Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros

Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Arq. Ciênc. Vet. Zool. UNIPAR (Online) ; 24(2, cont.): e2403, jul-dez. 2021. ilus
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1348228

Resumo

O procedimento cirúrgico eletivo realizado com maior frequência na rotina veterinária é a ovário-histerectomia (OVH), com isso há uma alta casuística de complicações pós-operatórias. Entre elas, pode-se citar piometra de coto, ligadura acidental de ureter, síndrome do ovário remanescente, formação de granulomas inflamatórios e aderências a órgãos. Os granulomas de coto ovariano são formados, geralmente por um fio de sutura utilizado inadequadamente, ou a um sítio de infecção. Tais granulomas podem levar à aderências, inclusive a órgãos próximos ao sítio cirúrgico. O presente relato refere-se a uma cadela, que apresentou granulomas ovarianos com aderências no pâncreas e em diversos órgãos após a ovário-histerectomia. Para a solução do caso, foi realizado uma celiotomia exploratória para avaliação da cavidade abdominal, retirada das aderências das estruturas e das formações granulomatosas, sendo necessária a realização de uma pancreatectomia parcial para a retirada completa do granuloma. Após a cirurgia, o paciente desenvolveu quadro de pancreatite, uma complicação muito comum em cirurgias pancreáticas. Ainda assim, o resultado foi considerado satisfatório, pois a pancreatite foi solucionada e os granulomas removidos, e até a última revisão pós-operatória, o paciente encontrava-se bem clinicamente. A OVH é uma das cirurgias mais realizadas na rotina médico veterinária, ainda assim é negligenciada em diversos quesitos. Portanto, há a necessidade dessa técnica cirúrgica e suas possíveis complicações serem realizadas de maneira correta e efetiva.(AU)


The most frequently elective surgical procedure performed in the veterinary routine is the ovary hysterectomy (OVH). As such, there is a high number of post-operative complications, which include stump pyometra, accidental ligation of the ureter, remnant ovary syndrome, formation of inflammatory granulomas, and organ adhesions. Ovarian stump granulomas are usually formed by suture which has been improperly used, or to infection. Such granulomas can lead to adhesions, also affecting organs close to the surgical site. This report refers to a female dog that presented ovarian granulomas with adhesions to the pancreas and to several organs after ovary-hysterectomy. In order to solve the case, an exploratory celiotomy was performed to assess the abdominal cavity, removing the adhesions of the structures and granulomatous formations, which required the performance of a partial pancreatectomy for the thorough removal of the granuloma. After surgery, the patient developed pancreatitis, a very common complication in pancreatic surgery. Even so, the result was considered satisfactory, as the pancreatitis was resolved and the granulomas removed and until the last post-operative review, the patient was clinically well. OVH is one of the most commonly performed surgeries in the veterinary medical routine, yet it is neglected in several aspects. Therefore, there is a need for the surgical technique and its possible complications to be performed correctly and effectively.(AU)


El procedimiento quirúrgico electivo que se realiza con mayor frecuencia en la rutina veterinaria es la ovario-histerectomía (OVH), con que existe un elevado número de complicaciones postoperatorias. Estos incluyen piometra del muñón, ligadura accidental del uréter, síndrome de ovario remanente, formación de granulomas inflamatorios y adherencias a órganos. Los granulomas del muñón ovárico se forman por lo general por una sutura mal utilizada o en un sitio de infección. Dichos granulomas pueden provocar adherencias, incluso a órganos cercanos al sitio quirúrgico. El presente informe se refiere a una perra, quien presentó granulomas ováricos con adherencias en el páncreas y en varios órganos tras ovario histerectomía. Para la solución del caso se realizó una celiotomía exploratoria para acceder la cavidad abdominal, removiendo las adherencias de las estructuras y formaciones granulomatosas, requiriendo la realización de una pancreatectomía parcial para la extirpación completa del granuloma. Después de la cirugía, la paciente desarrolló pancreatitis, una complicación muy común en la cirugía pancreática. Aun así, el resultado se consideró satisfactorio, ya que se resolvió la pancreatitis y se retiraron los granulomas, y hasta la última revisión postoperatoria la paciente se encontraba clínicamente bien. La OVH es una de las cirugías que se realizan con mayor frecuencia en la rutina médica veterinaria, pero se descuida en varios aspectos. Por tanto, existe la necesidad de que esta técnica quirúrgica y sus posibles complicaciones se realicen de forma correcta y eficaz.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Cães , Ovário , Pancreatectomia , Complicações Pós-Operatórias , Procedimentos Cirúrgicos Eletivos , Cães/cirurgia , Granuloma , Histerectomia
2.
Arq. ciênc. vet. zool. UNIPAR ; 24: e2403, jul-dez. 2021. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-32636

Resumo

O procedimento cirúrgico eletivo realizado com maior frequência na rotina veterinária é a ovário-histerectomia (OVH), com isso há uma alta casuística de complicações pós-operatórias. Entre elas, pode-se citar piometra de coto, ligadura acidental de ureter, síndrome do ovário remanescente, formação de granulomas inflamatórios e aderências a órgãos. Os granulomas de coto ovariano são formados, geralmente por um fio de sutura utilizado inadequadamente, ou a um sítio de infecção. Tais granulomas podem levar à aderências, inclusive a órgãos próximos ao sítio cirúrgico. O presente relato refere-se a uma cadela, que apresentou granulomas ovarianos com aderências no pâncreas e em diversos órgãos após a ovário-histerectomia. Para a solução do caso, foi realizado uma celiotomia exploratória para avaliação da cavidade abdominal, retirada das aderências das estruturas e das formações granulomatosas, sendo necessária a realização de uma pancreatectomia parcial para a retirada completa do granuloma. Após a cirurgia, o paciente desenvolveu quadro de pancreatite, uma complicação muito comum em cirurgias pancreáticas. Ainda assim, o resultado foi considerado satisfatório, pois a pancreatite foi solucionada e os granulomas removidos, e até a última revisão pós-operatória, o paciente encontrava-se bem clinicamente. A OVH é uma das cirurgias mais realizadas na rotina médico veterinária, ainda assim é negligenciada em diversos quesitos. Portanto, há a necessidade dessa técnica cirúrgica e suas possíveis complicações serem realizadas de maneira correta e efetiva.(AU)


The most frequently elective surgical procedure performed in the veterinary routine is the ovary hysterectomy (OVH). As such, there is a high number of post-operative complications, which include stump pyometra, accidental ligation of the ureter, remnant ovary syndrome, formation of inflammatory granulomas, and organ adhesions. Ovarian stump granulomas are usually formed by suture which has been improperly used, or to infection. Such granulomas can lead to adhesions, also affecting organs close to the surgical site. This report refers to a female dog that presented ovarian granulomas with adhesions to the pancreas and to several organs after ovary-hysterectomy. In order to solve the case, an exploratory celiotomy was performed to assess the abdominal cavity, removing the adhesions of the structures and granulomatous formations, which required the performance of a partial pancreatectomy for the thorough removal of the granuloma. After surgery, the patient developed pancreatitis, a very common complication in pancreatic surgery. Even so, the result was considered satisfactory, as the pancreatitis was resolved and the granulomas removed and until the last post-operative review, the patient was clinically well. OVH is one of the most commonly performed surgeries in the veterinary medical routine, yet it is neglected in several aspects. Therefore, there is a need for the surgical technique and its possible complications to be performed correctly and effectively.(AU)


El procedimiento quirúrgico electivo que se realiza con mayor frecuencia en la rutina veterinaria es la ovario-histerectomía (OVH), con que existe un elevado número de complicaciones postoperatorias. Estos incluyen piometra del muñón, ligadura accidental del uréter, síndrome de ovario remanente, formación de granulomas inflamatorios y adherencias a órganos. Los granulomas del muñón ovárico se forman por lo general por una sutura mal utilizada o en un sitio de infección. Dichos granulomas pueden provocar adherencias, incluso a órganos cercanos al sitio quirúrgico. El presente informe se refiere a una perra, quien presentó granulomas ováricos con adherencias en el páncreas y en varios órganos tras ovario histerectomía. Para la solución del caso se realizó una celiotomía exploratoria para acceder la cavidad abdominal, removiendo las adherencias de las estructuras y formaciones granulomatosas, requiriendo la realización de una pancreatectomía parcial para la extirpación completa del granuloma. Después de la cirugía, la paciente desarrolló pancreatitis, una complicación muy común en la cirugía pancreática. Aun así, el resultado se consideró satisfactorio, ya que se resolvió la pancreatitis y se retiraron los granulomas, y hasta la última revisión postoperatoria la paciente se encontraba clínicamente bien. La OVH es una de las cirugías que se realizan con mayor frecuencia en la rutina médica veterinaria, pero se descuida en varios aspectos. Por tanto, existe la necesidad de que esta técnica quirúrgica y sus posibles complicaciones se realicen de forma correcta y eficaz.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Cães , Ovário , Pancreatectomia , Complicações Pós-Operatórias , Procedimentos Cirúrgicos Eletivos , Cães/cirurgia , Granuloma , Histerectomia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA