Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Ci. Rural ; 50(11): e20190989, 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-29585

Resumo

The canopy structure and morphogenesis of ryegrass (Lolium multiflorum Lam.) was investigated after it was over seeded with Tifton 85 (Cynodon spp.) and intercropped with red clover (Trifolium pratense L.). Time intervals between cuts were determined by different thermal sums (125, 250, 375, and 500 degree-days [DD]). Cuts were conducted at a height equivalent to 50% of the average canopy height. Morphogenic and structural data were collected from July to October of 2016 and 2017, from a completely randomized block experimental design. Canopy height, extended tiller height, pseudostem length, and forage mass were fitted to linear equations according to the thermal sums. Interaction of ryegrass with red clover was the highest (12.1%) for longer cut intervals (375 and 500 DD). The leaf appearance rate (0.0080 leaf/DD), phyllochron value (128.8 DD), and senescence rate (0.10 cm/DD) of ryegrass were comparable between the different intervals. The slowest elongation rate (0.06 cm/DD) with the shortest interval duration between cuts (171.6 DD) was observed in the 125 DD interval. According to the findings from this 2-year experiment, the use of a 250 DD cut interval was recommended between grazing events, taking into account the efficiency of forage use, ryegrass leaf, stem ratio, and interactions with red clover in the canopy under rotational stocking.(AU)


A estrutura do dossel e a morfogênese do azevém (Lolium multiflorum Lam.) foram investigadas após a sobressemeadura em Tifton 85 (Cynodon spp.) e consorciado com trevo vermelho (Trifolium pratense L.). Os intervalos de tempo entre os cortes foram determinados por diferentes somas térmicas (125, 250, 375 e 500 graus-dia [GD]). Os cortes foram realizados a uma altura equivalente a 50% da altura média do dossel. Os dados morfogênicos e estruturais foram coletados no período de julho a outubro de 2016 e 2017, em um delineamento experimental de blocos ao acaso. A altura do dossel, a altura estendida do perfilho, o comprimento do pseudocolmo e a massa de forragem se ajustaram a equações lineares de acordo com a soma térmica. A consorciação de azevém e trevo vermelho foi maior (12,1%) para intervalos de corte mais longos (375 e 500 GD). A taxa de aparecimento foliar (0,0080 folha/GD), filocrono (128,8 GD) e a taxa de senescência (0,10 cm /GD) do azevém não foram diferentes entre os intervalos de corte. A menor taxa de elongação (0,06 cm/GD) e duração de elongação (171,6 GD) foi observada no menor intervalo entre cortes, 125 GD. De acordo com os achados deste experimento de dois anos, recomenda-se o uso de um intervalo de corte de 250 GD entre os eventos de pastejo, levando em consideração a eficiência do uso de forragem, proporção de folhas e colmo de azevém e trevo vermelho no dossel, sob lotação rotativa.(AU)


Assuntos
Lolium/anatomia & histologia , Lolium/crescimento & desenvolvimento , Morfogênese , Desenvolvimento Vegetal , Trifolium , Cynodon
2.
Ci. Rural ; 48(4): 1-8, Apr. 2018. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-16948

Resumo

The aim of this study was to evaluate the performance and feed intake of grazing beef heifers on two grazing intervals determined by thermal sum related to leaf elongation duration during cool season on natural grasslands. A complete randomized block design experiment with two treatments and three replications was conducted from May to September 2011 in the central part of the state of Rio Grande do Sul, Brazil. The treatments were two thermal sums calculated at 375 and 750 degrees-days (DD) to determine the intervals between grazing periods in a rotational grazing system. Thirty six beef heifers with average age of 18 months old and (initial body weight = 220±14kg) were used, all heifers received ground corn supplement at a rate of 5g kg-1 of body weight per day, at 2p.m., throughout the experiment and had free access to mineral and protein supplementation (450g kg-1 of CP). Similar average daily gain (ADG), beef production gain (BPG) and feed intake (FI), were obtained in both treatments. Leaf elongation duration is an alternative grazing management tool for improved animal production and to increase animal stocking rate.(AU)


Objetivou-se avaliar o desempenho e consumo de matéria seca de bezerras manejadas em pastoreio rotativo, com intervalos de pastoreio definidos por duas somas térmicas relacionadas à duração de elongação foliar de dois grupos funcionais de gramíneas durante a estação fria em pastagem natural. O delineamento experimental foi o de blocos completamente casualizados, com dois tratamentos e três repetições de área na região central do Rio Grande do Sul, Brasil. Os tratamentos foram duas somas térmicas: 375 e 750 graus-dias (GD), que determinaram os intervalos entre os pastoreios. Foram utilizadas trinta e seis bezerras de corte com idade média de 18 meses e peso corporal médio de 220±14kg. Durante todo o experimento, as bezerras receberam como suplemento grão de milho moído a uma taxa de 0,5% do peso corporal por dia, às 14:00 horas e tiveram livre acesso à suplementação proteínada (45% PB). Não houve diferença para o ganho médio diário, ganho de peso por área e consumo de matéria seca entre os tratamentos. A soma térmica como intervalo de descanso entre os pastoreios mostrou-se uma alternativa de manejo para aumentar a taxa de lotação.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Lactente , Criação de Animais Domésticos , Poaceae , Ração Animal , Suplementos Nutricionais , Brasil
3.
Ciênc. rural (Online) ; 48(4): 1-8, 2018. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1480105

Resumo

The aim of this study was to evaluate the performance and feed intake of grazing beef heifers on two grazing intervals determined by thermal sum related to leaf elongation duration during cool season on natural grasslands. A complete randomized block design experiment with two treatments and three replications was conducted from May to September 2011 in the central part of the state of Rio Grande do Sul, Brazil. The treatments were two thermal sums calculated at 375 and 750 degrees-days (DD) to determine the intervals between grazing periods in a rotational grazing system. Thirty six beef heifers with average age of 18 months old and (initial body weight = 220±14kg) were used, all heifers received ground corn supplement at a rate of 5g kg-1 of body weight per day, at 2p.m., throughout the experiment and had free access to mineral and protein supplementation (450g kg-1 of CP). Similar average daily gain (ADG), beef production gain (BPG) and feed intake (FI), were obtained in both treatments. Leaf elongation duration is an alternative grazing management tool for improved animal production and to increase animal stocking rate.


Objetivou-se avaliar o desempenho e consumo de matéria seca de bezerras manejadas em pastoreio rotativo, com intervalos de pastoreio definidos por duas somas térmicas relacionadas à duração de elongação foliar de dois grupos funcionais de gramíneas durante a estação fria em pastagem natural. O delineamento experimental foi o de blocos completamente casualizados, com dois tratamentos e três repetições de área na região central do Rio Grande do Sul, Brasil. Os tratamentos foram duas somas térmicas: 375 e 750 graus-dias (GD), que determinaram os intervalos entre os pastoreios. Foram utilizadas trinta e seis bezerras de corte com idade média de 18 meses e peso corporal médio de 220±14kg. Durante todo o experimento, as bezerras receberam como suplemento grão de milho moído a uma taxa de 0,5% do peso corporal por dia, às 14:00 horas e tiveram livre acesso à suplementação proteínada (45% PB). Não houve diferença para o ganho médio diário, ganho de peso por área e consumo de matéria seca entre os tratamentos. A soma térmica como intervalo de descanso entre os pastoreios mostrou-se uma alternativa de manejo para aumentar a taxa de lotação.


Assuntos
Animais , Bovinos , Criação de Animais Domésticos , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Lactente , Poaceae , Ração Animal , Brasil , Suplementos Nutricionais
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA