Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 6 de 6
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1492840

Resumo

Aiming to evaluate carcass quantitative traits of ovine, thirty-six ½ Ile de France ½ Polwarth animals (12 uncastrated lambs, 12 discarded ewes and 12 discarded wether) were used. Animals were in grazing system based on Tifton 85 pastures and were supplemented with concentrate. Lambs were weaned with 17 kg and slaughtered at 32 kg of live weight, at around 5 months of age. Ewes and wethers were slaughtered with 55 kg and 60 months of age. Ovine categories did not affect dressing percentages of heat (48,11%) or cold (46,48%) carcass, but chilling losses were higher in carcasses from young (3,67%) than adult animals (2,35%). The carcass cuts (leg, ribs and shoulder) did not differ among animal categories, but neck percentages were higher in wethers (9,29%) and loin percentages were higher in lambs (14,56%). Mensurations on Longissimus lumborum muscle were different among all animal categories, except for maximum length of muscle (5,45 cm). In conclusion, animal categories presented similar dressing percentages, as curs of leg, shoulder and ribs.


Com o objetivo de avaliar as características quantitativas da carcaça de ovinos, foram utilizados 36 animais ½ Ile de France ½ Ideal (12 cordeiros não castrados, 12 ovelhas adultas de descarte e 12 capões adultos de descarte), criados em regime de pasto de Tifton - 85 com acesso à suplementação de concentrado em 1% em relação ao peso corporal. Os cordeiros foram desmamados com 17kg e abatidos aos 32kg de peso corporal, com aproximadamente 5 meses de idade. As ovelhas e capões foram abatidos ambos com peso corporal médio de 55kg e 60 meses de idade. As categorias animais não influenciaram os rendimentos de carcaça quente e fria, com valores médios de 48,11% e 46,48%, porém, para as perdas de peso ao resfriamento, houve valores maiores para as carcaças dos animais jovens (3,67%) em relação à dos adultos (2,35%). Os cortes da carcaça (perna, costelas e paleta) não diferiram entre as categorias animais, entretanto, o pescoço teve maior percentual para os capões (9,29%) e o lombo, para os cordeiros (14,56%). As mensurações no músculo Longissimus lumborum diferiram entre todas as categorias animais, exceto para o comprimento máximo do músculo (5,45cm). Concluiu-se que as categorias animais apresentam rendimentos de carcaça similares e, também, dos cortes da perna, paleta e das costelas

2.
Ciênc. anim. bras. (Impr.) ; 10(3): 711-720, 2009.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1472817

Resumo

In order to evaluate the effect of ammonization in the production residue of Brachiaria brizantha seeds in the performance and in vivo biometric measurements of sheep, 19 Santa Inês lambs (females and non-castrated males) were used, with initial weight of 15kg, confined in individual cages until reaching 28kg. Animals were arranged into two groups, receiving isoenergetic and isoproteic diets with 40:60 volumous:concentrate ratio, being diet 1 (D1) made up with non-treated volumous with urea + addiction of urea in concentrate and diet 2 (D2) with treated volumous with addiction of 2% urea in MS + concentrate without urea. Dry matter consumption was similar between diets and sexes (0.85 kg/day, 3.28%/BW e 73.15 g/kg0,75/day); however, the remaining performance parameters were affected by the different sexes of animals. There was not interaction between diet and sex in biometric measurements; however, body length was higher for females (66.50 cm) compared to males (61.12 cm). We conclude that the effect of ammonization in diet volumous did not affect performance and biometric measurements of sheep terminated in confinement, being that some changes occurred due to the different sexes of the animals.KEY WORDS: Chemical treatment, nutritional value, sheep, urea, volumous.


Para avaliar o efeito da amonização no resíduo da produção de sementes de Brachiaria brizantha no desempenho e nas medidas biométricas in vivo de ovinos, foram utilizados dezenove cordeiros (machos não castrados e fêmeas) da raça Santa Inês, com peso inicial de quinze kg, confinados em gaiolas individuais até atingirem 28 kg. Distribuíram-se os animais em dois grupos, recebendo dietas isoenergéticas e isoproteicas com relação volumoso:concentrado 40:60, sendo a dieta 1 (D1) constituída de volumoso não amonizado + inclusão de ureia no concentrado e D2 com volumoso tratado com inclusão de 2% de ureia na MS + concentrado sem ureia. O consumo de matéria seca mostrou-se similar entre as dietas e sexos (0,85 kg/dia, 3,28%/PV e 73,15g/kg0,75/dia), porém os demais parâmetros de desempenho foram afetados pelos diferentes sexos dos animais. Não houve interação entre dieta e sexo nas medidas biométricas. No entanto, o comprimento corporal foi superior para fêmeas (66,50 cm) em comparação aos machos (61,12 cm). Conclui-se que o efeito da amonização no volumoso da dieta não afeta o desempenho, nem as medidas biométricas de ovinos terminados em confinamento. Algumas alterações que ocorrem relacionaram-se ao diferente sexo dos animais.PALAVRAS-CHAVES: Ovinos, tratamento químico, ureia, valor nutritivo, volumoso.

3.
Ci. Rural ; 38(7)2008.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-705579

Resumo

This study aimed to assess the influence of transport on the occurrence of carcass bruising of cattle slaughtered in the Pantanal, by quantifying the number and size of bruises, locating the frequency of occurrence of bruises in the main commercial cuts standardized for interne market. From a total of 121 carcasses assessed, 102 (84.3%) had one or more bruises, totaling 270 bruises, which resulted in the removal of 56.1kg meat. The frequency of carcass bruises of cattle showed significant difference, according to the conditions of transport. The highest proportions of bruises found in animals submitted to road transport for more than one hour in distances longer than 70km, a great part of which on dirty toads. The conclusion is that the animals submitted to the successive series of handling and transported on dirty roads for long distances caused the highest proportion of bruises, whereas the animals submitted to lot IV presented the highest number of bruises.


O trabalho teve como objetivo avaliar a influência do transporte na ocorrência de lesões, em carcaças de bovinos abatidos no Pantanal Sul Matogrossense, por meio da quantificação do número e do tamanho das lesões, assim como a localização da freqüência de ocorrência das lesões nos principais cortes comerciais padronizados para o mercado interno. Do total de 121 carcaças avaliadas, foi observado que 102 (84,3%) tiveram uma ou mais lesões, totalizando 270 lesões que resultaram na remoção de 56,1kg de carne, com média geral de 0,5kg por animal ou 0,6kg por animal, considerando-se apenas os animais que tiveram lesões. A freqüência de lesões em carcaças de bovinos evidenciou diferença significativa de acordo com as condições de transporte. As maiores proporções de lesões foram encontradas em animais submetidos ao transporte rodoviário por mais de uma hora e distâncias maiores que 70km, sendo grande parte em estradas não-pavimentadas. Conclui-se que os animais submetidos à série sucessiva de manejo e transportados em estradas não-pavimentadas por longas distâncias apresentaram maior proporção de lesões, sendo que os animais provenientes do lote VI apresentaram maior número de lesões.

4.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1477328

Resumo

This study aimed to assess the influence of transport on the occurrence of carcass bruising of cattle slaughtered in the Pantanal, by quantifying the number and size of bruises, locating the frequency of occurrence of bruises in the main commercial cuts standardized for interne market. From a total of 121 carcasses assessed, 102 (84.3%) had one or more bruises, totaling 270 bruises, which resulted in the removal of 56.1kg meat. The frequency of carcass bruises of cattle showed significant difference, according to the conditions of transport. The highest proportions of bruises found in animals submitted to road transport for more than one hour in distances longer than 70km, a great part of which on dirty toads. The conclusion is that the animals submitted to the successive series of handling and transported on dirty roads for long distances caused the highest proportion of bruises, whereas the animals submitted to lot IV presented the highest number of bruises.


O trabalho teve como objetivo avaliar a influência do transporte na ocorrência de lesões, em carcaças de bovinos abatidos no Pantanal Sul Matogrossense, por meio da quantificação do número e do tamanho das lesões, assim como a localização da freqüência de ocorrência das lesões nos principais cortes comerciais padronizados para o mercado interno. Do total de 121 carcaças avaliadas, foi observado que 102 (84,3%) tiveram uma ou mais lesões, totalizando 270 lesões que resultaram na remoção de 56,1kg de carne, com média geral de 0,5kg por animal ou 0,6kg por animal, considerando-se apenas os animais que tiveram lesões. A freqüência de lesões em carcaças de bovinos evidenciou diferença significativa de acordo com as condições de transporte. As maiores proporções de lesões foram encontradas em animais submetidos ao transporte rodoviário por mais de uma hora e distâncias maiores que 70km, sendo grande parte em estradas não-pavimentadas. Conclui-se que os animais submetidos à série sucessiva de manejo e transportados em estradas não-pavimentadas por longas distâncias apresentaram maior proporção de lesões, sendo que os animais provenientes do lote VI apresentaram maior número de lesões.

5.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-711902

Resumo

Aiming to evaluate carcass quantitative traits of ovine, thirty-six ½ Ile de France ½ Polwarth animals (12 uncastrated lambs, 12 discarded ewes and 12 discarded wether) were used. Animals were in grazing system based on Tifton 85 pastures and were supplemented with concentrate. Lambs were weaned with 17 kg and slaughtered at 32 kg of live weight, at around 5 months of age. Ewes and wethers were slaughtered with 55 kg and 60 months of age. Ovine categories did not affect dressing percentages of heat (48,11%) or cold (46,48%) carcass, but chilling losses were higher in carcasses from young (3,67%) than adult animals (2,35%). The carcass cuts (leg, ribs and shoulder) did not differ among animal categories, but neck percentages were higher in wethers (9,29%) and loin percentages were higher in lambs (14,56%). Mensurations on Longissimus lumborum muscle were different among all animal categories, except for maximum length of muscle (5,45 cm). In conclusion, animal categories presented similar dressing percentages, as curs of leg, shoulder and ribs.


Com o objetivo de avaliar as características quantitativas da carcaça de ovinos, foram utilizados 36 animais ½ Ile de France ½ Ideal (12 cordeiros não castrados, 12 ovelhas adultas de descarte e 12 capões adultos de descarte), criados em regime de pasto de Tifton - 85 com acesso à suplementação de concentrado em 1% em relação ao peso corporal. Os cordeiros foram desmamados com 17kg e abatidos aos 32kg de peso corporal, com aproximadamente 5 meses de idade. As ovelhas e capões foram abatidos ambos com peso corporal médio de 55kg e 60 meses de idade. As categorias animais não influenciaram os rendimentos de carcaça quente e fria, com valores médios de 48,11% e 46,48%, porém, para as perdas de peso ao resfriamento, houve valores maiores para as carcaças dos animais jovens (3,67%) em relação à dos adultos (2,35%). Os cortes da carcaça (perna, costelas e paleta) não diferiram entre as categorias animais, entretanto, o pescoço teve maior percentual para os capões (9,29%) e o lombo, para os cordeiros (14,56%). As mensurações no músculo Longissimus lumborum diferiram entre todas as categorias animais, exceto para o comprimento máximo do músculo (5,45cm). Concluiu-se que as categorias animais apresentam rendimentos de carcaça similares e, também, dos cortes da perna, paleta e das costelas

6.
Ci. Anim. bras. ; 10(3): 711-720, 2009.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-713180

Resumo

In order to evaluate the effect of ammonization in the production residue of Brachiaria brizantha seeds in the performance and in vivo biometric measurements of sheep, 19 Santa Inês lambs (females and non-castrated males) were used, with initial weight of 15kg, confined in individual cages until reaching 28kg. Animals were arranged into two groups, receiving isoenergetic and isoproteic diets with 40:60 volumous:concentrate ratio, being diet 1 (D1) made up with non-treated volumous with urea + addiction of urea in concentrate and diet 2 (D2) with treated volumous with addiction of 2% urea in MS + concentrate without urea. Dry matter consumption was similar between diets and sexes (0.85 kg/day, 3.28%/BW e 73.15 g/kg0,75/day); however, the remaining performance parameters were affected by the different sexes of animals. There was not interaction between diet and sex in biometric measurements; however, body length was higher for females (66.50 cm) compared to males (61.12 cm). We conclude that the effect of ammonization in diet volumous did not affect performance and biometric measurements of sheep terminated in confinement, being that some changes occurred due to the different sexes of the animals.KEY WORDS: Chemical treatment, nutritional value, sheep, urea, volumous.


Para avaliar o efeito da amonização no resíduo da produção de sementes de Brachiaria brizantha no desempenho e nas medidas biométricas in vivo de ovinos, foram utilizados dezenove cordeiros (machos não castrados e fêmeas) da raça Santa Inês, com peso inicial de quinze kg, confinados em gaiolas individuais até atingirem 28 kg. Distribuíram-se os animais em dois grupos, recebendo dietas isoenergéticas e isoproteicas com relação volumoso:concentrado 40:60, sendo a dieta 1 (D1) constituída de volumoso não amonizado + inclusão de ureia no concentrado e D2 com volumoso tratado com inclusão de 2% de ureia na MS + concentrado sem ureia. O consumo de matéria seca mostrou-se similar entre as dietas e sexos (0,85 kg/dia, 3,28%/PV e 73,15g/kg0,75/dia), porém os demais parâmetros de desempenho foram afetados pelos diferentes sexos dos animais. Não houve interação entre dieta e sexo nas medidas biométricas. No entanto, o comprimento corporal foi superior para fêmeas (66,50 cm) em comparação aos machos (61,12 cm). Conclui-se que o efeito da amonização no volumoso da dieta não afeta o desempenho, nem as medidas biométricas de ovinos terminados em confinamento. Algumas alterações que ocorrem relacionaram-se ao diferente sexo dos animais.PALAVRAS-CHAVES: Ovinos, tratamento químico, ureia, valor nutritivo, volumoso.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA