, emphasizing diaphysis reduction in the tibia and femur of the TRE group in comparison to the CTR. Moreover, epiphyseal increase in the femur of the TRE group in relation to the CTR.(AU)


Assuntos
Animais , Ratos Wistar , Aparelhos Ortopédicos/veterinária , Densidade Óssea , Teste de Esforço/veterinária , Corrida
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA