Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 17 de 17
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Ci. Rural ; 42(11)2012.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-708103

Resumo

The chlorophyll meter and the color chart have been applied to monitor nitrogen fertilization in different crops, based on the assumption that there is a correlation between their readings and the nitrogen content (N) in the plant tissue. This research aims at assessing the use of the chlorophyll meter and the color chart to estimate the N content in leaves of flooded rice plants. Two experiments installed at a Albaqualf (Planossolo Háplico) were used, the first using five N doses (0, 50, 80, 120 and 160kg ha-1 as urea) and the cultivar 'IRGA 417', and the second with six flooded rice cultivars of different cycles ('BR-IRGA 409', 'BR-IRGA 410', 'IRGA 417', 'IRGA 421', 'EPAGRI 108' and 'HÍBRIDO 2') with one only N dose. Assessments with the chlorophyll meter and the color chart were carried out on leaves of rice at different growth stages. Along with the readings, leaves were sampled and the leaf N content was determined. When the N doses varied, there was a meaningful correlation between the readings from the chlorophyll meter and the color chart with the leaf N content, regardless the assessment period. When the cultivars varied, the chlorophyll meter readings correlated with the N content (r=0.78, P 0.05) but not with the color chart (r=0.25ns). The chlorophyll meter and the color chart were efficient to estimate the N content when a particular cultivar was used, however, the color chart presents higher dependence of the accurate evaluator's interpretation as well as a narrower range of scales, making it often harder to find the best color setting. When different rice cultivars are used, only the chlorophyll meter is sensitive to estimate the leaf N content.


O clorofilômetro e a cartela de cores têm sido utilizados para monitorar a adubação nitrogenada em diferentes culturas, com o pressuposto de que há uma relação entre suas leituras e o teor de nitrogênio (N) no tecido das plantas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a utilização do clorofilômetro e da cartela de cores na estimativa do teor de N em folhas de arroz irrigado por alagamento. Foram utilizados dois experimentos instalados em um Planossolo Háplico, sendo o primeiro conduzido com cinco doses de N (0, 50, 80, 120 e 160kg ha-1 na forma de ureia) e a cultivar 'IRGA 417', e o segundo com seis cultivares de arroz irrigado de diferentes ciclos ('BR-IRGA 409', 'BR-IRGA 410', 'IRGA 417', 'IRGA 421', 'EPAGRI 108' e 'HÍBRIDO 2') com uma única dose de N. Foram realizadas avaliações com clorofilômetro e a cartela de cores nas folhas do arroz em diferentes épocas. Simultaneamente às leituras, foram coletadas amostras de folhas e nelas determinado o teor de N. Quando variaram as doses de N, houve correlação significativa entre as leituras do clorofilômetro e da cartela de cores com o teor de N nas folhas, independente da época de avaliação. Já quando variaram as cultivares, as leituras do clorofilômetro se correlacionaram com o teor de N (r=0,78; P 0,05), mas não com a cartela de cores (r=0,25ns). O clorofilômetro e a cartela de cores foram eficientes para estimar o teor de N quando utilizada uma determinada cultivar, porém, a cartela de cores apresenta maior dependência da interpretação correta do avaliador e uma menor amplitude nas escalas, dificultando, muitas vezes, o melhor ajuste da cor. Quando utilizadas diferentes cultivares de arroz, somente o clorofilômetro é sensível para estimar o teor foliar de N.

2.
Ci. Rural ; 42(11)2012.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-707968

Resumo

The chlorophyll meter and the color chart have been applied to monitor nitrogen fertilization in different crops, based on the assumption that there is a correlation between their readings and the nitrogen content (N) in the plant tissue. This research aims at assessing the use of the chlorophyll meter and the color chart to estimate the N content in leaves of flooded rice plants. Two experiments installed at a Albaqualf (Planossolo Háplico) were used, the first using five N doses (0, 50, 80, 120 and 160kg ha-1 as urea) and the cultivar 'IRGA 417', and the second with six flooded rice cultivars of different cycles ('BR-IRGA 409', 'BR-IRGA 410', 'IRGA 417', 'IRGA 421', 'EPAGRI 108' and 'HÍBRIDO 2') with one only N dose. Assessments with the chlorophyll meter and the color chart were carried out on leaves of rice at different growth stages. Along with the readings, leaves were sampled and the leaf N content was determined. When the N doses varied, there was a meaningful correlation between the readings from the chlorophyll meter and the color chart with the leaf N content, regardless the assessment period. When the cultivars varied, the chlorophyll meter readings correlated with the N content (r=0.78, P 0.05) but not with the color chart (r=0.25ns). The chlorophyll meter and the color chart were efficient to estimate the N content when a particular cultivar was used, however, the color chart presents higher dependence of the accurate evaluator's interpretation as well as a narrower range of scales, making it often harder to find the best color setting. When different rice cultivars are used, only the chlorophyll meter is sensitive to estimate the leaf N content.


O clorofilômetro e a cartela de cores têm sido utilizados para monitorar a adubação nitrogenada em diferentes culturas, com o pressuposto de que há uma relação entre suas leituras e o teor de nitrogênio (N) no tecido das plantas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a utilização do clorofilômetro e da cartela de cores na estimativa do teor de N em folhas de arroz irrigado por alagamento. Foram utilizados dois experimentos instalados em um Planossolo Háplico, sendo o primeiro conduzido com cinco doses de N (0, 50, 80, 120 e 160kg ha-1 na forma de ureia) e a cultivar 'IRGA 417', e o segundo com seis cultivares de arroz irrigado de diferentes ciclos ('BR-IRGA 409', 'BR-IRGA 410', 'IRGA 417', 'IRGA 421', 'EPAGRI 108' e 'HÍBRIDO 2') com uma única dose de N. Foram realizadas avaliações com clorofilômetro e a cartela de cores nas folhas do arroz em diferentes épocas. Simultaneamente às leituras, foram coletadas amostras de folhas e nelas determinado o teor de N. Quando variaram as doses de N, houve correlação significativa entre as leituras do clorofilômetro e da cartela de cores com o teor de N nas folhas, independente da época de avaliação. Já quando variaram as cultivares, as leituras do clorofilômetro se correlacionaram com o teor de N (r=0,78; P 0,05), mas não com a cartela de cores (r=0,25ns). O clorofilômetro e a cartela de cores foram eficientes para estimar o teor de N quando utilizada uma determinada cultivar, porém, a cartela de cores apresenta maior dependência da interpretação correta do avaliador e uma menor amplitude nas escalas, dificultando, muitas vezes, o melhor ajuste da cor. Quando utilizadas diferentes cultivares de arroz, somente o clorofilômetro é sensível para estimar o teor foliar de N.

3.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1478818

Resumo

The chlorophyll meter and the color chart have been applied to monitor nitrogen fertilization in different crops, based on the assumption that there is a correlation between their readings and the nitrogen content (N) in the plant tissue. This research aims at assessing the use of the chlorophyll meter and the color chart to estimate the N content in leaves of flooded rice plants. Two experiments installed at a Albaqualf (Planossolo Háplico) were used, the first using five N doses (0, 50, 80, 120 and 160kg ha-1 as urea) and the cultivar 'IRGA 417', and the second with six flooded rice cultivars of different cycles ('BR-IRGA 409', 'BR-IRGA 410', 'IRGA 417', 'IRGA 421', 'EPAGRI 108' and 'HÍBRIDO 2') with one only N dose. Assessments with the chlorophyll meter and the color chart were carried out on leaves of rice at different growth stages. Along with the readings, leaves were sampled and the leaf N content was determined. When the N doses varied, there was a meaningful correlation between the readings from the chlorophyll meter and the color chart with the leaf N content, regardless the assessment period. When the cultivars varied, the chlorophyll meter readings correlated with the N content (r=0.78, P 0.05) but not with the color chart (r=0.25ns). The chlorophyll meter and the color chart were efficient to estimate the N content when a particular cultivar was used, however, the color chart presents higher dependence of the accurate evaluator's interpretation as well as a narrower range of scales, making it often harder to find the best color setting. When different rice cultivars are used, only the chlorophyll meter is sensitive to estimate the leaf N content.


O clorofilômetro e a cartela de cores têm sido utilizados para monitorar a adubação nitrogenada em diferentes culturas, com o pressuposto de que há uma relação entre suas leituras e o teor de nitrogênio (N) no tecido das plantas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a utilização do clorofilômetro e da cartela de cores na estimativa do teor de N em folhas de arroz irrigado por alagamento. Foram utilizados dois experimentos instalados em um Planossolo Háplico, sendo o primeiro conduzido com cinco doses de N (0, 50, 80, 120 e 160kg ha-1 na forma de ureia) e a cultivar 'IRGA 417', e o segundo com seis cultivares de arroz irrigado de diferentes ciclos ('BR-IRGA 409', 'BR-IRGA 410', 'IRGA 417', 'IRGA 421', 'EPAGRI 108' e 'HÍBRIDO 2') com uma única dose de N. Foram realizadas avaliações com clorofilômetro e a cartela de cores nas folhas do arroz em diferentes épocas. Simultaneamente às leituras, foram coletadas amostras de folhas e nelas determinado o teor de N. Quando variaram as doses de N, houve correlação significativa entre as leituras do clorofilômetro e da cartela de cores com o teor de N nas folhas, independente da época de avaliação. Já quando variaram as cultivares, as leituras do clorofilômetro se correlacionaram com o teor de N (r=0,78; P 0,05), mas não com a cartela de cores (r=0,25ns). O clorofilômetro e a cartela de cores foram eficientes para estimar o teor de N quando utilizada uma determinada cultivar, porém, a cartela de cores apresenta maior dependência da interpretação correta do avaliador e uma menor amplitude nas escalas, dificultando, muitas vezes, o melhor ajuste da cor. Quando utilizadas diferentes cultivares de arroz, somente o clorofilômetro é sensível para estimar o teor foliar de N.

4.
Sci. agric ; 65(4)2008.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1496858

Resumo

Sublethal adverse effects may result from exposure of aquatic organisms to insecticides at environmentally relevant concentrations. Fingerlings of the common carp (Cyprinus carpio, Linnaeus, 1758), grass carp (Ctenopharyngodon idella, Valenciennes, 1844), and bighead carp (Aristichthys nobilis, Richardson, 1845) were exposed to diafuran, an insecticide widely used during rice cultivation in Southern Brazil. The aim of this study was to verify the relationship between the lethal concentration (LC50) of diafuran and the acetylcholinesterase (AChE) activity in brain and muscle tissues of these species as a possible early biomarker of exposure to this insecticide. LC50 was determined for fish exposed to diafuran concentrations during 96 h (short term): common carp: control, 0.5, 1.0, 1.5, 2.0, 2.5 and 3.0 mg L-1; grass carp: control, 1.0, 2.0, 3.0 and 3.5 mg L-1 and, bighead carp: control, 0.5, 1.0, 1.5, 2.0, 3.0 and 4.0 mg L-1, as well as the determination of AChE at concentrations near LC50 for these species. LC50 values (nominal concentrations) were 1.81 mg L-1 for the common carp, 2.71 mg L-1 for the grass carp and, 2.37 mg L-1 for the bighead carp. All carps exposed to diafuran were lethargic (lower concentrations) or immobile. Diafuran inhibited the acetylcholinesterase activity in brain (~38%) and muscle (~50%) of all species. Muscle of bighead carp under control treatment showed higher specific AChE activity than brain (14.44 against 5.94 µmol min-1 g protein-1, respectively). Concentrations of diafuran used for rice cropping may affect Cyprinus carpio, Ctenopharyngodon idella and Aristichthys nobilis behaviors and the AChE activities in brain and muscle of these species may be an early biomarker of toxicity of this insecticide.


Exposição a inseticidas em concentrações elevadas no ambiente podem ocasionar efeitos adversos subletais em organismos aquáticos. Alevinos de carpa húngara (Cyprinus carpio, Linnaeus, 1758), carpa capim (Ctenopharyngodon idella, Valenciennes, 1844) e carpa cabeça grande (Aristichthys nobilis, Richardson, 1845) foram expostos ao diafuran, um inseticida utilizado na cultura do arroz no sul do Brasil. O objetivo deste estudo foi verificar a relação entre concentração letal mediana (CL50) do diafuran e a atividade da enzima acetilcolinesterase (AChE) em cérebro e músculo dessas espécies, como um possível biomarcador inicial da exposição a este inseticida. A CL50 foi determinada com peixes expostos a concentrações de diafuran em 96 h: carpa húngara: controle; 0,5; 1,0; 1,5; 2,0; 2,5 e 3,0 mg L-1; carpa capim: controle; 1,0; 2,0; 3,0 e 3,5 mg L-1 e carpa cabeça grande: controle; 0,5; 1,0; 1,5; 2,0; 3,0 e 4,0 mg L-1, bem como a determinação da AChE em concentrações próximas da CL50 para essas espécies. Valores de CL50 (concentrações nominais) foram de 1,81 mg L-1 para carpa húngara, 2,71 mg L-1 para carpa capim e 2,37 mg L-1 para carpa cabeça grande. Todas as carpas expostas ao diafuran estavam letárgicas (menores concentrações) ou imóveis. Diafuran inibiu significativamente a atividade da AChE em cérebro (~38 %) e músculo (~50 %) de todas as espécies estudadas. Atividade da AChE em músculo para carpa cabeça grande foi mais alta que cérebro (14,44 contra 5,94 µmol min-1 g proteína-1, respectivamente). Este estudo demonstrou que concentrações de diafuran utilizadas na cultura do arroz podem afetar o comportamento de Cyprinus carpio, Ctenopharyngodon idella e Aristichthys nobilis, e a atividade da acetilcolinesterase cerebral e muscular pode ser um biomarcador inicial de toxicidade deste inseticida.

5.
Sci. agric. ; 65(4)2008.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-440255

Resumo

Sublethal adverse effects may result from exposure of aquatic organisms to insecticides at environmentally relevant concentrations. Fingerlings of the common carp (Cyprinus carpio, Linnaeus, 1758), grass carp (Ctenopharyngodon idella, Valenciennes, 1844), and bighead carp (Aristichthys nobilis, Richardson, 1845) were exposed to diafuran, an insecticide widely used during rice cultivation in Southern Brazil. The aim of this study was to verify the relationship between the lethal concentration (LC50) of diafuran and the acetylcholinesterase (AChE) activity in brain and muscle tissues of these species as a possible early biomarker of exposure to this insecticide. LC50 was determined for fish exposed to diafuran concentrations during 96 h (short term): common carp: control, 0.5, 1.0, 1.5, 2.0, 2.5 and 3.0 mg L-1; grass carp: control, 1.0, 2.0, 3.0 and 3.5 mg L-1 and, bighead carp: control, 0.5, 1.0, 1.5, 2.0, 3.0 and 4.0 mg L-1, as well as the determination of AChE at concentrations near LC50 for these species. LC50 values (nominal concentrations) were 1.81 mg L-1 for the common carp, 2.71 mg L-1 for the grass carp and, 2.37 mg L-1 for the bighead carp. All carps exposed to diafuran were lethargic (lower concentrations) or immobile. Diafuran inhibited the acetylcholinesterase activity in brain (~38%) and muscle (~50%) of all species. Muscle of bighead carp under control treatment showed higher specific AChE activity than brain (14.44 against 5.94 µmol min-1 g protein-1, respectively). Concentrations of diafuran used for rice cropping may affect Cyprinus carpio, Ctenopharyngodon idella and Aristichthys nobilis behaviors and the AChE activities in brain and muscle of these species may be an early biomarker of toxicity of this insecticide.


Exposição a inseticidas em concentrações elevadas no ambiente podem ocasionar efeitos adversos subletais em organismos aquáticos. Alevinos de carpa húngara (Cyprinus carpio, Linnaeus, 1758), carpa capim (Ctenopharyngodon idella, Valenciennes, 1844) e carpa cabeça grande (Aristichthys nobilis, Richardson, 1845) foram expostos ao diafuran, um inseticida utilizado na cultura do arroz no sul do Brasil. O objetivo deste estudo foi verificar a relação entre concentração letal mediana (CL50) do diafuran e a atividade da enzima acetilcolinesterase (AChE) em cérebro e músculo dessas espécies, como um possível biomarcador inicial da exposição a este inseticida. A CL50 foi determinada com peixes expostos a concentrações de diafuran em 96 h: carpa húngara: controle; 0,5; 1,0; 1,5; 2,0; 2,5 e 3,0 mg L-1; carpa capim: controle; 1,0; 2,0; 3,0 e 3,5 mg L-1 e carpa cabeça grande: controle; 0,5; 1,0; 1,5; 2,0; 3,0 e 4,0 mg L-1, bem como a determinação da AChE em concentrações próximas da CL50 para essas espécies. Valores de CL50 (concentrações nominais) foram de 1,81 mg L-1 para carpa húngara, 2,71 mg L-1 para carpa capim e 2,37 mg L-1 para carpa cabeça grande. Todas as carpas expostas ao diafuran estavam letárgicas (menores concentrações) ou imóveis. Diafuran inibiu significativamente a atividade da AChE em cérebro (~38 %) e músculo (~50 %) de todas as espécies estudadas. Atividade da AChE em músculo para carpa cabeça grande foi mais alta que cérebro (14,44 contra 5,94 µmol min-1 g proteína-1, respectivamente). Este estudo demonstrou que concentrações de diafuran utilizadas na cultura do arroz podem afetar o comportamento de Cyprinus carpio, Ctenopharyngodon idella e Aristichthys nobilis, e a atividade da acetilcolinesterase cerebral e muscular pode ser um biomarcador inicial de toxicidade deste inseticida.

6.
Ci. Rural ; 37(2)2007.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-705235

Resumo

A field experiment was aimed at evaluating the effects of plant densities, nitrogen rates and chemical disease control on agronomic characteristics that affect grain yield of irrigated rice. The study was conducted during 2003/2004, in the Departamento de Fitotecnia of Universidade Federal de Santa Maria. The experiment was arranged in randomized blocks with sub-plots and four replicates, in Santa Maria-RS, Brazil and the treatments were: three plant densities (150, 260 and 380plants m-2), five nitrogen rates (0, 40, 80, 120 and 160kg ha-1) with and without chemical foliar disease control. The nitrogen was dressing was twice split at initial tillering and panicle differentiation. Grain yield increased in a quadratic fashion in response to nitrogen rates to up to 97kg ha-1. The use of fungicides to control foliar diseases resulted in higher grain yelds regardless of plant population or nitrogen fertilizer rates. Irrigated rice can compensate yield components between 150 and 380plants m-2. The most efficient rate of nitrogen was 97kg ha-1. Chemical foliar diseases control increases irrigated rice productivity even at low disease incidence.


O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da população de plantas, das doses de nitrogênio e da aplicação de fungicida na parte aérea nas características agronômicas que determinam a produtividade do arroz irrigado. O experimento foi realizado no ano agrícola 2003/2004, no Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Santa Maria, em Santa Maria, RS. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com parcelas subdividas e quatro repetições. Os tratamentos constituíram-se de três populações de plantas (150, 265, 380plantas m-2), cinco doses de nitrogênio (0, 40, 80, 120, 160kg ha-1) e da aplicação ou não de fungicida na parte aérea da cultura. A adubação nitrogenada de cobertura foi igualmente parcelada, no início do perfilhamento e na diferenciação da panícula. A produtividade do arroz irrigado aumentou de forma quadrática com as doses de nitrogênio, respondendo até 97kg ha-1. A utilização de fungicidas para controle de doenças da parte aérea resultou em maior produtividade, independentemente da população de plantas e das doses de nitrogênio utilizadas. Desta forma, o arroz irrigado compensa seus componentes da produtividade com populações na faixa de 150 a 380 plantas m-2, sendo a maior produtividade obtida com a dose de nitrogênio de 97kg ha-1 e aplicação de fungicida, mesmo com baixa incidência de doenças.

7.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1477028

Resumo

A field experiment was aimed at evaluating the effects of plant densities, nitrogen rates and chemical disease control on agronomic characteristics that affect grain yield of irrigated rice. The study was conducted during 2003/2004, in the Departamento de Fitotecnia of Universidade Federal de Santa Maria. The experiment was arranged in randomized blocks with sub-plots and four replicates, in Santa Maria-RS, Brazil and the treatments were: three plant densities (150, 260 and 380plants m-2), five nitrogen rates (0, 40, 80, 120 and 160kg ha-1) with and without chemical foliar disease control. The nitrogen was dressing was twice split at initial tillering and panicle differentiation. Grain yield increased in a quadratic fashion in response to nitrogen rates to up to 97kg ha-1. The use of fungicides to control foliar diseases resulted in higher grain yelds regardless of plant population or nitrogen fertilizer rates. Irrigated rice can compensate yield components between 150 and 380plants m-2. The most efficient rate of nitrogen was 97kg ha-1. Chemical foliar diseases control increases irrigated rice productivity even at low disease incidence.


O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da população de plantas, das doses de nitrogênio e da aplicação de fungicida na parte aérea nas características agronômicas que determinam a produtividade do arroz irrigado. O experimento foi realizado no ano agrícola 2003/2004, no Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Santa Maria, em Santa Maria, RS. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com parcelas subdividas e quatro repetições. Os tratamentos constituíram-se de três populações de plantas (150, 265, 380plantas m-2), cinco doses de nitrogênio (0, 40, 80, 120, 160kg ha-1) e da aplicação ou não de fungicida na parte aérea da cultura. A adubação nitrogenada de cobertura foi igualmente parcelada, no início do perfilhamento e na diferenciação da panícula. A produtividade do arroz irrigado aumentou de forma quadrática com as doses de nitrogênio, respondendo até 97kg ha-1. A utilização de fungicidas para controle de doenças da parte aérea resultou em maior produtividade, independentemente da população de plantas e das doses de nitrogênio utilizadas. Desta forma, o arroz irrigado compensa seus componentes da produtividade com populações na faixa de 150 a 380 plantas m-2, sendo a maior produtividade obtida com a dose de nitrogênio de 97kg ha-1 e aplicação de fungicida, mesmo com baixa incidência de doenças.

8.
Ci. Rural ; 37(1)2007.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-705187

Resumo

In the pre-germinate system, the rice field is flooded before sowing and about three days later, the initial drainage takeplace in order to promote the plants initial growth but there occurs loss of nutrients and water. Then, three irrigation managements have been evaluated: water removal three days after sowing, water removal 30 days after sowing and without water removal, associating three rice cultivars with the objective to measuring rice grains yield, and loos nutrients with water removal. The water managements evaluated have not influenced the rice plant parameters. The grains yield varied according to the year, with an average 5,100, 9,565 and 7,078kg ha-1 ha in the years 2002/03, 2003/04 and 2004/05, respectively. Only in 2003/04, the grains yield was different among the rice cultivars. In 2002/03 and 2003/04, the phosphorous nutrient was similar among treatments, but in 2004/05 a great loss occurred when water removed three days after sowing. Concerning potassium, the highest concentrations were observed in water when it was removed three days after sowing. Results demonstrate that a continuous water sheet should be kept to preserve the nutrients within the field since it does not affect the crop yield and reduce the environmental impact of the water bodies.


No sistema pré-germinado de cultivo de arroz, a área é inundada antes da semeadura e, cerca de três dias após, promove-se a drenagem inicial para favorecer o estabelecimento das plântulas, ocasionando a perda de água e de nutrientes. Assim, testaram três manejos de irrigação: [M1], retirada da água três dias após a semeadura; [M2], retirada de água aos 30 dias após a semeadura e [M3], sem retirada de água, associados a cultivares de arroz, com o objetivo de avaliar a produtividade do arroz e a perda de nutrientes via água de drenagem. Os manejos testados não influenciaram os parâmetros avaliados na cultura do arroz. Para a produtividade, os valores oscilaram conforme as características de cada ano, obtendo-se médias de 5.100, 9.565 e 7.078kg ha-1 para as safras 2002/03, 2003/04 e 2004/05, respectivamente. Apenas em 2003/04, as cultivares diferiram em produtividade. Nas safras 2002/03 e 2003/04, as perdas de fósforo foram semelhantes entre os tratamentos, mas, em 2004/05, ocorreram maiores perdas quando a água foi retirada aos três dias após a semeadura. Para potássio, as maiores concentrações também foram observadas nas amostras de água coletadas aos três dias após a semeadura. Os resultados indicam que deve-se manter lâmina contínua, pois este manejo proporciona a preservação dos nutrientes dentro da lavoura, não afeta a produtividade e reduz o impacto ambiental nos mananciais hídricos.

9.
Sci. agric ; 64(2)2007.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1496714

Resumo

Irrigated rice production can involve environmental contamination with pesticides due to the proximity of the fields to rivers and to management problems. During three years (2000 to 2003) the rice herbicides clomazone, propanil and quinclorac were quantified in water during the rice growing season, in the Vacacaí and Vacacaí-Mirim Rivers, located in Rio Grande do Sul (RS) State, Brazil. Water samples were taken at several locations in each river, selected by their importance in terms of rice drainage area. The samples were analyzed by HPLC-UV. At least one herbicide was detected in 41% of the samples from the Vacacaí River and 33% from the Vacacaí-Mirim River. The most frequent herbicide in both rivers and in each year was clomazone. The amount of herbicides in the river water was dependent on the rainfall regime. River water contamination by rice herbicides is probably caused by the rice water management used in the fields. The maintenance of flooded areas makes herbicides prone to contaminate the environment. To reduce the environmental contamination risk it is necessary to adopt measures to avoid overflow of flooded rice fields, keeping paddy water in the field for time enough to reduce the herbicide concentration before its release and enhancing the quality of the levees to reduce the probability of paddy rice overflow.


No cultivo de arroz irrigado a possibilidade de contaminação dos mananciais hídricos é ampliada pelas características peculiares das áreas e do sistema de produção. Um estudo de monitoramento foi conduzido durante três anos (2000 a 2003), nos rios Vacacaí e Vacacaí-Mirim, localizados no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, buscando quantificar os herbicidas clomazone, propanil e quinclorac durante o período de cultivo do arroz. As amostras de água foram coletadas em vários locais em cada rio. Os locais de coleta foram selecionados pela importância em termos da captação da água de drenagem. As amostras foram analisadas por HPLC-UV. Herbicidas foram detectados nas águas dos rios durante no período de cultivo do arroz. Foi detectada a presença de pelo menos um herbicida em 41% das amostras no rio Vacacaí e 33% das amostras no rio Vacacaí-Mirim. O herbicida clomazone, foi detectado com maior freqüência nos dois rios. A quantidade de herbicida nas águas dos rios foi dependente do regime de chuva. A contaminação das águas dos rios pelos herbicidas utilizados no arroz provavelemente é decorrente do manejo de água adotado na região. A manutenção de áreas inundadas propicia a contaminação do ambiente por herbicidas. Para reduzir o risco de contaminação ambiental faz-se necessário à adoção de medidas que evitem a saída e liberação da água com resíduo das áreas de cultivo, mantendo-a na lavoura durante o tempo suficente para a redução da concentração do herbicida. A probabilidade de extravasamento pode ser reduzida com a melhor construção das taipas-ronda.

10.
Sci. agric. ; 64(2)2007.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-440136

Resumo

Irrigated rice production can involve environmental contamination with pesticides due to the proximity of the fields to rivers and to management problems. During three years (2000 to 2003) the rice herbicides clomazone, propanil and quinclorac were quantified in water during the rice growing season, in the Vacacaí and Vacacaí-Mirim Rivers, located in Rio Grande do Sul (RS) State, Brazil. Water samples were taken at several locations in each river, selected by their importance in terms of rice drainage area. The samples were analyzed by HPLC-UV. At least one herbicide was detected in 41% of the samples from the Vacacaí River and 33% from the Vacacaí-Mirim River. The most frequent herbicide in both rivers and in each year was clomazone. The amount of herbicides in the river water was dependent on the rainfall regime. River water contamination by rice herbicides is probably caused by the rice water management used in the fields. The maintenance of flooded areas makes herbicides prone to contaminate the environment. To reduce the environmental contamination risk it is necessary to adopt measures to avoid overflow of flooded rice fields, keeping paddy water in the field for time enough to reduce the herbicide concentration before its release and enhancing the quality of the levees to reduce the probability of paddy rice overflow.


No cultivo de arroz irrigado a possibilidade de contaminação dos mananciais hídricos é ampliada pelas características peculiares das áreas e do sistema de produção. Um estudo de monitoramento foi conduzido durante três anos (2000 a 2003), nos rios Vacacaí e Vacacaí-Mirim, localizados no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, buscando quantificar os herbicidas clomazone, propanil e quinclorac durante o período de cultivo do arroz. As amostras de água foram coletadas em vários locais em cada rio. Os locais de coleta foram selecionados pela importância em termos da captação da água de drenagem. As amostras foram analisadas por HPLC-UV. Herbicidas foram detectados nas águas dos rios durante no período de cultivo do arroz. Foi detectada a presença de pelo menos um herbicida em 41% das amostras no rio Vacacaí e 33% das amostras no rio Vacacaí-Mirim. O herbicida clomazone, foi detectado com maior freqüência nos dois rios. A quantidade de herbicida nas águas dos rios foi dependente do regime de chuva. A contaminação das águas dos rios pelos herbicidas utilizados no arroz provavelemente é decorrente do manejo de água adotado na região. A manutenção de áreas inundadas propicia a contaminação do ambiente por herbicidas. Para reduzir o risco de contaminação ambiental faz-se necessário à adoção de medidas que evitem a saída e liberação da água com resíduo das áreas de cultivo, mantendo-a na lavoura durante o tempo suficente para a redução da concentração do herbicida. A probabilidade de extravasamento pode ser reduzida com a melhor construção das taipas-ronda.

11.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1476979

Resumo

In the pre-germinate system, the rice field is flooded before sowing and about three days later, the initial drainage takeplace in order to promote the plants initial growth but there occurs loss of nutrients and water. Then, three irrigation managements have been evaluated: water removal three days after sowing, water removal 30 days after sowing and without water removal, associating three rice cultivars with the objective to measuring rice grains yield, and loos nutrients with water removal. The water managements evaluated have not influenced the rice plant parameters. The grains yield varied according to the year, with an average 5,100, 9,565 and 7,078kg ha-1 ha in the years 2002/03, 2003/04 and 2004/05, respectively. Only in 2003/04, the grains yield was different among the rice cultivars. In 2002/03 and 2003/04, the phosphorous nutrient was similar among treatments, but in 2004/05 a great loss occurred when water removed three days after sowing. Concerning potassium, the highest concentrations were observed in water when it was removed three days after sowing. Results demonstrate that a continuous water sheet should be kept to preserve the nutrients within the field since it does not affect the crop yield and reduce the environmental impact of the water bodies.


No sistema pré-germinado de cultivo de arroz, a área é inundada antes da semeadura e, cerca de três dias após, promove-se a drenagem inicial para favorecer o estabelecimento das plântulas, ocasionando a perda de água e de nutrientes. Assim, testaram três manejos de irrigação: [M1], retirada da água três dias após a semeadura; [M2], retirada de água aos 30 dias após a semeadura e [M3], sem retirada de água, associados a cultivares de arroz, com o objetivo de avaliar a produtividade do arroz e a perda de nutrientes via água de drenagem. Os manejos testados não influenciaram os parâmetros avaliados na cultura do arroz. Para a produtividade, os valores oscilaram conforme as características de cada ano, obtendo-se médias de 5.100, 9.565 e 7.078kg ha-1 para as safras 2002/03, 2003/04 e 2004/05, respectivamente. Apenas em 2003/04, as cultivares diferiram em produtividade. Nas safras 2002/03 e 2003/04, as perdas de fósforo foram semelhantes entre os tratamentos, mas, em 2004/05, ocorreram maiores perdas quando a água foi retirada aos três dias após a semeadura. Para potássio, as maiores concentrações também foram observadas nas amostras de água coletadas aos três dias após a semeadura. Os resultados indicam que deve-se manter lâmina contínua, pois este manejo proporciona a preservação dos nutrientes dentro da lavoura, não afeta a produtividade e reduz o impacto ambiental nos mananciais hídricos.

12.
Ci. Rural ; 35(5)2005.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-704781

Resumo

Eighty eight rice genotypes were evaluated during four years aiming to study the relationship among yield components. In each year, the experimental design was a completely randomized block design with four replications and the variables studied were: plant height, seed yield, spikelet sterility, number of seeds per panicle, 1000 seeds weight and head grains. The estimation of correlations and the path coefficient analysis were conducted with the GENES software. The genotypes showed significant variability for all the variables analyzed within each one of years. It was concluded that variable selection must be carried out among the cultivars that are more similar and using a greater number of variables allows better inferences about rice yield components. Grain weight was the yield of component that most affected seed yield rice plants.


Com o objetivo de avaliar a influência dos componentes de produção de arroz no rendimento de grãos através da análise de trilha, avaliaram-se 88 genótipos de arroz em quatro anos agrícolas. Em cada ano, os experimentos foram conduzidos no delineamento em blocos completos casualizados, com quatro repetições. As variáveis analisadas foram: estatura de plantas, rendimento de grãos, esterilidade de espiguetas, número de grãos por panícula, massa de mil grãos e rendimento de engenho. As análises de variância, correlação e de trilha (Path Analysis) foram realizadas para cada variável, utilizando-se o programa computacional GENES. Os genótipos avaliados apresentaram diferenças significativas para todas as variáveis analisadas, nos quatro anos de experimento. A seleção de variáveis deve ser realizada em grupos de cultivares semelhantes entre si e a utilização de um maior número de variáveis possibilita melhores inferências sobre os componentes da produção do arroz. A massa de grãos é o componente de produção que mais afeta o rendimento da cultura do arroz.

13.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1476565

Resumo

Eighty eight rice genotypes were evaluated during four years aiming to study the relationship among yield components. In each year, the experimental design was a completely randomized block design with four replications and the variables studied were: plant height, seed yield, spikelet sterility, number of seeds per panicle, 1000 seeds weight and head grains. The estimation of correlations and the path coefficient analysis were conducted with the GENES software. The genotypes showed significant variability for all the variables analyzed within each one of years. It was concluded that variable selection must be carried out among the cultivars that are more similar and using a greater number of variables allows better inferences about rice yield components. Grain weight was the yield of component that most affected seed yield rice plants.


Com o objetivo de avaliar a influência dos componentes de produção de arroz no rendimento de grãos através da análise de trilha, avaliaram-se 88 genótipos de arroz em quatro anos agrícolas. Em cada ano, os experimentos foram conduzidos no delineamento em blocos completos casualizados, com quatro repetições. As variáveis analisadas foram: estatura de plantas, rendimento de grãos, esterilidade de espiguetas, número de grãos por panícula, massa de mil grãos e rendimento de engenho. As análises de variância, correlação e de trilha (Path Analysis) foram realizadas para cada variável, utilizando-se o programa computacional GENES. Os genótipos avaliados apresentaram diferenças significativas para todas as variáveis analisadas, nos quatro anos de experimento. A seleção de variáveis deve ser realizada em grupos de cultivares semelhantes entre si e a utilização de um maior número de variáveis possibilita melhores inferências sobre os componentes da produção do arroz. A massa de grãos é o componente de produção que mais afeta o rendimento da cultura do arroz.

14.
Ci. Rural ; 35(6)2005.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-704820

Resumo

The goal of the present work was to evaluate quality parameters of the water utilized in combination of the fish culture with irrigate rice. The experiment was carried in low land area, with rice pre-germinate system associated with farming of carps and silver catfish, where the levels of dissolved oxygen, temperature, pH, hardness, total alkalinity, ammonia, nitrite and water transparency were weekly monitored. The physical-chemical characteristics of the water (temperature, pH, hardness, total alkalinity, ammonia, and nitrite) do not affect the growth and development of the fish in combination with irrigate rice for cultived species (60% commom carp, 20% grass carp, 10% silver catfish, 5% silver carp and 5% bighead carp) Although, the quantities of fish utilized and time of entry fingerlings affect certain water quality parameters (dissolved oxygen and water transparency) in general they maintain in levels adequate to with the standard for these species.


O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade da água utilizada no consórcio de peixes com arroz irrigado. O experimento foi conduzido em área de várzea, com sistema pré-germinado de cultivo de arroz associado ao cultivo de carpas e jundiá, onde semanalmente foram monitorados os níveis de oxigênio dissolvido, temperatura, pH, dureza, alcalinidade total, amônia, nitrito e transparência da água. As características físico-químicas da água (temperatura, pH, dureza, alcalinidade,amônia e nitrito) não afetam o crescimento e o desenvolvimento dos peixes no consórcio com arroz irrigado para as espécies cultivadas (60% de carpa húngara, 20% de carpa capim, 10% de jundiá, 5% de carpa prateada e 5% de carpa cabeça grande). Embora as densidades de peixes utilizadas e as épocas de colocação dos alevinos afetem certos parâmetros de qualidade da água (oxigênio dissolvido e transparência da água) em alguns períodos, em geral eles se mantêm em níveis adequados de acordo com os padrões para as espécies.

15.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1476605

Resumo

The goal of the present work was to evaluate quality parameters of the water utilized in combination of the fish culture with irrigate rice. The experiment was carried in low land area, with rice pre-germinate system associated with farming of carps and silver catfish, where the levels of dissolved oxygen, temperature, pH, hardness, total alkalinity, ammonia, nitrite and water transparency were weekly monitored. The physical-chemical characteristics of the water (temperature, pH, hardness, total alkalinity, ammonia, and nitrite) do not affect the growth and development of the fish in combination with irrigate rice for cultived species (60% commom carp, 20% grass carp, 10% silver catfish, 5% silver carp and 5% bighead carp) Although, the quantities of fish utilized and time of entry fingerlings affect certain water quality parameters (dissolved oxygen and water transparency) in general they maintain in levels adequate to with the standard for these species.


O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade da água utilizada no consórcio de peixes com arroz irrigado. O experimento foi conduzido em área de várzea, com sistema pré-germinado de cultivo de arroz associado ao cultivo de carpas e jundiá, onde semanalmente foram monitorados os níveis de oxigênio dissolvido, temperatura, pH, dureza, alcalinidade total, amônia, nitrito e transparência da água. As características físico-químicas da água (temperatura, pH, dureza, alcalinidade,amônia e nitrito) não afetam o crescimento e o desenvolvimento dos peixes no consórcio com arroz irrigado para as espécies cultivadas (60% de carpa húngara, 20% de carpa capim, 10% de jundiá, 5% de carpa prateada e 5% de carpa cabeça grande). Embora as densidades de peixes utilizadas e as épocas de colocação dos alevinos afetem certos parâmetros de qualidade da água (oxigênio dissolvido e transparência da água) em alguns períodos, em geral eles se mantêm em níveis adequados de acordo com os padrões para as espécies.

16.
Ci. Rural ; 34(5)2004.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-704505

Resumo

Under the pre-germinated system of rice growing, water is retrieved about three days after seeding in order to improve plant establishment. This practice therefore, causes water and nutrient losses and weeds reinfestation. The permanence of water in the field could minimize these problems. Experiments were conducted during the years of 2000/01 till 2002/03 aiming to evaluate the performance of permanent irrigated rice genotypes under flooding, specially for plant lodging, a limiting factor of this management system. The experiments were conducted on a lowland area in a Haplaqualf soil and the treatments were 8, 12 and 15 genotypes in the first, second, and third years, respectively. In the year 1 the mean rice yield was 7279kg ha-1 and IRGA 1572-11-1F-1-4-4 (8279kg ha-1) the most productive genotype. Lodging percentage varied between 0 and 60% and for most treatments in the range from to 0-20%. All genotypes presented some degree of lodging, except El Paso L 144. In the year 2 the mean rice yield was 8492kg ha-1 and the most productive was BRS-Pelota (9282kg ha-1), and no lodging occurred among the tested genotypes. In the year 3, the mean yield was 6202kg ha-1 and was related to a high percentage of the lodging, due to climatic events during seed filling. It was observed that rice yield can be high under permanent flooding but lodging is a limiting factor depending on genotype and environmental conditions.


No sistema pré-germinado de cultivo do arroz irrigado, adota-se o manejo de retirada da água da lavoura, aproximadamente aos três dias após a semeadura, objetivando melhor estabelecimento das plântulas. No entanto, esta prática acarreta perda de água e nutrientes, além da reinfestação com plantas daninhas. A permanência da lâmina de água na lavoura, durante todo o ciclo da cultura, seria uma proposta de manejo capaz de minimizar estes problemas. Sendo assim, objetivou-se avaliar o desempenho de genótipos de arroz irrigado, quando submetidos ao cultivo em lâmina contínua, especialmente quanto ao acamamento de plantas, aspecto considerado limitante neste manejo de irrigação. Para tal, nos anos agrícolas de 2000/01 a 2002/03, foram conduzidos experimentos em área de várzea sistematizada, em solo classificado como Planossolo Hidromórfico eutrófico arênico. Os tratamentos foram compostos por 8, 12 e 15 genótipos no primeiro, segundo e terceiro ano, respectivamente. No ano 1, a produtividade média foi de 7279kg ha-1, sendo o genótipo IRGA 1572-11-1F-1-4-4 (8297kg ha-1) o mais produtivo em valores absolutos. A porcentagem de acamamento variou entre 0 e 60% e a maioria dos tratamentos situou-se entre 0-20%. Todos os genótipos exibiram acamamento de plantas, exceto El Paso L 144. No ano 2, a produtividade média foi de 8492kg ha-1 e o genótipo BRS-Pelota o mais produtivo (9282kg ha-1), não tendo sido verificado acamamento em nenhum dos genótipos. No ano 3, a produtividade média foi de 6202kg ha-1 e esteve relacionada à elevada porcentagem de plantas acamadas decorrente de intempéries climáticas, ocorridas na fase de maturação. Constatou-se que a produtividade dos genótipos pode ser elevada neste manejo de irrigação, mas o acamamento de plantas limita o potencial produtivo, dependendo das condições ambientais e do genótipo utilizado.

17.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1476286

Resumo

Under the pre-germinated system of rice growing, water is retrieved about three days after seeding in order to improve plant establishment. This practice therefore, causes water and nutrient losses and weeds reinfestation. The permanence of water in the field could minimize these problems. Experiments were conducted during the years of 2000/01 till 2002/03 aiming to evaluate the performance of permanent irrigated rice genotypes under flooding, specially for plant lodging, a limiting factor of this management system. The experiments were conducted on a lowland area in a Haplaqualf soil and the treatments were 8, 12 and 15 genotypes in the first, second, and third years, respectively. In the year 1 the mean rice yield was 7279kg ha-1 and IRGA 1572-11-1F-1-4-4 (8279kg ha-1) the most productive genotype. Lodging percentage varied between 0 and 60% and for most treatments in the range from to 0-20%. All genotypes presented some degree of lodging, except El Paso L 144. In the year 2 the mean rice yield was 8492kg ha-1 and the most productive was BRS-Pelota (9282kg ha-1), and no lodging occurred among the tested genotypes. In the year 3, the mean yield was 6202kg ha-1 and was related to a high percentage of the lodging, due to climatic events during seed filling. It was observed that rice yield can be high under permanent flooding but lodging is a limiting factor depending on genotype and environmental conditions.


No sistema pré-germinado de cultivo do arroz irrigado, adota-se o manejo de retirada da água da lavoura, aproximadamente aos três dias após a semeadura, objetivando melhor estabelecimento das plântulas. No entanto, esta prática acarreta perda de água e nutrientes, além da reinfestação com plantas daninhas. A permanência da lâmina de água na lavoura, durante todo o ciclo da cultura, seria uma proposta de manejo capaz de minimizar estes problemas. Sendo assim, objetivou-se avaliar o desempenho de genótipos de arroz irrigado, quando submetidos ao cultivo em lâmina contínua, especialmente quanto ao acamamento de plantas, aspecto considerado limitante neste manejo de irrigação. Para tal, nos anos agrícolas de 2000/01 a 2002/03, foram conduzidos experimentos em área de várzea sistematizada, em solo classificado como Planossolo Hidromórfico eutrófico arênico. Os tratamentos foram compostos por 8, 12 e 15 genótipos no primeiro, segundo e terceiro ano, respectivamente. No ano 1, a produtividade média foi de 7279kg ha-1, sendo o genótipo IRGA 1572-11-1F-1-4-4 (8297kg ha-1) o mais produtivo em valores absolutos. A porcentagem de acamamento variou entre 0 e 60% e a maioria dos tratamentos situou-se entre 0-20%. Todos os genótipos exibiram acamamento de plantas, exceto El Paso L 144. No ano 2, a produtividade média foi de 8492kg ha-1 e o genótipo BRS-Pelota o mais produtivo (9282kg ha-1), não tendo sido verificado acamamento em nenhum dos genótipos. No ano 3, a produtividade média foi de 6202kg ha-1 e esteve relacionada à elevada porcentagem de plantas acamadas decorrente de intempéries climáticas, ocorridas na fase de maturação. Constatou-se que a produtividade dos genótipos pode ser elevada neste manejo de irrigação, mas o acamamento de plantas limita o potencial produtivo, dependendo das condições ambientais e do genótipo utilizado.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA