Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 7 de 7
Filtrar
Mais filtros

Intervalo de ano de publicação
2.
B. Inst. Pesca ; 43(n.esp): 85-92, dez. 2017. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-18430

Resumo

This study evaluated the dietary inclusion of a fish protein hydrolysate (FPH) derived from from tilapia trimmings, on physiological and growth parameters of juveniles of Arapaima gigas. A total of 180 arapaima juveniles (91.4 ± 2.7 g) were used in a complete randomized design with six treatments (n = 3). Fish were fed to apparent satiation four times a day for eight weeks, with diets containing increasing inclusion levels of FPH (0, 4, 8, 12, 16 and 20%). FPH diets did not affect growth and hemato-biochemical parameters of arapaima juveniles. The FPH from tilapia trimmings seems to be a suitable ingredient for arapaima over 90 g feeds, at least up to 20% inclusion level. No bioactive effects of the FPH could be detected.(AU)


Este estudo avaliou a inclusão na dieta de um hidrolisado de proteína de peixe (FPH) derivado de aparas de tilápia sobre parâmetros fisiológicos, crescimento e composição proximal do músculo de juvenis de Arapaima gigas. Cento e oitenta juvenis de arapaima (91,4 ± 2,7 g) foram utilizados em delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos (n = 3). Os peixes foram alimentados até saciedade aparente quatro vezes por dia durante oito semanas, com dietas contendo níveis crescentes de inclusão de FPH (0, 4, 8, 12, 16 e 20%). As dietas de FPH não afetaram o crescimento e os parâmetros hemato-bioquímicos de juvenis de arapaima. O FPH de aparas de tilápia parece ser um ingrediente adequado para rações de arapaima acima de 90 g, pelo menos até 20% de inclusão. Nenhum efeito bioativo da FPH pode ser detectado.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes , Água Doce , Dieta/veterinária , Hidrolisados de Proteína , Ração Animal , Tilápia , Carnívoros
3.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1465230

Resumo

This study evaluated the dietary inclusion of a fish protein hydrolyzate (FPH) derived from tilapia trimmings on physiological and growth parameters of juveniles of Arapaima gigas. A total of 180 arapaima juveniles (91.4 ± 2.7 g) were used in a complete randomized design with six treatments (n = 3). Fish were fed to apparent satiation four times a day for eight weeks, with diets containing increasing inclusion levels of FPH (0, 4, 8, 12, 16 and 20%). FPH diets did not affect growth and hemato-biochemical parameters of arapaima juveniles. The FPH from tilapia trimmings seems to be a suitable ingredient for arapaima over 90 g, feeds at least up to 20% inclusion level. No bioactive effects of the FPH could be detected.


Este estudo avaliou a inclusão na dieta de um hidrolisado de proteína de peixe (FPH) derivado de aparas de tilápia sobre parâmetros fisiológicos, crescimento e composição proximal do músculo de juvenis de Arapaima gigas. Cento e oitenta juvenis de arapaima (91,4 ± 2,7 g) foram utilizados em delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos (n = 3). Os peixes foram alimentados até saciedade aparente, quatro vezes por dia durante oito semanas, com dietas contendo níveis crescentes de inclusão de FPH (0, 4, 8, 12, 16 e 20%). As dietas de FPH não afetaram o crescimento e os parâmetros hemato-bioquímicos de juvenis de arapaima. O FPH de aparas de tilápia parece ser um ingrediente adequado para rações de arapaima acima de 90 g, pelo menos até 20% de inclusão. Nenhum efeito bioativo da FPH pôde ser detectado.Este estudo avaliou a inclusão na dieta de um hidrolisado de proteína de peixe (FPH) derivado de aparas de tilápia sobre parâmetros fisiológicos, crescimento e composição proximal do músculo de juvenis de Arapaima gigas. Cento e oitenta juvenis de arapaima (91,4 ± 2,7 g) foram utilizados em delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos (n = 3). Os peixes foram alimentados até saciedade aparente, quatro vezes por dia durante oito semanas, com dietas contendo níveis crescentes de inclusão de FPH (0, 4, 8, 12, 16 e 20%). As dietas de FPH não afetaram o crescim

4.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 43(n.esp): 85-92, dez. 2017. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1465306

Resumo

This study evaluated the dietary inclusion of a fish protein hydrolysate (FPH) derived from from tilapia trimmings, on physiological and growth parameters of juveniles of Arapaima gigas. A total of 180 arapaima juveniles (91.4 ± 2.7 g) were used in a complete randomized design with six treatments (n = 3). Fish were fed to apparent satiation four times a day for eight weeks, with diets containing increasing inclusion levels of FPH (0, 4, 8, 12, 16 and 20%). FPH diets did not affect growth and hemato-biochemical parameters of arapaima juveniles. The FPH from tilapia trimmings seems to be a suitable ingredient for arapaima over 90 g feeds, at least up to 20% inclusion level. No bioactive effects of the FPH could be detected.


Este estudo avaliou a inclusão na dieta de um hidrolisado de proteína de peixe (FPH) derivado de aparas de tilápia sobre parâmetros fisiológicos, crescimento e composição proximal do músculo de juvenis de Arapaima gigas. Cento e oitenta juvenis de arapaima (91,4 ± 2,7 g) foram utilizados em delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos (n = 3). Os peixes foram alimentados até saciedade aparente quatro vezes por dia durante oito semanas, com dietas contendo níveis crescentes de inclusão de FPH (0, 4, 8, 12, 16 e 20%). As dietas de FPH não afetaram o crescimento e os parâmetros hemato-bioquímicos de juvenis de arapaima. O FPH de aparas de tilápia parece ser um ingrediente adequado para rações de arapaima acima de 90 g, pelo menos até 20% de inclusão. Nenhum efeito bioativo da FPH pode ser detectado.


Assuntos
Animais , Dieta/veterinária , Hidrolisados de Proteína , Peixes , Ração Animal , Água Doce , Carnívoros , Tilápia
5.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-761463

Resumo

This study evaluated the dietary inclusion of a fish protein hydrolyzate (FPH) derived from tilapia trimmings on physiological and growth parameters of juveniles of Arapaima gigas. A total of 180 arapaima juveniles (91.4 ± 2.7 g) were used in a complete randomized design with six treatments (n = 3). Fish were fed to apparent satiation four times a day for eight weeks, with diets containing increasing inclusion levels of FPH (0, 4, 8, 12, 16 and 20%). FPH diets did not affect growth and hemato-biochemical parameters of arapaima juveniles. The FPH from tilapia trimmings seems to be a suitable ingredient for arapaima over 90 g, feeds at least up to 20% inclusion level. No bioactive effects of the FPH could be detected.


Este estudo avaliou a inclusão na dieta de um hidrolisado de proteína de peixe (FPH) derivado de aparas de tilápia sobre parâmetros fisiológicos, crescimento e composição proximal do músculo de juvenis de Arapaima gigas. Cento e oitenta juvenis de arapaima (91,4 ± 2,7 g) foram utilizados em delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos (n = 3). Os peixes foram alimentados até saciedade aparente, quatro vezes por dia durante oito semanas, com dietas contendo níveis crescentes de inclusão de FPH (0, 4, 8, 12, 16 e 20%). As dietas de FPH não afetaram o crescimento e os parâmetros hemato-bioquímicos de juvenis de arapaima. O FPH de aparas de tilápia parece ser um ingrediente adequado para rações de arapaima acima de 90 g, pelo menos até 20% de inclusão. Nenhum efeito bioativo da FPH pôde ser detectado.Este estudo avaliou a inclusão na dieta de um hidrolisado de proteína de peixe (FPH) derivado de aparas de tilápia sobre parâmetros fisiológicos, crescimento e composição proximal do músculo de juvenis de Arapaima gigas. Cento e oitenta juvenis de arapaima (91,4 ± 2,7 g) foram utilizados em delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos (n = 3). Os peixes foram alimentados até saciedade aparente, quatro vezes por dia durante oito semanas, com dietas contendo níveis crescentes de inclusão de FPH (0, 4, 8, 12, 16 e 20%). As dietas de FPH não afetaram o crescim

6.
Lins; s.n; 01/08/2012. 84 p.
Tese em Português | VETINDEX | ID: biblio-1505007

Resumo

Resumo, Visando contribuir com os estudos sobre o uso de fitoterápicos na aquicultura, principalmente em espécies nativas como o pirarucu Arapaima gigas, o presente estudo avaliou, in vitro, a toxicidade do extrato aquoso da pimenta de macaco, Piper aduncum L nos monogenéticos de pirarucu, e determinou concentrações como referência para tratamentos de alevinos de pirarucus em banhos terapêuticos (Capítulo 1). A partir dessas informações avaliou-se a eficácia do extrato no controle dos monogenéticos das brânquias do pirarucu em banhos curtos (0,5 h) e longos (24 h), e seus efeitos sobre as variáveis sanguíneas (Capítulo 2). No teste in vitro, foi avaliado o efeito de 40, 60, 80, 100 e 120 ml/L do extrato em monogenéticos durante três horas de exposição. O extrato causou 100% de mortalidade dos parasitas em 100 e 120 ml/L, após duas horas, enquanto em 80 ml/L após três horas exposição. Para 40 e 60 ml/L do extrato, a mortalidade foi de 90% após três horas de exposição. A partir desses resultados, as respostas fisiológicas do pirarucu foram avaliadas em banhos com 40, 60, 80 e 100 ml/L do extrato e um controle (sem extrato), durante 24 h, sendo analisados o hematócrito (Ht), a concentração de hemoglobina (Hb), o número de eritrócitos (RBC), a concentração de hemoglobina corpuscular média (CHCM), a hemoglobina corpuscular média (HCM), o volume corpuscular médio (VCM), a glicose e as proteínas plasmáticas totais. Foi observada redução significativa (p<0,05) no Ht e 16,6% de mortalidade dos pirarucus na concentração 100 ml/L. No capítulo 2, foram testadas tres concentrações do extrato (0, 40, 60 e 80 ml/L) e um grupo controle (sem extrato), em banhos de curta (0,5 h) e longa duração (24 h) e avaliados os parâmetros sanguíneos e a carga parasitária. Os resultados demonstraram que não houve diferença significativa na redução da carga parasitária dos peixes expostos em banhos por 0,5 horas e houve aumento da hemoglobina ([Hb]) em 40 ml/L. No banho longo (24 h), todas as concentrações apresentaram redução da carga parasitária, entretanto 80 ml/L causou o melhor resultado com 80,16% de eficácia. Nos banhos curtos (0,5) e longos (24 h), houve uma tendência na redução dos valores de Ht e RBC. Ao contrário [Hb], HCM e CHCM e glicose plasmática demonstraram elevação. Os resultados indicaram que concentrações inferiores a 80 ml/L do extrato, testadas neste estudo, não altera a homeostase fisiológica do pirarucu além de apresentar eficácia contra Dawestrema cycloancistrium e D. Cycloancistrioides


Assuntos
Animais , Peixes/fisiologia , Peixes/imunologia , Peixes/parasitologia , Aquicultura , Parasitos
7.
Lins; s.n; 01/08/2012. 84 p.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-12

Resumo

Resumo, Visando contribuir com os estudos sobre o uso de fitoterápicos na aquicultura, principalmente em espécies nativas como o pirarucu Arapaima gigas, o presente estudo avaliou, in vitro, a toxicidade do extrato aquoso da pimenta de macaco, Piper aduncum L nos monogenéticos de pirarucu, e determinou concentrações como referência para tratamentos de alevinos de pirarucus em banhos terapêuticos (Capítulo 1). A partir dessas informações avaliou-se a eficácia do extrato no controle dos monogenéticos das brânquias do pirarucu em banhos curtos (0,5 h) e longos (24 h), e seus efeitos sobre as variáveis sanguíneas (Capítulo 2). No teste in vitro, foi avaliado o efeito de 40, 60, 80, 100 e 120 ml/L do extrato em monogenéticos durante três horas de exposição. O extrato causou 100% de mortalidade dos parasitas em 100 e 120 ml/L, após duas horas, enquanto em 80 ml/L após três horas exposição. Para 40 e 60 ml/L do extrato, a mortalidade foi de 90% após três horas de exposição. A partir desses resultados, as respostas fisiológicas do pirarucu foram avaliadas em banhos com 40, 60, 80 e 100 ml/L do extrato e um controle (sem extrato), durante 24 h, sendo analisados o hematócrito (Ht), a concentração de hemoglobina (Hb), o número de eritrócitos (RBC), a concentração de hemoglobina corpuscular média (CHCM), a hemoglobina corpuscular média (HCM), o volume corpuscular médio (VCM), a glicose e as proteínas plasmáticas totais. Foi observada redução significativa (p<0,05) no Ht e 16,6% de mortalidade dos pirarucus na concentração 100 ml/L. No capítulo 2, foram testadas tres concentrações do extrato (0, 40, 60 e 80 ml/L) e um grupo controle (sem extrato), em banhos de curta (0,5 h) e longa duração (24 h) e avaliados os parâmetros sanguíneos e a carga parasitária. Os resultados demonstraram que não houve diferença significativa na redução da carga parasitária dos peixes expostos em banhos por 0,5 horas e houve aumento da hemoglobina ([Hb]) em 40 ml/L. No banho longo (24 h), todas as concentrações apresentaram redução da carga parasitária, entretanto 80 ml/L causou o melhor resultado com 80,16% de eficácia. Nos banhos curtos (0,5) e longos (24 h), houve uma tendência na redução dos valores de Ht e RBC. Ao contrário [Hb], HCM e CHCM e glicose plasmática demonstraram elevação. Os resultados indicaram que concentrações inferiores a 80 ml/L do extrato, testadas neste estudo, não altera a homeostase fisiológica do pirarucu além de apresentar eficácia contra Dawestrema cycloancistrium e D. Cycloancistrioides (AU)


Assuntos
Animais , Peixes/imunologia , Peixes/fisiologia , Peixes/parasitologia , Parasitos , Aquicultura
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA