Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros

Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 70(6): 1935-1942, nov.-dez. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-970707

Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar as características de carcaça e dos componentes não carcaça de cordeiros terminados em confinamento, com diferentes proporções de caroço de algodão na dieta. Foram utilizados 45 cordeiros, machos, não castrados, da raça Ile de France. Os tratamentos foram constituídos por níveis de inclusão de caroço de algodão na matéria seca (MS) da dieta total (0%; 10%; 20%; 30% ou 40%), sendo a dieta composta por silagem de milho (Zea mays L.), grão de milho triturado (Zea mays L.), farelo de soja (Glycine max L.), caroço de algodão (Gossypium hirsutum L.), calcário calcítico e sal mineral, em proporção de volumoso:concentrado de 40:60. Os animais foram abatidos com peso de abate preestabelecido. O peso de carcaça quente e o peso de carcaça fria, bem como o índice de quebra ao resfriamento, o índice de compacidade, a conformação e o estado de engorduramento da carcaça, não foram influenciados (P>0,05) pelo nível de inclusão de caroço de algodão na dieta. As características de rendimento de carcaça quente e rendimento de carcaça fria diminuíram linearmente (P≤0,05) à medida que se incluiu caroço de algodão na dieta. Com relação à medida de espessura de gordura de cobertura, pode-se observar que houve comportamento quadrático crescente e, em relação à variável área de olho de lombo, o comportamento observado foi o linear decrescente. Quanto às proporções dos cortes comerciais da carcaça, o peso de perna diminuiu linearmente (P≤0,05) enquanto a porcentagem de perna foi influenciada de forma quadrática (P≤0,05) pela inclusão de caroço de algodão nas dietas. O trato gastrointestinal cheio e o conteúdo do trato gastrointestinal aumentam linearmente (P≤0,05) com o incremento do nível de inclusão de caroço de algodão na dieta. Algumas das características de carcaça e dos componentes não carcaça tiveram influência negativa da elevação do teor de fibra e de lipídios da dieta à medida que se incluiu caroço de algodão na dieta total.(AU)


The objective of this study was to evaluate the carcass and non carcass components characteristics of lambs finished in feedlot with different proportions of cottonseed on the diet. Forty five lambs, non castrated males, from Ile de France race. The treatments were constituted by levels of inclusion of cottonseed on dry matter (DM) of the total diet (0%; 10%; 20%; 30% or 40%), being the diet composed by corn silage (Zea mays L.), ground corn grain (Zea mays L.), soybean meal (Glycine max L.), cottonseed (Gossypiumhirsutum L.), limestone and mineral salt in a roughage: concentrate proportion of 40:60. The animals were slaughtered with a pre- established slaughter weight. The hot and cold carcass weight, as well as the carcass chilling index, the compactness index, the conformation and the fattening state of the carcass were not influenced (P> 0.05) by the level of inclusion of cottonseed on the diet. The hot and cold carcass yield decreased linearly (P≤ 0.05) as the cottonseed was included on the diet. Regarding the subcutaneous fat thickness it is possible to observe that there was a crescent quadratic behavior and in relation to the rib eye area variable, the behavior observed was linear decrescent. Regarding the proportions of the commercial cuts of the carcass, the leg weight decreased linearly (P≤ 0.05) while the percentage of leg was quadratic influenced (P≤ 0.05) by the inclusion of cottonseed on the diets. The full gastrointestinal tract and the gastrointestinal tract content increased linearly (P≤ 0.05) with the increase on the level of inclusion of cottonseed on the diet. Some of the carcass and non carcass components characteristics had negative influence of level fiber content and dietary lipids as it included cottonseed in the total diet.(AU)


Assuntos
Animais , Carne/classificação , Ovinos/classificação , Ração Animal/análise , Óleo de Sementes de Algodão/análise
2.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 70(6): 1935-1942, nov.-dez. 2018. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-21287

Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar as características de carcaça e dos componentes não carcaça de cordeiros terminados em confinamento, com diferentes proporções de caroço de algodão na dieta. Foram utilizados 45 cordeiros, machos, não castrados, da raça Ile de France. Os tratamentos foram constituídos por níveis de inclusão de caroço de algodão na matéria seca (MS) da dieta total (0%; 10%; 20%; 30% ou 40%), sendo a dieta composta por silagem de milho (Zea mays L.), grão de milho triturado (Zea mays L.), farelo de soja (Glycine max L.), caroço de algodão (Gossypium hirsutum L.), calcário calcítico e sal mineral, em proporção de volumoso:concentrado de 40:60. Os animais foram abatidos com peso de abate preestabelecido. O peso de carcaça quente e o peso de carcaça fria, bem como o índice de quebra ao resfriamento, o índice de compacidade, a conformação e o estado de engorduramento da carcaça, não foram influenciados (P>0,05) pelo nível de inclusão de caroço de algodão na dieta. As características de rendimento de carcaça quente e rendimento de carcaça fria diminuíram linearmente (P≤0,05) à medida que se incluiu caroço de algodão na dieta. Com relação à medida de espessura de gordura de cobertura, pode-se observar que houve comportamento quadrático crescente e, em relação à variável área de olho de lombo, o comportamento observado foi o linear decrescente. Quanto às proporções dos cortes comerciais da carcaça, o peso de perna diminuiu linearmente (P≤0,05) enquanto a porcentagem de perna foi influenciada de forma quadrática (P≤0,05) pela inclusão de caroço de algodão nas dietas. O trato gastrointestinal cheio e o conteúdo do trato gastrointestinal aumentam linearmente (P≤0,05) com o incremento do nível de inclusão de caroço de algodão na dieta. Algumas das características de carcaça e dos componentes não carcaça tiveram influência negativa da elevação do teor de fibra e de lipídios da dieta à medida que se incluiu caroço de algodão na dieta total.(AU)


The objective of this study was to evaluate the carcass and non carcass components characteristics of lambs finished in feedlot with different proportions of cottonseed on the diet. Forty five lambs, non castrated males, from Ile de France race. The treatments were constituted by levels of inclusion of cottonseed on dry matter (DM) of the total diet (0%; 10%; 20%; 30% or 40%), being the diet composed by corn silage (Zea mays L.), ground corn grain (Zea mays L.), soybean meal (Glycine max L.), cottonseed (Gossypiumhirsutum L.), limestone and mineral salt in a roughage: concentrate proportion of 40:60. The animals were slaughtered with a pre- established slaughter weight. The hot and cold carcass weight, as well as the carcass chilling index, the compactness index, the conformation and the fattening state of the carcass were not influenced (P> 0.05) by the level of inclusion of cottonseed on the diet. The hot and cold carcass yield decreased linearly (P≤ 0.05) as the cottonseed was included on the diet. Regarding the subcutaneous fat thickness it is possible to observe that there was a crescent quadratic behavior and in relation to the rib eye area variable, the behavior observed was linear decrescent. Regarding the proportions of the commercial cuts of the carcass, the leg weight decreased linearly (P≤ 0.05) while the percentage of leg was quadratic influenced (P≤ 0.05) by the inclusion of cottonseed on the diets. The full gastrointestinal tract and the gastrointestinal tract content increased linearly (P≤ 0.05) with the increase on the level of inclusion of cottonseed on the diet. Some of the carcass and non carcass components characteristics had negative influence of level fiber content and dietary lipids as it included cottonseed in the total diet.(AU)


Assuntos
Animais , Carne/classificação , Ovinos/classificação , Ração Animal/análise , Óleo de Sementes de Algodão/análise
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA