Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 27
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Bol. ind. anim. (Impr.) ; 79: e1510, 2022. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1402783

Resumo

In this study we aimed to evaluate the influence of environmental differences caused by day shifts on the physiological indicators of crossbred ½ Santa Inês × ½ Dorper sheep raised in a semi-intensive system. For this, 12 animals with an average weight of 35.00 ± 5.00 kg were allocated in a completely randomized design, with two treatments (morning shift and afternoon shift) and six replicates per treatment. The environmental variables (temperature (ºC) and relative humidity (%)) were collected using a digital thermo-hygrometer. The black globe temperature and humidity index was calculated using temperature values of the black globe thermometer and dew point. The following physiological indicators were measured in the animals: respiratory rate (mov/min); heart rate (beats/min); rectal temperature (ºC); and surface temperature (ºC). In the morning shift, the average values of air temperature and relative humidity were 31.71ºC and 88.66%, respectively. In the afternoon, the average air temperature was 33.91ºC, while the relative humidity was 62.66%. The highest mean globe temperature and humidity index was observed in the afternoon shift (87.75). The physiological indicators showed the highest mean values in the afternoon shift: respiratory rate 73.72 mov/min; heart rate 81.27 beats/min; rectal temperature 39.98ºC; surface temperature 34.76ºC. The crossbred ½ Santa Inês × ½ Dorper sheep reared in a semi-intensive system showed signs of thermal discomfort.


Objetivou-se com esta pesquisa avaliar a influência das diferenças ambientais proporcionadas pelos turnos do dia sobre os indicadores fisiológicos de ovinos mestiços ½Santa Inês × ½Dorper criados em sistema semi-intensivo. Para isso, foram utilizados 12 animais, com peso médio de 35,00 ± 5,00 Kg, alocados em delineamento inteiramente casualizado, com dois tratamentos (turno manhã e turno tarde) e seis repetições por tratamento. As variáveis ambientais, temperatura (ºC) e umidade relativa do ar (%), foram coletadas com o uso de um termo-higrômetro digital. O índice de temperatura de globo negro e umidade foi calculado usando os valores da temperatura do termômetro de globo negro e do ponto de orvalho. Os indicadores fisiológicos mensurados nos animais foram às frequências, respiratória (mov./min.) e cardíaca (bat./min.), a temperatura retal (ºC) e a temperatura superficial (ºC). As médias para temperatura do ar foram, respectivamente, 31,71ºC e 33,91ºC para os turnos manhã e tarde, enquanto que a umidade relativa do ar foi de 88,66% e 62,66%, nessa mesma ordem. A média para o índice de temperatura de globo e umidade foi superior no turno tarde, com valor igual a 87,75. Os indicadores fisiológicos apresentaram maiores médias para o turno tarde, apresentando valores de 73,72 mov./min., 81,27 bat./min., 39,98ºC e 34,76ºC para frequência respiratória, frequência cardíaca, temperatura retal e temperatura superficial, respectivamente. Os ovinos mestiços ½Santa Inês x ½Dorper criados em sistema semi-intensivo apresentaram sinais de desconforto término.


Assuntos
Animais , Ovinos/fisiologia , Transtornos de Estresse por Calor/prevenção & controle , Transtornos de Estresse por Calor/veterinária , Temperatura Alta/efeitos adversos , Bem-Estar do Animal , Umidade
2.
J. Anim. Behav. Biometeorol ; 10(1): 2106, jan. 2022. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1438126

Resumo

The use of adapted breeds, such as Santa Inês, is of paramount importance for regions with high temperatures because they develop efficient mechanisms for heat dissipation. Furthermore, some breeds have physiological adaptations, such as more efficient mechanisms for the digestion of fibrous foods (e.g. Rabo Largo), which can reduce the harmful effects of semiarid environments. We studied the ingestive behaviour, water consumption, and physiological parameters during feeding of two native sheep breeds fed diets containing high (700 g/kg DM; HC diet) or low (300 g/kg DM; LC diet) percentages of concentrates, based on dry matter (DM). A total of 40 uncastrated male lambs (20 Rabo Largo [breed 1] and 20 Santa Inês [breed 2], with an average body weight of 16.68 ± 2.78 kg, and 19.29 kg ± 3.28 kg, respectively), were distributed in a randomised block design in a two-by-two factorial scheme (breeds × diets) with 10 repetitions. Santa Inês lambs consumed and ruminated DM (P = 0.029 for both) and neutral detergent fibre (NDF; P = 0.001 and P = 0.004, respectively) more efficiently than RaboLargo lambs, while the latter showed an increase in respiratory rate (+19 breaths/min) and rectal temperature (+1.3 °C) compared to the Santa Inês lambs (P = 0.001). The HC diet negatively affected (P < 0.05) the feeding behaviour of the animals, reflecting the higher (P < 0.05) water consumption. The results showed that diets rich in concentrate negatively affected the thermoregulation of lambs. Santa Inês have greater feed and thermoregulatory efficiency than Rabo Largo lambs under conditions of heat stress in the feedlot.(AU)


Assuntos
Animais , Ovinos/fisiologia , Ingestão de Líquidos/fisiologia , Comportamento Alimentar/fisiologia , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Animal/fisiologia , Bem-Estar do Animal
3.
J. Anim. Behav. Biometeorol ; 10(1): 1-9, jan. 2022. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1484115

Resumo

The use of adapted breeds, such as Santa Inês, is of paramount importance for regions with high temperatures because they develop efficient mechanisms for heat dissipation. Furthermore, some breeds have physiological adaptations, such as more efficient mechanisms for the digestion of fibrous foods (e.g. Rabo Largo), which can reduce the harmful effects of semiarid environments. We studied the ingestive behaviour, water consumption, and physiological parameters during feeding of two native sheep breeds fed diets containing high (700 g/kg DM; HC diet) or low (300 g/kg DM; LC diet) percentages of concentrates, based on dry matter (DM). A total of 40 uncastrated male lambs (20 Rabo Largo [breed 1] and 20 Santa Inês [breed 2], with an average body weight of 16.68 ± 2.78 kg, and 19.29 kg ± 3.28 kg, respectively), were distributed in a randomised block design in a two-by-two factorial scheme (breeds × diets) with 10 repetitions. Santa Inês lambs consumed and ruminated DM (P = 0.029 for both) and neutral detergent fibre (NDF; P = 0.001 and P = 0.004, respectively) more efficiently than RaboLargo lambs, while the latter showed an increase in respiratory rate (+19 breaths/min) and rectal temperature (+1.3 °C) compared to the Santa Inês lambs (P = 0.001). The HC diet negatively affected (P < 0.05) the feeding behaviour of the animals, reflecting the higher (P < 0.05) water consumption. The results showed that diets rich in concentrate negatively affected the thermoregulation of lambs. Santa Inês have greater feed and thermoregulatory efficiency than Rabo Largo lambs under conditions of heat stress in the feedlot.


Assuntos
Masculino , Animais , Comportamento Alimentar/fisiologia , Comportamento de Ingestão de Líquido/fisiologia , Dieta/veterinária , Ovinos/fisiologia
4.
Ciênc. anim. bras. (Impr.) ; 21: e, 23 mar. 2020. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1473776

Resumo

Objetivou-se com esta pesquisa avaliar a composição química e a degradação in situ do feno de pindoba de babaçu submetido à amonização com três doses de ureia na matéria seca (MS) (2, 4 e 6%) nas alturas de 0 - 1,5 e 1,6 - 3,0 metros. Para avaliação da degradação, pesou-se 4 g de amostra em sacos de náilon, incubados no rúmen de dois bovinos fistulados, nos tempos 6, 24 e 72 h com 5 repetições por tratamento. A amonização com ureia elevou (P<0,05) os teores de proteína bruta (PB) do feno de pindoba de babaçu, porém não influenciou os teores de fibra em detergente neutro (FDNcp) e ácido (FDAcp) livres de nitrogênio, com aumento dessas frações quanto mais alta a forrageira. A degradação potencial da MS foi elevada, com destaque para o tratamento com 4% na MS e altura de 0 - 1,5m (28,45%). A amonização reduziu o tempo de colonização (lag) da FDN (00 h 48 min para altura de 0 - 1,5m) e elevou a fração degradável (Bp). O feno de pindoba de babaçu apresenta melhor degradação potencial e efetiva da MS, PB e FDN quando obtido em altura até 1,5 m e submetido à amonização com doses acima de 4% de ureia, sendo indicados essa altura e esse nível de alcalinização para se obter um feno de melhor qualidade.


The objective of this research was to evaluate the chemical composition and in situ degradation of pindoba babaçu hay submitted to ammonization with three doses of dry matter (DM) urea (2, 4 and 6%) at heights of 0 - 1.5 and 1.6 - 3.0 meters. To evaluate the degradation, 4 g of sample were weighed in nylon bags, incubated in the rumen of two fistulated cattle, at 6, 24 and 72 h, with 5 replications per treatment. Urea ammonization increased (P<0.05) the crude protein (CP) contents of pindoba babassu hay, but did not influence the nitrogen-free (NDFc) and acid (ADFc) detergent fiber contents with the higher these fractions the higher the forage. Potential degradation of DM was high, especially treatment with 4% in DM and height of 0 - 1.5m (28.45%). Ammonization reduced NDF colonization time (lag) (00 h 48 min to 0 - 1.5 m height) and increased degradable fraction (Bp). Babassu pindoba hay presents the best potential and effective degradation of DM, CP and NDF when obtained in height up to 1.5 m and submitted to ammonization with doses above 4% of urea. This height and alkalization level are indicated to obtain a better quality hay.


Assuntos
Amônia , Arecaceae/química , Rúmen/química , Ureia
5.
Acta Vet. Brasilica ; 14(4): 237-243, 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1453235

Resumo

The objective was to evaluate the supplementation of organic zinc and vitamin E, isolated or in association, in the diet of broiler chickens from 22 to 42 days of age, under natural conditions of heat stress, on the productive performance, carcass, noble cuts, and abdominal fat yield. A group of 720 birds was housed at 22 days of age, distributed in random blocks with a 2x3 factorial design, with two levels of zinc in the organic form (0.0 mg/kg and 120 mg/kg), associated with three levels of vitamin E in the form of DL--tocopherol acetate (0.0 mg/kg; 300 mg/kg, and 600 mg/kg), with six replicates, and 20 birds per box. In natural conditions of heat stress, the association of organic zinc and vitamin E in the diet of broilers from 22 to 42 days of age did not affect the productive performance, carcass, noble cuts, and abdominal fat yield. In an isolated way, the supplementation of vitamin E improved the productive performance in from 22 to 33 days of age. Moreover, in the period of 22 to 42 days of age, the level of 312.5 mg/kg of vitamin E provided better creative viability.


Objetivou-se avaliar a suplementação de zinco orgânico e da vitamina E, de forma isolada ou associada, em dietas para frangos de corte no período de 22 a 42 dias de idade, mediante condições naturais de estresse por calor, sobre o desempenho produtivo, rendimentos de carcaça e de cortes nobres, além da gordura abdominal. Alojou-se 720 aves aos 22 dias de idade, distribuídas em delineamento em blocos ao acaso com esquema fatorial 2x3, sendo dois níveis de zinco, na forma orgânica (0,0 e 120 mg/kg) associados a três níveis de vitamina E, na forma de acetato de DL-α-tocoferol (0,0; 300 e 600 mg/kg), seis repetições e 20 aves por boxe.Em condições naturais de estresse por calor, a associação de zinco orgânico e da vitamina E em dietas para frangos de corte no período de 22 a 42 dias de idade, não apresenta efeitos sobre o desempenho produtivo, rendimentos de carcaça e de cortes n bres, além da gordura abdominal. De forma isolada, a suplementação de vitamina E para frangos de corte, melhora o desempenho produtivo na fase de 22 a 33 dias de idade.Ademais, no período de 22 a 42 dias de idade, o nível de 312,5 mg/kg de vitamina E propicia melhor viabilidade criatória.


Assuntos
Animais , Galinhas/fisiologia , Resposta ao Choque Térmico , Suplementos Nutricionais/análise , Vitamina E , Zinco
6.
Ci. Anim. bras. ; 21: e-48803, 13 mar. 2020. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-32141

Resumo

Objetivou-se com esta pesquisa avaliar a composição química e a degradação in situ do feno de pindoba de babaçu submetido à amonização com três doses de ureia na matéria seca (MS) (2, 4 e 6%) nas alturas de 0 - 1,5 e 1,6 - 3,0 metros. Para avaliação da degradação, pesou-se 4 g de amostra em sacos de náilon, incubados no rúmen de dois bovinos fistulados, nos tempos 6, 24 e 72 h com 5 repetições por tratamento. A amonização com ureia elevou (P<0,05) os teores de proteína bruta (PB) do feno de pindoba de babaçu, porém não influenciou os teores de fibra em detergente neutro (FDNcp) e ácido (FDAcp) livres de nitrogênio, com aumento dessas frações quanto mais alta a forrageira. A degradação potencial da MS foi elevada, com destaque para o tratamento com 4% na MS e altura de 0 - 1,5m (28,45%). A amonização reduziu o tempo de colonização (lag) da FDN (00 h 48 min para altura de 0 - 1,5m) e elevou a fração degradável (Bp). O feno de pindoba de babaçu apresenta melhor degradação potencial e efetiva da MS, PB e FDN quando obtido em altura até 1,5 m e submetido à amonização com doses acima de 4% de ureia, sendo indicados essa altura e esse nível de alcalinização para se obter um feno de melhor qualidade.(AU)


The objective of this research was to evaluate the chemical composition and in situ degradation of pindoba babaçu hay submitted to ammonization with three doses of dry matter (DM) urea (2, 4 and 6%) at heights of 0 - 1.5 and 1.6 - 3.0 meters. To evaluate the degradation, 4 g of sample were weighed in nylon bags, incubated in the rumen of two fistulated cattle, at 6, 24 and 72 h, with 5 replications per treatment. Urea ammonization increased (P<0.05) the crude protein (CP) contents of pindoba babassu hay, but did not influence the nitrogen-free (NDFc) and acid (ADFc) detergent fiber contents with the higher these fractions the higher the forage. Potential degradation of DM was high, especially treatment with 4% in DM and height of 0 - 1.5m (28.45%). Ammonization reduced NDF colonization time (lag) (00 h 48 min to 0 - 1.5 m height) and increased degradable fraction (Bp). Babassu pindoba hay presents the best potential and effective degradation of DM, CP and NDF when obtained in height up to 1.5 m and submitted to ammonization with doses above 4% of urea. This height and alkalization level are indicated to obtain a better quality hay.(AU)


Assuntos
Arecaceae/química , Amônia , Ureia , Rúmen/química
7.
Acta Vet. bras. ; 14(4): 237-243, 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-30167

Resumo

The objective was to evaluate the supplementation of organic zinc and vitamin E, isolated or in association, in the diet of broiler chickens from 22 to 42 days of age, under natural conditions of heat stress, on the productive performance, carcass, noble cuts, and abdominal fat yield. A group of 720 birds was housed at 22 days of age, distributed in random blocks with a 2x3 factorial design, with two levels of zinc in the organic form (0.0 mg/kg and 120 mg/kg), associated with three levels of vitamin E in the form of DL--tocopherol acetate (0.0 mg/kg; 300 mg/kg, and 600 mg/kg), with six replicates, and 20 birds per box. In natural conditions of heat stress, the association of organic zinc and vitamin E in the diet of broilers from 22 to 42 days of age did not affect the productive performance, carcass, noble cuts, and abdominal fat yield. In an isolated way, the supplementation of vitamin E improved the productive performance in from 22 to 33 days of age. Moreover, in the period of 22 to 42 days of age, the level of 312.5 mg/kg of vitamin E provided better creative viability.(AU)


Objetivou-se avaliar a suplementação de zinco orgânico e da vitamina E, de forma isolada ou associada, em dietas para frangos de corte no período de 22 a 42 dias de idade, mediante condições naturais de estresse por calor, sobre o desempenho produtivo, rendimentos de carcaça e de cortes nobres, além da gordura abdominal. Alojou-se 720 aves aos 22 dias de idade, distribuídas em delineamento em blocos ao acaso com esquema fatorial 2x3, sendo dois níveis de zinco, na forma orgânica (0,0 e 120 mg/kg) associados a três níveis de vitamina E, na forma de acetato de DL-α-tocoferol (0,0; 300 e 600 mg/kg), seis repetições e 20 aves por boxe.Em condições naturais de estresse por calor, a associação de zinco orgânico e da vitamina E em dietas para frangos de corte no período de 22 a 42 dias de idade, não apresenta efeitos sobre o desempenho produtivo, rendimentos de carcaça e de cortes n bres, além da gordura abdominal. De forma isolada, a suplementação de vitamina E para frangos de corte, melhora o desempenho produtivo na fase de 22 a 33 dias de idade.Ademais, no período de 22 a 42 dias de idade, o nível de 312,5 mg/kg de vitamina E propicia melhor viabilidade criatória.(AU)


Assuntos
Animais , Galinhas/fisiologia , Suplementos Nutricionais/análise , Resposta ao Choque Térmico , Zinco , Vitamina E
8.
R. bras. Saúde Prod. Anim. ; 18(1): 38-49, jan.-mar. 2017. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-15330

Resumo

This experiment evaluated the correlation between the estimates of fecal digestibility and dry matter digestibility (DMD) and nutrients obtained using internal (indigestibles dry materiDM, neutral detergent fiber-iNDF, acid detergent fiber-iADF and acid detergent ligniniADL) and external (chromium oxide-Cr2O3, titanium dioxide-TiO2, and purified and enriched lignin from eucalyptus-LIPE®) markers and the values obtained by the total feces collection method. Twenty uncastrated male sheep, with 29.64±5.53 kg average live weight; approximately 12 months old, were kept in metabolic cages and fed diets containing untreated sugarcane-top hay or sugarcane-top hay hydrolyzed with 3 and 6% urea or 1.5 and 3% calcium oxide (CaO). There was a positive correlation (P<.05) between the fecal production estimated by the markers and via total feces collection, with coefficients higher than 90% for iDM, Cr2O3, and TiO2. The DMD and nutrients estimated with the use of markers was positively correlated (P<.05) with that obtained by total feces collection. Coefficients of correlation for digestibility obtained by total collection were higher than those obtained with Cr2O3, but close to those obtained using TiO2. The coefficient of correlation between the digestibility of protein and fiber fraction estimated with iDM and iNDF and that obtained by total collection was higher than 70%. Internal marker iDM and external markers Cr2O3 and TiO2 are effective in estimating fecal production and DMD and nutrients.(AU)


Avaliou-se a correlação das estimativas de produção fecal e digestibilidade da matéria seca (DMS) e nutrientes obtidas por indicadores internos (matéria seca-MSi, fibra em detergente neutro-FDNi, fibra em detergente ácido-FDAi e lignina em detergente ácido-LDAi indigestíveis) e externos (óxido de cromo-Cr2O3, dióxido de titânio-TiO2 e lignina purificada e enriquecida de eucalipto-LIPE®) com valores obtidos pelo método de coleta total de fezes. Utilizaram-se 20 ovinos, machos, não castrados, com 29,64 ± 5,53 kg de peso vivo médio e aos 12 meses de idade, mantidos em gaiolas metabólicas e alimentados com rações compostas por feno de ponta de cana-de-açúcar não tratado ou hidrolisado com 3 e 6% de ureia ou 1,5 e 3% de óxido de cálcio (CaO). Houve correlação positiva (P<0,05) da produção fecal estimada pelos indicadores com a coleta total de fezes, com coeficientes maiores de 90% para MSi, Cr2O3 e TiO2. A digestibilidade da MS e de nutrientes estimada a partir do uso de indicadores correlacionou-se positivamente com a obtida pela coleta total de fezes. Maiores coeficientes de correlação foram obtidos para a digestibilidade por coleta total em relação ao Cr2O3, com valores aproximados aos obtidos para TiO2. Quanto aos indicadores internos MSi e FDNi, a digestibilidade da proteína e fração fibrosa apresentou coeficiente de correlação com a digestibilidade por coleta total superior a 70%. O indicador interno MSi e os externos Cr2O3 e TiO2 são eficazes na estimativa da produção fecal e digestibilidade da MS e nutrientes.(AU)


Assuntos
Animais , Ovinos/metabolismo , Saccharum/química , Dieta , Dieta/veterinária
9.
Rev. bras. saúde prod. anim ; 18(1): 38-49, jan.-mar. 2017. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1493707

Resumo

This experiment evaluated the correlation between the estimates of fecal digestibility and dry matter digestibility (DMD) and nutrients obtained using internal (indigestibles dry materiDM, neutral detergent fiber-iNDF, acid detergent fiber-iADF and acid detergent ligniniADL) and external (chromium oxide-Cr2O3, titanium dioxide-TiO2, and purified and enriched lignin from eucalyptus-LIPE®) markers and the values obtained by the total feces collection method. Twenty uncastrated male sheep, with 29.64±5.53 kg average live weight; approximately 12 months old, were kept in metabolic cages and fed diets containing untreated sugarcane-top hay or sugarcane-top hay hydrolyzed with 3 and 6% urea or 1.5 and 3% calcium oxide (CaO). There was a positive correlation (P<.05) between the fecal production estimated by the markers and via total feces collection, with coefficients higher than 90% for iDM, Cr2O3, and TiO2. The DMD and nutrients estimated with the use of markers was positively correlated (P<.05) with that obtained by total feces collection. Coefficients of correlation for digestibility obtained by total collection were higher than those obtained with Cr2O3, but close to those obtained using TiO2. The coefficient of correlation between the digestibility of protein and fiber fraction estimated with iDM and iNDF and that obtained by total collection was higher than 70%. Internal marker iDM and external markers Cr2O3 and TiO2 are effective in estimating fecal production and DMD and nutrients.


Avaliou-se a correlação das estimativas de produção fecal e digestibilidade da matéria seca (DMS) e nutrientes obtidas por indicadores internos (matéria seca-MSi, fibra em detergente neutro-FDNi, fibra em detergente ácido-FDAi e lignina em detergente ácido-LDAi indigestíveis) e externos (óxido de cromo-Cr2O3, dióxido de titânio-TiO2 e lignina purificada e enriquecida de eucalipto-LIPE®) com valores obtidos pelo método de coleta total de fezes. Utilizaram-se 20 ovinos, machos, não castrados, com 29,64 ± 5,53 kg de peso vivo médio e aos 12 meses de idade, mantidos em gaiolas metabólicas e alimentados com rações compostas por feno de ponta de cana-de-açúcar não tratado ou hidrolisado com 3 e 6% de ureia ou 1,5 e 3% de óxido de cálcio (CaO). Houve correlação positiva (P<0,05) da produção fecal estimada pelos indicadores com a coleta total de fezes, com coeficientes maiores de 90% para MSi, Cr2O3 e TiO2. A digestibilidade da MS e de nutrientes estimada a partir do uso de indicadores correlacionou-se positivamente com a obtida pela coleta total de fezes. Maiores coeficientes de correlação foram obtidos para a digestibilidade por coleta total em relação ao Cr2O3, com valores aproximados aos obtidos para TiO2. Quanto aos indicadores internos MSi e FDNi, a digestibilidade da proteína e fração fibrosa apresentou coeficiente de correlação com a digestibilidade por coleta total superior a 70%. O indicador interno MSi e os externos Cr2O3 e TiO2 são eficazes na estimativa da produção fecal e digestibilidade da MS e nutrientes.


Assuntos
Animais , Ovinos/metabolismo , Saccharum/química , Dieta , Dieta/veterinária
10.
R. bras. Saúde Prod. Anim. ; 18(1): 26-37, jan.-mar. 2017. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-15331

Resumo

Objetivou-se com esta pesquisa avaliar a degradabilidade ruminal da matéria seca, proteína bruta e fibra em detergente neutro de casca de vagem de feijão-fava (Phaseolus lunatus L.) não amonizada (controle) ou amonizada com três níveis de ureia (2; 4 e 6%, com base na matéria seca). Foram utilizados três bovinos Girolandos providos de cânula ruminal, com peso vivo médio 400±5,3 kg, cada. A amonização das cascas de feijão-fava com 6% de ureia resultou em maiores teores de proteína bruta (15,7%) e degradabilidade potencial da proteína bruta (91,7%). A degradação potencial da matéria seca aumentou (P<0,05) com o tempo de incubação, atingindo 85,1% às 48 h de incubação, embora a amonização não tenha promovido alterações relevantes na cinética de degradação ruminal deste constituinte. Quanto à cinética de degradação ruminal da fibra em detergente neutro, a amonização com 6% de ureia reduziu em cerca de 1 h o tempo de latência (lag time), no entanto, este efeito não influenciou os demais parâmetros de degradação da fibra em detergente neutro, com taxa de degradação compatível com as características de alimentos fibrosos. A casca de feijão-fava apresenta elevada taxa de degradação, consistindo em um alimento volumoso de boa qualidade, apesar de consistir resíduo de cultura. A amonização de casca de feijão-fava com ureia não promove melhoria na degradabilidade da matéria seca, embora proporcione elevação do teor de nitrogênio total disponível aos microrganismos do rúmen e melhore a degradabilidade da fibra em detergente neutro, sendo o nível de 6 % mais indicado para o tratamento desse volumoso.(AU)


This study aimed to evaluate the dry matter, crude protein and neutral detergent fiber ruminal degradability of shell pods of lima bean (Phaseolus lunatus L.) ammoniated with four levels of urea (0; 2; 4 and 6% in dry matter basis). Three adult cattle Girolando breed, with 400±5,3kg of body weight fistulated with ruminal cannula were utilized. Ammoniation of shell of pods of the lima bean as 6% urea resulted in higher crude protein content (15.7%) of shell pods and degradability of crude protein (91.7%). Potential degradation of dry matter increased (P<0.05) with the incubation time, reaching 85.1% at 48 h of incubation, although the ammoniation not promoted significant changes in ruminal degradation kinetics of this constituent. Regarding the kinetics of ruminal degradation of neutral detergent fiber, ammoniation with 6% urea decreased by approximately 1 h in the lag time, although no influence has verified to other parameters of neutral detergent fiber degradation, with degradation rate compatible with the characteristics of fibrous feeds (about 3% h−1). The lima bean shell pods of presents high degradation rate, consisting in a bulky feed of good quality, although considered a waste of culture. Ammoniation of shell pods of lima bean with urea does not promote improvement in dry matter degradability, although result in improvement of total nitrogen available to microrganisms in the rumen, with improve the neutral detergent fiber degradability, and the level of 6% more suitable for treatment in this bulky.(AU)


Assuntos
Biodegradação Ambiental , Phaseolus/química , Ureia/análise , Ureia/síntese química
11.
Rev. bras. saúde prod. anim ; 18(1): 26-37, jan.-mar. 2017. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1493708

Resumo

Objetivou-se com esta pesquisa avaliar a degradabilidade ruminal da matéria seca, proteína bruta e fibra em detergente neutro de casca de vagem de feijão-fava (Phaseolus lunatus L.) não amonizada (controle) ou amonizada com três níveis de ureia (2; 4 e 6%, com base na matéria seca). Foram utilizados três bovinos Girolandos providos de cânula ruminal, com peso vivo médio 400±5,3 kg, cada. A amonização das cascas de feijão-fava com 6% de ureia resultou em maiores teores de proteína bruta (15,7%) e degradabilidade potencial da proteína bruta (91,7%). A degradação potencial da matéria seca aumentou (P<0,05) com o tempo de incubação, atingindo 85,1% às 48 h de incubação, embora a amonização não tenha promovido alterações relevantes na cinética de degradação ruminal deste constituinte. Quanto à cinética de degradação ruminal da fibra em detergente neutro, a amonização com 6% de ureia reduziu em cerca de 1 h o tempo de latência (lag time), no entanto, este efeito não influenciou os demais parâmetros de degradação da fibra em detergente neutro, com taxa de degradação compatível com as características de alimentos fibrosos. A casca de feijão-fava apresenta elevada taxa de degradação, consistindo em um alimento volumoso de boa qualidade, apesar de consistir resíduo de cultura. A amonização de casca de feijão-fava com ureia não promove melhoria na degradabilidade da matéria seca, embora proporcione elevação do teor de nitrogênio total disponível aos microrganismos do rúmen e melhore a degradabilidade da fibra em detergente neutro, sendo o nível de 6 % mais indicado para o tratamento desse volumoso.


This study aimed to evaluate the dry matter, crude protein and neutral detergent fiber ruminal degradability of shell pods of lima bean (Phaseolus lunatus L.) ammoniated with four levels of urea (0; 2; 4 and 6% in dry matter basis). Three adult cattle Girolando breed, with 400±5,3kg of body weight fistulated with ruminal cannula were utilized. Ammoniation of shell of pods of the lima bean as 6% urea resulted in higher crude protein content (15.7%) of shell pods and degradability of crude protein (91.7%). Potential degradation of dry matter increased (P<0.05) with the incubation time, reaching 85.1% at 48 h of incubation, although the ammoniation not promoted significant changes in ruminal degradation kinetics of this constituent. Regarding the kinetics of ruminal degradation of neutral detergent fiber, ammoniation with 6% urea decreased by approximately 1 h in the lag time, although no influence has verified to other parameters of neutral detergent fiber degradation, with degradation rate compatible with the characteristics of fibrous feeds (about 3% h−1). The lima bean shell pods of presents high degradation rate, consisting in a bulky feed of good quality, although considered a waste of culture. Ammoniation of shell pods of lima bean with urea does not promote improvement in dry matter degradability, although result in improvement of total nitrogen available to microrganisms in the rumen, with improve the neutral detergent fiber degradability, and the level of 6% more suitable for treatment in this bulky.


Assuntos
Biodegradação Ambiental , Phaseolus/química , Ureia/análise , Ureia/síntese química
12.
R. bras. Ci. Vet. ; 23(1/2): 76-80, jan./jun. 2016. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-15418

Resumo

It was aimed to evaluate the degradability of dry matter (DM), crude protein (CP) and neutral detergent fiber (NDF) of the stubble sunflower crop hay in situ in different particle sizes, using a cannulated bovine, with samples in nylon bags incubated in the 6, 24 and 72 h. The stubble sunflower crop hay grinded in 2 mm particles sized resulted in greater degradation by the rumen microorganisms compared to samples grinded in 5 mm. It was found that the larger particles had equivalent values for DM and NDF degradation at 24 and 72 hours. The parameters of NDF degradation of the stubble sunflower crop hay to indicate be a roughage with great potential for use in the ruminant diet. The stubble sunflower crop hay, while considered a roughage food, presents in situ DM and NDF compatible with this kind of food, and it can be considered a good source of inclusion in diets for ruminants. Also to consider the higher protein value associated with ruminal degradation of this constituent, favoring the fermentation activity by the microbial population in the rumen.(AU)


Objetivou-se avaliar os teores de matéria seca, proteina bruta e fibra em detergente neutro e a degradabilidade da matéria seca (MS), proteína bruta (PB) e fibra em detergente neutro (FDN) do feno do restolho da cultura do girassol in situ em diferentes tamanhos de partículas (2 e 5 cm), utilizando-se um bovino canulado, com amostras em sacos de náilon, incubadas nos tempos 6, 24 e 72 h. O feno de restolho da cultura do girassol triturado em partículas de 2 mm resultou em maior degradação por microrganismos da flora ruminal em relação à trituração a 5 mm. Verificou-se que as partículas de maior tamanho apresentaram valores equivalentes para degradação da MS e FDN as 24 e 72 horas. Os parâmetros da degradação da FDN do feno do restolho da cultura do girassol indicam ser um volumoso com grande potencial para utilização na dieta de ruminantes. O feno do restolho da cultura do girassol, enquanto considerado um alimento volumoso, apresenta degradabilidade in situ da MS e FDN compatível com esta classe de alimentos, podendo ser considerado uma boa fonte de inclusão em dietas para ruminantes. Também se deve considerar o elevado teor de PB associado à degradação ruminal deste constituinte, favorecendo à atividade fermentativa pela população microbiana do ambiente ruminal.(AU)


Assuntos
Helianthus , Ração Animal/análise , Tamanho da Partícula , Fenômenos Químicos , Rúmen/fisiologia , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Animal
13.
R. bras. Saúde Prod. Anim. ; 17(2): 186-194, abr.-jun. 2016.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-341330

Resumo

The objectives of this research were to determine the effects increasing levels of concentrate on nutrients digestibility, performance, economic viability of diets and ingestive behavior of lambs. Fifteen crossbred lambs were used in a randomized complete block design according to initial body weight and age. Lambs were penned individually during 55 days, being 10 days for adaptation of diets and 45 days for data collection. The treatments consisted in three isonitrogenous diets with increasing levels of concentrate: 40, 60, or 80%, in dry matter basis. No effect (P >  0.05) were observed on dry matter intake, crude protein intake, crude protein digestibility and neutral detergent fiber digestibility, whereas the dry matter digestibility was lower (P 0.01) for lambs fed diets with 40% of concentrate. The addition of 80% concentrate decreased (P 0.05) neutral detergent fiber intake, however this treatment provided higher average daily gain, followed by 60 and 40% of concentrate. In relation to feeding behavior, the animals fed 80% concentrate spent more time with feeding (AU)


Os objetivos com este experimento foram avaliar a digestibilidade dos nutrientes, o desempenho produtivo, viabilidade econômica das dietas, assim como o comportamento ingestivo de cordeiros terminados em confinamento recebendo dietas com a inclusão de três teores de concentrado. Quinze cordeiros machos não-castrados, sem padrão racial definido (SPRD) foram distribuídos em blocos casualizados de acordo com a idade e peso inicial. Os animais foram confinados por um período de 55 dias, sendo dez dias de adaptação e 45 para coleta dos dados. Os tratamentos consistiram em três dietas isonitrogenadas com diferentes teores de concentrado: 40%; 60% e 80%, com base na matéria seca. Os consumos de matéria seca (MS) e proteína bruta (PB), assim como a digestibilidade da PB e fibra em detergente neutro (FDN) não foram alterados (P>0,05) com a inclusão de concentrado na dieta. Os animais alimentados com 40% de concentrado apresentaram menor (P 0,01) digestibilidade da MS. A adição de 80% de concentrado na dieta reduziu (P 0,01) o consumo de FDN, porém proporcionou maior (P 0,01) ganho de peso médio diário dos animais, seguido pelos tratamentos com 60% e 40% de concentrado. Em relação ao comportamento ingestivo, os animais alimentados com 80% de concentrado apresentaram maior tempo gasto com alimentação (P 0,05). Dietas com altos teores de concentrado (60 80%) aument(AU)


Assuntos
Animais , Ovinos/anatomia & histologia , Ovinos/crescimento & desenvolvimento , Ovinos/metabolismo , Ração Animal/análise , Valor Nutritivo/fisiologia
14.
Rev. bras. saúde prod. anim ; 17(2): 186-194, abr.-jun. 2016.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1493583

Resumo

The objectives of this research were to determine the effects increasing levels of concentrate on nutrients digestibility, performance, economic viability of diets and ingestive behavior of lambs. Fifteen crossbred lambs were used in a randomized complete block design according to initial body weight and age. Lambs were penned individually during 55 days, being 10 days for adaptation of diets and 45 days for data collection. The treatments consisted in three isonitrogenous diets with increasing levels of concentrate: 40, 60, or 80%, in dry matter basis. No effect (P >  0.05) were observed on dry matter intake, crude protein intake, crude protein digestibility and neutral detergent fiber digestibility, whereas the dry matter digestibility was lower (P 0.01) for lambs fed diets with 40% of concentrate. The addition of 80% concentrate decreased (P 0.05) neutral detergent fiber intake, however this treatment provided higher average daily gain, followed by 60 and 40% of concentrate. In relation to feeding behavior, the animals fed 80% concentrate spent more time with feeding


Os objetivos com este experimento foram avaliar a digestibilidade dos nutrientes, o desempenho produtivo, viabilidade econômica das dietas, assim como o comportamento ingestivo de cordeiros terminados em confinamento recebendo dietas com a inclusão de três teores de concentrado. Quinze cordeiros machos não-castrados, sem padrão racial definido (SPRD) foram distribuídos em blocos casualizados de acordo com a idade e peso inicial. Os animais foram confinados por um período de 55 dias, sendo dez dias de adaptação e 45 para coleta dos dados. Os tratamentos consistiram em três dietas isonitrogenadas com diferentes teores de concentrado: 40%; 60% e 80%, com base na matéria seca. Os consumos de matéria seca (MS) e proteína bruta (PB), assim como a digestibilidade da PB e fibra em detergente neutro (FDN) não foram alterados (P>0,05) com a inclusão de concentrado na dieta. Os animais alimentados com 40% de concentrado apresentaram menor (P 0,01) digestibilidade da MS. A adição de 80% de concentrado na dieta reduziu (P 0,01) o consumo de FDN, porém proporcionou maior (P 0,01) ganho de peso médio diário dos animais, seguido pelos tratamentos com 60% e 40% de concentrado. Em relação ao comportamento ingestivo, os animais alimentados com 80% de concentrado apresentaram maior tempo gasto com alimentação (P 0,05). Dietas com altos teores de concentrado (60 80%) aument


Assuntos
Animais , Ovinos/anatomia & histologia , Ovinos/crescimento & desenvolvimento , Ovinos/metabolismo , Ração Animal/análise , Valor Nutritivo/fisiologia
15.
Semina Ci. agr. ; 36(3,supl.1): 2301-2116, 2015. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-19574

Resumo

Objetivou-se avaliar o comportamento em pastejo e o desempenho de caprinos em pastos de capim Andropogon gayanus Kunth var. Bisquamulatus (Hochst) Hack. cv. Planaltina, submetidos a três ofertas de forragem: 11, 15 e 19% do PV/dia, sob lotação contínua. O delineamento experimental para avaliação do comportamento em pastejo foi em blocos ao acaso (dois), em esquema de parcelas subdivididas, com cinco repetições dentro do bloco. Nas parcelas, avaliou-se o efeito das ofertas de forragens e, nas subparcelas, os meses: maio e junho. Para avaliação do desempenho animal, utilizou-se o delineamento em blocos ao acaso (dois) com três tratamentos (ofertas) com cinco repetições dentro do bloco. As diferentes ofertas de forragem não ocasionaram mudanças estruturais no pasto, exceto na altura. No entanto, observou-se aumento de material morto, relação folha/colmo e redução da altura, durante os períodos de pastejo. As variáveis comportamentais não foram influenciadas pelas ofertas de forragem, exceto para o tempo de deslocamento, pelo qual os caprinos gastaram mais tempo nos pastos com oferta de 11% de PV. Os caprinos permaneceram maior parte do tempo pastejando e em ócio, correspondendo a 89% e 5% do tempo de avaliação, respectivamente. Maior taxa de bocado foi observada em junho, como também nas ofertas de 15 e 19% do PV. O comportamento em pastejo e ingestivo de caprinos é alterado pelo acúmulo de material morto e de colmo em pasto de capim-andropógon durante o período chuvoso. A oferta de forragem 11% do PV aumenta o tempo de deslocamento dos caprinos em pastagemde capim-andropógon. O manejo de pastejo de capim-andropógon com oferta de forragem entre 11 e 19% do PV não influencia no ganho de peso de caprinos no período chuvoso.(AU)


This study was accomplished to evaluate the behavior and performance of goats in to grazing on grass Andropogon gayanus Kunth var. Bisquamulatus (Hochst) Hack. cv. Planaltina submitted to three forage allowances: 11, 15 and 19% BW/day, under continuous grazing. The experimental design to assess the grazing behaviour was randomized blocks in a split-plot with five replicates within the block. In the plots, we evaluated the effect of forage allowances and in the subplots, the months May and June. While for evaluation of animal performance was in complete block design with five replicates within the block. The different forage allowance did not cause structural changes in the pasture, except in height. However, there was an increase of dead material, leaf/stem ratio and reducing of height during the grazing period. The behavioral variables were not affected by forage allowance, except for the time of displacement, whereby goats spent more time in pastures with offer of 11% BW. The goats remained most part of the time in grazing and idle, corresponding to 89% and 5% of the evaluation time, respectively. Higher bit rate was observed in June, among the offerings, and 15 and 19% BW. The ingestive and grazing behaviour in goats is changed by the accumulation of dead material and stem in pasture from Andropogon grass during at rainy season. The forage supply 11% of BW increases the time of displacement of goats grazing on Andropogon grass. The management of grazing Andropogon grass with forage allowance being 11 and 19% of BW provides low weight gains in goats during the rainy season.(AU)


Assuntos
Animais , Ruminantes , Andropogon , Ração Animal , Ruminação Digestiva , Aumento de Peso
16.
Acta Vet. Brasilica ; 9(2): 148-152, 2015. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1453556

Resumo

Avaliou-se a degradabilidade da matéria seca (MS), proteína bruta (PB) e fibra em detergenteneutro (FDN) do feno do restolho da cultura do girassol in situ no rúmen em diferentes tamanhos de partículas,utilizando-se um bovino canulado, com amostras em sacos de náilon, incubadas nos tempos 6, 24 e 72 h. O fenode restolho da cultura do girassol triturado em partículas de 2 mm resultou em maior degradação pormicrorganismos do ambiente ruminal em relação à trituração a 5 mm. Verificou-se que as partículas de maiortamanho apresentaram valores equivalentes para degradação da MS e FDN às 24 e 72 horas. Os parâmetros dadegradação da FDN do feno do restolho da cultura do girassol indicam ser um volumoso com grande potencialpara utilização na dieta de ruminantes. O feno do restolho da cultura do girassol, enquanto considerado alimentovolumoso, apresenta degradabilidade in situ da MS e FDN compatível com esta classe de alimentos, podendo serconsiderado uma boa fonte de inclusão em dietas para ruminantes. Também se deve considerar o bom valorproteico, associado à degradação ruminal deste constituinte, favorecendo à atividade fermentativa pelapopulação microbiana ruminal


Evaluated the degradability of dry matter (DM), crude protein (CP) and neutral detergent fiber(NDF) hay sunflower crop stubble in situ rumen in different particle sizes, using a bovine cannulated, withsamples in nylon bags incubated in the days 6, 24 and 72 h. The stubble hay particles of 2 mm in crushedsunflower crop resulted in further degradation by the rumen microorganisms compared to grinding to 5 mm. Itwas found that the larger particles had equivalent values for DM and NDF degradation at 24 and 72 hours. Theparameters of NDF degradation of the sunflower crop stubble hay indicate be a bulky with great potential for usein the diet of ruminants. The Hay sunflower crop stubble, while considered a bulky food, presents in situ DMand NDF compatible with this kind of food, and can be considered a good source of inclusion in diets forruminants. One should also consider the good protein value associated with ruminal degradation of thisconstituent, favoring the fermentation activity by the microbial ruminal population


Assuntos
Helianthus/química , Rúmen/fisiologia , Valor Nutritivo , Ração Animal
17.
Acta Vet. bras. ; 9(2): 148-152, 2015. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-304248

Resumo

Avaliou-se a degradabilidade da matéria seca (MS), proteína bruta (PB) e fibra em detergenteneutro (FDN) do feno do restolho da cultura do girassol in situ no rúmen em diferentes tamanhos de partículas,utilizando-se um bovino canulado, com amostras em sacos de náilon, incubadas nos tempos 6, 24 e 72 h. O fenode restolho da cultura do girassol triturado em partículas de 2 mm resultou em maior degradação pormicrorganismos do ambiente ruminal em relação à trituração a 5 mm. Verificou-se que as partículas de maiortamanho apresentaram valores equivalentes para degradação da MS e FDN às 24 e 72 horas. Os parâmetros dadegradação da FDN do feno do restolho da cultura do girassol indicam ser um volumoso com grande potencialpara utilização na dieta de ruminantes. O feno do restolho da cultura do girassol, enquanto considerado alimentovolumoso, apresenta degradabilidade in situ da MS e FDN compatível com esta classe de alimentos, podendo serconsiderado uma boa fonte de inclusão em dietas para ruminantes. Também se deve considerar o bom valorproteico, associado à degradação ruminal deste constituinte, favorecendo à atividade fermentativa pelapopulação microbiana ruminal(AU)


Evaluated the degradability of dry matter (DM), crude protein (CP) and neutral detergent fiber(NDF) hay sunflower crop stubble in situ rumen in different particle sizes, using a bovine cannulated, withsamples in nylon bags incubated in the days 6, 24 and 72 h. The stubble hay particles of 2 mm in crushedsunflower crop resulted in further degradation by the rumen microorganisms compared to grinding to 5 mm. Itwas found that the larger particles had equivalent values for DM and NDF degradation at 24 and 72 hours. Theparameters of NDF degradation of the sunflower crop stubble hay indicate be a bulky with great potential for usein the diet of ruminants. The Hay sunflower crop stubble, while considered a bulky food, presents in situ DMand NDF compatible with this kind of food, and can be considered a good source of inclusion in diets forruminants. One should also consider the good protein value associated with ruminal degradation of thisconstituent, favoring the fermentation activity by the microbial ruminal population(AU)


Assuntos
Valor Nutritivo , Helianthus/química , Rúmen/fisiologia , Ração Animal
18.
Semina ciênc. agrar ; 36(3,supl.1): 2301-2116, 2015. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1500002

Resumo

Objetivou-se avaliar o comportamento em pastejo e o desempenho de caprinos em pastos de capim Andropogon gayanus Kunth var. Bisquamulatus (Hochst) Hack. cv. Planaltina, submetidos a três ofertas de forragem: 11, 15 e 19% do PV/dia, sob lotação contínua. O delineamento experimental para avaliação do comportamento em pastejo foi em blocos ao acaso (dois), em esquema de parcelas subdivididas, com cinco repetições dentro do bloco. Nas parcelas, avaliou-se o efeito das ofertas de forragens e, nas subparcelas, os meses: maio e junho. Para avaliação do desempenho animal, utilizou-se o delineamento em blocos ao acaso (dois) com três tratamentos (ofertas) com cinco repetições dentro do bloco. As diferentes ofertas de forragem não ocasionaram mudanças estruturais no pasto, exceto na altura. No entanto, observou-se aumento de material morto, relação folha/colmo e redução da altura, durante os períodos de pastejo. As variáveis comportamentais não foram influenciadas pelas ofertas de forragem, exceto para o tempo de deslocamento, pelo qual os caprinos gastaram mais tempo nos pastos com oferta de 11% de PV. Os caprinos permaneceram maior parte do tempo pastejando e em ócio, correspondendo a 89% e 5% do tempo de avaliação, respectivamente. Maior taxa de bocado foi observada em junho, como também nas ofertas de 15 e 19% do PV. O comportamento em pastejo e ingestivo de caprinos é alterado pelo acúmulo de material morto e de colmo em pasto de capim-andropógon durante o período chuvoso. A oferta de forragem 11% do PV aumenta o tempo de deslocamento dos caprinos em pastagemde capim-andropógon. O manejo de pastejo de capim-andropógon com oferta de forragem entre 11 e 19% do PV não influencia no ganho de peso de caprinos no período chuvoso.


This study was accomplished to evaluate the behavior and performance of goats in to grazing on grass Andropogon gayanus Kunth var. Bisquamulatus (Hochst) Hack. cv. Planaltina submitted to three forage allowances: 11, 15 and 19% BW/day, under continuous grazing. The experimental design to assess the grazing behaviour was randomized blocks in a split-plot with five replicates within the block. In the plots, we evaluated the effect of forage allowances and in the subplots, the months May and June. While for evaluation of animal performance was in complete block design with five replicates within the block. The different forage allowance did not cause structural changes in the pasture, except in height. However, there was an increase of dead material, leaf/stem ratio and reducing of height during the grazing period. The behavioral variables were not affected by forage allowance, except for the time of displacement, whereby goats spent more time in pastures with offer of 11% BW. The goats remained most part of the time in grazing and idle, corresponding to 89% and 5% of the evaluation time, respectively. Higher bit rate was observed in June, among the offerings, and 15 and 19% BW. The ingestive and grazing behaviour in goats is changed by the accumulation of dead material and stem in pasture from Andropogon grass during at rainy season. The forage supply 11% of BW increases the time of displacement of goats grazing on Andropogon grass. The management of grazing Andropogon grass with forage allowance being 11 and 19% of BW provides low weight gains in goats during the rainy season.


Assuntos
Animais , Andropogon , Aumento de Peso , Ração Animal , Ruminantes , Ruminação Digestiva
19.
Acta Vet. Brasilica ; 8(3): 215-220, 2014. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1453510

Resumo

This study aimed to assess the nutritional value and the kinetics of in situ ruminal degradation of the rhizome of macambira fresh or subjected to burning by fire. We determined the dry matter (DM), and DM basis, the crude protein (CP), neutral detergent fiber (NDF), acid detergent fiber (ADF), mineral matter (MM), ether extract (EE), gross energy (GE), hemicellulose (HEM), cellulose (CEL), lignin (LIG) and in situ degradability of DM, CP and NDF in the times 6, 24 and 72 hours. The DM content of macambira fresh (61.3%) was lower compared to burned macambira (66.9%) due to loss of moisture caused by heating. The fiber neutral detergent (53.5% fresh and 58.4% burned) and acid detergent (22.9 and 34.7%, respectively) were higher in macambira subjected to burning For the in situ degradability decreased the values of potential degradation (PD) and effective (DE) when treatment with fire, and reduction in soluble fractions (a) and potentially degradable (b). The action of burning the macambira promotes increased cell wall constituents and reduces the degradation kinetics of DM, CP and NDF, but with potential for improving the quality of the fiber, as the potential degradation of this constituent. So, do not indicate the completion of burning macambira before the animal feeding for improvement in nutritional value.


Objetivou-se avaliar o valor nutritivo e a cinética da degradação ruminal in situ do rizoma da macambira in natura ou submetida à queima pelo fogo. Determinou-se os teores de matéria seca (MS), e com base na MS, a proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), matéria mineral (MM), extrato etéreo (EE), energia bruta (EB), hemicelulose (HEM), celulose (CEL), lignina (LIG) e a degradabilidade in situ da MS, PB e FDN nos tempos 6, 24 e 72 horas. Verificou-se menor teor de MS na macambira in natura (61,3%) em relação à submetida a queima (66,9%), o que está relacionado à perda de umidade provocada pelo aquecimento. Os teores de fibra em detergente neutro (53,5% in natura e 58,4% queimada) e em detergente ácido (22,9 e 34,7%, respectivamente) foram elevados na macambira submetida à queima. Para a degradabilidade in situ houve redução nos valores de degradação potencial (DP) e efetiva (DE) pelo processo de queima, além de redução nas frações solúvel (a) e potencialmente degradável (b). A ação da queima à macambira promove aumento dos constituintes da parede celular e reduz à cinética de degradação da MS, PB e FDN, porém com potencial de melhoria da qualidade da fibra, quanto à degradação potencial deste constituinte. Assim, não se indica a realização da queima da macambira antes do fornecimento aos animais visando melhoria no valor nutritivo.


Assuntos
Cactaceae/metabolismo , Cactaceae/química , Incêndios , Nutrientes/análise , Rizoma , Conservação de Alimentos
20.
Acta Vet. bras. ; 8(3): 215-220, 2014. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-379180

Resumo

This study aimed to assess the nutritional value and the kinetics of in situ ruminal degradation of the rhizome of macambira fresh or subjected to burning by fire. We determined the dry matter (DM), and DM basis, the crude protein (CP), neutral detergent fiber (NDF), acid detergent fiber (ADF), mineral matter (MM), ether extract (EE), gross energy (GE), hemicellulose (HEM), cellulose (CEL), lignin (LIG) and in situ degradability of DM, CP and NDF in the times 6, 24 and 72 hours. The DM content of macambira fresh (61.3%) was lower compared to burned macambira (66.9%) due to loss of moisture caused by heating. The fiber neutral detergent (53.5% fresh and 58.4% burned) and acid detergent (22.9 and 34.7%, respectively) were higher in macambira subjected to burning For the in situ degradability decreased the values of potential degradation (PD) and effective (DE) when treatment with fire, and reduction in soluble fractions (a) and potentially degradable (b). The action of burning the macambira promotes increased cell wall constituents and reduces the degradation kinetics of DM, CP and NDF, but with potential for improving the quality of the fiber, as the potential degradation of this constituent. So, do not indicate the completion of burning macambira before the animal feeding for improvement in nutritional value.(AU)


Objetivou-se avaliar o valor nutritivo e a cinética da degradação ruminal in situ do rizoma da macambira in natura ou submetida à queima pelo fogo. Determinou-se os teores de matéria seca (MS), e com base na MS, a proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), matéria mineral (MM), extrato etéreo (EE), energia bruta (EB), hemicelulose (HEM), celulose (CEL), lignina (LIG) e a degradabilidade in situ da MS, PB e FDN nos tempos 6, 24 e 72 horas. Verificou-se menor teor de MS na macambira in natura (61,3%) em relação à submetida a queima (66,9%), o que está relacionado à perda de umidade provocada pelo aquecimento. Os teores de fibra em detergente neutro (53,5% in natura e 58,4% queimada) e em detergente ácido (22,9 e 34,7%, respectivamente) foram elevados na macambira submetida à queima. Para a degradabilidade in situ houve redução nos valores de degradação potencial (DP) e efetiva (DE) pelo processo de queima, além de redução nas frações solúvel (a) e potencialmente degradável (b). A ação da queima à macambira promove aumento dos constituintes da parede celular e reduz à cinética de degradação da MS, PB e FDN, porém com potencial de melhoria da qualidade da fibra, quanto à degradação potencial deste constituinte. Assim, não se indica a realização da queima da macambira antes do fornecimento aos animais visando melhoria no valor nutritivo.(AU)


Assuntos
Cactaceae/metabolismo , Cactaceae/química , Rizoma , Incêndios , Nutrientes/análise , Conservação de Alimentos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA