Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 8 de 8
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Ciênc. rural (Online) ; 52(11): e20200708, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1375124

Resumo

This study quantified K uptake kinetic parameters in grass species Paspalum notatum, Paspalum urvillei and Axonopus affinis to associate them with growth. Ten milliliters (10 ml) of nutrient solution were collected in two-liter pots - with five repetitions in 24 hours - in order to determine K concentrations in the samples. Shoot and root dry matter, root length, volume, diameter and surface area, as well as kinetic parameters associated with nutrient uptake (Vmax, Km, Cmin and I) were determined. Species P. notatum was the one presenting the highest root, shoot and total dry matter production, as well as the highest root volume. P. urvillei recorded the highest K content, which may be associated with thinner roots and greater root surface area. A. affinis recorded the highest Vmax value, which led to greater K uptake efficiency.


O estudo quantificou os parâmetros cinéticos de captação de K nas gramíneas Paspalum notatum, Paspalum urvillei e Axonopus affinis associados com o crescimento. Dez mililitros (10 ml) de solução nutritiva foram coletados em vasos de dois litros - com cinco repetições em 24 horas - para determinação das concentrações de K nas amostras. A matéria seca da parte aérea e raízes; comprimento, volume, diâmetro e área superficial radicular, bem como parâmetros cinéticos associados à absorção de nutrientes (Vmax, Km, Cmin e I) foram avaliados. A espécie P. notatum apresentou a maior produção de raiz, parte aérea e MS total, bem como o maior volume de raiz. P. urvillei apresentou o maior teor de K, que pode ser associado a raízes mais finas e resultando em maior área superficial. A. affinis registrou o maior valor de Vmax, o que levou a uma maior eficiência de absorção de K.


Assuntos
Potássio/administração & dosagem , Nutrientes/análise , Paspalum/química
2.
Ci. Rural ; 50(7): e20190919, May 18, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-27035

Resumo

The objectives of this research were to evaluate the interaction between herbicides mixed with saflufenacil for the control of barnyardgrass and to determine the effect on photosynthetic and chlorophyll fluorescence parameters. The experiment was conducted in a greenhouse in a 2x8 factorial scheme, whose factor A tested resistant and susceptible biotypes; and factor B the herbicides: saflufenacil (70 g a.i. ha-1), clomazone (180 g a.i. ha-1), imazapyr + imazapic (73.5 + 24.5 g a.i. ha-1), and cyhalofop (360 g a.i. ha-1), the mixtures of these herbicides with saflufenacil, and control without treatment. Weed control was assessed 7, 14, 21 and 28 days after herbicide application (DAA), as well as shoot dry matter at 28 DAA, photosynthetic parameters using infrared gas analyzer (IRGA), and emission of chlorophyll a fluorescence after 24 and 28 hours of application of treatments, respectively, and interaction of herbicides. Combination of saflufenacil with the herbicides tested in general did not change the response of both barnyardgrass biotypes to the herbicides used. The resistant biotype showed a lower negative effect on chlorophyll fluorescence and photosynthesis parameters in the combination of herbicides with saflufenacil. The herbicide cyhalofop was effective for the control of ALS-susceptible and resistant barnyardgrass.(AU)


O objetivo deste trabalho foi avaliar a interação entre herbicidas associados ao saflufenacil para o controle de capim-arroz e a determinação do efeito dos herbicidas sobre os parâmetros fotossintéticos e de fluorescência de clorofila. O experimento foi conduzido em casa de vegetação em esquema fatorial 2x8, cujo fator A testou os biótipos resistente e suscetível; e o fator B os herbicidas: saflufenacil (70 g i.a. ha-1), clomazone (180 g i.a. ha-1), imazapyr+imazapic (73,5+24,5 g i.a. ha-1), cyhalofop (360 g i.a. ha-1), as associações desses com saflufenacil, e testemunha sem tratamento. Foi avaliado o controle aos 7, 14, 21 e 28 dias após a aplicação dos herbicidas (DAA), massa seca da parte aérea aos 28 DAA, avaliação de parâmetros fotossintéticos com analisador de gás infravermelho (IRGA) e emissão de fluorescência da clorofila a 24 e 48 horas após aplicação dos tratamentos, respectivamente, e interação dos herbicidas. A associação de saflufenacil com herbicidas testados na maior parte não modificou a resposta dos herbicidas para o controle de capim-arroz em ambos os biótipos. O biótipo resistente apresentou menor efeito negativo nos processos de fluorescência de clorofila e parâmetros de fotossíntese na associação de herbicidas com saflufenacil. O herbicida cyhalofop associado ao saflufenacil demonstra ser eficiente para o controle de capim-arroz suscetível e resistente a ALS.(AU)


Assuntos
Echinochloa/efeitos dos fármacos , Echinochloa/crescimento & desenvolvimento , Herbicidas , Fotossíntese/efeitos dos fármacos , Fluorescência , Clorofila
3.
Ci. Rural ; 48(12): e20180507, 2018. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-738746

Resumo

Rhizospheric carbon resulting from root exudation is one of the substrates used by the soil microbiota, and reflects methane (CH4) emissions in anoxic environments such as irrigated rice cultivation. With the increase of the photosynthetic capacity of the plant in the reproductive period, there is greater accumulation of biomass which, in turn, increases the rate of root exudation. However, genotypic variations in the physiological aspects of rice plants may be related to the amount of root exudates. Ten cultivars of irrigated rice were evaluated for the exudation rate of total organic carbon (EXRToc), shoot dry matter (SDM), and physiological variables related to photosynthesis during the full flowering (blooming) period. Two experiments were conducted in the greenhouse of the Department of Soils of the UFSM (University of Santa Maria, Santa Maria, RS, Brazil) in a completely randomized experimental design. The cultivars presented significant differences in EXRToc, SDM, and all physiological variables as well as positive and significant correlations between EXRToc and physiological variables. Early cultivars were more inefficient in the physiological variables reflecting reduced values of EXRToc and SDM whereas medium-cycle cultivars were more efficient with larger EXRToc and SDM reflections.(AU)


O carbono rizosférico resultado da exsudação radicular é um dos substratos utilizados pela microbiota do solo, refletindo-se nas emissões de metano (CH4) em ambientes anóxicos, como no cultivo de arroz irrigado. Com o aumento da capacidade fotossintética da planta no período reprodutivo, ocorre acúmulo maior de biomassa, que por sua vez, impulsiona aumento na taxa de exsudação radicular. Entretanto, variações genotípicas nos aspectos fisiológicos das plantas de arroz podem se relacionar com a quantidade de exsudatos radiculares. Foram avaliadas dez cultivares de arroz irrigado quanto a taxa de exsudação de carbono orgânico total (TEXCOT), matéria seca da parte aérea (MSPA) e variáveis fisiológicas relacionadas com a fotossíntese no período de florescimento pleno. Dois experimentos foram conduzidos na casa de vegetação do Departamento de Solos da UFSM em delineamento experimental inteiramente casualizado. As cultivares apresentaram diferenças significativas na TEXCOT, na MSPA e em todas as variáveis fisiológicas, bem como, correlações positivas e significantes entre TEXCOT e as variáveis fisiológicas, sendo que as cultivares de ciclo precoce se mostraram mais ineficientes nas variáveis fisiológicas refletindo em valores reduzidos de TEXCOT e MSPA, enquanto que as cultivares de ciclo médio se mostraram mais eficientes com reflexos em maiores TEXCOT e MSPA.(AU)

4.
Ci. Rural ; 46(2): 279-285, 2016.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-13928

Resumo

The mineral nutritional homeostasis in response to different concentrations of Hg (0, 25 and 50;M) was evaluated in Pfaffia glomerata plant. The exposure to the highest level of Hg (50µM) caused a decreasing in shoot and root fresh weights of 15.5% and 20%, respectively. Both shoot and root Hg concentrations increased linearly with increasing external Hg concentrations. Ca concentration decreased in shoot only at 50µM Hg, whereas shoot K and Mg concentrations decreased at both 25 and 50µM Hg, when compared to the control. A significant decrease in Cu, Zn, Fe and Mn concentrations in plants exposed to Hg was observed, but most Zn, Mn, and Cu in the roots. On the other hand, P concentration increased in both root and shoot of plants exposed at 25 and 50µM Hg, whereas Na concentration increased only in the root at 25 and 50µM Hg exposure. In general, tissue nutrient concentrations in P. glomerata plantlets exposed to Hg were significantly decreased, which indicates that the Hg may cause alteration on the mineral nutritional homeostasis of this species.(AU)


A homeostase nutricional mineral em resposta a diferentes concentrações de Hg (0, 25 e 50;M) foram avaliadas em plantas de Pfaffia glomerata. A exposição ao mais alto nível de Hg (50µM) causou um decréscimo de 15,5% e 20%, respectivamente, na matéria fresca da parte aérea e raízes. As concentrações de Hg na parte aérea e raízes aumentaram linearmente com o aumento das concentrações de Hg. A concentração de Ca decresceu na parte aérea somente em 50µM Hg, enquanto as concentrações de K e Mg na parte aérea decresceram tanto em 25 como em 50µM Hg, quando comparado ao controle. Observou-se um significativo decréscimo nas concentrações de Cu, Zn, Fe e Mn nas plantas expostas ao Hg, mas principalmente Zn, Mn e Cu nas raízes. Por outro lado, a concentração de P aumentou em raízes e parte aérea de plantas expostas a 25 e 50µM Hg, enquanto a concentração de Na aumentou somente nas raízes em 25 e 50µM Hg. No geral, as concentrações de nutrientes nos tecidos de P. glomerata expostas ao Hg foram significativamente diminuídas, o que indica que o Hg pode causar alterações na homeostase nutricional mineral dessa espécie.(AU)


Assuntos
Compostos de Mercúrio/efeitos adversos , Panax , Homeostase , Nutrientes , Micronutrientes
5.
Ci. Rural ; 46(9): 1572-1578, Sept. 2016. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-29708

Resumo

The presence of a compacted soil layer near the ground surface in paddy fields may limit the growth and development of soybean roots. The objective of this study was to evaluate different planting management systems and irrigation on growth and development of soybean root systems in lowland area. The experiment was carried out in 2013/14 and 2014/15 crop seasons in randomized complete block design with factorial treatment (3x2), with four replications. The treatments consisted of different planting management systems: sowing with double disc (A1); sowing with shank (A2) and deep tillage + sowing with double disc (A3), and irrigation: irrigated (D1) and non irrigated (D2). Planting management systems and irrigation influenced the growth of soybean roots. When double disc was used, roots have lower growth and increase in diameter. Use of shanks and deep tillage provide increased growth and development of soybean roots and greater depth distribution. An additional 55mm of irrigation during the V4 soybean development stage provides increased surface area and root volume in when the soil moisture reaches values below 60% of field capacity.(AU)


A presença de uma camada compactada próxima à superfície do solo em áreas de várzeas pode limitar o crescimento e desenvolvimento das raízes de soja. O objetivo do trabalho foi avaliar diferentes manejos de implantação e irrigação no crescimento e desenvolvimento do sistema radicular de soja em área de várzea. O experimento foi realizado nas safras 2013/14 e 2014/15 no delineamento experimental de blocos ao acaso em esquema fatorial (3x2), em faixa, com quatro repetições. Os tratamentos constaram de diferentes manejos de implantação da cultura: semeadura com disco duplo desencontrado (A1); semeadura com haste sulcadora (A2) e escarificação do solo + semeadura com disco duplo desencontrado (A3), e de irrigação: com irrigação (D1) e sem irrigação (D2). Os manejos de implantação e a irrigação influenciaram no crescimento das raízes de soja. No disco duplo, as raízes apresentam menor crescimento e aumento do diâmetro. Os manejos com haste sulcadora e escarificação do solo proporcionam maior crescimento e desenvolvimento de raízes de soja e maior distribuição em profundidade. Uma irrigação suplementar de 55mm no estádio V4 de desenvolvimento das plantas de soja proporciona aumento da área superficial e do volume de raízes em soja, quando a umidade do solo atinge valores abaixo de 60% da capacidade de campo.(AU)


Assuntos
Glycine max/crescimento & desenvolvimento , Raízes de Plantas/crescimento & desenvolvimento , Irrigação Agrícola
6.
Ci. Rural ; 46(3): 506-512, Mar. 2016. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-28761

Resumo

Aluminum (Al) is highly toxic to plants, causing stress and inhibiting growth and silicon (Si) is considered beneficial for plants. This chemical element has a high affinity with Al. The aim of this study was to investigate the potential of Si to mitigate the toxic effects of Al on potato ( Solanum tuberosum L.) plants and assess whether this behavior is different among genotypes with differing degrees of sensitivity to Al. Potato plants of the genotypes SMIJ319-7 (Al-sensitive) and SMIF212-3 (Al-tolerant) were grown for fourteen days in nutrient solution (without P and pH 4.5±0.1) under exposure to combinations of Al (0 and 1.85mM) and Si (0, 0.5 and 1.0mM). After this period, shoot and roots of the two genotypes were collected to determine Al content in tissues and assess morphological parameters of root and shoot growth. Roots of both genotypes accumulated more Al than shoots and the Al-tolerant genotype accumulated more Al than the sensitive one, both in roots and in shoot. Furthermore, the presence of 0.5 and 1.0mM Si together with Al reduced the Al content in shoot in both genotypes and in roots of the Al-tolerant genotype, respectively. Si ameliorated the toxic effects of Al with regard to number of root branches and leaf number in both potato genotypes. Si has the potential to mitigate the toxic effects of Al in potato plants regardless of Al sensitivity.(AU)


O alumínio (Al) é altamente tóxico para as plantas, causando estresse e inibindo o crescimento e o silício (Si) é considerado benéfico para as plantas. Este elemento químico tem uma alta afinidade com o Al. O objetivo deste estudo foi investigar o potencial do Si em amenizar os efeitos tóxicos do Al sobre plantas de batata ( Solanum tuberosum L.) e avaliar se esse comportamento é diferente entre os genótipos com diferente sensibilidade ao Al. Plantas de batata dos genótipos SMIJ319-7 (sensível ao Al) e SMIF212-3 (tolerante ao Al) foram cultivadas por 14 dias em solução nutritiva (sem P e pH 4,5±0,1), sob exposição a combinações de Al (0 e 1,85mM) e Si (0; 0,5 e 1,0mM). Após esse período, parte aérea e raízes dos dois genótipos foram coletadas para determinar o conteúdo de Al nos tecidos e avaliar parâmetros morfológicos das raízes e parte aérea. Raízes de ambos os genótipos acumularam mais Al do que a parte aérea, e o genótipo tolerante ao Al acumulou mais Al do que o sensível, tanto nas raízes quanto na parte aérea. Além disso, a presença de 0,5 e 1,0mM de Si juntamente com Al reduziu o conteúdo de Al na parte aérea em ambos os genótipos e nas raízes do genótipo tolerante ao Al, respectivamente. O Si amenizou os efeitos tóxicos do Al para número de ramificações de raízes e de folhas em ambos os genótipos de batata. Si tem o potencial para amenizar os efeitos tóxicos do Al em plantas de batata, independente da sensibilidade ao Al.(AU)


Assuntos
Solanum tuberosum/efeitos dos fármacos , Solanum tuberosum/crescimento & desenvolvimento , Desenvolvimento Vegetal , Silício/administração & dosagem , Alumínio/toxicidade
7.
Ci. Rural ; 45(6): 1013-1020, June 2015. graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-76314

Resumo

Aluminum (Al) toxicity is a limiting factor for crop production in acid soils, which cover approximately 60% of the Brazilian territory. This study aimed to evaluate the effects of Al on growth and tissue Al concentration of two Pfaffia glomerata accessions (BRA and JB/UFSM). Plantlets were grown in a hydroponic system with five Al concentrations (0, 50, 100, 150 and 200mg L-1) for 7 days. Most of the evaluated parameters presented significant interaction between both P. glomerata accessions and Al levels in nutrient solution and, in general, Al treatments negatively affected plant growth, especially roots. Moreover, BRA accession showed higher Al accumulation in its tissues than JB/UFSM and, consequently in BRA accession the growth was impaired substantially. Furthermore, the results suggest that, between P. glomerata accessions studied, BRA is less appropriated for medicinal uses when grown in soils with high Al levels, due to the higher accumulation of tissue Al content.(AU)


A toxidez do alumínio (Al) é um fator limitante da produção agrícola em solos ácidos, os quais cobrem cerca de 60% do território Brasileiro. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos do Al no crescimento e na concentração de Al nos tecidos de dois acessos de Pfaffia glomerata (BRA e JB/UFSM). As plantas foram cultivadas em sistema hidropônico, contendo cinco concentrações de Al (0, 50, 100, 150 e 200mg L-1) por 7 dias. Para a maioria dos parâmetros avaliados, houve interação significativa entre os dois acessos de P. glomerata e as concentrações de Al, sendo que, de modo geral, os tratamentos com Al afetaram negativamente o crescimento das plantas, especialmente as raízes. Além disso, o acesso BRA acumulou mais Al nos tecidos que o acesso JB/UFSM e, consequentemente, os parâmetros de crescimento foram afetados mais significativamente naquele acesso. Portanto, nossos resultados sugerem que, entre os acessos de P. glomerata estudados, BRA é menos indicado para usos medicinais quando cultivado em solos com altos níveis de Al, por acumular mais Al em seus tecidos.(AU)


Assuntos
Alumínio/análise , Alumínio/toxicidade , Genótipo , Panax/crescimento & desenvolvimento , Acidez do Solo
8.
Ci. Rural ; 38(4): 989-996, jul.-ago. 2008. ilus, tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-4528

Resumo

Este trabalho teve por objetivo caracterizar as exigências nutricionais de mudas de ginseng brasileiro (Pfaffia glomerata (Spreng.) Pedersen) em Argissolo Vermelho distrófico arênico pela técnica do nutriente faltante. Plantas de P. glomerata produzidas in vitro e aclimatizadas ex vitro foram usadas como material inicial para o experimento em casa de vegetação. Aos 10 dias após o transplante para o solo, através de soluções nutritivas, foram realizadas as adubações correspondentes a nove tratamentos: controle (sem adubação), adubação completa (com macro e micronutrientes) e as omissões individuais de N, P, K, Ca, Mg, S e dos micronutrientes (Zn, B, Cu, Fe, Mn e Mo). Aos 60 dias de cultivo, avaliaram-se os parâmetros de crescimento das plantas. O número de folhas por planta foi o parâmetro de crescimento mais afetado pela ausência dos nutrientes N, K, S e P na adubação. O efeito da omissão dos nutrientes na adubação foi diferenciado quanto à partição de biomassa entre os órgãos da planta. A biomassa acumulada pela parte aérea obedeceu à seguinte ordem decrescente, em relação à omissão do nutriente: Mg aproxidamente micronutrientes > Ca aproximadamente adubação completa > P > S > K > N < aproximadamente controle. Já a biomassa radicular obedeceu à seguinte ordem decrescente: Mg aproximadamente adubação completa aproximadamente ≥P ≥ micronutrientes ≥ S ≥ controle. Plantas jovens de P. glomerata cultivadas em Argissolo Vermelho distrófico arênico apresentaram grande redução no crescimento pela ausência de N, K, S e P na adubação. As omissões de Mg e dos micronutrientes na adubação não foram limitantes para o crescimento das plantas jovens.(AU)


This study aimed to characterize the nutritional demands of the young plants of Brazilian ginseng (Pfaffia glomerata (Spreng.) Pedersen) in a Paleudalf soil by means of the missing nutrient technique. Plantlets of P. glomerata produced in vitro and acclimatized ex vitro were used as start matter for the glasshouse experiment. Ten days after plant transfer to soil, fertilizations (by means of nutritive solutions) were done corresponding to nine treatments: control (without fertilization), complete fertilization (with macro and micronutrients), and with the omissions of N, P, K, Ca, Mg, S and micronutrients (Zn, B, Cu, Fe, Mn and Mo). At 60 days of cultivation, several growth parameters were evaluated. The number of leaves per plant was the growth parameter most affected by omission of N, K, S and P in the fertilization. The effect of nutrient omission in the fertilization on biomass partitioning between plant organs were differentiated. Accumulated shoot biomass obeied the following decreasing order, in relation with the nutrient omission: Mg approximatelly micronutrients > Ca approximatelly > P > S > K > N approximatelly control. While the root biomass obeied the following decreasing order: Mg approximatelly complete fertilization ≥ P ≥ micronutrients ≥ S ≥ Ca > N > K < approximatelly control. Young plants of P. glomerata grow in a Paleudalf soil showed greater reduction in growth by omission of N, K, S and P in the fertilization. The omission of Mg and micronutrients in the fertilization were not limiting to the growth of young plants.(AU)


Assuntos
Panax , Nutrientes/métodos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA