Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Ci. Rural ; 36(6)2006.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-705167

Resumo

The occurrence of chalk brood disease in colonies of the honey bee Apis mellifera located at the apiary of the Department of Zootecnia of the Federal University of Santa Maria (UFSM), Brazil, was evidenced in 2004. Hard and mummified honey bee larvae were collected from failed combs found in poorly populated colonies. These samples were analyzed in the Laboratory of Phytopathology, at the Plant Protection Department (UFSM), where the presence of fungal structures typical of Ascosphaera apis were observed. This fungus is known to cause chalk-brood disease. This is the first record of the presence of this disease in the central region of the State of Rio Grande do Sul, Brazil, characterizing the dissemination of the disease coming from the border with Uruguay and Argentina.


A ocorrência da doença apícola "cria giz", em colônias de abelhas Apis mellifera no apiário do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), RS, Brasil, foi constatada em 2004. Foram coletadas amostras de crias de abelhas duras e mumificadas em favos falhados nas colônias com pequena população. Essas amostras foram analisadas no Laboratório de Fitopatologia do Departamento de Defesa Fitossanitária da UFSM, onde se observou a presença de estruturas fúngicas com formação típica do fungo Ascosphaera apis, conhecido como causador da doença "cria giz". Até então não existiam notificações da presença dessa doença na região central do Estado do Rio Grande do Sul, o que pode caracterizar um avanço dessa enfermidade para o interior, a partir de regiões próximas à fronteira com o Uruguai e a Argentina.

2.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1476958

Resumo

The occurrence of chalk brood disease in colonies of the honey bee Apis mellifera located at the apiary of the Department of Zootecnia of the Federal University of Santa Maria (UFSM), Brazil, was evidenced in 2004. Hard and mummified honey bee larvae were collected from failed combs found in poorly populated colonies. These samples were analyzed in the Laboratory of Phytopathology, at the Plant Protection Department (UFSM), where the presence of fungal structures typical of Ascosphaera apis were observed. This fungus is known to cause chalk-brood disease. This is the first record of the presence of this disease in the central region of the State of Rio Grande do Sul, Brazil, characterizing the dissemination of the disease coming from the border with Uruguay and Argentina.


A ocorrência da doença apícola "cria giz", em colônias de abelhas Apis mellifera no apiário do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), RS, Brasil, foi constatada em 2004. Foram coletadas amostras de crias de abelhas duras e mumificadas em favos falhados nas colônias com pequena população. Essas amostras foram analisadas no Laboratório de Fitopatologia do Departamento de Defesa Fitossanitária da UFSM, onde se observou a presença de estruturas fúngicas com formação típica do fungo Ascosphaera apis, conhecido como causador da doença "cria giz". Até então não existiam notificações da presença dessa doença na região central do Estado do Rio Grande do Sul, o que pode caracterizar um avanço dessa enfermidade para o interior, a partir de regiões próximas à fronteira com o Uruguai e a Argentina.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA