Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1489065

Resumo

A dioctofimose em cães é uma doença parasitária registrada em vários estados do Brasil, incluindo o Rio Grande do Sul que afeta, principalmente, animais errantes que habitam áreas alagadas. A resolução do caso quando atinge apenas um rim é cirúrgica, sendo assim necessária à realização de anestesia geral para o procedimento de nefrectomia unilateral. Dessa forma, a busca por protocolos mais seguros que mantém a integridade renal é fundamental. O objetivo desse trabalho é relatar a anestesia para o procedimento de nefrectomia como tratamento de dioctofimose em um cão errante da cidade de Pelotas-RS. No presente caso, foi realizada medicação pré-anestésica, com acepromazina, cetamina associados amorfina, e indução com propofol. A manutenção do plano anestésico com isoflurano diluído em oxigênio a 100%, e foi ainda realizado o bloqueio epidural com bupivacaína e morfina para dessensibilização regional. Após o término do procedimento cirúrgico o paciente recebeu analgesia pós-operatória com meloxicam, tramadol e dipirona, e permaneceu na internação por 10 dias para monitoração da função renal e tratamento de doença dermatológica concomitante. O protocolo anestésico foi efetivo e sem maiores complicações, após alta médica foi levado para o canil da prefeitura, onde aguarda adoção.


Dioctophymosis in dogs is a parasitic disease registered in several states of Brazil, including Rio Grande do Sul, mainly wandering animals that live in flooded areas. The resolution of the case is only a surgical measure, so it is necessary to perform general anesthesia for the unilateral nephrectomy procedure. In this way, a search for other data that maintains the ri is fundamental. The purpose of this work is to report anesthesia for the nephrectomy procedure as a treatment of dioctosis in a wandering dog in the city of Pelotas, RS. In the present case, premedication with acepromazine, ketamine associated with morphine, and induction with propofol were performed. The maintenance of the anesthetic plan with isoflurane was diluted in 100% oxygen, and it was also performed with epidural block with bupivacaine and morphine for regional desensitization. After the end of the clinical procedure, the patient received postoperative analgesia with meloxicam, tramadol and dipyrone and remained in the hospital for 10 days to monitor renal function and the concomitant dermatology process. The anesthetic protocol was effective and without major complications, after being discharged to the health service, where it was installed.


Assuntos
Masculino , Animais , Cães , Anestesia/métodos , Anestesia/veterinária , Infecções por Enoplida/cirurgia , Infecções por Enoplida/veterinária , Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial/veterinária , Nefrectomia/métodos , Nefrectomia/veterinária , Dioctophymatoidea
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA