Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 13 de 13
Filtrar
Mais filtros

Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. bras. ciênc. vet ; 27(2): 88-92, abr./jun. 2020. il.
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1378302

Resumo

O objetivo do estudo foi comparar o efeito das técnicas hormonais e de luz artificial nas éguas receptoras de embrião acíclicas avaliando as taxas de gestação aos 14 e 28 dias durante a fase de transição de primavera. Os 48 animais foram distribuídos aleatoriamente nos grupos: controle (CONT, n=16), éguas cíclicas na fase ovulatória; luz artificial (LUZ, n=16), éguas acíclicas submetidas ao tratamento de luz artificial; e hormônio (HORM, n= 16), éguas acíclicas submetidas ao protocolo hormonal na fase de transição. As éguas do grupo LUZ foram estimuladas por 60 dias com luz artificial durante cinco horas por dia. Nos grupos CONT e LUZ, quando observada a presença de folículo ≥ 35 mm de diâmetro e edema uterino ≥ grau II, foram administrados 1,5 mg de acetato de deslorelina e 1500 UI de hCG para induzir a ovulação. As éguas do grupo HORM foram tratadas com três doses de 1,5 mg de benzoato de estradiol e seguiram os mesmos protocolos dos Grupos CONT e LUZ. Foi avaliada a taxa de gestação por ultrassonografia aos 14 dias e confirmação aos 28 em todos os grupos experimentais. Foi realizada análise descritiva e teste Qui-quadrado (significância de 5%). Taxas de gestação aos 14 e 28 dias foram semelhantes (p>0,05) entre todos os grupos. Os tratamentos HORM e LUZ durante o período de transição inverno-primavera mostraram-se eficazes para atender ao programa de transferência de embrião. Por ser um método mais natural, o protocolo LUZ tem potencial como mais uma ferramenta biotecnológica na reprodução de equinos.


The aim of this study was to compare the effect of hormonal and artificial light techniques on acyclic embryo recipient mares by assessing pregnancy rates at 14 and 28 days during the spring transition period. The 48 animals were randomly assigned to the groups: control (CONT, n = 16), cyclic mares in the ovulatory phase; artificial light (LIGHT, n = 16), acyclic mares subjected to artificial light treatment; and hormone (HORM, n = 16), acyclic mares submitted to hormonal protocol in transition phase. In the LIGHT group, mares were stimulated with artificial light for five hours a day, for 60 days. In CONT and LIGHT groups, when a follicle ≥ 35 mm in diameter and uterine edema ≥ grade II were observed, 1.5 mg of deslorelin acetate and 1500 IU hCG were administered to induce ovulation. In the HORM group, mares were treated with three doses of 1.5 mg of estradiol benzoate and followed the same protocols as the CONT and LIGHT groups. Pregnancy rate was assessed by ultrasound at 14 days and confirmation at 28 days in all experimental groups. Descriptive analysis and chi-square test (5% significance) were performed. Pregnancy rates at 14 and 28 days were similar (p> 0.05) among all groups. The HORM and LIGHT treatments during the winter-spring transition period proved to be effective during the embryo transfer programs. As it is a more natural method, the LIGHT protocol has the potential to be one more biotechnological tool in equine reproduction.


Assuntos
Animais , Ovulação/fisiologia , Prenhez/fisiologia , Técnicas de Reprodução Assistida/veterinária , Embrião de Mamíferos , Transferência Embrionária/veterinária , Fertilidade , Cavalos/embriologia , Fototerapia/veterinária , Estações do Ano , Anestro
2.
R. bras. Ci. Vet. ; 27(2): 88-92, abr.-jun. 2020. graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-29773

Resumo

O objetivo do estudo foi comparar o efeito das técnicas hormonais e de luz artificial nas éguas receptoras de embrião acíclicas avaliando as taxas de gestação aos 14 e 28 dias durante a fase de transição de primavera. Os 48 animais foram distribuídos aleatoriamente nos grupos: controle (CONT, n=16), éguas cíclicas na fase ovulatória; luz artificial (LUZ, n=16), éguas acíclicas submetidas ao tratamento de luz artificial; e hormônio (HORM, n= 16), éguas acíclicas submetidas ao protocolo hormonal na fase de transição. As éguas do grupo LUZ foram estimuladas por 60 dias com luz artificial durante cinco horas por dia. Nos grupos CONT e LUZ, quando observada a presença de folículo 35 mm de diâmetro e edema uterino grau II, foram administrados 1,5 mg de acetato de deslorelina e 1500 UI de hCG para induzir a ovulação. As éguas do grupo HORM foram tratadas com três doses de 1,5 mg de benzoato de estradiol e seguiram os mesmos protocolos dos Grupos CONT e LUZ. Foi avaliada a taxa de gestação por ultrassonografia aos 14 dias e confirmação aos 28 em todos os grupos experimentais. Foi realizada análise descritiva e teste Qui-quadrado (significância de 5%). Taxas de gestação aos 14 e 28 dias foram semelhantes (p>0,05) entre todos os grupos. Os tratamentos HORM e LUZ durante o período de transição inverno-primavera mostraram-se eficazes para atender ao programa de transferência de embr


The aim of this study was to compare the effect of hormonal and artificial light techniques on acyclic embryo recipient mares by assessing pregnancy rates at 14 and 28 days during the spring transition period. The 48 animals were randomly assigned to the groups: control (CONT, n = 16), cyclic mares in the ovulatory phase; artificial light (LIGHT, n = 16), acyclic mares subjected to artificial light treatment; and hormone (HORM, n = 16), acyclic mares submitted to hormonal protocol in transition phase. In the LIGHT group, mares were stimulated with artificial light for five hours a day, for 60 days. In CONT and LIGHT groups, when a follicle ≥ 35 mm in diameter and uterine edema ≥ grade II were observed, 1.5 mg of deslorelin acetate and 1500 IU hCG were administered to induce ovulation. In the HORM group, mares were treated with three doses of 1.5 mg of estradiol benzoate and followed the same protocols as the CONT and LIGHT groups. Pregnancy rate was assessed by ultrasound at 14 days and confirmation at 28 days in all experimental groups. Descriptive analysis and chi-square test (5% significance) were performed. Pregnancy rates at 14 and 28 days were similar (p> 0.05) among all groups. The HORM and LIGHT treatments during the winter-spring transition period proved to be effective during the embryo transfer programs. As it is a more natural method, the LIGHT protocol has the potential to be one more biotechnological tool in equine reproduction.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Cavalos/embriologia , Prenhez , Cavalos/fisiologia , Luz , Anestro
3.
Rev. bras. ciênc. vet ; 27(2): 88-92, abr./jun. 2020. graf
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1491670

Resumo

O objetivo do estudo foi comparar o efeito das técnicas hormonais e de luz artificial nas éguas receptoras de embrião acíclicas avaliando as taxas de gestação aos 14 e 28 dias durante a fase de transição de primavera. Os 48 animais foram distribuídos aleatoriamente nos grupos: controle (CONT, n=16), éguas cíclicas na fase ovulatória; luz artificial (LUZ, n=16), éguas acíclicas submetidas ao tratamento de luz artificial; e hormônio (HORM, n= 16), éguas acíclicas submetidas ao protocolo hormonal na fase de transição. As éguas do grupo LUZ foram estimuladas por 60 dias com luz artificial durante cinco horas por dia. Nos grupos CONT e LUZ, quando observada a presença de folículo 35 mm de diâmetro e edema uterino grau II, foram administrados 1,5 mg de acetato de deslorelina e 1500 UI de hCG para induzir a ovulação. As éguas do grupo HORM foram tratadas com três doses de 1,5 mg de benzoato de estradiol e seguiram os mesmos protocolos dos Grupos CONT e LUZ. Foi avaliada a taxa de gestação por ultrassonografia aos 14 dias e confirmação aos 28 em todos os grupos experimentais. Foi realizada análise descritiva e teste Qui-quadrado (significância de 5%). Taxas de gestação aos 14 e 28 dias foram semelhantes (p>0,05) entre todos os grupos. Os tratamentos HORM e LUZ durante o período de transição inverno-primavera mostraram-se eficazes para atender ao programa de transferência de embr


The aim of this study was to compare the effect of hormonal and artificial light techniques on acyclic embryo recipient mares by assessing pregnancy rates at 14 and 28 days during the spring transition period. The 48 animals were randomly assigned to the groups: control (CONT, n = 16), cyclic mares in the ovulatory phase; artificial light (LIGHT, n = 16), acyclic mares subjected to artificial light treatment; and hormone (HORM, n = 16), acyclic mares submitted to hormonal protocol in transition phase. In the LIGHT group, mares were stimulated with artificial light for five hours a day, for 60 days. In CONT and LIGHT groups, when a follicle ≥ 35 mm in diameter and uterine edema ≥ grade II were observed, 1.5 mg of deslorelin acetate and 1500 IU hCG were administered to induce ovulation. In the HORM group, mares were treated with three doses of 1.5 mg of estradiol benzoate and followed the same protocols as the CONT and LIGHT groups. Pregnancy rate was assessed by ultrasound at 14 days and confirmation at 28 days in all experimental groups. Descriptive analysis and chi-square test (5% significance) were performed. Pregnancy rates at 14 and 28 days were similar (p> 0.05) among all groups. The HORM and LIGHT treatments during the winter-spring transition period proved to be effective during the embryo transfer programs. As it is a more natural method, the LIGHT protocol has the potential to be one more biotechnological tool in equine reproduction.


Assuntos
Feminino , Animais , Anestro , Cavalos/embriologia , Cavalos/fisiologia , Luz , Prenhez
4.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1473658

Resumo

A eficiência reprodutiva deve ser avaliada em propriedades leiteiras para identificação de indivíduos com problemas reprodutivos ligados tanto à fêmea quanto ao macho, visando minimizar perdas na produção. A reprodução está entre os fatores que afetam a produtividade dos rebanhos e chama atenção, em alguns momentos, pelos baixos índices na pecuária tradicional. Objetivou-se estudar a ferramenta de avaliação espermática denominada índice CAP e sua correlação com as análises biométricas e morfológicas do sêmen de touros da raça Gir. Foram utilizados 34 touros da raça Gir (Bos taurus indicus) aptidão leiteira, hígidos, com 17 a 31 meses de idade e 450 kg de massa corporal média. Os touros foram submetidos a exame andrológico (avaliação física incluindo biometria testicular e morfológica do sêmen), seguido pela classificação andrológica por pontos (índice CAP). Foram realizadas três coletas independentes para avaliar a qualidade espermática por touro durante o período do experimento. De acordo com a avaliação do índice CAP, os animais foram classificados como excelentes (17 %) e muito bons (83 %). O índice CAP correlacionou-se positivamente com o perímetro escrotal e as características físicas do sêmen.


Reproductive efficiency should be evaluated in dairy farms, when they are related to reproductive problems in both female and male. Breeding is among factors that affect herd productivity and draws attention by low rates of traditional livestock breeding. The aim was to study sperm evaluation tool known as the CAP index and its correlation with the biometric and morphological analyzes of Gir bulls semen. Thirty four healthy Gir bulls (Bos taurus indicus), dairy fitness, with 17 to 31 months of age with 450 kg of body mass were used. The bulls were submitted to andrological examination (physical evaluation including testicular biometry and semen morphological analysis) follow by andrological classification by points (CAP index). Three independent collections were carried out to evaluate sperm quality per bull during the experiment period According to the CAP index, animals were classified as excellent (17%) and as very good (83%). The CAP Index correlated positively with scrotal perimeter and semen physical characteristics.


Assuntos
Masculino , Animais , Bovinos , Biometria , Escroto/anatomia & histologia , Sêmen , Fertilidade/fisiologia
5.
Ci. Anim. bras. ; 20: e-44670, Apr. 29, 2019. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-21201

Resumo

A eficiência reprodutiva deve ser avaliada em propriedades leiteiras para identificação de indivíduos com problemas reprodutivos ligados tanto à fêmea quanto ao macho, visando minimizar perdas na produção. A reprodução está entre os fatores que afetam a produtividade dos rebanhos e chama atenção, em alguns momentos, pelos baixos índices na pecuária tradicional. Objetivou-se estudar a ferramenta de avaliação espermática denominada índice CAP e sua correlação com as análises biométricas e morfológicas do sêmen de touros da raça Gir. Foram utilizados 34 touros da raça Gir (Bos taurus indicus) aptidão leiteira, hígidos, com 17 a 31 meses de idade e 450 kg de massa corporal média. Os touros foram submetidos a exame andrológico (avaliação física incluindo biometria testicular e morfológica do sêmen), seguido pela classificação andrológica por pontos (índice CAP). Foram realizadas três coletas independentes para avaliar a qualidade espermática por touro durante o período do experimento. De acordo com a avaliação do índice CAP, os animais foram classificados como excelentes (17 %) e muito bons (83 %). O índice CAP correlacionou-se positivamente com o perímetro escrotal e as características físicas do sêmen.(AU)


Reproductive efficiency should be evaluated in dairy farms, when they are related to reproductive problems in both female and male. Breeding is among factors that affect herd productivity and draws attention by low rates of traditional livestock breeding. The aim was to study sperm evaluation tool known as the CAP index and its correlation with the biometric and morphological analyzes of Gir bulls semen. Thirty four healthy Gir bulls (Bos taurus indicus), dairy fitness, with 17 to 31 months of age with 450 kg of body mass were used. The bulls were submitted to andrological examination (physical evaluation including testicular biometry and semen morphological analysis) follow by andrological classification by points (CAP index). Three independent collections were carried out to evaluate sperm quality per bull during the experiment period According to the CAP index, animals were classified as excellent (17%) and as very good (83%). The CAP Index correlated positively with scrotal perimeter and semen physical characteristics.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Bovinos , Biometria , Escroto/anatomia & histologia , Sêmen , /métodos , Fertilidade/fisiologia
6.
Vet. Not. (Online) ; 24(1): 43-56, jan.-abr. 2018. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1502485

Resumo

A produção de sêmen congelado nas centrais de reprodução é uma ferramenta importante para a pecuária brasileira, todavia o processo de coleta do sêmen pode influenciar nas características biológicas do ejaculado. Considerando a coleta para a inseminação artificial um procedimento não estéril, podendo promover vários gêneros de bactérias no ejaculado, o objetivo do trabalho foi avaliar os aspectos microbiológicos de amostras de sêmen bovino, in natura e congelado, assim como os diluidores utilizados na rotina em uma central de produção de sêmen. Para o presente trabalho foram utilizados cinco touros da raça nelore, e, destes, avaliados dois ejaculados de cada animal, sendo coletados no intervalo de duas semanas. As colheitas de sêmen foram realizadas pelo método de vagina artificial. Também foram avaliados dois diluidores, Triladyl® e BotuBov®. Realizou-se o experimento pelo método de semeadura em Ágar TSA por esgotamento, e após 24h, 48h e 72 horas foram realizadas análises para a identificação e contagem de colônias crescidas de UFC/mL. As colônias foram avaliadas por coloração pelo método de Gram e microscopia óptica (100x) e classificadas conforme morfologia. Os dados laboratoriais foram submetidos ao teste de Kolmogorov-Smirnov para a verificação de normalidade ou homocedasticidade. Observou-se o predomínio de Bastonetes Gram Negativos e Gram Positivos ao fim do experimento, bem como a presença de outros microrganismos em menores quantidades, sugerindo contaminação nas amostras. Houve presença de microrganismos tanto no sêmen in natura e congelado, quanto nos diluidores comerciais, mesmo seguindo protocolos microbiológicos para garantir a esterilidade das amostras Os resultados demonstram níveis aceitáveis de microrganismos no sêmen e nos diluidores; entretanto, estabelecer novas diretrizes no controle da qualidade microbiológica tende a ser uma linha de trabalho promissora na área da biotecnologia.


The production of frozen semen in the central specialized in animal reproduction is an important tool for the Brazilian livestock. However the semen collection process can influence the biological characteristics of the ejaculated. Considering the collection for artificial insemination as non-sterile procedure, it can promote several types of bacteria in the ejaculated semen. In this context, the aim of this study was to evaluate the microbiological aspects of bovine semen samples, fresh, frozen and thinners used in routine in a insemination center. For this study, it was used five bulls of the Nelore breed, and evaluated two ejaculated semen from each animal, being collected at two weeks interval. Semen samples were collected by the method of artificial vagina. There were also evaluated two thinners, Triladyl® and BotuBov®. Furthermore, the experiment was conducted by seeding method Agar TSA by exhaustion, and after 24 hours; 48h; and 72 hours analysis was performed for identification and counting of colonies grown in CFU / ml. The colonies were assessed by staining by the Gram method and optical microscopy (100x) and classified as its morphology. The laboratory data were submitted to the Kolmogorov-Smirnov test for normality or check homoscedasticity. There was a predominance of Rods Gram Negative and Gram Positive at the end of the experiment, as well as presence of other microorganisms in smaller amounts, suggesting contamination in the samples. There were microorganisms present in both fresh and frozen semen,and in commercial thinners, even following microbiological protocols to ensure sample sterility. The results demonstrate acceptable microorganismslevelsin semen and thinners; however, establishing new guidelines for microbiological quality control tends to be a promising biotechnology area.


Assuntos
Masculino , Animais , Bovinos , Controle de Qualidade , Crescimento Bacteriano , Preservação do Sêmen/veterinária , Sêmen/microbiologia , Reprodução
7.
R. bras. Ci. Vet. ; 25(2): 67-71, abr.-jun. 2018. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-741011

Resumo

O objetivo do estudo foi comparar o efeito de três diluidores comerciais (Tryladil®, Botu-Bov® e OptiXcell®) na qualidade doespermatozoide bovino após o processo de criogenia. Para tal, foram utilizados oito touros da raça Nelore (2 ejaculados/touro).As amostras de sêmen fresco, diluído e pós-descongelamento foram avaliadas, comparando os parâmetros de motilidade total,vigor, funcionalidade da membrana (HOST) e integridade da membrana (eosina). Os dados foram expressos em média e desviopadrão. As variáveis foram submetidas às análises de ANOVA e Tukey ou teste de Friedman e Dunns, dependendo da normalidade(p 0,05). Os achados mostram que no momento da diluição não houve diferença (p0,005) entre os diluidores comerciais nosparâmetros avaliados (exceto integridade da membrana plasmática). No entanto, no momento do pós-descongelamento osespermatozoides criopreservados utilizando-se o diluidor Tryladil® apresentaram maiores valores (p0,005) referentes a integridade efuncionalidade da membrana plasmática comparado aos diluídos em Botu-Bov® e OptIXcell®. Os parâmetros relacionados a cinéticaespermática (motilidade e vigor) não se diferiram (p0,005) entre os diluidores comerciais utilizados. Em conclusão, no momentopós-descongelamento o diluidor Tryladil® apresentou os melhores resultados nos parâmetros de integridade e funcionalidade damembrana plasmática. Sendo assim, recome


The main of the study was to compare the quality of frozen bull semen processed with three different commercially extenders (Tryladil®, Botu-Bov® and OptiXcell®). For this, eight Nelore bulls (two ejaculate per bull). Sperm samples were analyzed fresh, diluted and frozen-thawed. The parameters analyzed were total motility, sperm vigor, functional integrity of sperm plasma membrane (HOST) and plasma membrane integrity (eosin). Date were expressed as mean and standard deviation. The variables were subjected to ANOVA (Tukey test) or Friedman (Dunns test) test according to normality (p< 0,05). The results indicate that there was no difference (p˃0,005) among all treatments in the parameters evaluated (except plasma membrane integrity) at dilution moment. However, Tryladil extender promoted an increase (p˂0,005) in functional and integrity of sperm plasma membrane compared with others extenders at the post-thawing analyze. After thawing, there was no difference (p˃0,005) among all treatments in the kinetic parameters. In conclusion, the Tryladil® extender promoted an increase in functional and integrity of frozen-thawed sperm plasma membrane. Therefore, the Tryladil® extender is recommended to be use as an extender for Nelore bull sperm cryopreservation.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Bovinos/sangue , Bovinos/fisiologia , Membrana Celular , Espermatozoides , Criopreservação/veterinária
8.
Vet. Not. ; 24(1): 43-56, jan.-abr. 2018. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-736451

Resumo

A produção de sêmen congelado nas centrais de reprodução é uma ferramenta importante para a pecuária brasileira, todavia o processo de coleta do sêmen pode influenciar nas características biológicas do ejaculado. Considerando a coleta para a inseminação artificial um procedimento não estéril, podendo promover vários gêneros de bactérias no ejaculado, o objetivo do trabalho foi avaliar os aspectos microbiológicos de amostras de sêmen bovino, in natura e congelado, assim como os diluidores utilizados na rotina em uma central de produção de sêmen. Para o presente trabalho foram utilizados cinco touros da raça nelore, e, destes, avaliados dois ejaculados de cada animal, sendo coletados no intervalo de duas semanas. As colheitas de sêmen foram realizadas pelo método de vagina artificial. Também foram avaliados dois diluidores, Triladyl® e BotuBov®. Realizou-se o experimento pelo método de semeadura em Ágar TSA por esgotamento, e após 24h, 48h e 72 horas foram realizadas análises para a identificação e contagem de colônias crescidas de UFC/mL. As colônias foram avaliadas por coloração pelo método de Gram e microscopia óptica (100x) e classificadas conforme morfologia. Os dados laboratoriais foram submetidos ao teste de Kolmogorov-Smirnov para a verificação de normalidade ou homocedasticidade. Observou-se o predomínio de Bastonetes Gram Negativos e Gram Positivos ao fim do experimento, bem como a presença de outros microrganismos em menores quantidades, sugerindo contaminação nas amostras. Houve presença de microrganismos tanto no sêmen in natura e congelado, quanto nos diluidores comerciais, mesmo seguindo protocolos microbiológicos para garantir a esterilidade das amostras Os resultados demonstram níveis aceitáveis de microrganismos no sêmen e nos diluidores; entretanto, estabelecer novas diretrizes no controle da qualidade microbiológica tende a ser uma linha de trabalho promissora na área da biotecnologia.(AU)


The production of frozen semen in the central specialized in animal reproduction is an important tool for the Brazilian livestock. However the semen collection process can influence the biological characteristics of the ejaculated. Considering the collection for artificial insemination as non-sterile procedure, it can promote several types of bacteria in the ejaculated semen. In this context, the aim of this study was to evaluate the microbiological aspects of bovine semen samples, fresh, frozen and thinners used in routine in a insemination center. For this study, it was used five bulls of the Nelore breed, and evaluated two ejaculated semen from each animal, being collected at two weeks interval. Semen samples were collected by the method of artificial vagina. There were also evaluated two thinners, Triladyl® and BotuBov®. Furthermore, the experiment was conducted by seeding method Agar TSA by exhaustion, and after 24 hours; 48h; and 72 hours analysis was performed for identification and counting of colonies grown in CFU / ml. The colonies were assessed by staining by the Gram method and optical microscopy (100x) and classified as its morphology. The laboratory data were submitted to the Kolmogorov-Smirnov test for normality or check homoscedasticity. There was a predominance of Rods Gram Negative and Gram Positive at the end of the experiment, as well as presence of other microorganisms in smaller amounts, suggesting contamination in the samples. There were microorganisms present in both fresh and frozen semen,and in commercial thinners, even following microbiological protocols to ensure sample sterility. The results demonstrate acceptable microorganismslevelsin semen and thinners; however, establishing new guidelines for microbiological quality control tends to be a promising biotechnology area.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Bovinos , Preservação do Sêmen/veterinária , Sêmen/microbiologia , Crescimento Bacteriano , Controle de Qualidade , Reprodução
9.
Vet. Not. (Online) ; 23(1): 13-22, jan.-abr. 2017. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1502468

Resumo

The morpho-functional nature of the plasma membrane assists to transport nutrients into the interior of spermatozoa, which requires the physical integrity of the membrane. This present study aims to compare three different dyes used to determine the integrity of the plasma membrane of bovine spermatozoa after freezing. The dyes tested were eosin 3% (p/v), trypan blue 0.4% (p/v), and propidium iodide (1.5 mM). Two sample groups were formed for the research. In the first group, one ejaculate was collected from each 11 animals, and in the second group, ten ejaculates were obtained from one animal. The fresh semen was evaluated using microscopy. The post-freezing samples were assessed using microscopy and flow cytometry. The results are presented in the form of average viability percentages ± standard deviations. The values membrane integrity, for the dyes eosin, trypan blue, and propidium iodide were 56.8±8.3%; 56.1±7.9%; 54.6±9.1%; respectively. There were no significant differences between the groups (p≥0.001). In comparative analysis of the techniques, flow cytometry enabled a greater number of cell evaluations, compared to phase contrast microscopy, with less variability and faster sample evaluation, hence adding value to the microscopy tests.


O aspecto morfo-funcional da membrana plasmática facilita o transporte de nutrientes para o interior do espermatozoide, o que está ligado à integridade física da membrana plasmática. O presente trabalho objetivou comparar três diferentes corantes na avaliação da integridade física da membrana plasmática do espermatozoide bovino, pós-congelamento. Utilizando os corantes eosina 3% (p/v), azul de tripan 0,4% (p/v) e iodeto de propídio (1,5mM). Foram formados dois grupos para pesquisa. O primeiro, um ejaculado de cada 11 animais e um segundo grupo de dez ejaculados de um único animal. Foi realizada avaliação microscópica do sêmen fresco (motilidade total, motilidade progressiva, vigor e integridade da membrana plasmática). Das amostras congeladas foram avaliados todos os parâmetros descritos anteriormente, além da técnica de eosina, azul de tripan, e iodeto de propídio. Os resultados estão apresentados como média de porcentagem ± desvio padrão. Os valores para a integridade de membrana, utilizando os corantes eosina, azul de tripan, e iodeto de propídio, foram 56.8±8.3%; 56.1±7.9%; 54.6±9.1%, respectivamente. Não há diferença significativa entre os grupos (p≥0.001). Na análise comparativa das técnicas podemos observar que a citometria de fluxo, possibilita um número maior de avaliação celular, quando comparado à técnica de microscopia de campo claro, possibilitando uma menor variabilidade e maior rapidez na avaliação da amostra.


Assuntos
Animais , Bovinos , Amarelo de Eosina-(YS) , Azul Tripano , Corantes/análise , Espermatozoides , Membrana Celular , Propídio , Criopreservação/veterinária , Motilidade dos Espermatozoides
10.
Vet. Not. ; 23(1): 13-22, jan.-abr. 2017. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-18108

Resumo

The morpho-functional nature of the plasma membrane assists to transport nutrients into the interior of spermatozoa, which requires the physical integrity of the membrane. This present study aims to compare three different dyes used to determine the integrity of the plasma membrane of bovine spermatozoa after freezing. The dyes tested were eosin 3% (p/v), trypan blue 0.4% (p/v), and propidium iodide (1.5 mM). Two sample groups were formed for the research. In the first group, one ejaculate was collected from each 11 animals, and in the second group, ten ejaculates were obtained from one animal. The fresh semen was evaluated using microscopy. The post-freezing samples were assessed using microscopy and flow cytometry. The results are presented in the form of average viability percentages ± standard deviations. The values membrane integrity, for the dyes eosin, trypan blue, and propidium iodide were 56.8±8.3%; 56.1±7.9%; 54.6±9.1%; respectively. There were no significant differences between the groups (p≥0.001). In comparative analysis of the techniques, flow cytometry enabled a greater number of cell evaluations, compared to phase contrast microscopy, with less variability and faster sample evaluation, hence adding value to the microscopy tests.(AU)


O aspecto morfo-funcional da membrana plasmática facilita o transporte de nutrientes para o interior do espermatozoide, o que está ligado à integridade física da membrana plasmática. O presente trabalho objetivou comparar três diferentes corantes na avaliação da integridade física da membrana plasmática do espermatozoide bovino, pós-congelamento. Utilizando os corantes eosina 3% (p/v), azul de tripan 0,4% (p/v) e iodeto de propídio (1,5mM). Foram formados dois grupos para pesquisa. O primeiro, um ejaculado de cada 11 animais e um segundo grupo de dez ejaculados de um único animal. Foi realizada avaliação microscópica do sêmen fresco (motilidade total, motilidade progressiva, vigor e integridade da membrana plasmática). Das amostras congeladas foram avaliados todos os parâmetros descritos anteriormente, além da técnica de eosina, azul de tripan, e iodeto de propídio. Os resultados estão apresentados como média de porcentagem ± desvio padrão. Os valores para a integridade de membrana, utilizando os corantes eosina, azul de tripan, e iodeto de propídio, foram 56.8±8.3%; 56.1±7.9%; 54.6±9.1%, respectivamente. Não há diferença significativa entre os grupos (p≥0.001). Na análise comparativa das técnicas podemos observar que a citometria de fluxo, possibilita um número maior de avaliação celular, quando comparado à técnica de microscopia de campo claro, possibilitando uma menor variabilidade e maior rapidez na avaliação da amostra.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Membrana Celular , Amarelo de Eosina-(YS) , Azul Tripano , Propídio , Corantes/análise , Espermatozoides , Criopreservação/veterinária , Motilidade dos Espermatozoides
11.
Vet. Not. (Online) ; 21(2): 7-11, Jul-Dez. 2015. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1502444

Resumo

Com o objetivo de avaliar o desempenho reprodutivo de suínos utilizando duas técnicas de inseminação artificial. Foram utilizadas 60 fêmeas suínas, da linhagem DB 90 (DanBred), com média de idade de 22 meses e peso médio de 210 kg. Conforme o delineamento experimental as fêmeas foram subdividas em dois grupos, cada um contendo 30 animais, de forma aleatória. No primeiro grupo os animais foram inseminados com técnica de inseminação artificial pós-cervical, com 1,5 bilhões de espermatozoides em 50 ml, e no segundo grupo foi realizada a técnica de inseminação artificial intracervical, com 3 bilhões de espermatozoides em 80 ml. A análise estatística foi realizada por análise não paramétrica (Kruskal-Wallis) e teste das médias por Student-Newman-Keuls (p 0.05). O número de retorno ao estro foi de 2 em ambos os grupos (inseminação artificial pós-cervical vs inseminação artificial intracervical), o número de abortos ( 0 vs 2), o número de partos (28 vs 26), a taxa de parição (93,33% vs 86,68%), e o número de leitões nascidos totais (14,07 vs 14,10), respectivamente. A inseminação artificial pós-cervical, mostrou resultados semelhantes à técnica de inseminação artificial intracervical. Desta forma conclui-se que a técnica pós-cervical, possibilita uma série de vantagens ao produtor. Sendo possível, a redução do plantel de reprodutores.


Com o objetivo de avaliar o desempenho reprodutivo de suínos utilizando duas técnicas de inseminação artificial. Foram utilizadas 60 fêmeas suínas, da linhagem DB 90 (DanBred), com média de idade de 22 meses e peso médio de 210 kg. Conforme o delineamento experimental as fêmeas foram subdividas em dois grupos, cada um contendo 30 animais, de forma aleatória. No primeiro grupo os animais foram inseminados com técnica de inseminação artificial pós-cervical, com 1,5 bilhões de espermatozoides em 50 ml, e no segundo grupo foi realizada a técnica de inseminação artificial intracervical, com 3 bilhões de espermatozoides em 80 ml. A análise estatística foi realizada por análise não paramétrica (Kruskal-Wallis) e teste das médias por Student-Newman-Keuls (p< 0.05). O número de retorno ao estro foi de 2 em ambos os grupos (inseminação artificial pós-cervical vs inseminação artificial intracervical), o número de abortos ( 0 vs 2), o número de partos (28 vs 26), a taxa de parição (93,33% vs 86,68%), e o número de leitões nascidos totais (14,07 vs 14,10), respectivamente. A inseminação artificial pós-cervical, mostrou resultados semelhantes à técnica de inseminação artificial intracervical. Desta forma conclui-se que a técnica pós-cervical, possibilita uma série de vantagens ao produtor. Sendo possível, a redução do plantel de reprodutores.


Assuntos
Feminino , Animais , Inseminação Artificial/métodos , Prenhez/genética , Reprodução , Suínos/embriologia , Estatísticas não Paramétricas
12.
Vet. Not. ; 21(2): 7-11, Jul-Dez. 2015. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-481216

Resumo

Com o objetivo de avaliar o desempenho reprodutivo de suínos utilizando duas técnicas de inseminação artificial. Foram utilizadas 60 fêmeas suínas, da linhagem DB 90 (DanBred), com média de idade de 22 meses e peso médio de 210 kg. Conforme o delineamento experimental as fêmeas foram subdividas em dois grupos, cada um contendo 30 animais, de forma aleatória. No primeiro grupo os animais foram inseminados com técnica de inseminação artificial pós-cervical, com 1,5 bilhões de espermatozoides em 50 ml, e no segundo grupo foi realizada a técnica de inseminação artificial intracervical, com 3 bilhões de espermatozoides em 80 ml. A análise estatística foi realizada por análise não paramétrica (Kruskal-Wallis) e teste das médias por Student-Newman-Keuls (p 0.05). O número de retorno ao estro foi de 2 em ambos os grupos (inseminação artificial pós-cervical vs inseminação artificial intracervical), o número de abortos ( 0 vs 2), o número de partos (28 vs 26), a taxa de parição (93,33% vs 86,68%), e o número de leitões nascidos totais (14,07 vs 14,10), respectivamente. A inseminação artificial pós-cervical, mostrou resultados semelhantes à técnica de inseminação artificial intracervical. Desta forma conclui-se que a técnica pós-cervical, possibilita uma série de vantagens ao produtor. Sendo possível, a redução do plantel de reprodutores.(AU)


Com o objetivo de avaliar o desempenho reprodutivo de suínos utilizando duas técnicas de inseminação artificial. Foram utilizadas 60 fêmeas suínas, da linhagem DB 90 (DanBred), com média de idade de 22 meses e peso médio de 210 kg. Conforme o delineamento experimental as fêmeas foram subdividas em dois grupos, cada um contendo 30 animais, de forma aleatória. No primeiro grupo os animais foram inseminados com técnica de inseminação artificial pós-cervical, com 1,5 bilhões de espermatozoides em 50 ml, e no segundo grupo foi realizada a técnica de inseminação artificial intracervical, com 3 bilhões de espermatozoides em 80 ml. A análise estatística foi realizada por análise não paramétrica (Kruskal-Wallis) e teste das médias por Student-Newman-Keuls (p< 0.05). O número de retorno ao estro foi de 2 em ambos os grupos (inseminação artificial pós-cervical vs inseminação artificial intracervical), o número de abortos ( 0 vs 2), o número de partos (28 vs 26), a taxa de parição (93,33% vs 86,68%), e o número de leitões nascidos totais (14,07 vs 14,10), respectivamente. A inseminação artificial pós-cervical, mostrou resultados semelhantes à técnica de inseminação artificial intracervical. Desta forma conclui-se que a técnica pós-cervical, possibilita uma série de vantagens ao produtor. Sendo possível, a redução do plantel de reprodutores.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Reprodução , Suínos/embriologia , Inseminação Artificial/métodos , Prenhez/genética , Estatísticas não Paramétricas
13.
Araçatuba; s.n; 05/03/2010. 49 p.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-4775

Resumo

As leishmanioses são mantidas na natureza com a participação de várias espécies animais. Este trabalho avaliou a presença de Leishmania spp. em amostras de pele de marsupiais de vida livre Micoureus paraguayanus (n=95) e Didelphis albiventris (n=191) capturados no Parque Estadual Morro do Diabo, e em fragmentos de mata do seu entorno, na região do Pontal do Paranapanema-SP, Brasil. As amostras foram avaliadas para a presença de DNA de Leishmania spp. por meio da reação em cadeia pela polimerase (PCR) convencional e em tempo real (qPCR). Todas as amostras de D. albiventris avaliadas por PCR convencional foram negativas para a presença de kDNA de Leishmania spp., entretanto, quando avaliadas por qPCR, a positividade foi de 1,6%. Para M. paraguayanus, foi observada positividade de 7,4% e 11,6% por PCR convencional e qPCR, respectivamente. A maioria dos animais positivos estava restrita ao mesmo fragmento de mata. Apesar de D. albiventris ser a espécie marsupial mais estudada por seus hábitos mais urbanos, outras espécies marsupiais como M. paraguayanus podem ser potenciais reservatórios das leishmanioses e devem ser estudados


Leishmaniasis is maintained in nature with the participation of several animal species. This research evaluated the presence of Leishmania spp. in skin samples of free-living marsupials Micoureus paraguayanus (n=95) and Didelphis albiventris (n=191) captured at the Parque Estadual Morro do Diabo and forest fragments of its surroundings, in the region of ?Pontal do Paranapanema?, São Paulo, Brazil. Skin samples were evaluated for the presence of Leishmania spp. DNA by conventional polymerase chain reaction (PCR) and real-time PCR (qPCR). All samples of D. albiventris evaluated by conventional PCR were negatives for the presence of Leishmania spp. kDNA however, when assessed by qPCR, the positivity was 1.6%. For M. paraguayanus positivity was observed in 7.4% and 11.6% by conventional PCR and qPCR, respectively. Most of the positive animals were restricted to the same forest fragment. Although D. albiventris is the most studied marsupial specie, others species as M. paraguayanus can be potential leishmaniasis reservoirs and should be studied

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA