Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 65(5): 1313-1320, out. 2013. ilus, graf, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-10072

Resumo

Minas Gerais ocupa a quarta posição entre os estados brasileiros com maior produção de suídeos. A suinocultura envolve intenso trânsito de animal e, consequentemente, forma complexas redes de fluxo. Com a movimentação, esses animais podem carrear agentes patogênicos que podem ser disseminados por meio dessa rede de contatos. Diante disso, este estudo tem como objetivo descrever e analisar o trânsito de suídeos em Minas Gerais para compreender os caminhos mais prováveis para a disseminação de possíveis surtos. Os dados foram fornecidos pelo Instituto Mineiro de Agropecuária, originados das 56.823 Guias de Trânsito Animal emitidas no ano de 2009. A movimentação dos 5.354.735 suídeos foi analisada segundo a sua finalidade. O trânsito mais intenso ocorreu com a finalidade de abate (79,95%), seguida pelas finalidades de engorda (10,64%) e de reprodução (9,38%). A movimentação de animais para exposições e leilões representou apenas 0.03% dos transportes realizados. O trânsito em Minas Gerais é heterogêneo e concentra-se, principalmente, nas regiões do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Zona da Mata. As características do fluxo de animais tornam a utilização da estratégia das redes ideal para a elaboração das medidas de vigilância e controle das doenças dos suídeos em Minas Gerais.(AU)


Minas Gerais is the fourth largest Brazilian state in swine production. This activity involves the intense animal movement producing a complex network. In this context animals can carry on infectious agents and transmit them among the population. The aim of this study is to describe and analyze the movement of swine in Minas Gerais and to understand the most likely paths to spread possible outbreaks. Data were provided by the Instituto Mineiro de Agropecuária, derived from 56.823 Transit Animal Guides issued in 2009. The movement of 5.354.735 swine was analyzed according to its purpose. The traffic was more intense for slaughter (79.95%) followed by finishing (10.64%) and reproduction purposes (9.38%). The fairs and auction purposes represented only 0.03%. Movement of animals in Minas Gerais is heterogeneous and is mainly concentrated in same regions such as Alto Paranaíba and Zona da Mata. It also occurs in the Central and South regions. The network approach, based on graph theory, can be used more efficiently for the development of swine disease control programs and crisis management in Minas Gerais.(AU)


Assuntos
Animais , Suínos , Medicina Veterinária , Movimento
2.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 60(3): 566-573, jun. 2008. graf, map, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-6748

Resumo

Estudou-se a situação epidemiológica da raiva bovina em Minas Gerais de 1998 a 2006. Foram avaliadas 6873 fichas de diagnóstico de raiva por imunofluorescência direta. Para análise da distribuição temporal da raiva, foram construídas tabelas e gráficos no software Excel 2003 e o mapeamento dos diagnósticos foi feito no aplicativo Tabwin 1.4. Verificou-se tendência anual decrescente do número de exames e dos diagnósticos positivos (Y= -41,133x+544,89). Os meses de maio, junho e julho apresentaram o maior percentual de diagnósticos positivos. O número de municípios com raiva bovina variou ao longo do período estudado e manteve tendência decrescente (Y= -7,0833x+166,64), com expansão da doença para os municípios da região do Triângulo Mineiro.(AU)


Epidemiological data of bovine rabies were evaluated after analyzing 6,873 files collected in Minas Gerais state, from 1998 to 2006. Direct Immunofluorescence was performed to diagnosis the disease. The temporal distribution of the disease was analyzed after tables and graphics were made using the software Excel 2003. A mapping diagnosis was built using the applicatory Tabwin 1.4. It was observed an annual decreasing tendency in the number positive diagnosis (Y= -41.133x+544.89). A higher percentage of positive diagnosis for rabies was observed from May to July. There was a variation in the number of counties in which bovine rabies was diagnosed during the studied period and it maintained a decreasing trend (Y= -7.0833x+166.64), with expansion of the disease in direction of "Triângulo Mineiro" counties.(AU)


Assuntos
Animais , Distribuição Temporal , Raiva/diagnóstico , Raiva/epidemiologia , Raiva/veterinária , Imunofluorescência/métodos , Bovinos
3.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 60(4): 837-842, ago. 2008. ilus, map, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-6654

Resumo

Estudou-se a epidemiologia da raiva em cães e gatos, em Minas Gerais, e realizou-se um estudo descritivo de seu comportamento, de 2000 a 2006. Utilizaram-se, como fonte de dados, os relatórios mensais dos laboratórios do Centro de Controle de Zoonoses de Belo Horizonte e do Instituto Mineiro de Agropecuária. Os resultados demonstraram positividade de 1,5 por cento para raiva canina e 0,7 por cento para raiva felina. Houve tendência ao decréscimo do número de casos positivos de raiva canina (y = -3,2143x + 19,714) e também para a raiva felina, com apenas dois casos, ambos em 2000. As regiões com diagnóstico positivo coincidiram com as de menor desenvolvimento sócioeconômico.(AU)


In order to know the epidemiology of rabies in dogs and cats, in Minas Gerais State, a descriptive study of its behavior was carried out from 2000 to 2006. Data of monthly reports colleted at the laboratories of "Centro de Controle de Zoonoses (CCZ)" from Belo Horizonte" and "Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA)" were used. Positivity of 1.50 percent for canine rabies and 0.70 percent for feline rabies were observed. A tendency to the decrease of canine rabies positive cases was found (y= -3.2143x + 19.714) and the same was observed for cats, since only two cases occurred, both in 2000. The regions that present positive diagnostics also showed the lowest social economic development.(AU)


Assuntos
Animais , Raiva/epidemiologia , Distribuição Temporal , Cães , Gatos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA