Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
R. Inst. Adolfo Lutz ; 72(3): 206-210, 2013.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-453460

Resumo

The present study aimed at identifying the fungal species occurring in granola, and to verify the ability of the strains in producing ochratoxin A. Sixty granola samples of four different brands were purchased in commercial establishments located in the city of Teresina Piauí state. The fungi were counted, isolated and the species were identified, and the section Nigri strains were tested for detecting their ability in producing ochratoxin A. No fungal growth was found in 11 of the analyzed samples. In samples showing fungal growth, it was as high as 5.17 log10 CFU/g. A significant difference (p 0.05) among the analyzed granola brands was found. The most frequently isolated fungus genus was Cladosporium (46.9 %), followed by Aspergillus spp and its teleomorphs (37.4 %), and Penicillium spp. (5.4 %). The granola brand A showed the highest counting among the analyzed brands, which demonstrated that a possible failure at some stages of the industrialization process might be occurred. None of the isolated Aspergillus section Nigri strains showed the ability in producing ochratoxin A.


Este trabalho efetuou a identificação das espécies fúngicas presentes na granola e analisou a capacidade das cepas produzirem ocratoxina A. As amostras foram adquiridas no comércio do município de Teresina-Piauí, no total de 60 amostras de quatro diferentes marcas. Foram realizadas as metodologias de contagem, isolamento e identificação das espécies fúngicas; e as cepas da seção Nigri foram testadas quanto à capacidade de produção de ocratoxina A. Em 11 das amostras analisadas não houve o crescimento fúngico, e nas amostras em que houve os valores chegaram a 5,17log10 UFC/g. Houve diferença significativa (p 0,05) entre as diferentes marcas de granola analisadas. Os gêneros fúngicos mais frequentemente isolados foram Cladosporium (46,9 %), seguido de Aspergillus spp. e seus teleomorfos (37,4 %), e do gênero Penicillium spp. (5,4 %). A amostra de granola da marca A apresentou contagens bem mais elevadas do que as demais, o que indica que possivelmente tenha ocorrido falhas em alguma(s) etapa(s) do processo de industrialização. Todas as cepas isoladas de Aspergillus seção Nigri não apresentaram capacidade deprodução de ocratoxina A.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA