Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
R. bras. Reprod. Anim. ; 39(3): 362-366, Jul-Set. 2015. ilus, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-14927

Resumo

O objetivo deste trabalho foi comparar o resultado de diferentes protocolos de inseminação artificial emtempo fixo (IATF), utilizando-se sêmen sexado, sobre a eficiência reprodutiva em novilhas Girolando. Foramutilizadas 62 novilhas clinicamente hígidas e com escore corporal entre 2,5 e 3,5, divididas aleatoriamente emtrês grupos: controle (n = 21), FSH/LH (n = 21) e eCG (n = 20). Todos os animais receberam o mesmotratamento hormonal para sincronização do estro, consistindo na introdução de dispositivo intravaginal com750mg de progesterona (P4) no dia zero às 17-h, e aplicação de 2-mg de benzoato de estradiol (BE). No dia oitoàs 17-h, foram retirados os implantes e aplicados ml de prostaglandina (0,500-mg cloprostenol). No dia nove,todos os animais receberam 1-mg de benzoato de estradiol (BE) às 17-h. As novilhas foram inseminadas no dia11, às cinco horas, isto é 60-h após a retirada do implante. No dia oito, as novilhas foram distribuídasaleatoriamente em três grupos: grupo controle sem FSH/LH e eCG: grupo FSH/LH 25-UI de FSH e LHaplicados na retirada do implante: grupo eCG 300-UI de eCG aplicados na retirada do implante. As novilhasforam examinadas por ultrassonografia 35 dias após a IA para diagnóstico de gestação e aos 45 dias paraavaliação de perda embrionária. O percentual de prenhez para os grupos controle, FSH/LH e eCG foramrespectivamente 19, 28 e 35%. Os dados foram avaliados pelo teste do qui-quadrado, com nível de significânciade 5%. Não houve diferença significativa entre os grupos. Ao se avaliar a taxa de prenhez entre o grupo controlee o grupo eCG em novilhas que não estavam ciclando, houve uma diferença significativa. Conclui-se que, emanimais cíclicos, a eCG e o FSH/LH não interferiram nas taxas de prenhez. Entretanto, quando comparados comos animais acíclicos ou que tinham folículos menores que 8-mm, a eCG teve um efeito favorável, melhorandosubstancialmente os resultados.(AU)


The aim of this study was to compare results of different protocols of timed artificial insemination (TAI)using sexed semen on reproductive efficiency in Girolando cattle. Sixty two heifers were used, being clinicallyhealthy with a body score condition between 2,5 and 3,5, divided randomly into three groups: control (n = 21),FSH/LH (n = 21) and eCG (n = 20). All animals received the same hormonal treatment to synchronize estrus,consisting in inserting na intravaginal device with 750 mg of progesterone (P4) plus 2 mg of estradiol benzoate(EB) on day 0 (5:00 PM). On day 8 (5:00 PM), the device was removed, and 2 ml of prostaglandin (0,5 mg ofcloprostenol) were administered. On day 9 all animals received 1 mg of estradiol benzoate (EB; 5:00 PM), andwere inseminated on day 11 at 5:00 AM, 60 h after device removal. On day 8, heifers were randomly assigned intothree groups. Control group without FSH/LH and eCG; group FSH/LH - 25 IU FSH and LH administered afterdevice removal, group eCG - 300 IU eCG administered after device removal. Heifers were examined byultrasonography 35 days after AI for pregnancy diagnosis and 45 days for evaluation of embryonic death.Pregnancy rates for control, FSH/LH, and eCG groups were, respectively, 19, 28 and 35%. Data were analyzed bychi-square, with 5% significance level. No significant difference was seen between-groups. When control and eCGgroups were, compared in heifers not cycling, a difference in pregnancy rate was observed. It is concluded that incycling animals, eCG and FSH/LH does not interfere with pregnancy rates, however in those heifers that were notcycling or had follicles smaller than 8 mm, eCG had a favorable effect thereby increasing substantially the results.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Bovinos , Inseminação Artificial/classificação , Inseminação Artificial/veterinária , Bovinos/embriologia , Eletrocardiografia
2.
Rev. bras. reprod. anim ; 39(3): 362-366, Jul-Set. 2015. ilus, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1492192

Resumo

O objetivo deste trabalho foi comparar o resultado de diferentes protocolos de inseminação artificial emtempo fixo (IATF), utilizando-se sêmen sexado, sobre a eficiência reprodutiva em novilhas Girolando. Foramutilizadas 62 novilhas clinicamente hígidas e com escore corporal entre 2,5 e 3,5, divididas aleatoriamente emtrês grupos: controle (n = 21), FSH/LH (n = 21) e eCG (n = 20). Todos os animais receberam o mesmotratamento hormonal para sincronização do estro, consistindo na introdução de dispositivo intravaginal com750mg de progesterona (P4) no dia zero às 17-h, e aplicação de 2-mg de benzoato de estradiol (BE). No dia oitoàs 17-h, foram retirados os implantes e aplicados ml de prostaglandina (0,500-mg cloprostenol). No dia nove,todos os animais receberam 1-mg de benzoato de estradiol (BE) às 17-h. As novilhas foram inseminadas no dia11, às cinco horas, isto é 60-h após a retirada do implante. No dia oito, as novilhas foram distribuídasaleatoriamente em três grupos: grupo controle sem FSH/LH e eCG: grupo FSH/LH 25-UI de FSH e LHaplicados na retirada do implante: grupo eCG 300-UI de eCG aplicados na retirada do implante. As novilhasforam examinadas por ultrassonografia 35 dias após a IA para diagnóstico de gestação e aos 45 dias paraavaliação de perda embrionária. O percentual de prenhez para os grupos controle, FSH/LH e eCG foramrespectivamente 19, 28 e 35%. Os dados foram avaliados pelo teste do qui-quadrado, com nível de significânciade 5%. Não houve diferença significativa entre os grupos. Ao se avaliar a taxa de prenhez entre o grupo controlee o grupo eCG em novilhas que não estavam ciclando, houve uma diferença significativa. Conclui-se que, emanimais cíclicos, a eCG e o FSH/LH não interferiram nas taxas de prenhez. Entretanto, quando comparados comos animais acíclicos ou que tinham folículos menores que 8-mm, a eCG teve um efeito favorável, melhorandosubstancialmente os resultados.


The aim of this study was to compare results of different protocols of timed artificial insemination (TAI)using sexed semen on reproductive efficiency in Girolando cattle. Sixty two heifers were used, being clinicallyhealthy with a body score condition between 2,5 and 3,5, divided randomly into three groups: control (n = 21),FSH/LH (n = 21) and eCG (n = 20). All animals received the same hormonal treatment to synchronize estrus,consisting in inserting na intravaginal device with 750 mg of progesterone (P4) plus 2 mg of estradiol benzoate(EB) on day 0 (5:00 PM). On day 8 (5:00 PM), the device was removed, and 2 ml of prostaglandin (0,5 mg ofcloprostenol) were administered. On day 9 all animals received 1 mg of estradiol benzoate (EB; 5:00 PM), andwere inseminated on day 11 at 5:00 AM, 60 h after device removal. On day 8, heifers were randomly assigned intothree groups. Control group without FSH/LH and eCG; group FSH/LH - 25 IU FSH and LH administered afterdevice removal, group eCG - 300 IU eCG administered after device removal. Heifers were examined byultrasonography 35 days after AI for pregnancy diagnosis and 45 days for evaluation of embryonic death.Pregnancy rates for control, FSH/LH, and eCG groups were, respectively, 19, 28 and 35%. Data were analyzed bychi-square, with 5% significance level. No significant difference was seen between-groups. When control and eCGgroups were, compared in heifers not cycling, a difference in pregnancy rate was observed. It is concluded that incycling animals, eCG and FSH/LH does not interfere with pregnancy rates, however in those heifers that were notcycling or had follicles smaller than 8 mm, eCG had a favorable effect thereby increasing substantially the results.


Assuntos
Feminino , Animais , Bovinos , Bovinos/embriologia , Inseminação Artificial/classificação , Inseminação Artificial/veterinária , Eletrocardiografia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA