Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1432859

Resumo

The açaizeiro (Euterpe oleracea Mart.) is a natural species of the lowland areas of the Amazon region, with the state of Pará as the largest center of natural dispersion of this palm. Much of its production comes from extractivism and has the potential to increase fruit production by projecting the scenario for the advancement of the species' cultivation to the mainland, but it needs to be framed in market standards, therefore, improvement must occur. of seedling production techniques. Thus, this work aimed to evaluate the initial development in açaí plants, produced in containers with different volumes and substrates, during 360 days in the field. The test was carried out in the experimental field of Embrapa Amazônia Oriental, in Belém, PA. Açaizeiro seedlings of the cultivar BRS Pará, produced in two types of substrates (commercial and conventional) were used. For the production of seedlings, the following types of containers were used: plastic bag with dimensions of 18 x 24 cm (1900 cm³), which is recommended for the production of açaí seedlings and other fruit trees and tubes with volumes of 280, 175 and 95 cm³. The experiment was installed in a completely randomized block design, using four replications and five plants per plot. Field evaluations took place every 60 days after planting. The variables measured were: plant height, stem diameter and number of leaves. It was o


O açaizeiro (Euterpe oleracea Mart.) é uma espécie natural das áreas de várzea da região amazônica, sendo o estado do Pará como o maior centro de dispersão natural dessa palmeira. Grande parte de sua produção provém do extrativismo e possui potencial de incremento da produção de frutos ao projetar o cenário para o avanço do cultivo da espécie para a terra firme, mas necessita estar enquadrado nos padrões de mercado, portanto, deve-se ocorrer o aperfeiçoamento das técnicas de produção de mudas. Assim, o trabalho teve como objetivo avaliar o desenvolvimento inicial em plantas de açaizeiro, produzidas em recipientes com diferentes volumes e substratos, durante 360 dias em campo. O ensaio foi realizado no campo experimental da Embrapa Amazônia Oriental, em Belém, PA. Foram utilizadas mudas de açaizeiro da cultivar BRS Pará, produzidas em dois tipos de substratos (comercial e o convencional). Para a produção de mudas foram usados os seguintes tipos de recipientes: saco de plástico com as dimensões de 18 x 24 cm (1900 cm³), a qual é recomendada para a produção de mudas de açaizeiro e outras fruteiras e tubetes com volumes de 280, 175 e 95 cm³. O experimento foi instalado no delineamento experimental em blocos inteiramente casualizados, utilizando-se quatro repetições e cinco plantas por parcela. As avaliações em campo ocorreram a cada 60 dias após o plantio. As variáveis mensuradas f

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA